terça-feira, 6 de maio de 2008

A televisão e o futebol jovem

Numa altura em que Joaquim Oliveira se prepara para lançar o canal Sport TV 3 seria interessante reflectir um pouco sobre o papel dos seus canais desportivos no desenvolvimento e na promoção do futebol jovem em Portugal. O Sport TV 3, que está anunciado para Junho, é descrito como um canal "dedicado ao público jovem e feminino". Entre as modalidades a emitir pelo canal pago estão a patinagem, a ginástica, a natação, a dança, os desportos radicais e de aventura. Será ainda dado destaque ao desporto escolar e a campeonatos internacionais. Por outras palavras, será mais do mesmo, mais coisa, menos coisa.
Ora, o que se constata é que o futebol jovem continua arredado das televisões portuguesas, não obstante os títulos internacionais conquistados e a importância estratégica da formação para a sobrevivência dos clubes. A transmissão semanal dos jogos de juniores, juvenis e iniciados que envolvessem a participação dos maiores clubes, no caso o Sporting, o FC Porto e o Benfica, seria um excelente meio de divulgação do futebol jovem e dos próprios talentos que brilham nas várias equipas. Talvez dessa forma o grande público soubesse o valor da maioria dos atletas, quando estivesse em causa escolher aqueles que devem ser tidos em conta para as respectivas equipas principais.
Nesta altura, por exemplo, teria todo o interesse mostrar ao País, em directo, os clássicos Sporting-Benfica, FC Porto-Sporting ou Benfica-FC Porto da fase final do campeonato nacional de juniores. Seria um excelente veículo de promoção do futebol jovem e do trabalho dos próprios clubes. Seria um serviço público que, aliás, a Federação Portuguesa de Futebol deveria ser a primeira instituição a defender. Tanto mais que o futebol de formação também é suportado pelo dinheiro dos impostos de todos nós. Por isso, se a FPF não liga nenhuma, que sejam os clubes a fazer alguma coisa, a começar pelo Sporting...
Infelizmente, em vez de mostrarem os nossos jovens futebolistas a despontar, os canais desportivos mostram-nos doses cavalares de hipismo, bilhar, snooker, ténis, vela, surf, golfe e outras modalidades, imagens talvez compradas em pacotes a televisões estrangeiras, verificando-se uma grande falta de identificação entre a maior parte do público português e os produtos emitidos pelos canais em causa.

8 comentários:

JC disse...

Esqueceu-se de mencionar o Curling, Caro LE, essa modalidade com tradições milenares entre nós e que arrasta multidões.

Visconde disse...

Seria concerteza uma excelente ideia transmitir jogos das camadas jovens, nem que fosse um programa semanal com resumos dos principais emblemas e depois a transmissão da fase final e apuramento de campeão.
Ao invés a Sport Tv prefere continuar com essas modalidades que ninguém vê e ter o canal fechado várias horas por clara falta de opções na programação.

SL

leão de arroios disse...

Sr Leão da Estrela, nem vou comentar o seu desejo de ver no seu sofá os iniciados (crianças até aos 12 anos, salvo o erro) a aprenderem a jogar à bola.

Interessa-me comentar a SportTV. Essa agremiação de jornalismo desportivo amador que serve a agende que entende servir mas que não me apetece discutir agora.

Sobre o amadorismo, basta dizer que durante ANOS, este canal nos seus resumos semanais dos campeonatos e ligas estrangeiras só apresentava a primeira metadade da tabela classificativa desses países... como se não interessasse para nada os demais clubes em situação aflita, tratando os espectadores de um canal de especialidade como autênticas donas de casas á espera da novela (sem desprimor para ninguém), que ignorariam todas as especificidades que constituem uma Liga (quem é campeão, vai à europa, quem desce e quem se salva no último jogo). Também habitam este espaço sofríveis comentadores (Luis Rita e José Marinho à cabeça) que ou não estudam antes de relatarem (nem os nomes dos jogadores sabem dizer) ou então acham que são a reencarnação do Eça de Queiros.
Notíciarios sem nexo, com falta de informação e a horas desconexas... enfim... tudo pode acontecer neste miserável e supostamente profissional canal.

Se houvesse algum tipo de justiça neste país, as transmissões da Liga passariam de imediato para outro canal, com meios técnicos e humanos superiores (n é dificil - eu tenho uma câmara em casa e com o meu vizinho fazia melhor) e com uma maior preocupação com o espectador. Um canal que fosse forçado a estar a melhorar o seu serviço constantemente, algo que não acontece com estes miseráveis.

Anónimo disse...

Mais futebol na sporttv? mas afinal é sporttv ou futeboltv??

joaquim agostinho disse...

Uma coisa não excluí a outra.

Mário Fernandes disse...

Caro Leão de Arroios,

O seu comentário acerca da Sport TV
é precioso.

Vivam os Sportinguistas da grande Fregusia de S. Jorge de Arroiso (onde eu nasci...)!!!

Mário Fernandes

Anónimo disse...

concordo em absoluto ..

a trasmissao da fase fina de juniores era bem vista por muitos .. em detrimento de golfe . surf . e afins ..

A Sportv devia ler este post .. alguem que faça chegar isto ao canal .. [s é k ja nao o foi feito]


curioso para este sportv3 .. sera que ja tao a pensar num 4?

Anónimo disse...

de referir que este fim d semana todos , mas mesmo todos os jogos vao ter trasmissao directa ..


Sábado (10 Maio):
Sp. Braga-Académica, 17:30 (SportTv2)
Nacional-Belenenses, 17:30 (SportTv1)
Naval-FC Porto, 19:45 (TVI)

Domingo (11 Maio):
U. Leiria-P. Ferreira 18:00 (SportTv2)
Leixões-Marítimo 18:00 (SportTv1)
Benfica-V. Setúbal 20:15 (SportTv1)
V. Guimarães-E. Amadora 20:15 (SportTv1)
Sporting-Boavista 20:15 (SportTv2)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...