terça-feira, 6 de novembro de 2007

Carlos Freitas sem tapete em Alvalade

“Carlos Freitas tem sido um brilhante profissional do Sporting, dando muito ao clube ao longo dos oito anos que serve o clube. Por isso, gostaríamos que continuasse a colaborar connosco no seio da administração da SAD, mas a decisão é apenas dele. E, seja sim ou não, será sempre aceite unanimemente, pois de certeza que não haverá qualquer movimento para o convencer na sua decisão.” A informação ainda é escassa e contraditória sobre o que vai acontecer na SAD leonina, mas, para já, não restam grandes dúvidas de que Carlos Freitas não estaria à espera de declarações tão desprendidas de Filipe Soares Franco em relação ao gestor de activos e à sua continuidade, ou não, em Alvalade. Por outras palavras, o presidente do Sporting pegou num molho de pinças e tirou o tapete ao homem das contratações.
De resto, há uma declaração do presidente do Sporting que é central nesta “novela”, a qual tem a ver com o exercício da crítica como um direito de qualquer sportinguista ou de qualquer profissional da comunicação. Disse Soares Franco: “A crítica tem de ser aceite e nós estamos cá para aceitá-la e todos os que estamos nestes lugares temos de estar conscientes de que vamos sofrer críticas justas e outras que são injustas.”
Não me lembro de ter ouvido algum presidente de um grande clube português a dizer isto antes de Soares Franco. Ora, a defesa do direito à crítica – que transporta um saudável espírito democrático que o Sporting deve promover, sem deixar de tornar o clube permissivo a quem não está de acordo com o modo como está a ser gerido nos vários domínios – acaba por ser uma crítica muito forte do presidente do Sporting a Carlos Freitas, pois esvazia quaisquer queixas que o gestor de activos pudesse ter e que o tinham levado a um estranho pedido de condições para continuar em Alvalade. Deste modo, o problema é mesmo de Carlos Freitas. “Há uns que aguentam e outros que não”, como disse Soares Franco.
Em conclusão, tudo indica que Carlos Freitas tenha ficado com a porta de Alvalade aberta para sair. E que, se continuar, deverá ficar com o espaço de manobra mais reduzido, para além de passar a carregar a ideia de que está agarrado a um lugar bem pago. Filipe Soares Franco revelou, finalmente, quem manda em Alvalade. Resta saber as consequências desse sinal. É uma questão de horas ou dias. FOTO: "Record Online"

21 comentários:

Jedi Master Atomic disse...

Penso que ele não tem condições para continuar. Já se disse demasiado e por muita gente.

No lugar dele, eu já teria saído há muito (e não tem nada a ver com as contratações).

Anónimo disse...

Atenção,que não é por acaso que está a acontecer isto no clube.É uma maquiavélica manobra de Ribeiro Teles à custa do seu testa de ferro,Carlos Freitas, para meter em cheque Filipe Soares Franco,afim deste se demitir e ele usurpar o seu lugar.Assim sem falar e pela surra,com um ar de cordeirinho manso ocupa o poder e logo pode esconder situações que muito o podem comprometer.

Anti-Lampião da Estrela disse...

Realmente, a teoria da conspiração não escolhe hora, nem lugar. na véspera de um jogo decisivo para a Liga dos Campeões, lá vai mais um post a bater no ceguinho... será complicado perceber que o Carlos Freitas não faz parte do onze inicial do Sporting, não está entre os suplentes, nem é o treinador?
Esse tipo é uma peça secundária, cuja acção se esgota no principio da época - as vitórias são com quem está dentro de campo. Os ajustes de contas ficam para o fim da época. O que interessa é apoiar o Sporting - quando se é Sportinguista a sério, não "à Rui Santos, Vitor Pereira, António Tadeia ou lampião da estrela".

cascavel disse...

O escriba deste blog no fundo deve desejar que Carlos Freitas continue por muito tempo no seu lugar porque senão fica sem assunto ou pelo menos perderá a sua grande fonte de inspiração.

Não tenho dúvidas que pior para o clube do que qualquer contratação falhada pelo visado são blogs como estes, que passam a vida a atacar o clube, servindo-se dos lampiões como modelo. Chegando ao cúmulo de propor a realização de jogos na Luz para contornar o problema da relva no Alvalade XXI. Um bocado à semelhança de outro "dito" sportinguista que propôs a fusão com os galináceos.

Anónimo disse...

Contra a escória que contamina o grande SCP...

Luta & Resiste

http://resistencia06.blogspot.com

Krugul disse...

Não sei o que mal têm as declarações do Presidente. Por muito que não se goste dele, ele tem razão. Então é porque alguns sócios manifestarem o seu desagrado perante algumas exibições da equipa que um homem importante como o Carlos Freitas põe o lugar à disposição? Tem que saber lidar com a pressão, tal como os jogadores. Não sou favorável à sua saída, principalmente nesta altura do campeonato, mas acho que é teoria da conspiração afirmar que as declarações do Presidente visam tirar o tapete ao Carlos Freitas. Mas isto é só a minha opinião..o Rui Santos já deve ter escrito uma tese de mestrado sobre as conspirações que afectam o Sporting..Enfim, vamos é apoiar o Sporting contra a Roma! Saudações Leoninas

PLAYBOY disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
PLAYBOY disse...

Enquanto nionguém puder fazer uma análise sem que seja acusado de estar a elaborar uma teoria da comnspiração o futebol português continua a chafurdar no pântano.

LEÃO DA ESTRELA disse...

AMIGO KRUGUL: Onde é que está a "teoria da conspiração"? Será que não sabe interpretar o que vê? Este blog não pode fazer a sua interpretação? Onde é que estamos? Por acaso o amigo foi impedido de comentar aqui à sua maneira?

Anónimo disse...

Um blog que merece estar na seccção Sporting na blogosfera e não está: "Mão ao ar"

Saudações Leoninas

Anónimo disse...

Anti lampião qual é o teu vencimento pelo qual és pago para defenderes com unhas e dentes o salvador do Sporting,que só ganhou alguma coisa desde que ele e os seus dois amigos e parceiros entraram no clube.Aliás o Bettencourt também já era dirigente em 2000.Mas por falar em ocasião,se bem me lembro quem não olhou à ocasião foi o Carlos Freitas,que como já não ia com a equipa nem se lembrou que o Sporting jogava amanhã.

Anti-Lampião da Estrela disse...

E tu, ó trolha anónimo, quanto te pagam para defenderes as virgens ofendidas que escrevem blogues???
Quando não vos agrada a música, somos todos pagos... democracia é dizer o que os outros gostam... olha, trolha, gostava realmente que me pagassem por cada idiota que tenho de aturar. Já estava rico...

Anti-Lampião da Estrela disse...

E tu, ó trolha anónimo, quanto te pagam para defenderes as virgens ofendidas que escrevem blogues???
Quando não vos agrada a música, somos todos pagos... democracia é dizer o que os outros gostam... olha, trolha, gostava realmente que me pagassem por cada idiota que tenho de aturar. Já estava rico...

Anónimo disse...

Ouve lá oh abécula,para que foi duas vezes o mesmo post.Será que também andaste na mesma escola como o Carlos Freitas e o Bernardo Ribeiro que eram colegas de carteira.Tu estavas habituado a escrever duas vezes pois era para dois eh!eh!eh!Quanto ao que dizes sempre ouvi dizer que coices de burro não chegam ao céu.Mas já agora,queres saber poeque Carlos Freitas não sabia porque o Sporting jogava 4ªfeira?É porque o clube dele joga hoje.

Anónimo disse...

À atenção dos administradores do blog,

o link do "Mão ao Ar" conduz para o link: http://http//maosaoar.blogspot.com/ quando devia conduzir para o link: http://maosaoar.blogspot.com/

Saudações Leoninas

Anónimo disse...

A melhor definição do benfica quew já vi:

A Escala de Barbas

O português, já se sabe, pela-se por festas. Qualquer notícia de somenos torna-se pretexto para um carnaval de dimensões desproporcionais. A rapaziada sai para a rua, buzina como se não houvesse amanhã, grita histericamente e esquece, por momentos, que o IVA aumentou três vezes em quatro anos. O futebol e o Benfica, em particular, são os melhores exemplos desta euforia esquizofrénica.
Secundados por uma imprensa tão ridícula como histérica, os adeptos do Benfica contam-se entre os mais crédulos da Criação. Quem esquece a saga de há três anos, iniciada com o Dream team, prosseguida com o Dream II e o Benfica de Ouro. Crédulos, os fiéis acorreram à Luz, ciosos do milagre de multiplicação. Em vez das rosas de D. Inês, queriam golos, muito golos. Debalde.
Tenho para mim que o adepto benfiquista representa um estádio menor de desenvolvimento cognitivo humano. Falta-lhe o gene do bom senso, que não se compra na botica. Falta-lhe o da moderação, que não abunda na farmácia. E falta-lhe o da inteligência, mas esse, amigos, remonta aos pais e demais antepassados.
Ao longo dos anos, os sócios do clube elegeram democraticamente uma legião de cabotinos para os liderar. João Santos dormitava nas assembleias gerais. Jorge de Brito vivia numa dimensão paralela com duendes e elfos misturados com golos do Eusébio. Manuel Damásio terá sido o presidente mais ingénuo que Pinto da Costa teve o gosto de deglutir. Chegou depois Vale e Azevedo, eterno ídolo para os produtores deste blogue, homem sem mácula e de pêlo na venta, dotado de visão de futuro e de imenso altruísmo na gestão da causa. Vale e Azevedo transformou para sempre a relação do Benfica com os seus credores e com a sociedade em geral, mas, como todos os grandes líderes, de Gandhi a Mandela, teve razão antes de tempo. Prenderam-no, como Gandhi e Mandela, e libertaram-no como Gandhi e Mandela. Talvez um dia ele volte para acabar o trabalho.
Quando Manuel Vilarinho tomou posse, alguns adeptos rivais temeram, resignados, o aparente regresso à normalidade do clube. De penalty em penalty, Vilarinho mostrou-lhes que não havia motivos para receios.
Luís Filipe Vieira é talvez o líder benfiquista mais parecido com Vale e Azevedo. Desperta os mesmos instintos primários, as mesmas explosões guturais, as mesmas euforias esquizofrénicas, que transformam um 12.º lugar na melhor coisa que poderia suceder ao Benfica.
Pergunta fundamental: porque votam os sócios do Benfica nestes talibãs? Para responder, preciso de introduzir um conceito revolucionário na discussão. Nestes anos todos, qual é a imagem que melhor se coaduna com o Benfica? As botas voadoras de Pacheco na final de Estugarda com o PSV? O penalty falhado de Veloso no mesmo jogo? O sorriso resignado de Enke em Vigo, depois de fazer sete vezes a mesma viagem ao fundo da baliza? As imagens de Vale e Azevedo em prisão domiciliária? O iate Lucky me? Não, amigos, a imagem que melhor descreve o Benfica é o Barbas de cócoras no dia da inauguração do novo estádio, deglutindo garbosamente pedaços de relva para "exemplificar aos jogadores o que é o Benfica".
Os terramotos têm escalas de Richter e Mercalli para medir a intensidade e a magnitude. Eu proponho a escala de Barbas para medir o benfiquismo. O taxista Jorge Máximo, homem que se exalta nas assembleias gerais, merece claramente um 10 na escala de Barbas. O moderado Toni, sempre pronto a ver mérito no adversário, merece um 3. E por aí adiante.
Regressando à pergunta original, porque votam os sócios nestes dirigentes? Porque maioritariamente o sócio do Benfica merece entre 8 e 10 na escala de Barbas. De certa forma, o Barbas é o Benfica. E isso diz quase tudo.

in: http://maosaoar.blogspot.com/2005/09/escala-de-barbas.html

Saudações Leoninas

costa disse...

Caro "Leão da Estrela",

Outra vez Carlos Freitas????

Bolas, na véspera de um jogo importantíssimo para o nosso Sporting, não encontra assunto mais relevante e, já agora, mobilizador para os Sportinguistas..., do que fazer o "enésimo" post a malhar na nossa estrutura directiva????

Desculpe, mas NÃO ENTENDO...!!!! E tenho pena, acredite. Espero e desejo que este blogue volte "à normalidade" urgentemente.

Porra, já é demais!!!

Saudações Leoninas!

Mário Costa

LEÃO DA ESTRELA disse...

AMIGO MÁRIO COSTA: De facto, Carlos Freitas é notícia numa altura muito importante para a equipa de futebol do Sporting. Mas não foi o blogue que colocou o assunto na ordem do dia...

Mina de Moiros disse...

Não se aflijam que o Liedson faz milagres!!!

Anónimo disse...

Deus salve o Sporting de tanto idiota que comenta neste blog. Sempre os mesmos a vir a terreiro denegrir os comentários dos outros.
Quem está mal muda-se, se não querem saber dos posts do blog, não venham cá. Não podem não é? Estão a fazer os vos mandam!
O tapete estava tirado, mas os poderes superiores falaram mais alto. Como saberia o Polvo (Joaquim Oliveira) o que se passava dentro do Sporting? E depois como era a questão de todos os jogadores que o Sporting está interessado irem parar ao Porto?
Deram um conselho ao Freitas: Tá caladinho, não levantes ondas, deixa-te estar onde estás pois és muito importante para nós. Todos sabemos donde veio o recado.
Por falar em recado, recado - recadeiro, o B Ribeiro está muito calado. Terá sido o Soares Franco que o mandou calar? ou foi o proprio Freitas que lhe pediu para estar quieto?

SL

Krugul disse...

Caro Leão da Estrela

1 - Se calhar, não era sua intenção, mas a minha interpretação do seu post é que o Soares Franco quer "empurrar" o Carlos Freitas para fora do Sporting, quando na minha opinião, apenas o quis pôr no lugar e eventualmente desvalorizar a sua saída. Se isso não é uma conspiração contra o Carlos Freitas, se calhar fui eu que interpretei mal a sua mensagem.

2 - Sejamos justos, se já aqui fiz críticas aos seus posts, também já fiz elogios. Tanto quanto sei, nunca fui incorrecto consigo, mas o blog é seu e pode retirar os meus comentários sempre que quiser.

3 - Custa-me vêr este ou qualquer outro espaço de debate ser invadido por insultos entre sportinguistas. Há espaço para as opiniões de todos, desde que também haja respeito.

4 - Não sou nem nunca serei simpatizante do Soares Franco, uma vez que já o ouvi dizer que só é capaz de vibrar com o futebol, quando para mim, o sporting não se esgota nessa modalidade. No entanto, não deixo de dizer bem do homem quando estou de acordo com ele.

O mais importante é apoiar o Sporting! Saudações Leoninas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...