segunda-feira, 26 de maio de 2008

MEMÓRIAS LEONINAS José Roquette

“(…) O papel pioneiro do Sporting revela-se igualmente pelo esforço desenvolvido para modernizar as infra-estruturas desportivas e adequá-las às exigências cada vez maiores do futebol. O novo Estádio, um dos mais belos e funcionais do Mundo, será inaugurado no Verão de 2002. O Centro de Estágio e Formação de Alcochete, estrutura imprescindível para o trabalho diário dos profissionais e para a valorização da famosa escola de talentos do Clube, estará operacional em Agosto de 2000.
A valorização do património imobiliário, em sintonia com a Câmara de Lisboa, vai gerar os recursos indispensáveis para o desenvolvimento desportivo. Serão três enormes saltos em frente de que o Sporting colherá frutos a curto prazo a nível da estabilidade financeira e de grandes resultados desportivos.
Estamos conscientes de que o caminho traçado não é fácil, mas é o único compatível com a realidade e as exigências actuais do desporto de alta competição. Um Sporting moderno e virado para o futuro será certamente um Sporting à altura das suas tradições e de um passado glorioso. (…)”
AUTOR: José Roquette, presidente do Sporting, no prefácio do “Livro de Ouro do Sporting Clube de Portugal”, editado pelo “Diário de Notícias, 2000

4 comentários:

Anónimo disse...

COMUNICADO 3 / 2008


No seguimento da recente proposta da Direcção do Sporting Clube de Portugal, a ser sufragada na próxima AG do próximo dia 28, a AAS informa que:

1.Aguardou serenamente pela sessão de esclarecimento proposta pela Direcção do Clube.

2.Não se considera totalmente esclarecida quanto aos reais propósitos da operação proposta, preferindo uma reformulação da mesma em diferentes moldes, aproveitando as ideias-chaves positivas que a mesma proposta tem.

3.Os principais pontos a necessitar superior esclarecimento são:

a.A passagem da Academia para a Sporting SAD não contempla nenhuma amortização à actual dívida de 72 M€ do clube perante aquela.

b.A passagem da Academia para a Sporting SAD nos moldes propostos representa uma clara mais valia para os accionistas da SAD em detrimento do clube, dada a prevísivel valorização dos terrenos em causa

c.As VMOC’s podem ser convertiveis para acções caso o Sporting não consiga, no prazo de 5 anos, angariar os 60 M€ necessários para distribuir pelos investidores das VMOC’s. Qual é, então, a estratégia do clube para, no espaço de 5 anos, angariar tal quantia?

d.A conversão das VMOC’s em acções da Sporting SAD resultarão num aumento de capital, em que o Sporting Clube de Portugal perderá a maioria do capital social na SAD. Ainda que detentor de acções de categoria A – que permitem o bloqueio de determinadas decisões da Admnistração daquela empresa, como seja a alienação de património, a gestão do futebol do clube ficará totalmente nas mãos de investidores. Com tudo o que uma visão puramente economicista pode transportar de negativo para um clube desportivo.

e.A passagem da Sporting Comércio e Serviços para a Sporting SAD representa um claro défice ao nível ético, visto que o vendedor dos direitos televisivos tornar-se-ia igualmente o comprador.

f.É referido pela Direcção do clube que pretende investir no Projecto Desportivo. Que Projecto Desportivo é este, quais as suas linhas de orientação mestras e qual o seu planeamento estratégico?

4.Nestas condições e perante as dúvidas referidas, não considera ser plausível, aceitável ou responsável passar carta branca a ninguém, com todo o respeito que os orgãos sociais do clube nos merecem.

5.Lamenta a forma como a Direcção do clube procura impor a sua decisão, revelando a sua decisão de se demitir, caso a proposta colocada a sufrágio não seja aceite. Totalmente inaceitável, no sistema democrático em que vivemos.

6.Por tudo isto, a AAS votará em bloco “Não” e apela à mobilização dos restantes associados do clube bem como ao seu voto responsável!

Porém, mantemos a confiança que os orgãos sociais do clube consigam alterar a referida proposta indo ao encontro das preocupações dos associados.



Comité Executivo
Associação de Adeptos Sportinguistas

Anónimo disse...

Como se diz,o Visconde de Alvalade fundou o Sporting,o neto José Roquette enterroou-o.
Tudo o que foi dito por José Roquette foi falsidade atrás de falsidade,como está provado nas palavras dele.Também afirmou ,na altura,que o Sporting nunca mais dependeria da bola na trave ou dos resultados.MENTIRAS A SEGUIR A MENTIRAS.
Roquette faz-se passar por um senhor ingénuo,educado e que não gosta de ouvir asneiras.Coitado.
Mas quem se mete com Mário Conde,vigarista espanhol,preso em Espanha e que jurou que quando saísse viria fazer contas com Roquette,não pode ser pombinho Ele é um verdadeiro abutre.
Mas vá se-lo para longe do Sporting e muito menos comer-lhe a carne.Não nos vamos enganar.

Anónimo disse...

Quem conhece José Roquette sabe bem que no Sporting ele traiu toda a gente.
Foi vice de João Rocha e este que diga o que lhe fez.Mais recentemente deu uma punhalada a Santana Lopes e agora foi a vez de Dias da Cunha,seu amigo de longa data,que inclusivamente no tempo do PREC o ajudou na sua fuga para fora de Portugal.
Outro grande sportinguista,infelizmente já falecido,de nome Jaime Duarte,se fosse vivo saíria a público dizer a qualidade de José Roquette.
Só por estes vemos a personagem que é verdadeiramente José Roquette,o ALDRABÃO.

Gouveia disse...

Peço ao Leão da Estrela que a bem do excelente e leonino blog que criou, que elimine este post do histórico do blog!

Esta persongem sinistra e pestilenta não é digna de estar no meio de nós...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...