sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Missão: Champions

Com o jogo contra o Barcelona num horizonte próximo, a dúvida impõe-se: tem este Sporting reais capacidades para chegar pela primeira vez na sua história aos oitavos-de-final da Liga dos Campeões?
Na última edição da Liga Milionária, a equipa leonina conseguiu apenas duas vitórias e um empate que lhe reservaram um lugar na Taça UEFA. Mas os jogos contra Manchester, em Inglaterra, e com a Roma, em Alvalade, estiverem bem perto de serem ganhos pelo conjunto verde e branco. A falta de sorte, ou para os cépticos que não contam o factor sorte, um pequeno erro de distracção, foram fatais para as pretensões leoninas. Nesta presente edição a começar na próxima terça, não há garantias de nada, mas analisando a fundo o plantel, há razões para mais optimismo.
Vejamos: neste defeso o Sporting conseguiu aquilo que há muito lhe fugia: comprar bem e não vender as pérolas da equipa. A saída de Tello, Nani e Caneira no final da época 2006/2007 deixou “buracos” no plantel que não foram bem colmatados pelas contratações posteriores. Ao invés, nesta temporada comprou-se de acordo com as necessidades e optou-se preferencialmente por jogadores que já conheciam os cantos à casa e com provas dadas. A juntar-se há ainda o facto de não haver emprestados no plantel, o que garante uma maior estabilidade no grupo e o que comprova a viabilidade de primeiro garantir por empréstimos e se depois valer a pena, avançar para a compra (casos de Grimi e de Izmailov).
A permanência no plantel de jogadores-base, tais como Moutinho, Liedson ou Veloso, é encarado como uma mais-valia para o “ataque” às competições em que o Sporting está envolvido esta época. Jogadores como estes garantem uma melhor performance e assumem-se sempre como opções mais que válidas, permitindo ainda manter a equipa-tipo da temporada transacta.
Com os leões envolvidos em quatro frentes, há que saber mediar os jogadores. E esse é um dos trunfos de Paulo Bento: um banco que oferece (finalmente) alternativas válidas, não precisando de se socorrer sempre dos mesmos. Concluindo, um leão com alternativas mais válidas e que oferecem maior consistência à equipa.
A hipótese de fazer história ao apurar-se para a fase seguinte da Champions é um factor que servirá de incentivo a jogadores e treinador. Uma derrota em Camp Nou não atirará o leão logo para fora mas há condições reais de conquistar-mos pontos. Deco deixa a receita para trazer de Barcelona um bom resultado: coragem e personalidade. Para além de começar um ciclo que poderá deixar marcas na história leonina, este jogo é também para mostrar à Espanha que não somos aquela equipa que encaixou cinco golos em 45 minutos no Santiago Barnabéu e que temos qualidade para impressionar…

11 comentários:

Anónimo disse...

Aposto que vamos sair de Camp Nou com no mínimo um ponto. Temos uma equipa melhor e que nos dá mais garantias.

SL

Fanas disse...

http://fanasdabola.blogspot.com/

sporting sempre disse...

vamos levar uns 5 ou 6, essa é que é essa...

Soylent Green disse...

Se jogar-mos na Europa como no ano passado o resultado vai oscilar entre um empate e uma vitória por um golo para qualquer dos lados.
Estou confiante até porque este ano temos mais soluções. Se o Sporting perder este jogo (mas der boa conta de si) também não vem mal ao Mundo porque não estamos a discutir o apuramento com o Barcelona.

Sporting na Família desde 1907 disse...

Definitivamente este Sporting sempre tem defeito.

No post anterior fiquei desconfiado que tinha qualquer problema relativamente às mulheres.

Agora neste óptimo post, precisamente escrito por uma mulher, atira com o brilhante comentário acima.

Bom, comentei no post anterior que o Sporting só era pequeno dentro da cabeça dele (Sporting sempre).
Afinal por mais pequeno que o Sporting seja, será sempre maior que o espaço ocupado pelo cérebro deste rapaz.

E eu todo contente porque, aparentemente, nos tinhamos visto livres dos comentadores gaivotas...

Anónimo disse...

por favor: se jogarmos bem, então há a possibilidade de conquistarmos pontos.
ok?

Virgílio Bernardino disse...

Renata, antes de mais parabéns pela excelente estreia!

Este ano, as expectativas relativamente à participação do nosso Sporting na Europa estão elevadas. Isso resulta não só na fezada optimista inquebrantável de alguns, mas assenta também nas garantias que o plantel oferece, como aliás tu referes.

Concretamente para o jogo de inicial na CL, existe, a meu ver, outro factor que poderá ser aproveitado pelo SCP. A pobre imagem deixada no torneio Santiago Bernabéu poderá levar os jogadores do Barça a acreditar em facilidades que confio não se repetirão!!! Acresce o clima pouco agradável em torno do arranque em falso na Liga espanhola que poderá ser factor desestabilizador nos catalães. A confirmarem-se estes pressupostos, resta-nos aproveitar a ocasião para obter um bom resultado em Camp Nou!

Vá atão! ;)

SL!

Anónimo disse...

Bom artigo
Este ano a equipa está melhor e estou convicto que vamos ter muitas conquistas!

SL

Anónimo disse...

Venha de la o Barcelona que nos chegamos para eles!

Helder Seixas disse...

Boas,
penso que iremos fazer um bom resultado a Barcelona que nos empurrará para uma grande época, tanto ao nivel Europeu como interno.
O Paulo Bento está a desenvolver um trabalho notável com os meios económicos possiveis, não temos os milhões de alguns treinadores vaidosos, mas temos a prata da casa que muita persistência vai fazendo um excelente trabalho.
Saudações Loninas,
Helde SEixas, Parambos

jms disse...

As linhas de orientação, nmho, serão estas:
- este ano temos um plantel mais equilibrado e mais maduro, sem perder vontade de ganhar;
- o plantel mais equilibrado permitirá utilizar alternativas nas diversas competições sem perder capacidade competitiva;
- dados os resultados conseguidos nas épocas anteriores, o SCP conseguiu subir no ranking de clubes da UEFA podendo, assim, evitar pelo menos um adversário superior;
- Se o futebol fosse lógica estaríamos a lutar pelo 1º lugar do grupo, até por podermos aproveitar de algum modo a fase de renovação e algo incaractística do Barcelona;
- temos no entanto que pensar só que lutando concentradamente em campo, conseguiremos transformar o potencial em resultados concretos. Esta é uma oportunidade para irmos mais longe do que alguma vez conseguimos na Liga dos Campeões;
- convirá não esquecer que o nosso principal objectivo é o Campeonato Nacional.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...