sexta-feira, 6 de junho de 2008

A oportunidade de Celsinho

O médio brasileiro Celsinho, que há um ano chegou a Lisboa, vindo de Moscovo, rotulado de "novo Ronaldinho Gaúcho", falhou a sua experiência no Sporting. Ao que tudo indica será emprestado ao Belenenses. É uma boa escolha. Até a escolher clubes a quem empresta jogadores o Sporting parece estar melhor. O Belenenses é um clube com tradições no futebol português, que procura sempre um lugar na UEFA e, ocasionalmente, luta com os "grandes" pela conquista de títulos, nomeadamente a Taça de Portugal. É um clube de Lisboa, cidade que Celsinho já conhece há um ano. E já conhece muito bem... E o seu treinador, Casimiro Mior, é brasileiro. Portanto, há todas as condições para que Celsinho desperte o "Ronaldinho Gaúcho" que dizem existir dentro dele...

3 comentários:

cantinhodomorais disse...

Confesso que em relação ao Celsinho não tenho opinião formada. Jogou pouco e, por incrivel que pareça, quando jogou era sempre em jogos com equipas fortes (Benfica na Luz, Roma e Porto em Alvalade). Mas como só jogava um minuto ou dois...

Quanto à política de empréstimos, se vier a confirmar esta do Celsinho, também apoio o empréstimo ao Belenenses, um clube que admiro e respeito muito. Perto da minha casa, já foram muitas as tardes que perdi no Restelo. Gostava que esta política se mantivesse mas fiquei muito desiludido com o Belém quando, esta época, despediram-se do Sporting, no Restelo, ao som de Caetano Veloso com a música "Leãozinho". Não ficou bem. Merecia um reparo por parte do Belenenses. Foi humilhante.

Gostava que o Sporting se virasse para os clubes filiais. Que emprestasse jogadores, por exemplo, ao Sporting da Covilhã, que este ano está na luta pela subida à II Liga e que já lá esteve há 2 épocas atrás. São também parte da História do Sporting.
Ficava também muito feliz que, no inicio ou no final da época o Sporting fizesse um jogo com algumas equipas filiais, levando o clube a outras zonas do país, promovendo essas filiais e promovendo também o contacto com sportinguístas que mesmo longe, nunca deixaram de sofrer.
Talvez assim se pudesse alcançar os 100 mil sócios.

Clubes a não emprestar jogadores:
- Paços de Ferreira
- U. Leiria
- Chaves
- Gil Vicente
- Clubes onde esteja o Álvaro de Magalhães ou o Diamantino
- Nacional da Madeira
- Setúbal
- Boavista

LdeA disse...

Pois o Cantinho do Morais fez bem em recordar essa ofensa mesquinha da época passada. É que na minha terra diz-se que quem não se sente, não é filho de boa gente. Por mim, o clubezeco dos pastéis levava a resposta do desprezo.

Anónimo disse...

e que tal para a próxima por a imagem do jogador com a nossa camisola?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...