sábado, 5 de abril de 2008

Soares Franco, Cristiano Ronaldo e a formação

Há frases cujo efeito se revela imprevisível, ou mesmo assassino, e que, por isso, deveriam ser evitadas. Mas é um risco que todas figuras públicas correm quando têm um microfone à sua frente. Em Glasgow, Filipe Soares Franco colocou-se à disposição dos jornalistas portugueses e foi respondendo às perguntas que lhe faziam. A certa altura, um deles questionou o presidente leonino sobre a venda prematura de Cristiano Ronaldo ao Manchester United, procurando saber se Filipe Soares Franco achava se tinha sido um bom ou um mau negócio para os cofres do Sporting a sua venda em 2003, quando ainda tinha 18 anos, tendo em conta a evolução e o rendimento desportivo entretanto mostrado pelo atleta. Ora, a resposta do líder sportinguista foi, no mínimo, surpreendente: “O Cristiano Ronaldo que hoje está no Manchester não é o Cristiano Ronaldo que saiu do Sporting.”
Não será preciso muito esforço para entender o raciocínio de Soares Franco. Basicamente, o presidente do Sporting quis dizer que, em quase cinco anos de trabalho em Inglaterra, Ronaldo evoluiu como jogador aquilo que ninguém pensaria em Alvalade, quando o atleta foi vendido, já com a temporada 2003-2004 em preparação, prejudicando a planificação técnica elaborada pelo treinador Fernando Santos.
Porém, o que está implícito naquela frase de Soares Franco – que atribuiu a explosão mundial de Cristiano Ronaldo à escola de formação do clube de Carlos Queirós… –, é algo muito mais sério. Sobretudo quando se pretende afirmar o Sporting Clube de Portugal pela qualidade da sua escola de formação. No fundo, Soares Franco pôs em causa a Academia de Futebol do Sporting como centro de formação de talentos de qualidade mundial, dizendo aos jovens futuros craques leoninos que, para evoluírem a sério no futebol de alta competição, terão que deixar Alcochete logo que possam. E pôs em causa a equipa principal do Sporting como espaço de crescimento de futebolistas de alto rendimento. A declaração do presidente, que deveria constituir um motivo de reflexão em Alvalade, nomeadamente no congresso que está em preparação, não ajudará nada na valorização da camisola do Sporting junto dos jovens atletas, nem foi nada agradável para os treinadores e todos aqueles que trabalham no futebol leonino, seja no futebol de formação, seja no futebol profissional.
Tudo isto numa pequena frase sobre a venda de Cristiano Ronaldo, que foi, de facto, prematura. Mas terá sido o negócio possível entre um clube português que se está a perder em juros a pagar à banca e uma máquina riquíssima e organizada do futebol mundial, que, segundo o presidente do Sporting, até é melhor na formação de jogadores.

15 comentários:

Joao disse...

Não, o Leão da Estrela percebeu mal o que FSF quiz dizer.

O que ele quiz dizer, até é bastante óbvio. E não desprestigia o clube nem significa que a venda foi prematura.

Apenas aponta os limites competitivos a que os clubes portugueses estão inseridos.

O Cristiano Ronaldo evoluiu no jogador que é porque foi exposto a um nível de competição e exigência que nunca seria exposto em Portugal. E na parte da exigência estamos todos incluidos, dirigentes, jornalistas e adeptos. Um jogador não chega ao nível actual do CR jogando, semana sim, semana não, em Paços de Ferreira ou Barcelos. Nós temos uma época desportiva talvez com 10 jogos de alto nível. Em Inglaterra serão mais do dobro.

FSF nao esta a comparar o CR de 18 anos com o CR de 22 anos. O que FSF esta a comparar é o CR de 22 anos do Man. Utd com o CR de 22 anos que se teria mantido no Sporting.

Eu acho isso óbvio. Você não acha?

Anónimo disse...

Concordo plenamente com o João.
O LE é que parece que, mais uma vez, não quis entender.
Compare o percurso de Figo e de João Vieira Pinto.
O primeiro progrediu (ao contrário de simão ou quaresma) e atingiu o estrelado internacional de acordo com uma bitola competitiva elevadíssima.
O segundo nunca ultrapassou o nosso nível de baixa excelência.
Acha que o Figo ou o Ronaldo a arrastarem-se nas danças de treinadores ao primeiro mau resultado, nos apitos dourados,
nas páginas da imprensa facciosa, nas pressões das convocatórias para a Selecção, nas constantes vaias do público de Alvalade (e o que o primeiro ouviu, já que o segundo teve pouco tempo, mas também levou com os treinadores cheios de títulos da central...) tinham sido alguém no mundo do futebol?
SL

UH AH OUATTARA! disse...

Caro João,

Vamos lá falar VERDADE e pensar pela nossa cabeça!

A venda não foi prematura???????

Então quando é que uma transferência é prematura? Quando o jogador está nos Iniciados ou nos Juniores?

Só por essa barbaridade a minha resposta poderia ficar já por aqui!

Não desprestigia o clube? De certa forma não e por outro lado sim! Eu explico: Não desprestigia o clube no Estrangeiro porque o Sporting - Lisbon - já é visto como um clube formador para vender Ronaldos e Quaresmas para os Tubarões Europeus (Estratégia Roquette)! Desprestigia porque o SCP deve ambicionar sempre ser o maior clube português e isso significa que deve ter a melhor equipa (porque já tem a melhor formação)para conquistar os seus grandes objectivos: as competições internas!
(Bettencourt e Telles mentiram descaradamente a F. Santos dizendo que não saía mais nenhum jogador; Soube-se recentemente que o valor pelo qual se vendeu CR (17,5 M €)era o valor que Bettencourt iria usar para pagar os cinemas do Alvaláxia! E depois ainda tivemos que ouvir a MENTIRA VERGONHOSA clássica nestas situações: Não queremos cortar as pernas ao rapaz...!!!!!( ou seria ao Jorge Mendes a quem não queriam cortar as pernas?) + negócio nas vésperas do Euro 2004!!!)

Os SADicos ao venderem o CR nas circunstâncias da altura puseram a nu qual era a real estratégia do Sporting Empresarial: Delapidar o património desportivo (e já agora o não-desportivo também!) vindo essencialmente da Formação, mascarando de sucessos sem precedentes para o clube "meras" transferências de jogadores - tal como já havia acontecido com Simão - e equiparando-as a titulos e glórias desportivas e assim enganaram os sócios (que se deixaram levar!) e inverteram o ideal e o designio para o qual o SPORTING foi criado!

FSF é só mais uma roda dentada (imensamente tosca) nessa sinistra engrenagem que pôs em vias de extinção o nosso clube e que os sócios do Sporting também devem ser reponsabilizados!

Chega?

Saudações Leoninas

Mário Fernandes disse...

Caro Leão da Estrela,

É por demais óbvio que o nosso clube necessita urtgentemente de mudar de estratégia directiva e todas as opiniões e o debate de ideias será sempre de aplaudir.
Agora, artigos como estes são, quanto a mim, completamente desajustados e feridos de falta de lucidez. Estou totalmente de acordo com os dois comentários anteriores.

Cumprimentos,

Mário Fernandes

Anónimo disse...

O Leão da Estrela não fez mais que mostrar a pequenez do Sporting e do nosso futebol.

Anónimo disse...

Deixem-me dizer o seguinte aos Joões deste meu sporting:

por este andar com Franco a presidir, Telles a manobrar, Barbosa a contratar e Rita figueira a mandar para cima da barra do Tribunal, ainda vendemos tudo o que temos e não temos, para ficar aputrados para a Taça UEFA! Segundo sei....O FSF, já negociou tres das joias da formação, FRACA, que ele diz que temos, com 2 clubes colossos europeus para a proxima epoca, Moutinho, Veloso e Pereirinha para o ano já ca não estão.....daí que le tenha dito que eles cá não evoluem, estão muito condicionados, porque? porque tem de render dinheiro para eles estourarem com Hads e Purovics e outros que tais! tenha juizo senhor S Franco demita-se por favor, peça autorização ao BES para sair porque isto já não é nada!

So para o João ele faz sentido, porque para qualquer sportinguista já nem da para levar a serio!

Anónimo disse...

Mais uma vez fica aqui revelada a incompreensão do LdE para assuntos do futebol e a sua unica e exclusiva tendencia para criticar tudo o que está para dentro das paredes do clube.

Não perceber que os jogadores só podem evoluir dentro do campeonato portugues até um certo nível é de uma ignorancia atroz! Dou um exemplo: quando o Figo saiu de Portugal estava ao mesmo nivel do Joao Pinto. Compare-se as evoluções e pense-se se algum dia o Figo poderia ter chegado onde chegou sem sair de Portugal. Outro exemplo Ronaldo e Quaresma. Jogadores equivalentes na mesma idade, veja-se a evolução. Não tem nada a ver com o Sporting mas com o futebol portugues...

kilho disse...

O Roquetismo e o seu refugo (actuais dirigentes), estão em profunda agonia, sem rumo, sem ambição, sem soluções e à deriva e ao sabor do vento.

Pelo que me é dado a observar, só Luís Figo é que pode chutar com o Roquetismo definivamente para canto!

Um projecto desportivo sério, ambicioso, criterioso e com uma SAD verdadeiramente ao serviço do Clube, poderemos reencontrar o caminho das vitórias e o retorno da mística e de uma essência muito mal tratada nos ultimos anos.

Lionheart disse...

É óbvio que se Ronaldo tivesse continuado no Sporting não podia ser o jogador que é hoje. Como o poderia ser nas mãos de um Fernando Santos, seguido de um Peseiro e depois de um Paulo Bento? Como o poderia ser numa estrutura de futebol deficiente? Mas isso, Sr. Soares Franco, também é responsabilidade SUA, porque você é dirigente. Um clube formador não se pode conformar com treinadores que mais ninguém quer, nem com uma SAD em que ninguém sabe o que é que cada um faz. Porque amanhã você poderá vir a dizer do Moutinho e do Veloso o que diz hoje do Ronaldo, o que significa que não se evoluiu nada no seu consulado.

Lionheart disse...

É óbvio que se Ronaldo tivesse continuado no Sporting não podia ser o jogador que é hoje. Como o poderia ser nas mãos de um Fernando Santos, seguido de um Peseiro e depois de um Paulo Bento? Como o poderia ser numa estrutura de futebol deficiente? Mas isso, Sr. Soares Franco, também é responsabilidade SUA, porque você é dirigente. Um clube formador não se pode conformar com treinadores que mais ninguém quer, nem com uma SAD em que ninguém sabe o que é que cada um faz. Porque amanhã você poderá vir a dizer do Moutinho e do Veloso o que diz hoje do Ronaldo, o que significa que não se evoluiu nada no seu consulado.

Renata A. disse...

A venda de Cristiano Ronaldo foi de facto prematura, mas foi a formação do Sporting que mais contribuiu para o jogador que ele é hoje. O Manchester, obviamente, desenvolveu, e bem , o trabalho começado pelo Sporting.

Anónimo disse...

Realmente, o Leão da Estrela anda a fazer dramas onde não os há. É óbvio o salto que os jogadores talentosos portugueses dão quando vão para as grandes equipas europeias. Só um mentecapto pensa que em Portugal se joga ao mesmo nível que em Inglaterra e que a evolução de um jogador nestas duas realidades distintas pode ser minimamente equiparável. Até já em Nani se nota a diferença.
Depois, o Manchester United faz algo que não custa muito dinheiro mas que dá resultados. Treino especifico.
Logo, os jogadores em vez de treinarem que nem carneirada, treinam como profissionais de um oficio que são. Não faz muito sentido ter centrais a treinar centros mas esse treino devia ser obrigatório a qualquer lateral ou médio do Sporting. É dessa forma organizada e profissional que se funciona em Inglaterra. O nosso futebol é um espelho da falta de organização que existe na sociedade portuguesa. Como qualquer profissional portugues (grande parte, pelo menos), os jogadores talentosos chegam lá fora e têm um sistema preparado e organizado de forma a potenciar as suas qualidades. Não é altruismo, é investimento.
Acham que os jogadores da Liga Inglesa rematam bem de longe por obra e graça do espirito santo...
Trabalha-se!

Anónimo disse...

Outra coisa que talvez não se saiba é que o próprio Ronaldo forçou a sua saída do Sporting.
Ele queria sair e demonstrou isso mesmo à direcção. São assuntos de bastidores que a nós nos escapam.
Não se podia ter cá um jogador obrigado e sem clausula de rescisão definida. Era essa a situação de Ronaldo se não me engano

Anónimo disse...

Como é obvio o homem agora no Munited esta melhor que estava no Sporting, sim tem como colegas de trabalho mais qualidade junto de si, e por sua vez tambem esta mais maduro e mais matreiro e inteligente com a bola, mas se continua-se no Sporting ficaria tal e qual como está o homem é show de bola.

Ronaldinho no PSG fazia coisas magicas assim como no Grémio, não foi no Barça que aprendeu a fazer o que já lá fez. Claro está que o Ronaldo está bem onde está, ao fim de 5 anos se não me engano lá em Inglaterra melhorou todo o seu futebol adequando-se em pleno ao futebol inglês, logo ai esta a dar provas da boa escola que teve .

Alguns comentarios sao fantasticos, Nani foi no manchester que aprendeu a fazer o que faz? lolada....

Logo nos primeiros jogos marcou deu a marcar e fez piruetas, bem o Manchester ensina rápido lol

Leão da Estrela tem aqui um excelente post!

O nosso presidente não podia ter dito pior frase.

E não se esqueçam que veem ai perto de 20mil escoceses a Alvalade, nem todos com bilhete mas se os Sportinguistas nao se unirem em torno da equipa, o Rangers vai jogar em casa.

Saudações Leoninas! Eu estou lá!

Anónimo disse...

Parece que as afirmações de FSF são óbvias...menos para o LdaEstrela. O primeiro comentário diz tudo, mas há sempre gente que gosta de assobiar para o lado...



40 postas pescada

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...