sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Mau futebol deixa Alvalade cada vez mais vazio

Os associados e adeptos assobiam o futebol da equipa do Sporting e vão cada vez menos ao Estádio de Alvalade. Já os dirigentes leoninos, eventualmente contagiados, também assobiam, mas para o lado ou para o ar, justificando as vergonhosas assistências registadas em Alvalade com "a crise económica portuguesa e mundial". Sim, uma assistência de 35 mil espectadores num Sporting-FC Porto, ou seja, entre o vencedor da Taça de Portugal e da Supertaça e o vencedor do campeonato nacional, é um registo vergonhoso para o clube leonino... E não podemos esquecer o registo de assistências inferiores a dez mil pessoas em alguns jogos dos últimos anos... De resto, olhando para o lado, vemos as assistências do Benfica e do FC Porto a subir nesta temporada...
De acordo com um inquérito online promovido pelo diário “O Jogo”, em que participaram 1394 leitores do jornal, a crise económica é apontada como “a principal responsável pela quebra de assistências no estádio do Sporting” por 34 por cento dos inquiridos. O curioso é que a mensagem oficial de Alvalade sobre este problema aproveita a boleia desta justificação...
No entanto, convém não desviar as atenções. A verdade é que 32 por cento dos participantes no referido inquérito apontam Paulo Bento como responsável pelo pouco público em Alvalade e 23 por cento indicam os jogadores como culpados por assistências desoladoras. Tudo somado, 55 por cento das responsabilidades pela quebra dos espectadores em Alvalade são atribuídas à equipa de futebol, isto é, ao mau futebol praticado pelo Sporting. É isto que merece uma reflexão urgente.
Não adianta andar à procura dos motivos fora das quatro linhas de jogo, muito menos pondo em causa os homens do marketing leonino – que na temporada 2008-2009, é bom lembrar, tinham sido responsáveis por uma campanha promocional de venda dos lugares de época (as tais “gamebox”...) ao nível do melhor que se podia fazer no mundo (o famoso telefonema de Paulo Bento...), porém, também sem sucesso, uma vez que as vendas não dispararam.
Os homens do marketing trabalham em função do que têm para vender... Ou seja, só poderão ser bons se tiverem substância para vender... A grande verdade é que, num clube de futebol, o que há de mais importante para vender ao público é justamente o futebol. Se o futebol jogado não tiver qualidade capaz de seduzir as pessoas; se a equipa for ganhando umas taças à custa de doses cavalares de sofrimento dentro do campo e nas bancadas; se a equipa der constantemente 45 minutos de avanço aos adversários (e, às vezes, mesmo os 90 minutos...); se a equipa procurar ser em campo tão fria e calculista como se um jogo de futebol fosse um exercício de contabilidade; enfim, se Paulo Bento não conseguir colocar o Sporting a ganhar jogos e a obrigar os jogadores a dar uns minutos que sejam de espectáculo em cada jogo, é evidente que o povo vai deixando o Estádio José Alvalade cada vez mais vazio.
O futebol é emoção e o acto de comprar o bilhete para ir ao estádio é emotivo. Mas ninguém se emociona com um jogo frio, calculista, sempre à espera do erro do adversário ou do apito final. A não ser que seja masoquista.

Obs. – A maior alegria que Paulo Bento deu aos sportinguistas como treinador não foi, curiosamente, a conquista de um título. Porque será?... Foi a vitória sobre o Benfica por 5-3, que permitiu ao Sporting seguir para a última final da Taça de Portugal, que seria conquistada ao FC Porto. Mas até nesse jogo com o Benfica o Sporting fez a pior primeira parte da última temporada. Ao intervalo, o Sporting perdia por 2-0. Depois, uma segunda parte do outro mundo mudou a história. Recordo este facto para lembrar que até na sua vitória emocionalmente mais importante o Sporting de Paulo Bento jogou mal, muito mal. No final da última temporada, o balanço desportivo até foi melhor do que em 2006-2007. Mas será que alguém se lembra disso, depois de tantas derrotas humilhantes e exibições paupérrimas ao longo de uma época de sofrimento?... As pessoas lembram-se é que 2007-2008 foi o ano dos Gladstones, dos Celsinhos, dos Marian Hads e dos Purovics, e mais um ano de um atraso pontual irrecuperável em relação ao FC Porto, ou seja, um ano para esquecer.

LEÃO DA ESTRELA feito pelos leitores

[Concordo com tudo! Mas muitos supostos Sportinguistas virão aqui defender o PB como de costume. A mediocridade impera, muitas vezes com a desculpa de que não há dinheiro para melhor. Como se o futebol positivo e de ataque, a qualidade táctica, a coerência e a alegria de jogar futebol não fossem atributos que não são precisos comprar mas sim tê-los incutidos num treinador para pôr uma equipa a jogar e precisamente depois a entusiasmar os adeptos!] Pedro Silva

[Concordo. A derrota por 4-1 com o último classificado da Liga e que desceu (Leiria) foi difícil de digerir… Muito mesmo. Mas outro factor não deixa de ser importante: o preço dos bilhetes está muito caro para o mau futebol praticado. A direcção fez um campanha de promoção da equipa, a dizer que era melhor que o ano passado e que ia ganhar o campeonato para justificar esta tabela de preços. Acontece que vendeu gato por lebre. O pior é que alguns adeptos podem acabar por “se acomodar” ao sofá. Sempre me disseram: é mais fácil destruir que construir. O que se vai passar é isso mesmo. Vai demorar até conseguir voltar a ver Alvalade cheio.] Samuel Mota

[Esta direcção e, em especial, seu presidente, é fraca demais para um clube que, pelo menos, lutava por algo e tinha nos seus adeptos o seu ponto de alicerce, o que neste momento nem isso já tem, pois no "Futebol Finance", soube-se agora, que o FC Porto já passou o número de apoiantes do Sporting, o que não é de estranhar, pois quando estes dirigentes, em entrevistas, os apoiam, o número aumenta. Quando apresentam um lucro de 600 mil euros, e têm um passivo de 240 milhões a dizer que este até aumentou devido aos juros, depois de vender quase tudo (Academia está breve, pelo menos já está nas mãos dos accionistas), e se vangloriam, está tudo dito. Mas os sócios, ainda continuam a dormir e a gostar de acreditar no Pai Natal Soares e que ele existe... Este clube está a descer aos limites do insuportável, e não me admira que não venha a ser mais um clube que já o foi...] P. Sousa (blog Bancada Directa)

[O problema não é recente nem vem de agora, muito menos se deve única e exclusivamente a esta crise. Já não se recordam que, na época em que fomos à final da Taça UEFA, as assitências que tivemos em casa nos quartos e na meia-final? Não passou os 35.000. Recordem-se ou vão verificar isso. E no ano passado no derby da taça, nos históricos 5-3? 37.500, isso mesmo, num Sporting-Benfica... Este estádio só encheu na inauguração e mesmo assim, ficou a escassos lugares dos 50000 e na final da UEFA. De resto, volta Alvalade velho, tu sim, tinhas grandes casas. Em 2002, como alguém disse, as filas para comprar bilhetes para o derby davam a volta ao estádio e duravam mais de 10 horas... Curiosamente um ano depois, inaugura-se o novo estádio e começa a meu ver a crise de bilheteira... É preciso reflectir nestas coincidências. O preço do bilhete não ajuda muito, apesar da gamebox ser acessível e preço justo ou razoável para os tempos que correm. Há muito sportinguista no Norte e em Trás os Montes, no Minho e nas Beiras. Quem está em Lisboa, muitas vezes desconhece este universo. Há núcleos com centenas de associados, que são ignorados constantemente. A alma do Sporting é em todo o País e no Mundo. É preciso identidade, recuperar a mística leonina... Eu sou transmontano, sócio do Sporting há 16 anos, efectivo, com quotas sempre pagas. Vou a Alvalade 1 ou 2 vezes por ano, mas já tive a gamebox no 1.º e 2.º ano, pois o meu irmão mais novo estudava em Lisboa e ia ver os jogos. Continuo sócio, mesmo a 500 km de distância, sou dos tais 27000 que o nosso Presidente menciona na sua entrevista. É preciso dar a volta ao País, ir aos núcleos, estabelecer parcerias, promover uma cultura de marketing com base na mística leonina que tem de ser recuperada. A meu ver as gamebox são um flop e impedem que Alvalade encha, pois há muito sócio que não comparece a todos os jogos e apesar do encaixe financeiro a cadeira fica vazia e é menos uma voz a gritar Sporting. Outro dia falei aqui na identidade do Sporting, no post da crise de identidade e continuo a pensar que o problema está precisamente nisto. Mas os outros também vão passar por isso, é uma questão de tempo...] Eugénio Borges

28 comentários:

pedro silva disse...

Concordo com tudo! Mas muitos supostos Sportinguistas virão aqui defender o PB como de costume. A mediocridade impera, muitas vezes com a desculpa de que não há dinheiro para melhor. Como se o futebol positivo e de ataque, a qualidade táctica, a coerência e a alegria de jogar futebol não fossem atributos que não são precisos comprar mas sim tê-los incutidos num treinador para pôr uma equipa a jogar e precisamente depois a entusiasmar os adeptos!

cantinhodomorais disse...

Funeral à passagem da 5ª jornada. A 2 pontos do lider (visita a Braga e Luz e recebeu o tri-campeão nacional) e 1 troféu conquistado. Só mesmo neste clube (o 3º, a nivel nacional, em Palmarés futebolístico e em Orçamento) é que existe uma pressão destas...

Realmente, com adeptos destes (eu também me incluo, pois faço parte de um Universo que tem como nome Sporting Clube de Portugal, e não sou melhor nem pior que ninguém), temos o que merecemos.

ps: Volta Pedro Rocha, volta Carlos Manuel, volta Cantatore, volta Raúl Águas, volta António Dominguez, volta Francisco Vital, volta Waseige, volta Burkinshaw, volta Di Stefano.E volta, também, Queiroz (mas trás o Paulo Sousa, Valcks, Vujacic, Balakov, Figo, Peixe, Juskowiak, Cadete, Pacheco, Nelson, Marco Aurélio, Carlos Xavier, Oceano, Iordanov, Amunike, Naybet, Dani, Filipe e Paulo Torres, pois com jogadores destes deve dar para ser campeão. O quê, não deu? Foram os árbitros, malandros..

(Venham lá os insultos e as lições de Sportiguísmo)

Xangai disse...

Esqueces-te do Grande FARNERUD !!!

Anónimo disse...

Na minha opinião a crise financeira é certamente a principal factor do número de espectadores ter baixado. Basta ver o número de gameboxes vendidas este ano (27 mil e qualquer coisa) e se tivermos em conta que este ano a expectativas eram altas, pelo menos mais altas que em anos anteriores seria de esperar que se vendessem mais que nos anos anteriores e isso não aconteceu. Claro que, apesar de terem sido jogos equilibrados, os maus resultados com o benfica e com o Porto ajudaram (principalmente o primeiro que ninguém estava à espera) ao menor numero de espectadores. De qualquer das formas desejava que fossem mais baixo ainda, estou a falar, claro, daquelas duas ou três centenas de adeptos que vão ao estádio para assobiar.

O 7 Maldito disse...

Tudo verdade.
Tal como também é verdade que temos os bilhetes e lugares anuais mais caros (400€ desembolsei eu pelo meu...os meus 2 companheiros de bancada este ano não estiveram para isso).
Tal como também é verdade que o Sporting mudou de agência de publicidade da época passada para esta, e a campanha deste ano saiu francamente pior...
E também é verdade que com o futebol que se joga nem com bilhetes grátis e anúncios geniais vão ter o estádio cheio.

Anónimo disse...

Ok, voltamos ao mesmo. Acho este post inacreditável.

Se os parabéns que dei no outro dia tiveram razão de ser, este post mostra claramente a razão (ou falta dela) que se demonstra aqui (e sim, já vi que o outro post é assinado por outra pessoa).

Voçê consegue usar como argumento de análise para este post fantástico , uma SONDAGEM ONLINE. 1394 votantes on-line. Quantos deles sócios do SPorting? Quantos deles adeptos do Sporting? Quantos deles aproveitaram para colocar um bocadinho de veneno na imagem da equipa? etc, etc...

Eu proponho aqui mais umas quantas.

Quem gosta do Benfica;
Quem acha que o Pinto da Costa é batoteiro;

Voçê faz uma sondagem aqui no blog. Tudo muito imparcial e controlado e depois eu faço o post. Que me diz.

As razões apontadas pelo estudo a si não lhe dizem nada o que interessa á que os votantes on-line não gostam do PB.

Já percebi que para si o PB não lhe é propriamente a pessoa indicada para ser treinador do Sporting. Terá até por certo um nome na calha.

Este post é uma pobreza terrível. Já reparou - pergunta retórica, pois por certo reparou uma vez que se preocupa imenso com a comunicação - que as suas citações provêm de uma fonte de enorme credibilidade...

Com toda a sinceridade. Eu não acho errado que as pessoas não gostem do homem e queiram ter outro treinador/jogadores/presidente/roupeiro/apanha bolas/ etc... mas os fins não justificam os meios.

Se queria fazer uma análise das assistências dos jogos no Alvalade XX1 para a partir daí concluir na incompetência da actual equipa técnica, não precisava de usar ferramentas jornalísticas do mais baixo que existe.

Na ultima resposta que aqui deixei, pedi-lhe que apresentasse propostas positivas, que fizesse aquilo que voçê acusa os jornais de fazerem (campanha positiva pelos outros clubes - e que no caso do Benfica é em muito responsável pelo ambiente á volta da mesma). Pelos vistos essa não é a opção editorial deste blog.

Por ultimo queria lembrar aos sócios e simpatizantes que lêm este blog ( e são muitos) que a verdadeira sondagem, se faz nas eleições e não em sondagens on-line, ou feitas no vão de escada de qualquer gabinete de um qualquer jornal cá do burgo.

O AdC

ps. Atrevo-me a pedir-lhe um outro favor. Conceda-me o direito de colocar um texto no blog (eu envio-lho e se voçê aprovar coloca para leitura de todos.)

Anónimo disse...

Lembro-me do velho alvalade com 75000 nas bancadas. Lembro-me das filas para comprar bilhetes para jogos grandes darem a volta ao estádio não vai lá muitos anos. Lembro-me de 17 épocas sem um campeonato nacional, apesar de boas equipas, de grandes craques, de tudo, mas sem exito, mas sempre com a alma leonina a fervilhar nas bancadas como a maior massa associativa do pais. E agora, só a crise? Não pode ser...

Anónimo disse...

Assumam de uma vez por todas o que querem. Se o Paulo Bento não presta quem é que deve ser treinador do Sporting? A esta resposta que me dizem os criticos?
E coloquem a equipa ideal e o sistema ideial. com nomes e caras para que se perceba afinal qual é a critica. A propósito: os que criticam aqui vão a Alvalade? Onde andam vocês quando a equipa precisa? Onde? em casa?

Samuel Mota disse...

Sim concordo. A derrota por 4-1 com o último classificado da liga e que desceu (Leiria) foi difícil de digerir… Muito mesmo.
Mas outro factor não deixa de ser importante, o preço dos bilhetes está muito caro para o mau futebol praticado. A direcção fez um campanha de promoção da equipa, a dizer que era melhor que o ano passado e que ia ganhar o campeonato para justificar esta tabela de preços. Acontece que vendeu gato por lebre. O pior é que alguns adeptos podem acabar por “se acomodar” ao sofá.
Sempre me disseram: é mais fácil destruir que construir. O que se vai passar é isso mesmo. Vai demorar até conseguir voltar a ver Alvalade cheio.

LEÃO DA ESTRELA disse...

Para o AdC:

Sobre o "post scriptum" ao seu comentário ("Atrevo-me a pedir-lhe um outro favor: Conceda-me o direito de colocar um texto no blog (eu envio-lho e se voçê aprovar coloca para leitura de todos."): pois bem, escreva o texto e mande para o e-mail do LERÃO DA ESTRELA. Será publicado com muito gosto, desde que se identifique com o primeiro e último nome e indique o Município de residência. Em alternativa pode indicar o seu número dfe associado do Sporting, caso seja.

Anónimo disse...

Este post é a resposta às entrevistas de Soares Franco?


ps:
vou começar a ser mais comedido nos comentários, sob pena de LdaE atulhar o caixote do lixo do blogue (dele).



40 postas pescada

Anónimo disse...

Caro Leão

Obrigado pela oportunidade. Terei todo o gosto em assinar e todo o gosto em contribuir para a comunidade Sportinguista.

o AdC

PSousa*Bancada Directa* disse...

Caro amigo, a muito que digo, que esta direcção e em especial seu presidente é fraca demais para um clube que pelo menos lutava por algo e tinha nos seus adeptos o seu ponto de alicerce, o que neste momento nem isso já tem, pois no Futebol Finance soubesse agora, que o Porto já passou o numero de apoiantes do Sporting, o que não e de estranhar, pois quando estes dirigentes em entrevista os apoiam, o numero aumenta. Quando apresentam um lucro de 600 mil euros, e tem um passivo de 240 milhões a dizer que este até aumentou devido aos juros, depois de vender quase tudo [academia está breve, pelo menos já está nas mãos dos accionistas], e se vangloriam, está tudo dito

Mas os sócios, ainda continuam a dormir e a gostar de acreditar no Pai Natal Soares e que ele existe...

Este clube está a descer aos limites do insuportável, e não me admira que não venha a ser mais um clube, que já o foi...

Abraço

15672 disse...

Que comentário tão vazio e fútil. A sua falta de argumentos neste caso chega a ser confrangedora. Não é costume.

Saudações leoninas

Eugénio Borges disse...

O problema não é recente nem vem de agora, muito menos se deve unica e exclusivamente a esta crise. Já não se recordam que na época em que fomos à final da Taça Uefa, as assitências que tivemos em casa nos quartos e na meia-final? Não passou os 35000. Recordem-se ou vão verificar isso. E no ano passado no derby da taça, nos historicos 5-3? 37500, isso mesmo, num Sporting-Benfica... Este estádio só encheu na inauguração e mesmo assim, ficou a escassos lugares dos 50000 e na final da uefa. De resto, volta alvalade velho, tu sim, tinhas grandes casas. Em 2002, como alguém disse as filas para comprar bilhetes para o derby davam a volta ao estádio e duravam mais de 10 horas... Curiosamente um ano depois, inaugura-se o novo estádio e começa a meu ver a crise de bilheteira... è preciso reflectir nestas coincidências. O preço do bilhete não ajuda muito, apesar da gamebox ser acessivel e preço justo ou razoável para os tempos que correm.
Há muito sportinguista no norte e em trás os montes, no minho e nas beiras. Quem está em Lisboa, muitas vezes desconhece este universo. Há nucleos com centenas de associados, que são ignorados constantemente. A alma do Sporting é em todo o pais e no mundo. É preciso identidade, recuperar a mistica leonina... Eu sou transmontano, sócio do Sporting há 16 anos, efectivo, com quotas sempre pagas. Vou a alvalade 1 ou 2 vezes por ano, mas já tive a gamebox no 1.º e 2.º ano, pois o meu irmão mais novo estudava em lisboa e ia ver os jogos. Continuo sócio, mesmo a 500 km de distãncia, sou dos tais 27000 que o nosso Presidente menciona hoje na sua entrevista. É preciso dar a volta ao país, ir aos nucleos, estabelecer parcerias, promover uma cultura de marketing com base na mistica leonina que tem de ser recuperada. A meu ver as gamebox são um flop e impedem que alvalade encha, pois há muito socio que não comparece a todos os jogos e apesar do encaixe financeiro a cadeira fica vazia e é menos uma voz a gritar Sporting. Outro dia falei aqui na identidade do Sporting, no post da crise de identidade e continuo a pensar que o problema está precisamente nisto. Mas os outros também vão passar por isso, é uma questão de tempo... Um abraço a todos.

PSousa*Bancada Directa* disse...

Caro amigo, a entrevista do Soares é espectacular, só não sei se é para rir..ou para chorar...

Até fiz um post sobre o mesmo no meu blogue.

Abraço

@leo@ disse...

O ano passado lembro de a ver filas em Alvalade, filas não, abriram o estádio para a malta esta mais a vontade, mas pelo visto as filas é que interessa.

Mais um post a deitar o Sporting a baixo. Se fosse de outro clube este era o meu blog de eleição. Até temos aqui post do Rui Cartaxana.

Anónimo disse...

Após 3 anos de futebol miserável (com umas taças ganhas com muita sorte) e dado que nesta temporada a fasquía que foi colocada ao PB é elevada e ele está completamente perdido... e de certeza já não ganhará mais nenhum jogo até ser despedido... Faço aqui o lançamento do seguinte desafio:

Gostaria de obter opinões sobre qual será a breve prazo o futuro treinador do SPORTING?
Será Português? Jorge Jesus?
Espanhol? Camacho?
Argentino? Peckerman?

Aceitam-se opiniões...

Cantinho do Morais disse...

Camacho?

Este último anónimo deve mesmo gostar do Sporting... Já agora porque não:
português - Toni ou Luís Campos
espanhol - Paco Fortes
argentino - Di Stefano (este aínda tem que completar o trabalho que cá deixou durante A SEMANA que cá teve)

É a política da terra queimada ao rubro. Enfim... grandes sportinguístas tens tu, Sporting!

Anónimo disse...

Na minha modesta opinião, acho q o Camacho assenta bem na estrutura do futebol sénior do Sporting.Iria endireitar muita coisa ali dentro. Assim fosse possivel.

House disse...

Os Sportinguistas sempre gostaram de bom futebol, esta é uma das diferenças entre nós e os outros.
Afinal somos diferentes ou não??

http://rugidos.blogspot.com/

http://www.forumsporting.com/

Anónimo disse...

Gostaria de obter opinões sobre qual será a breve prazo o futuro treinador do SPORTING?
Será Português? Jorge Jesus?
Espanhol? Camacho?
Argentino? Peckerman?

Aceitam-se opiniões...

queiroz, achas bem?
peseiro, pode ser?
fsantos, que tal?
...não sejam ridiculos




40 postas pescada

Anónimo disse...

Nas duas entrevistas dadas por FSF, fica demonstrado a quem esta direcção hipotecou o Sporting. Os elogios a PC e JO demonstram claramente como vamos continuar a ser secundários em vez de principais. A resposta a este estado de coisas está reflectido nas assistências, nas vendas de cativos (gamebox), nas receitas em geral. O Sporting está a perder a "alma" porque quem gere aplica estratégias que só afastam os sportinguistas e aproximam aqueles que vão engordando com negócios cujos benefícios são para todos menos para o Clube.Quem assume a responsabilidade? Já sei: "quem vier atrás...". MG

Pai da Leoa disse...

http://futsalportugal.net/fichas_jogo/directo_oldd.php?nr_jogo=4030#

Anónimo disse...

Da entrevista de balanço que o presidente do Sporting deu ao Diário de Notícias de ontem retiro, numa leitura pessoal, que se vai recandidatar ao cargo, mesmo que ainda não tenha tomado essa decisão. Não me parece que se não fosse essa a sua ideia ele pudesse fazer algumas promessas neste momento, como a de continuar com Paulo Bento, ou apresentar ideias de como o clube tem que conseguir 35 milhões de euros para ter um plantel competitivo.

Soares Franco mostra-se como um presidente tecnocrático, no sentido em que as suas preocupações são as financeiras e de organização, que têm que preceder outras, mesmo que ele se defenda com os bons resultados desportivos - que houve - na sua gerência. Mas os presidentes de hoje não podem pensar de outra maneira - e menos ainda os do Sporting -, a não ser que sejam "Abramovichs" ou xeiques. E o exemplo que dá, de que o Sporting podia estar hoje com os mesmos problemas do Boavista, entrando em incumprimentos de todos os tipos, é algo que se tem que ter em conta e que já é uma avaliação positiva do que foi o seu mandato.

Para quem não leu a entrevista, Soares Franco não diz qual vai ser a sua decisão em relação à sua recandidatura e é evidente que deixa no ar as condições que quer, nomeadamente em relação às decisões que têm que ser tomadas para que o futuro do Sporting possa ser outro.

Mas parece-me - como já escrevi aqui - que o Sporting precisa de estabilidade directiva para poder ter estabilidade financeira, mais a mais agora, com esta crise dos mercados que vai mudar o paradigma de muitas coisas e, estou convencido, também o da gestão do futebol. E por isso parece-me que será bom para o Sporting se Soares Franco continuar no lugar. O sucesso conquista-se com preserverança, mas também com quem percebe do negócio, quem conhece os seus meandros. E Soares Franco está hoje muito melhor preparado do que estava.

por : Manuel Queiroz, in site da RTP

Nuno Trindade disse...

O Paulo Bento acha que não é contestado... Pois bem, se recolhessemos assinaturas, chegaríamos a uns bons milhares (como eu) que o acham INCOMPETENTE, INEXPERIENTE, TEIMOSO, LIMITADO, CONFLITUOSO, PRESUNÇOSO e mais uma série de adjectivos negativos. ISTO NÃO É CONTESTAÇÃO? Não é contestação, ao verificarmos o péssimo futebol apresentado pelo Sporting de PB, terem decrescido assustadoramente as assistências em Alvalade (vêm com desculpas RIDÍCULAS da conjuntura económica do país! O Porto e o Benfica não são também deste país?). Se tivesse poder para isso, já tinha despedido este "projecto de treinador" (adiado) com "muita tranquilidade". Juntamente com ele iria este horrível losango, a táctica dos treinadores limitados. Mas antes, ainda dava a este ignorante do Paulo Bento, uma lição sobre a história do Sporting Clube de Portugal, pois ele prova que a desconhece por completo. Ao vir vangloriar-se que conseguiu mais do que outros fizeram nos últimos anos é vergonhoso e só demonstra o quão limitado é! Que culpa temos nós, sócios e adeptos, que este Clube tenha sido devassado e desbaratado por dirigentes da treta nestas últimas décadas, que destruíram tantos plantéis e chacinaram a mística daquele que já foi o Maior Clube português, e que agora se arrisca a ser o eterno terceiro? Estas personagens nefastas, como é o caso de Soares Franco, estão a destruir o nosso Clube! RUA COM ELES TODOS! O Sporting tem de ser purificado e limpo. O Sporting tem de ser devolvido aos sócios! Chega de discursos miserabilistas de gente miserável! Já havia SCP antes do Franco e do Bento! RUA COM ELES!

Anónimo disse...

Então agora o publico não vai ao estádio porque o treinador é o PB...essa é boa!!!!
E para alguns supostos sportinguistas até vale menospresar os titulos ganhos com PB(houve quem dissesse que tinha sido sorte)só para dizer mal!!!
Se forem ao estadio apoiar a equipa em vez de ficar em casa a dizer mal, talvez isto melhor.
O que eu sei é que vão ter de gramar com o PB até final do ano e com mais uma taça ou até campeonato , ganhos com sorte , claro!!!!

Anónimo disse...

(...) Vamos todos a Leiria ( a proxima batalha) e não vamos deixar pedra sobre pedra , daqui até ao fim da época vamos arrasar tudo e todos independentemente de quem estiver com a nossa camisola vestida em campo ou no banco!!!!!!!

VIVA O GRANDE SPORTING!!!!!!!
GLORIA OU MORTE!!!!!!!!!!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...