quarta-feira, 23 de julho de 2008

O Sporting e os jornalistas

Quando a comunicação social fala daquilo que uma pessoa ou uma organização não querem que seja falado, a responsabilidade nem sempre é dos jornalistas. Vem isto a propósito das últimas notícias sobre a eventual saída de João Moutinho. Os dirigentes do Sporting não têm assumido publicamente o possível negócio. Moutinho também não. O que é correcto. O problema é que não faltam jogadores a comentar a situação. Ontem foi Tonel. Hoje foi Romagnoli. Como há tempos apareceu Anderson Polga a comentar o interesse do Manchester United em Paulo Bento.
Como é evidente, a culpa não é destes jogadores, que assumiram o papel de analistas de balneário, que não é um papel deles. Isto acontece porque a comunicação do Sporting Clube de Portugal - não confundir com marketing... - não é dirigida como deveria ser. Porque basta um "lapsus linguae" involuntário para anular um negócio que era pretendido ou para apressar um acordo indesejado, prejudicando, assim, os interesses do clube. Além disso, o facto de os jogadores comentarem eventuais saídas de colegas dá a ideia de uma dependência do grupo em relação a um caso individual, quando o grupo deveria estar acima de qualquer caso individual deste género.

10 comentários:

Anónimo disse...

Concordo. Nao se ve nenhum dos jogadores do FCPorto a comentar a hipotetica saida do Quaresma. Porque nao faz sentido, nao e o papel deles e porque como escreve o LdE, o grupo deveria estar acima de quaisquer casos individuais.
Se calhar ha tao pouco para comentar e discutir nas conferencias de Imprensa (fruto do defeso tranquilo do Sporting) que so sobram mesmo estas perolas de especulacao que a Imprensa (?) portuguesa teima em atirar para as capas dos seus jornais.

Saudacoes Leoninas
Petinga

Anónimo disse...

O facto dos jogadores do Sporting falarem é um direito que lhes assiste. Podem dizer o que quiserem, pois para bem ou para o mal vivemos em liberdade. O que não é correcto, quanto a mim, é que não haja uma cultura interna para que aquilo que sai cá para fora seja do interesse do Sporting. Falo de cultura interna, não de lavagem ao cérebro. O departamento de informação do Sporting tem sido ao longo dos últimos anos, a maior nulidade que se pode imaginar. Nem o antigo ministro da informação do Iraque era tão mau.
É evidente que os media nacionais aproveitam tudo para escarrapachar o que lhes convém desde que venda. Neste caso, é a saída de um jogador fundamental de um clube que não o clube dos potenciais compradores dos jornalecos em causa. Noutras alturas terá sido a hipotética (patética?) ida de um jogador (que eu tenha contado já lá vão 13, contando com o Meira) para o clube do estádio estilo quartel de bombeiros (sem ofensa para estes, pelos quais tenho grande admiração e dever de gratidão).
E onde é que anda a informação do Sporting? Resume-se a uns comunicados frouxos (para não ser grosseiro) e pronto.
Entretanto estão tão preocupados com as eventuais transferências de jogadores do Sporting que nem sequer se dão ao trabalho de fazer uma análise quanto ao facto de, eventualmente, ser mais benéfico para o SCP prescindir de um ou outro jogador e fazer um encaixe substancial, que o contrário.
Coitados, nem foram capazes de prever que a saída do Quaresma iria ser colmatada com uma valente punhalada nas costas do milhafre…

Sporting na família desde 1907

PS – Continuo preocupado com a nossa defesa, GR incluído.

8 disse...

E que tal isto:

Morre um antigo atleta e dirigente do nosso Clube (Manuel Caneira) e não é o Clube nem o CD do Clube que apresenta as condolências à família

“À família enlutada a Direcção de Comunicação e Relações Públicas do Sporting endereça as mais sentidas condolências” (do site do Clube).

Claro que a via deve ser o departamento de Comunicação e Relações Publicas, mas as condolências devem ser em nome do Clube ou do CD do Clube,

Sede de protagonismo…

Saudações Leoninas

Anónimo disse...

então ó LDE não há nenhum post de homenagem ao homem dos 6-3 que podiam ter sido 12-3 não fosse a arbitragem?

este blog está a perder qualidades

Anónimo disse...

Então senhor anónimo dos 6-3 que podiam ser 12-3, recorda-se dos factos escandalosos que envolvem o seu clube, os quais lhe fiz ontem questão de recordar? Continuo à espera da sua resposta.Já agora para quando uma homenagem do seu clube a Luís Guilherme, Cunha Leal e Hélio santos?

Quanto ao que de facto interessa e que tem a ver com a postagem de hoje, só tenho a dizer que concordo inteiramente com a opinião do LDE.

www.forumsporting.com/forum/ disse...

Estou de acordo os jogadores não deveriam estar a comentar as transferências, mas a verdade é que existe um longo caminho já percurrido e ainda falta percurrer bastante neste sentido.
Aquilo que demonstram estas declarações é que o balneário não está blindado como deveria estar.

Saudações leoninas
wwww.forumsporting.com/forum

Anónimo disse...

Deixem o dream team em paz.....
deixem os pacóvios e os jornais falarem...

Temos é de nos preocupar e debater o Sporting!

Viva o Sporting!

Jiu Jitsu e defesa pessoal é no Sporting!
mais informações em
http://brasateamportugal.blogspot.com
email - brasateamportugal@yahoo.com

Duarte Morais disse...

o blog sportinganu foi removido.
alguém sabe o que se passou ?

era dos poucos locais que abertamente expunha os podres de FSF e da restante direcção comissionista

cp disse...

Concordo inteiramente!!!
E nisso o FCP é eximio!!
fechar o balneario qd é preciso...
e por isso é que o clube da andorinha (100000 vezes pior que nós nesse aspecto - sim, porque em termos futebolísticos a parada sobe pra 1000000000000000000000000 vezes) nunca vai sair da cepa torta!!

Anónimo disse...

Só falam aqueles que os patrões querem.É uma autêntica ditadura o que se faz em Alvalade.Gostava de ver Pedro Barbosa nesta altura como jogador e capitão.Já tinha arrasado o clube em todos os jornais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...