sábado, 9 de agosto de 2008

Uma equipa cada vez mais sólida

Um golo de grande penalidade foi a cereja no bolo no processo de reconciliação de João Moutinho
>>>
Ao cabo de um mês de trabalho e no último jogo de preparação antes do compromisso com o FC Porto para a Supertaça Cândido de Oliveira, pelo segundo ano consecutivo, o Sporting recebeu e bateu por 2-0 a Sampdoria, equipa sexta classificada na última Liga Italiana. Antes do primeiro embate oficial com os portistas, a Sampdoria acabou por ser o adversário ideal para Paulo Bento testar graus de dificuldade superior, podendo dizer-se que o Sporting passou com uma nota bem positiva, estando preparado para iniciar a temporada e lutar pela vitória em todas as frentes nacionais.
Com um “onze” inicial que, em relação à época passada, só tinha Rochemback como novidade, o Sporting começou por mostrar o melhor que já sabe fazer: defender com personalidade e segurança. De tal modo que a Sampdoria, nos primeiros 20 minutos, que foram o seu melhor período, não conseguiu rematar à baliza então ocupada por Rui Patrício. Quando Derlei, aos 25 minutos, fez o primeiro golo, num dos escassos lances rápidos de contra-ataque, em entendimento com Yannick Djaló, o conjunto leonino assinava o primeiro remate da partida. Um sinal das dificuldades no último terço do campo, compensadas, no entanto, pela eficácia. Neste caso, curiosamente, à italiana...
Na segunda parte, a Sampdoria passou a jogar com dez e o seu jogo perdeu comprimento. A saída de Rochemback por troca com Miguel Veloso acabou por ser benéfica para o Sporting, com o médio português a fazer girar a bola com mais amplitude, alargando o jogo leonino e o seu caudal ofensivo. O segundo golo acabaria por acontecer através da marcação de uma grande penalidade, convertida por João Moutinho - pouco depois de o árbitro não ter assinalado outro penálti, porque Rodrigo Tiuí, ansioso ou inexperiente, não desistiu da jogada...
É verdade, o “capitão” João Moutinho actuou desde o início e foi mais aplaudido do que assobiado. A grande penalidade, a uma dezena de minutos do fim, foi uma espécie de cereja em cima do bolo, uma vez que lhe deu a oportunidade de marcar um golo e experimentar os aplausos do público. Que continuaram logo a seguir com a sua substituição por Adrien Silva. Este jogo foi, por isso, a primeira etapa de um processo de reconciliação do jogador com o público que requer tenacidade. Resta saber como evolui esse processo no interior do balneário. O abraço de Moutinho a Caneira foi um bom prenúncio. Veremos o que acontecerá…
Uma nota final para a indisciplina que alguns jogadores do Sporting têm demonstrado nesta pré-temporada. Já com o PSV, Pedro Silva fora expulso de uma forma estúpida. Desta vez, foi Derlei que parecia andar a pedir o cartão vermelho. E também Rochemback arriscou a expulsão numa entrada muito dura às pernas de um adversário. É evidente que todos os jogos de preparação devem ser encarados como jogos oficiais. Porém, quando a SAD do Sporting optou por contratar jogadores experientes estava justamente a tentar prevenir assomos de imaturidade dentro do campo. Se Paulo Bento não tem mais baixas por indisciplina para o confronto com o FC Porto fica a dever essa a Pedro Proença... FOTO: "Record Online"

14 comentários:

Anónimo disse...

Arbitragem péssima de quem inventou o golo do Porto na época passada. SCP jogou à italiana: marcou no priemrio remate que fez á baliza. Aquele penalty por marcar até eu vi atrás da baliza do Tiago. Se isto é assim no princípio como será nos jogos decisivos??? JCFrancisco

UH AH OUATTARA! disse...

Para já para já o unico comentário à justa vitória do Sporting é este: Porque é que o Sporting convida os seus carrascos para apitar e prejudicar ( Pedro Silva de fora na Supertaça) o SCP em jogos amigáveis?

Porquê? Porque é que se convidam 2 árbitros lampiões para apitar jogos do Sporting?

Anónimo disse...

Arbitragem péssima de quem obrigou o V. Setúbal a ir a penaltis para levar a taça da liga.
SCP jogou à italiana: marcou no priemrio remate que fez à baliza.
de resto o habitual futebol mediocre
Aquelas expulsões de Derlei e Roca até eu vi atrás da baliza do Tiago.
Se isto é assim no princípio como será nos jogos decisivos??? FCJamiro

Anónimo disse...

arbitragem péssima que mais uma vez beneficiou o sporting, a expulsão é uma vergonha

na luz o sportinguista pedro henriques mais uma vez fez uma arbitragem cínica e cirúrgica contra o benfica

assim não dá com o sporting a controlar a arbitragem através de vitor pereira

Anónimo disse...

Derlei foi expulso ???? Então não joga na Supertaça...ai podes isso só aconteceu ao Lisandro no ano passado.

Anónimo disse...

eu queria dizer ai pois...saiu ai podes..não faz mal também não sou castigado por isso. tenho um bom concelho de justiça da FPF

Renata A. disse...

A primeira parte fez lembrar em demasia a época passada, com um jogo lento e sem ritmo. a sampdoria não chegou à nossa baliza mas nós também não chegámos à deles! O golo oferecido pelo guarda-redes italiano sempre trouxe mais vulgor ao jogo. com a mudança de sistema táctico e respectivas substituições, a equipa ganhou mais consistência e ameaçou mais vezes a baliza italiana.

Moutinho parece ter se reconciliado com a maioria dos adeptos, a receber mais palmas do que assobios. Esta é para mim a melhor decisão a tomar porque o mais provável é que JM continue no Sporting. além do mais Moutinho sempre foi empenhado e profissional, merece uma segunda oportunidade (se bem que um pedido de desculpas nao ficava mal).

SL

oliveira r. disse...

Este é um país onde as pessoas não gostam de ver futebol.Gostam de ver arbitragens!Deixem lá os árbitros e falem de futebol.Chiça!!

cantinhodomorais disse...

18 mil espectadores em Alvalade.
A tristeza e a vergonha continua. Mas está tudo bem...
Se por acaso tivessemos ficado em 4º lugar na época passada e tivessemos sido eliminados pelo Benfica por 5-3, depois de estarmos a ganhar 2-0 ao intervalo, na meia-final da Taça de Portugal, quantos adeptos teríamos? As famílias dos jogadores? 500? Entristece-me. Isto é mais uma prova de que não interessa continuar a fazer do Sporting um clube grande.

O INFERNO DA LUZ disse...

Pedro Proença, ontem em Alvalade, mostrou porque é que os árbitros portugueses não são respeitados por essa Europa fora. No jogo de apresentação do Sporting frente à Sampdoria, viu, impassível, Derlei agredir, insultar, discutir e tudo fazer para estragar o jogo. Proença fez que não viu e não ouviu. O jogo era amigável, pensaram os espectadores, mas no critério do árbitro português as amabilidades não servem para os outros. Mal viu uma entrada mais dura de um italiano, e zás, puxa do vermelho. Irrelevante? Talvez não, se pensarmos que se Derlei fosse expulso, não jogaria a Supertaça contra o FC Porto, este sábado, o que face à ausência de Liedson era capaz de fazer toda a diferença. Mas, se calhar, o problema de Pedro Proença é mesmo esse, incompetência. Depois de o termos visto arbitrar um Benfica – Sporting, cuja vitória os de verde lhe ficam a dever, nada me espanta.

LEÃO DA ESTRELA disse...

Inferno da Luz: já se esqueceu do Luisão ter ceifado Yannick Djaló, no Torneio do Guadiana, quando o jogador do Sporting se issolava em direcção à baliza? Por que é que Luisão não foi expulso?

O INFERNO DA LUZ disse...

ainda não percebeu que a relevância da não expulsão do derlei tem a ver com o jogo da supertaça? se o luisão fosse expulso, qual o jogo que falhava?

Sporting na Família desde 1907 disse...

Caro Uh Ah Ouattara,

A resposta a sua pergunta é simples.
São convidados para os jogos amigáveis para descarregarem as suas asneiras em partidas sem consequências desportivas.
Infelizmente, os jogos amigáveis são poucos para tanta incompetência acumulada.

Relativamente à nossa equipa, já tem uma ideia como deveríamos alinhar no jogo da Supertaça?

Bruno Nunes disse...

Estando a pré-temporada finalizada penso que, na minha opinião, a equipa "titular" do Sporting (pelo menos já no próximo jogo) deveria ser a seguinte: Rui Patrício (apesar de achar R. Batista seja melhor GR, só jogou 16 minutos, não penso que deva estrear-se num jogo de tão elevada responsabilidade); Abel, Tonel, Polga, Caneira (a defesa esquerdo. Sinceramente o Grimi parece um jogador que apenas defende. Caneira, na minha opinião, defende melhor que Grimi e ainda ataca um pouco mais. Ronny fora de questão. Penso que já deveria ter sido dispensado. Não sabe defender e ataca muito irregularmente. Não é jogador do Sporting.
No meio-campo, em losango, uma vez que é o sistema mais rotinado, penso que Miguel Veloso, se tiver condições físicas, deve actuar no eixo mais recuado; Izmailov e Rochemback como interirores (ou médios centro) que deverão ir trocando durante o jogo. Moutinho a 10, sendo que poderá ir trocando com rochemback, uma vez que os 2 jogadores atingem o seu potencial máximo a jogar no meio. Yannick e Derlei na frente.
Há alguns jogadores que apresentam boas alternativas a estes para jogos futuros, essenciais para a gestão do plantel ao longo da época ,dos quais destaco Vukcevic, Liedson (lesionados), Pedro Silva (que no início da época passada se encontrava em excelente forma antes de se lesionar, que, ao que me parece, ainda não voltou a atingir esses níveis, mas com decorrer da época poderá atingi-los), Postiga quando estiver mais entrusado com a equipa.
Contudo há jogadores que espero bem ver a sua utilização ser reduzida ao mínimo devido à sua falta de qualidade: Ronny (não defende nada, ataca pouco regularmente); Grimi (defende razoavelmente bem, mas como lateral não possui os níveis ofensivos necessários. Enquanto Caneira, Abel e Pedro Silva (em melhor forma) puderem fazer os lugares de laterais, penso que Grimi escusa de ser utilizado, mas infelizmente parece que Paulo Bento aposta nele); Adrien (ainda com pouca qualidade para o Sporting, com insuficiente segurança defensiva e capacidade posicional que se exige a um médio defensivo. Penso que deveria ser emprestado uma época para ganhar mais experiência sem ser à "custa" do Sporting); Pereirinha (um pouco irregular, penso que lhe deveriam ser dadas oportunidades em 2ª partes, em que o Sporting já esteja a ganhar, mas, mesmo assim, penso que poderá ser útili como alternativa aos titulares); Romagnoli (só jogou bem no final de época em que acabava o empréstimo e em que o Sporting decidiria se o comprava ou não. Não defende, passa muito tempo "fora de jogo", ou seja, sem intervir nas jogadas da equipa, muito irregular durante o próprio jogo. Acho que se deveria dispensar este jogador.) Tiuí (falta nítida de qualidade. 5º avançado.)
Em geral, penso que o Sporting tem boa equipa com jogadores bons para serem titulares e com boas alternativas no banco, excepto no lugar de Defesa Esquerdo.

Cumprimentos a todos os sportinguistas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...