quinta-feira, 22 de maio de 2008

O Alex Ferguson do Sporting

Tenha sido por estratégia assumida com convicção, por força das circunstâncias ou por mero acaso, a verdade é que Filipe Soares Franco, quando disse que gostaria de transformar o treinador Paulo Bento no “Alex Ferguson do Sporting”, deveria estar longe de imaginar que essa seria a tarefa mais fácil de realizar no clube.
Os mais viperinos começaram logo a fazer comparações profissionais entre os dois treinadores para desvalorizarem a ideia do presidente do Sporting. Mas o que ele quis dizer é que gostaria que um treinador do Sporting deixasse de estar exposto à necessidade de ganhar sempre para que tenha a tranquilidade suficiente para desenvolver o seu trabalho. Em 22 anos de trabalho no Manchester United, Ferguson tanto ganhou tudo o que havia para ganhar como também perdeu. Já fez e desfez equipas. Teve tempo. Teve dinheiro. Teve condições.
Ora, Paulo Bento, ao conquistar o acesso à Liga dos Campeões e a Taça de Portugal, conseguiu renascer como treinador leonino e reconquistar crédito para continuar em Alvalade. E, no entanto, em grande parte da época, a equipa do Sporting pareceu perdida com o seu futebol triste, que desbaratou pontos e não divertiu ninguém. O próprio treinador reconhece, agora, que a equipa não teve identidade. E, por isso, atravessou humilhações inimagináveis e perdeu o comboio do título nacional de forma prematura.
Em condições normais, como sucedera a muitos treinadores leoninos nos últimos 30 anos, Paulo Bento não resistiria à derrota humilhante registada em Braga, em Novembro, que foi talvez o jogo que ditou o afastamento do Sporting da rota do título, por ter mostrado a toda a gente uma equipa sem qualidade, sem vontade de ganhar, à deriva. Mas Soares Franco não deixou cair o treinador, ainda que cada empate ou cada derrota que iam surgindo na I Liga parecessem um caminho perigoso de relativização dos resultados desportivos...
Isto não quer dizer, evidentemente, que Paulo Bento seja a solução ideal para o futebol do Sporting, assim como também não quer dizer que o próprio Paulo Bento não tenha algo de novo para dar. Ora, a sua permanência em Alvalade, onde também está em formação como treinador, não tendo sequer chegado aos 40 anos de idade, também irá depender da sua capacidade de evoluir e de nos surpreender. Sendo certo que ele já é o “Alex Ferguson do Sporting”, na medida em que já esteve em alta, já esteve em baixa e voltou a ficar em alta. E já regista oito anos de permanência no clube, como jogador, treinador dos juniores e da equipa principal. De resto, na próxima época, quando aparecer uma série de dois ou três jogos sem ganhar ou uma daquelas derrotas humilhantes com um clube do meio ou do fim da tabela, Soares Franco e seus pares irão lembrar que isso já aconteceu no passado e as dificuldades foram ultrapassadas. FOTO: www.sporting.pt

20 comentários:

Anónimo disse...

Para ser o Alex Ferguson do Sporting vai ter que ganhar nada mais nada menos que 10 Campeonatos Nacionais e 3 Taças Europeias sendo 2 delas a Champions League

É difícil.....mas atendendo á grandeza extraórdinária do Sporting é claramente possível....nem que seja no ano 3000 e o Paulo Bento entretanto descubra o elixir da juventude e mantenha a risca ao meio....

O que vai ser aborrecido é estar a ouvi-lo falar de árbitros até ao ano 3000.....sempre a queixar-se claro quando neste ano foi levado ao Colo para a Champions e para a vitória na Taça de Oeiras....

cantinhodomorais disse...

Bom post, péssimo primeiro comentário.

Vi a entrevista de Paulo Bento na RTPN e fiquei (aínda com mais) certeza que é o treinador certo, neste momento no Sporting. Tem as suas limitações, mas tem sido de uma entrega, humildade, sinceridade, confiança e protecção dos valores e da história do Sporting Clube de Portugal, como há muito não se via. E, acrescentando a isto, tem ganho alguns títulos, devolvendo alguma grandeza ao clube e credibilidade ao curriculum de alguns grandes jogadores que já estão há 5 épocas no plantel principal (Polga e Liedson).
Títulos, é disto que se trata no futebol e um clube cresce com eles "no bolso". De facto, há agora uma certa regularidade na sua conquista, algo que não se via há muito, e com muito melhores planteis.
Paulo Bento não é perfeito (não ganhará o que ganhou Ferguson, mesmo que lá fique 25 anos), mas merece a nossa saudação por, paulatinamente, estar a devolver a crença e a vitória ao nosso Clube.
Este ano muita coisa falhou. A Liga e a final da Taça da Liga são espinhas que estão atravessadas. Ele sentiu isso e demonstro-o na entrevista. É bom, é sentido de responsabilide e de dever que não foi cumprido. Há vontade e determinação para mudar e atacar o que foi mau. Eu acredito, consciente nas suas limitações e virtudes e consciente das mesmas limitações do Clube e do nosso futebol.

A defesa que fez do clube quando um tal Rui Moreira tentou desvalorizar a vitória do Sporting do Jamor, é sinal que sente o clube e que, primeiro que tudo, o protegerá até ao fim.

Para todos aqueles que têm mau perder (barriga cheia?), como o senhor Rui Moreira, o anónimo aqui de cima, Meireles, Lisandro, Jesualdo, P. Emanuel, Póncio, etc, digo-lhes, o Sporting não foi beneficiado por este árbitro, mas sim prejudicado. Com o golo anulado ao Romagnoli, a expulsão perdoada a Bruno Alves e consequente penalty e a expulsão de Quaresma, talvez não precisássemos de apanhar uma grande molha e de ter visto a equipa azul e branca a abandonar o estádio aínda o Sporting não tinha a Taça.
A falta de Polga, fora de área, sobre Lisandro? Só aconteceu depois de todas as benquerençadas que falei aí em cima.

Mário Franco disse...

Creio que é uma comparação/projecção absurda entre o 'sir' Fergunson e P.Bento.
No entanto,reconheço que com melhores 'ovos' sairiam melhores omeletes.
Segundo consta este projecto é de 3anos, e a próxima época será a última ou primeira de um longo caminho.
Portanto ser campeão será importante, continuar na champions mais importante ainda, vamos lá ver que 'ovos' chegam( pelo menos já veio um estragado)para que se possa competir a alto nível com os melhores omeleteiros da europa.

Anónimo disse...

Saúdo o post do Leão da Estrela, por conter o reconhecimento, ao menos implícito, de que a Direcção do SPORTING andou bem ao não correr com o treinador a meio da época, como muitos pediram. Só é pena, atendendo a que o Leão da Estrela foi dos que mais o pediu, que a contricção não seja completa, reconhecendo-se explicitamente que a chicotada psicológica teria representado um erro colossal.

LEÃO DA ESTRELA disse...

A propósito do comentário ANÓNIMO anterior, e para informação de todos os leitores do LEÃO DA ESTRELA, é preciso esclarecer que este blog nunca pediu a demissão de Paulo Bento. Criticar as suas opções, o seu desempenho ou dizer que não tem condições para continuar é muito diferente de pedir a demissão. Mais: no momento em que a contestação ao treinador era maior, o LEÃO DA ESTRELA não escreveu uma linha sobre aquela música "Baza Paulo Bento", de um "rapper"...

15672 disse...

Hahaha... O Leão da Estrela tem mesmo piada. Hahaha... Não pediu a demissão de Bento. Hahaha...

Helder Seixas disse...

Boas,
Parabéns pelo artigo,
concordo que temos treinador e condições para muitos sucessos "a paciência é aliada do sucesso", pois com um plantel um pouco mais equilibrado e valorizado com clara aposta na formação, acrescido de maior justiça e isenção nas decisões dos orgãos e arbitros teremos um Sporting sempre na luta e com provavelmente algum conforto na lideraça dos objectivos a que nos propomos.
Quero sem tirar mérito ao que foi campeão lembrar que se não fosse sansionado o atraso de bola no jogo do Dragão com as consequências directas entre os ois clubes envolvidos mais uns tantos pontos que o campeão foi amealhando com algumas irregularidades, talvez fosse campeão na mesma mas seria bem menor a diferença.
A meu ver a época atendendo as circunstâncias (muitos jogos em todas as frentes)foi muito positiva.
Força Leão da Estrela
Força Paulo Bento e
Sporting sempre.
Saudações Leoninas
Helder Seixas (Parambos)

15672 disse...

Recomendo a leitura dos posts:
Paulo Bento, o eleito
Paulo Bento e a ministra da educação
Pistas para os mistérios do Sporting

São da mesma pessoa que escreveu este. Genial.

leão do sul disse...

O que queres concluir com a sugestão de leitura desses posts, oh 15672? É que eu li e não reparei em nenhuma contradição. Antes pelo contrário.
FORÇA LEÃO DA ESTRELA!!!

SCP Sempre! disse...

Eu quero é saber quem são os bufos do balneário, que o Paulo Bento ainda não anunciou. E ele devia explicar se já apanhou esses bufos. Porque quem saiu foram o Carlos Freitas, o Carlos Paredes e o Marian HAD. Era algum destes o bufo ou eram os três? Ou não era nenhum?

15672 disse...

Eu sei que custa admitir que o homem tem valor. E sei o que custa ver o Franco ganhar. Custa, mas tem de ser.

PG disse...

Plenamente de acordo com o ANÓNIMO de 22 Mai, que saúda o post do LdE. Eu também li o que o disse de mal de Paulo Bento, toda a época . Com este artigo, o sr. deu uma volta de 360 graus. Fez-me lembrar o Jaime Gama a falar do Jardim...

Anónimo disse...

Fico verdadeiramente surpreendido com a resposta do Leão da Estrela ao meu comentário. No dia 2/12/2007, após o empate em casa com o Leiria, escreveu assim: "O treinador Paulo Bento (...) não tem condições para continuar e deveria apresentar a sua demissão". Se isto não é pedir a demissão, eu vou ali e já venho...

LEÃO DA ESTRELA disse...

Todos os comentários têm por base uma circunstância. E quando escrevi que Paulo Bento deveria pedir a demissão, seria como resposta a uma circunstância concreta: maus resultados, mau futebol... Por isso, o LEÃO DA ESTRELA virou 360 graus. Quem virou foi Paulo Bento que, ajudado por Filipe Soares Franco, que foi quem o segurou, conseguiu levar a equipa ao segundo lugar e à vitória na Taça de Portugal. Agora utilizar isso para apontar contradições e procurar desacreditar ao blog é absolutamente demagógico.

PG disse...

Para reforço do que foi dito anteriormente, relembre-se uma frase retirada do post escrito em 30/3/2008 por LdE com o título "PAULO BENTO, O ELEITO":
"...E O PIOR É QUE O TREINADOR DO SPORTING, FICA ATÉ 2009, OU SEJA ATÉ AO FIM DO MANDATO DE FILIPE SOARES FRANCO,... INDEPENDENTEMENTE DOS RESULTADOS."

Anónimo disse...

Isso deve ter sido depois de mais uma brilhante exibição do Sporting na final da Taça da Liga...

Anónimo disse...

Meu Caro Leão da Estrela,
O blog não fica desacreditado por o seu autor mudar de opinião, mas sim por não o admitir, só para não ter de dar razão à Direcção do Clube. Tão simples quanto isto...

12Setembro disse...

não é o melhor, não é o pior, mas o mais importante é que é o nosso treinador. respeito por quem veste de verde e tem o leão ao peito, cambada de invejosos e de mal-agradecidos

D&A disse...

Por favor.
Não se tente agora limpar e sacudir a água do capote, quando todos sabemos que se fartou de criticar o paulo bento.
Não falou da musica?!! Também era melhor que falasse!!!!

Você e as suas análises levianas, análises de "semana a semana"...
SE PERDEMOS SOMOS UMA PORCARIA, QUANDO GANHAMOS, JÁ SOMOS BONS.
E agora, trata de cascar na direcção....

Tenha VERGONHA!

D&A disse...

Deixei de vir aqui há vários meses, mas agora, com o fim da época, sabe bem vir aqui e rir-me às gargalhadas com o que foi dizendo ao longo da época!!

Decência, é tudo o que peço!
Em nome do Sporting Clube de Portugal!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...