sábado, 16 de agosto de 2008

Uma vitória da formação do Sporting

Até agora, todas as crónicas dos especialistas nos tinham dito que o FC Porto está tão forte como na temporada passada e que parte para o novo ano futebolístico à frente da concorrência, e que o Sporting, assim como o Benfica, melhoraram em relação ao ano anterior, mas só terão conseguido diminuir o fosso de qualidade em relação ao todo-poderoso tri-campeão nacional. Porém, por aquilo que se viu no excelente jogo do Estádio do Algarve, para a Supertaça Cândido de Oliveira 2007-2008, com uma vitória claríssima do Sporting sobre o FC Porto, por 2-0, com dois golos de Yannick Djaló, “assistido” por defesas contrários, é bom que os analistas revejam os seus comentários e coloquem a equipa leonina pelo menos em pé de igualdade face à concorrência portista, nomeadamente no que concerne a uma candidatura ao próximo título nacional.
Com uma exibição plena de concentração, de força, de garra e de sentido colectivo, o Sporting conquistou a sétima Supertaça Portuguesa da sua história – e, pela primeira vez, a segunda consecutiva –, num jogo em que toda a equipa jogou bem, embora o destaque exibicional tenha de ser entregue a Yannick Djaló, pelos dois golos e pela constância do seu futebol, demonstrando que cresceu muito como jogador, e a Rui Patrício, que defendeu um penálti num momento decisivo e assinou uma mão cheia de outras boas defesas, tendo realizado talvez a sua melhor exibição ao serviço da equipa de Alvalade.
Yannick Djaló e Rui Patrício foram as estrelas mais cintilantes da grande noite algarvia, pelo que a conquista desta Supertaça Cândido de Oliveira é também uma grande vitória da escola de formação do Sporting Clube de Portugal, cuja equipa é, este ano, a mais portuguesa dos históricos três grandes.
É certo que o FC Porto também procurou o golo. Só que o Sporting foi mais feliz, mas não ficou à espera da sorte. Lutou por ela. É verdade que no melhor período do Porto, Lucho Gonzalez rematou com estrondo ao poste de Rui Patrício. Mas o poste estava lá para alguma coisa. E, de resto, essa jogada até contou com a colaboração do árbitro Carlos Xistra, já que o seu corpo cortou um passe de Rochemback que iria rasgar a defesa contrária, permitindo uma contra-ataque portista... E também é verdade que o Sporting fez o primeiro golo a poucos segundos do intervalo. Mas se os avançados leoninos não pressionassem e não procurassem a bola com a intensidade competitiva que se exigia, provavelmente não recuperariam os ressaltos que vieram dos pés dos defesas portistas e resultaram nos dois golos que, aos 44’ e 58’, decidiram a conquista de mais um troféu para o museu leonino.
O Sporting ganhou também porque mexeu muito menos na estrutura da equipa em relação à época passada. E lançou no jogo nove jogadores portugueses (seis deles formados em Alvalade), contra apenas quatro do FC Porto. Talvez isso também ajude a explicar a estranha desorganização da equipa demasiado sul-americanizada de Jesualdo Ferreira quando ficou em desvantagem no resultado, ou seja, em praticamente toda a segunda parte.
A equipa leonina começa a temporada novamente com uma vitória sobre o FC Porto. Mas há diferenças evidentes em relação à época passada. Este ano, a Supertaça foi conquistada através de uma exibição muito superior e num jogo vivo e muito dinâmico, a demonstrar que os jogadores leoninos querem mesmo ser campeões. E ao contrário de Jesualdo Ferreira – que tem agora um problema chamado Ricardo Quaresma para resolver com urgência… –, Paulo Bento tem agora um banco de suplentes à altura. Por muito menos dinheiro…
Igual ou pior do que na época passada continua a arbitragem. Carlos Xistra, o tal "leão da serra", como foi apelidado na semana finda pela impensa desportiva nortenha, começou o jogo com uma gritante dualidade de critérios, deixando passar impunes cargas violentas de Bruno Alves sobre Derlei. Em vez do cartão amarelo, Xistra optou por mostrar conversa, muita conversa... E a grande penalidade assinalada contra o Sporting é, no mínimo, muito duvidosa. Pelo contrário, no primeiro lance alegadamente faltoso sobre Cristiano Rodriguez, a "conversa" com Anderson Polga limitou-se à amostragem de um cartão amarelo, condicionando o defesa leonino logo nos primeiros minutos. E Polga nem sequer atingiu intencionalmente o jogador portista, tocando-lhe de raspão depois de chutar a bola, porque, em virtude da lei da gravidade, o pé do jogador brasileiro tinha de voltar ao relvado... FOTOS: Jose Manuel Ribeiro (Reuters) e Paulo Duarte (AP Photo)

37 comentários:

Soylent Green disse...

Toma lá Colgate ó professor da treta.
Já vai em 7-1(?). Como eu gosto deste número !!

Soylent Green disse...

Era bom ficar no grupo destes tipos na CL: 6 pontos garantidos

luis ferreira disse...

meu caro leão da estrêla,
É uma alegria que começa a tornar-se um salutar hábito, duas taças de Portugal e duas Supertaças ganhas...e todas seguidinhas!
Além de vencermos, jogámos bem, com cabeça, pulmão, garra "leonina" próprias de uma equipa campeã. Falta a esta equipa, decididamente, a vitória na I Liga e um apuramento para os oitavos de final da "Champion's"!
Saudações leoninas

PPA disse...

Neste momento, o Jornal o Jogo dá como resultado 2-1.

Será que pensam que o penalty entrou?

http://www.ojogo.pt/Directo/NoticiaHoraFutebolNacional_Sporting1608_85631.asp

Borges disse...

Gostei do Sporting. Mostrou ambição e colectivamente estiveram bem, mostrando bom entrusamento. Naturalmente que há ainda aspectos a melhorar, mas estamos em início de época e como tal, com trabalho, esta equipa pode dar muitas alegrias à nossa grande familia leonina. Apenas me parece que o Moutinho não rende nem metade na posição 6 e que mais cedo ou mais tarde, Veloso ocupará esse lugar, que é o seu habitat natural. Dai que irá resultar uma luta pelo n.º 10, com Moutinho e Romagnoli a terem que lutar arduamente pelo lugar. este plantel promete, a época é longa e haverá certamente muita luta pelo lugar no onze. Paulo Bento agora tem uma viola para a qual tem que mostrar que tem unhas. Estou certo que vai soar boa musica. Saudações Leoninas

O INFERNO DA LUZ disse...

A Taça da Amizade, que se disputou esta noite no Estádio do Algarve, teve lado a lado Pinto da Costa e Soares Franco, num verdadeiro convívio de “nobres senhores” de sangue azul. A sorte pendeu para os leões e o Sporting leva para casa uma Taça que já se chamou de Cândido de Oliveira, mas parece que em Portugal lembrar o nome de homens íntegros caiu em desuso.
Carlos Xistra ajudou a que tudo se passasse em boa harmonia e fez um arbitragem dentro dos nossos usos e costumes, não vá o ainda caseiro da quinta zangar-se e mandá-lo para a estrebaria.
Bruno Alves, o defesa do FC Porto que se gaba de preferir dar porrada a fazer fintas, fez jus à fama que vem de longe. Duas cargas duras pelas costas sobre Derlei, não mereceram nenhum castigo disciplinar; e o mesmo se diga de um desforço de Rodriguez sobre Miguel Veloso, que com um árbitro mais rigoroso podia colocar o Cebola no banho mais cedo. Mas Xistra vinha com a lição estudada.
A grande penalidade marcada contra o Sporting levanta-me uma dúvida: quantos lances destes dentro da área serão assinalados contra o FC Porto, no campeonato? Uma curiosidade que o tempo há-de resolver. E pronto, a Taça Amizade foi para Alvalade, como no ano passado. Tudo está bem quando acaba bem, não é?

Anónimo disse...

Estimados Sportinguistas...
A vitoria foi justa, sem espinhas! Nada a dizer.
A Satistação é enorme, ainda para mais quando se ganha "limpinho" a batoteiros!
Apenas um reparo muito TRISTE:
- Achei lamentável, vergonhoso, NOJENTO, ver o presidente do nosso clube na tribuna vip, ao lado de um individuo batoteiro e suspenso de funções! Aquela imagem deu-me VÓMITOS! O SPORTINGO MERECE MAIS!

FORÇA SPORTING

mauro.rebelo@sapo.pt

Borges disse...

Inferno da Luz, há quanto tempo não vai uma taça para o inferno da luz? Nem a Eusébio Cup de ontem, não é? Taças, sejam de amizade ou não, é coisa que há muito não entra no museu do inferno. Nem mesmo quando recorrem há historia, como foi o caso de ontem, para tentar cheirar a gloria!!!

Anónimo disse...

este "inferno" passou a ser cliente habitual...um pouco rídiculo acerca de amizades mas a um 4º classificado fica bem desvalorizar um título que lhes foge há anos.
continua a enviar postais!



40 postas pescada

Dina disse...

Estas vitórias têm um gosto especial...

PPA disse...

Porto, 0 – Sporting, 2: mais uma Supertaça.

Mais uma vez o Sporting leva para o seu imenso museu uma bonita Taça, aumentando ainda mais a sua colecção e mantendo a "feroz" perseguição ao Barcelona, como o clube mais títulado do Mundo.
Foi um jogo de futebol bastante razoável, ainda mais tendo em conta que foi o 1º jogo oficial da temporada.
Particularmente bem esteve o Sporting, com todos os seus elementos em bom plano, mas onde 3 se destacaram: Djaló, Izmailov e Rui Patrício.
http://www.youtube.com/watch?v=Wo1dda8J47Y
Sabe sempre bem mais um troféu, ainda mais quando patenteia a manifesta superioridade em campo da equipa que gostamos e hoje ainda mais abrilhantada pela defesa de um penalty ridículo, mais um daqueles lances já bem nossos conhecidos.
Confesso que parto para esta época com muito pouca vontade de perder tempo com o futebol, pois o final da época passada e o defeso foram de tal maneira vergonhosos no que ás questões de apitos dourados e apitos finais diz respeito, que a vontade não pode mesmo ser muita, com a agravante de logo no 1º desafio da temporada, termos mais do mesmo, com um Xistra qualquer a servir de braço armado do sistema em pleno terreno de jogo, protegendo mais uma vez descaradamente o Caceteiro Mor do futebol Português, e já em desespero a inventar um penalty ridículo.
Aguarda-se portanto para o próximo jogo entre estas 2 equipas, a invenção de mais uma “regra” nova que decida o jogo para os lados das Antas; pois está visto que só assim lá vão.
E pergunto eu: valerá mesmo a pena perder tempo com o futebol Português?

http://bola-na-trave.blogspot.com/2008/08/porto-0-sporting-2-mais-uma-supertaa.html

luis carlos disse...

Que grande Sporting! Mais uma Taça para a colecção. Somos invencíveis! Eu amo o Sporting.

Um grande abraço.

Saudações Leoninas Pra todos/as

Luís Carlos - Porto

Renata A. disse...

Gostei do que vi. Um Sporting consistente, determinado e com ambição.
Djaló assumiu o papel que coubera a Tiuí na Taça de Portugal e arrumou os dragões. Patrício foi também determinante para o Sporting ter saído do Algarve com um troféu. O jovem guarda-redes apresentou-se mais seguro e maduro. Um destaque também para Izna, que rubricou exibição muito boa

No global, o Sporting parece ter trunfos para atacar o campeonato e para lutar em pé de igualdade com o Porto. Este não será o único troféu conquistado este ano, de certeza.

SL

marachomba disse...

Este Yannick veio outro desde que parou lesionado a tempotada passada! Em grande estilo! E se a terceira entra... :) Parabens ao nosso Sporting, e bom ganhar este trofeu! Espero que continuem em mare vencedora e consigam ser regulares esta temporada.

Adoro esta estoria do ser feliz. E dar os parabens por ter sido melhor, nao? Ah, foi feliz... O Jesualdo, nao e assim, pa! Foi melhor, e eficaz, coisa que a tua equipa! E simples, ve la se aprendes. So te ficava bem.

E ja agora, o que eu gostava de ver era a repeticao do lance do penalty... mas qual que! So pela nao repeticao do mesmo, fiquei com duvidas quanto ao dito. Muito mal marcado pelo Lucho, muito bem defendido pelo Patricio.

Jorge Silva - Matosinhos disse...

o resultado mais justo seria a vitória pela diferença mínima?, como diz Paulo Bento? Mas ele é treinador do Sporting ou do FC Porto???
Que estranha forma de comunicar!

AH! parabéns pela vitória! VIVA O SPORTING!

antónio calçada - Estremoz disse...

Que estava o Pinto da Costa a fazer ao lado do Soares Franco na tribuna VIP? Ele não está suspenso? O que significa estar suspenso?

VIVA O SPORTING!

Sporting na Família desde 1907 disse...

Grande post LdE.

Agora, deixo um repto ao jornalista João Almeida Moreira.
A sequela do artigo intitulado "Dois mundos num país tão pequeno".
Dou uns palpites:
"Entre o cagarim do assunto Moutinho e o silêncio da questão Quaresma, a diferença resumiu-se ao facto de Moutinho ter jogado e Quaresma népia. E fez falta (a mim não, isto sou eu a falar pelo jornalista). Dois mundos num país tão pequeno. E um dos mundos perdeu 2-0...

Ao inferninho da luz

Só para perguntar se realmente tomou os comprimidos para a azia que lhe sugeri há uns dias atrás?
E não me diga que até gostou que o Sporting tivesse ganho a Supertaça Cândido de Oliveira porque nesse caso entraríamos no campo da mentira compulsiva e ainda me faltam uns valentes anos para acabar a especialidade de Psiquiatria.
Já agora, e quanto ao esquecimento do nome da Supertaça, aproveito para o informar que nós, no Sporing, não nos esquecemos dos nomes dos nossos treinadores, nem daqueles que lutaram por um Portugal melhor. E aproveito para lhe dizer que se o mestre ainda fosse vivo, de certeza que o jornal que ele fundou não teria descido ao nível actual.

PS- Desde que a minha leoa nasceu no passado dia 24 de Julho, já teve o prazer de saborear duas vitórias por 2-0 aos nossos principais rivais. Para que conste.

LdeA disse...

A pressão sobre o árbitro feita durante a semana a colá-lo ao Sporting deu resultado: um penalti inventado, uma dualidade de critério disciplinar evidente e quase sempre contra nós, seis (!) minutos de descontos (porquê?), mas mesmo assim não chegou...

Anónimo disse...

?Porque será que um modesto clube de quarto lugar com tantas "estrelas"(falhados)não ganharam práticamente nada na pré época, e por aí na imprenssa escrita e falada já (são)campeões antecipados do Campeonato que vai comessar?,Já se torna muinto nogento estas atitudes dos escritos e falados,aja decênçia e prefissionalismo;o POVÃO agrade-se

Anónimo disse...

Gostaria de deixar algumas reflexões...
1º Grande jogo de Yannick, Izmailov, Patrício, Rochemback e Derlei.
2º Se tivemos alguma sorte o FCP tb a teve (remate de Yannick à barra por ex).
3º Grande trabalho táctico de Paulo Bento e declarações finais dignas de um SR. que sabe ganhar.
4º Mau trabalho de Jesualdo que passou o jogo todo a ver a banda tocar e ainda por cima ao falar apenas em felicidade mostrou (uma vez mais) que não sabe perder (nem ganhar).
5º Mais uma "grande" arbitragem de xistra a mostrar que o Sporting vai ter muitos obstáculos este ano.
6º Nota negativa para o trabalho da TVI que para além de mostrar repetições de um remate do FCP qd o jogo terminou não deixando ver a reacção dos jogadores tem jornalistas mais preocupados com o caso Quaresma, Moutinho e (pasme-se) em perguntar a Yannick o que ele irá fazer qd o Liedson regressar... enfim jornalismo à altura da estação das novelas (quem sabe se não arranjam outro guião).
Se muitas vezes os criticaram, hoje merecem os nossos parabéns, Força Sporting!
SL

Alvega disse...

EU apenas gostava de referir uma coisa, não sou adepto do SCP nem do FCP,por isso vi o jogo pelo jogo, sem qq interesse no resultado.

Penso que o SCP ganhou mt bem! Foi de longe a melhor equipa em campo.
Quanto ao árbitro, julgo que esteve esteve regular, controlou os acontecimentos de forma razoável. Julgo que há penálti e esqueces-te de referir uma entrada violentíssima do Rochemback sobre o Lucho que..no mínimo seria amarelo, mas enfim. É a minha opinião.

Julgo que vocês (sportinguistas) têm mt o hábito de se queixarem das arbitragens, algumas vezes com razão...mas de ontem, sinceramente, penso que não houve nada de anormal...mas enfim, são opiniões.

Abraço, sou benfiquista e gosto mt do teu blog!

Leão de Quiosque disse...

Era bom que os detratores de Djalo e principalmente de Paulo Bento durante grande parte da época passada aproveitassem para criticar neste bom momento do Sporting.

Porque é nestas alturas que essas opiniões podem ser analisadas sem prejudicar a equipa e porque mostravam que eram afinal criticas maduras e independentes dos resultados desportivos.

É que esses criticos têm que perceber que entre a derrota e a vitoria estava apenas o facto de Djalo ter falhado os dois lances e Lucho ter convertido a bola ao poste ou o penalti e que a postura e principalmente o trabalho da equipa valem muito mais do que isso!

Anónimo disse...

Apesar dos 2 golos do Djalo ,continuo a achar que é um jogador que mostra grande dificuldade no primeiro toque ( parar a bola) e que falha golos incriveis e faceis , mas tambem ha que lhe dar credito pela aplicação , vlocidade e controle de bola em progressão, quando algumas vezes a consegue receber bem.

Quanto á taça amizade:( factos históricos)
A Taça amizade foi uma Taça inventada pelo Vale e Azevedo , com o objectivo de fazer o benfica jogar alguns jogos internacionais naqueles anos em que não foi ás competições europeis ( 4º e 6º classificado)
Mesmo assim foi convidado o Marselha ( clube que andava nas ruas da amargura por causa de Bernard Tapie) e não conseguiram ganhar essa taça.

Mas pronto um empate em casa com o Inter já os enche de felicidade..... como os tempos mudam ...... como eles estão pequenos!!!!!

Anónimo disse...

Volto a lembrar que segundo o LdE o SPORTING devia ter mandado embora o Paulo Bento e o Rui Patricio , contratando um tal de Jehle , e que o patrão do nosso meio campo , Rochemback, nunca devia ter voltado!!!!

E depois passa a vida a chamar a direcção de incompetente!!!!

JC disse...

Apareçam agora aqueles que a meio da época passada queriam ver Paulo Bento de saída do SCP.
Aqueles que assobiaram a equipa quando regressou da Madeira após ter perdido com o Nacional e a passaram a criticar constantemente até se calarem com a conquista da Taça de Portugal.
Aqueles que diziam que o SCP não devia ter dado 4,5 ME por Izmailov.
Os que elogiavam Stoikovic em detrimento do Rui Patrício.
Os que diziam que Derlei estava todo roto.

Grande vitória do SCP que, graças a uma direcção firme nos seus propósitos, tem sabido construir uma grande equipa de futebol sem entrar em loucuras financeiras e tem conseguido diminuir, aos poucos, o elevado passivo que herdou.
Agora, já é um hábito para nós, sportinguistas, ganharmos troféus.

PPA disse...

Penalty Xistra

Depois de expressões como o "Penalty Panenka", "Penalty Fidelidade", "Livre Indirecto por Corte"; surge agora o "Penalty Xistra".

Deixo aqui o repto:

- O que acontecerá neste Portugal, o que se vai escrever e dizer se por acaso o Sporting vier a beneficiar de um "Penalty Xistra" como ainda ontem lhe marcaram contra?

- Também espero pelo dia de "São Nunca" em que o clube dourado sofra um penalty destes.

CORREIO LEONINO disse...

É lamentável que agora apareçam muitos a dizer para que venham a público aqueles que no passado criticaram a equipa, nomeadamente na época passada. São os divisionistas que gravitam no SCP. É preciso lembrar que até o próprio presidente Soares Franco, na época passada, e muito bem, criticou a atitude da equipa. Já se esqueceram? Se a equipa foi criticada, se o Paulo Bento foi assobiado, pois foram criticados correctamente naquele momento. Da mesma forma que agora são elogiados. É futebol. O futebol é o momento!

Anónimo disse...

Exacto... no futebol passa-se literalmente de bestial a besta e outra vez a bestial em menos de... 90 minutos.

Que o digam Paulo Bento, Yannick Djalo e sobretudo Rui Patricio. Assim aproveitem para saborear o momento.

Parece-me que, no Sporting, esta mudanca diametral de opinioes e um bocadito mais visivel. Se por algum acaso empatassemos em casa com o Trofense ja voltavam todos a ser incompetentes, o Paulo Bento um pessimo aprendiz de treinador, and so on. Talvez porque os media nao hesitem em criticar e vilificar e nos, adeptos, nao tenhamos a lucidez de espirito para fazer a parte das coisas.

De qualquer forma, foi um belo jogo. O Sporting vence sempre o FCPorto porque faz muito melhor o seu trabalho de casa do que o opositor. Se a tactica for sempre preparada com o afinco e o apuro dos jogos contra o FCPorto, se calhar este ano seremos mesmo campeoes.

Forca Sporting!

SL
Petinga

Helder Seixas disse...

Parabéns Sporting e Paulo Bento principalmente pelo excelente trabalho que vem desenvolvendo neste actual Sporting.
Helder Seixas (Parambos)

Helder Seixas disse...

Parabéns Sporting e Paulo Bento principalmente pelo excelente trabalho que vem desenvolvendo neste actual Sporting.
Helder Seixas (Parambos)

leão do sul disse...

Para além de Patrício e Yannick gostei muito de Izmailov! Saudações Leoninas!

Anónimo disse...

Toda a gente fala de S. Franco estar junto de P.da Costa.Cá para mim já o vi ao lado do Orelhas e olhem que não noto diferenssa nenhuma.Se calhar o Homem a seguir vai á desinfeção geral.Se por acaso não Fôr á que chamar o SR.á atenção porque a moleste pega-se.Não queremos eça doenssa no nosso GRANDE S C P

portoazul disse...

só gostava de deixar uma questão: aquela patada do caneira, no baixo ventre do Rodriguez não é conduta violenta? foram apenas mimos... imagem que o porto tinha de jogar contra dez, como o sporting tanto gosta de jogar...?
será que o resultado era este?

PS: atenção, como portista tenho que dar o braço a torcer, pois o sporting foi melhor em alguns momentos e a vitória não sofre contestação, a não ser da parte da arbitragem, porque para mim o grande beneficiado foi o sporting (tal como nas últimas três finais, não esquecer...) e apesar disso, o Sr. Leão da Estrela ainda tem a lata de considerar que o porto contou com o benefício da arbitragem...

Enfim, saudações cordiais e desportistas...

Rei Reyes disse...

a arbitragem do Xistra "coração de leão" a mostrar que Roca e Tonel vão ter caminho aberto para a sarrafada neste campeonato

LEÃO DA ESTRELA disse...

Amigo Porto Azul: Concedo que Caneira entrou à margem das leis sobre Rodriguez, o que só pudemos confirmar através das repetições da TV. Mas deve lembrar-se de uma coisa importante: nessa altura, Carlos Xistra andava com a consciência pesada por não ter mostrado cartões a Bruno Alves e andava também a conversar com Benitez...

Recordo-lhe alguns lances que passaram sem sanção disciplinar anteriores ao que refere de Marco Caneira (27'):

3' - Falta feia de Sapunaru sobre Izmailov, quando o russo se preparava para escapar no lado esquerdo do ataque.

4' - Bruno Alves salta sobre Derlei. O avançado do Sporting fica queixoso. Não houve cartão.

18' - Bruno Alves entra com o joelho sobre a cabeça de Derlei. O central portista é avisado pelo árbitro.

Isto depois de, aos 10', Polga ter visto um cartão amarelo por falta duvidosa sobre Rodríguez...

Visconde disse...

É sempre bom entrar com o pé direito, sobretudo vencendo um troféu, mas apesar da boa exibição não podemos entrar em euforias há semelhança do que sucedeu o ano passado. É preciso pensar que temos 30 finais no campeonato e que devem ser disputadas com a mesma garra e ambição deste jogo.
Rumo ao titulo...

SL

Anónimo disse...

PARABENS !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Viva o SPORTING !

Joaquim Amado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...