terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Soares Franco e a academia africana

O dito projecto de internacionalização da formação do Sporting Clube de Portugal, agora iniciado com o lançamento de uma academia de futebol na África do Sul, poderá significar uma machadada no verdadeiro projecto de formação que tem sido essencial para a sobrevivência do clube nos últimos 30 anos e que, por outro lado, tem representado uma marca distintiva do Sporting em relação aos restantes grandes clubes portugueses.
Segundo as notícias que nos chegam, a futura Academia do Sporting na África do Sul (pela escolha, até poderia ser na China ou noutro lugar qualquer onde o negócio fervilha…) mais parece um negócio entre Filipe Soares Franco e os seus parceiros africanos – empresas que, a avaliar pelos seus nomes pomposos (DMN Investiments CC e Extra Dimensions), terão tudo a ver com a selvajaria dos negócios financeiros, cuja credibilidade, como sabemos, anda pelas ruas da amargura.
O Sporting tem a Academia de Alcochete e várias escolas espalhadas pelo País. Excelente. Mas já tem as equipas de juniores e juvenis carregadas de jogadores estrangeiros (por sinal, os dois escalões que são geridos pela SAD). Em muitos casos estamos a falar de jovens que só estão em Lisboa para tapar o lugar aos jovens portugueses, prejudicando os jogadores portugueses e o futebol português.
São esses jovens estrangeiros – em regra apresentados como “diamantes” africanos ou sul-americanos por lapidar… – que despertam não os homens do futebol mas os homens dos negócios do futebol que, por sua vez, mandam nos clubes… É por isso que, hoje, um dérbi entre o Sporting e o Benfica, em juniores, é um jogo entre jogadores estrangeiros, onde uma minoria de jovens portugueses quase se sujeitam a pedir licença para jogar. E o Estado até financia esta farsa, que é hoje um retrato fiel do “futebol português”, através dos subsídios que concede com vista ao alegado fomento desportivo. Tudo isto com o olhar impávido da Federação Portuguesa de Futebol, que tarda em tomar medidas.
No Sporting, os resultados desta aposta suicida têm sido claros: até hoje, nenhum dos estrangeiros que têm sido comprados para as camadas jovens vingou na equipa principal. Desde Alison Almeida a Yannick Pupo, para além de Ronny (um jogador limitado, mesmo em comparação com qualquer dos jovens laterais-esquerdos formados no Sporting na última década), passando por muitos outros que chegaram e partiram anónimos.
Ou seja, o Sporting tem muito com que se ocupar na formação de jogadores, mesmo sem sair de Alcochete. Antes de outras aventuras, os responsáveis leoninos deveriam analisar os recentes falhanços de todos os “craques” estrangeiros na sua transição para o futebol sénior. E deveriam ponderar se o Sporting deve seguir o caminho errático de uma formação sem alma, sem identidade, sem uma ideia, a não ser a ideia fixa do dinheiro fácil dos empresários (que querem vender rapidamente os seus diamantes) e dos jogadores (que se julgam os diamantes mais valiosos do mundo e querem sair do Sporting mesmo sem passar pela equipa principal).
Neste contexto, a criação de uma academia leonina na África do Sul não passa de uma megalomania de Filipe Soares Franco, que transformará o Sporting, a prazo, num mero centro comercial de jogadores da bola à escala internacional, dando, certamente, lucros fabulosos a meia dúzia de empresários, à custa da marca "Sporting". Ora, isso jamais será formar jogadores “à Sporting” que sirvam a equipa principal de futebol.

Obs. - Filipe Soares Franco anuncia dentro dias a sua recandidatura à presidência do Sporting. No excelente programa de debate "A Bola é Redonda", no Porto Canal, Manuel Serrão, que defende as cores do FC Porto naquele programa, já fez a sua análise. Diz Serrão que uma eventual reeleição de Soares Franco seria boa para bancos e para o FC Porto. Ao que isto chegou!...

14 comentários:

Anónimo disse...

Em vez da academia africana, gostava era que explicassem como vai sua excelência reduzir o passivo em 110milhões em 5anos!? se era assim tão fácil pk andamos há 20anos a arrastar-nos com passivo??
Quanto às receitas televisivas cuidado!O problema do estrela da amadora é esse mesmo, é que não as tem!.. tão penhoradas.
Só sei que vai tudo para a SAD (que distribuí lucros pelos accionistas) enquanto se estivesse no clube revertiam apenas para o clube. Expliquem-me lá essas vantagens e gimnásticas financeiras para eu perceber que n sou financeiro.

Leão de Alvalade disse...

Convido o meu caro Leão da Estrela a perceber melhor o "contexto da nota de negativa do Pedro Henriques".

Ricky_cord disse...

É prejudicial para os jovens portugueses estarem tapados por estrangeiros de duvidosa qualidade nas camadas jovens dos clubes nacionais

Um leão do norte disse...

Volto a escrever depois de estar cerca de um ano inactivo mas sempre a para do leão da estrela e do mundo sportinguista.

A criação da academia africana tem dois lados, um positivo e um negativo! vou começar pelo lado negativo. Sendo eu um treinador de futebol dos escalões de base num clube aqui no norte de portugal, vejo com muitos maus olhos a criação desta academia para lapidar perolas africanas que até podem trazer ganhos para a sad do scp!como foi dito no post: "É por isso que, hoje, um dérbi entre o Sporting e o Benfica, em juniores, é um jogo entre jogadores estrangeiros, onde uma minoria de jovens portugueses quase se sujeitam a pedir licença para jogar." e concordo a 100% com a preocupação de muita gente: Para onde vai a formação em Portugal??? Hoje em dia as selecções de base de portugal voltaram ao medianismo, que até têm dificuldade de vencer equipas como israel ou a macedónia...

Um outro ponto de vista... que é da minha profissão: Gestor de Desporto! Vejo com bons olhos o mercado português a expandir-se para outros horizontges, vejo a terem sucesso fora de portas e pela primeira vez um clube português "abre as portas" para o resto do mundo!financeiramente (não seiu quanto vai ser o custo da academia) terá sucesso quase de certeza, desportivamente também tererá sucesso! muitos bons jogadores vão aparecer e poder ser "transportados" para a nossa belissima academia de alcochete!só que a sua manutenção não será fácil!bons treinadores (formadores) terão de vir(ir) da europa para a africa do sul e terá de haver formação para os novos(se é que querem manter o mesmo modelo)pois não estou a ver os homens da casa a irem para a africa do sul. Outro ponto que me deixa uma certa duvida é o da comunicação entre as várias academias... como será? vamos preterir um bom jogador português para trazer um africano e deixar esse português fugir para clubes como o Porto ou até o Braga (que tem um jogador que está a dar nas vistas)???

concluindo a minha linha de raciocinio: acho mal desportivamente que se faça esta academia mas pode ser uma boa fonte de lucro para o sporting no futuro (é necessário que as perolas apareçam)

PS: ao realizar esta academia terá de haver competição para os futuros jogadores! e a competição não tem nem de longe o grau de dificuldade existente aqui em portugal (falo so nas fases finais pois a 1ª fase é um passeio que tem dois jogos dificis por ano)

abraço,

um leão do norte

Anónimo disse...

Sporting SAD afinal vai ser vendida!!!

Soares Franco afirma que pretende baixar o passivo (financeiro), em seis meses, de 245M€ para 141M€, através de venda de terrenos, que renderão 25M€+24M€ e de VMOC´s (venda da maioria da SAD) que renderá 60M€!!

Para que isto seja possível: «As Assembleias Gerais da SAD e do clube terão de aprovar a emissão das VMOC'S (Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis) e que os direitos televisivos passem para a SAD.»

Com esta jogada, e de acordo com o que já tinhamos explicado em Maio de 2008, na 1ª tentativa de aprovação destas medidas, a Sporting SAD vai ser VENDIDA por "tuta e meia" ...

Os VMOC´s não são mais do que uma forma de vender a MAIORIA do capital da SAD, já que são obrigações que daqui a 5 anos se transformam em capital. 60M€ de capital social a juntar aos 42M€ existentes, dará a o controlo total da SAD a quem subscrever os VMOC´s.

Após terem vendido todo o património não desportivo, também irão vender a SAD do Sporting, onde estará incluída a Academia de Alcochete, jogadores formados no Sporting e os Direitos Televisivos.

Restará ao Sporting Clube de Portugal, os 141M€ de passivo financeiro, as restantes dezenas M€ de passivo não financeiro, o Alvalade XXI e as modalidades amadoras ...


O fantástico disto tudo, é que os dirigentes do Sporting estão com pressa em marcar uma nova AG, para discutir novamente estes temas que tinham sido chumbados pelos sócios, e não permitem a realização de uma AG, solicitada de forma legal há 6 meses!!, pelo Movimento "Leão da Verdade", e que tem como finalidade a aprovação da realização de uma AUDITORIA às contas consolidadas do Sporting ...

cantinhodomorais disse...

Mudando de assunto...

Esta noite o Barça venceu (1-3)o futuro adversário do Porto da Liga dos Campeões.
O Barça alinhou com:
Pinto; Dani Alves, Cáceres, Piqué, Sylvinho; Keita, Yaya Touré, Busquets; Messi (Pedro, m. 81), Bojan e Iniesta.

Se, sem Henry, Etoo, Puyol, Marquez, Abidal, Valdes, Xavi e Gudjhonsen, o Barça enfia 3 no Calderon (que teve como baixa, unicamente, o Aguero) só se pode tirar duas conclusões:

- Os resultados com o Sporting não são tão escandalosos para a equipa leonina (embora eu não tenha gostado), pois parece normal grandes equipas levarem baile deste Barça;
- O Porto é favorito à passagem aos Quartos-final da Champions League.

Anónimo disse...

Não abram os olhos e quando acordarem já só têm o esqueleto...

Virgílio Bernardino disse...

LdE:

De acordo qt a essa Academia em Africa do Sul. Falta Alma na formação. Talvez seja essa msm um das razões de termos tido tanto 'azar' com mts dos recentes - e já agora, não tão recentes - leõezinhos formados...

Olha, deixa de te preocupar com o q o Manuel 'balofo' Serrão afirma sobre o SCP. Por acaso a personagem de hoje chama-se FSF. Mas se fosse outro ele diria exactamente a mesma coisa... Esse cromo da bola enaltece td o q é azul e zomba de td o q é verde, por isso ñ atribuo qlq importância à opinião q possa emitir. Falta de discernimento, razoabilidade e, principalmente, de isenção que se avista a kilometros de distância...Mesmo com o nevoeiro desta noite.

SL!

Vila Franca disse...

Um pouco a propósito da formação (e também já aqui se falou do Barcelona): ontem os catalães, com metade de suplentes habituais na equipa, foram a Madrid dar três ao Atlético. Nada de interessante para nós, não fossem as declarações à imprensa espanhola feitas na véspera pelo palerma do costume a desvalorizar o Barcelona. Parece que aquilo afinal lhe está no ADN, o rapaz deve ficar com algum trauma do passado e na primeira oportunidade mostra o seu nível...

Anónimo disse...

Em relação à Academia falam os números:
Desde 2002/03 vencemos 11 títulos nos escalões jovens (juniores-3, juvenis-4, iniciados-4), em 6 épocas, contra 10 títulos nas anteriores 15! (1987/88 a 2001/02) com a agravante de que existia mais um escalão que atribuía título nacional - infantis - entretanto extinto em 1997.

Também não concordo com tantos (todos?) estrangeiros nos escalões jovens, mas a verdade é que nunca a equipa principal jogou (que me lembre) com tantos jogadores em simultâneo, vindos da "escola leonina", e que até (e ainda bem), são todos portugueses.

SL

joaquim agostinho disse...

Leão
É certo que a Academia é actualmente um centro de negócios, mas a expansão para África só peca por tardia.
SL

Anónimo disse...

Veremos se vão saltar mais valores para fazerem parte de futuras equipes do SCP,e que não aja descuidos com futuros jovens estrelas no SCP;á também que proteger esse valores para não virem as Hienas tentarem (roubar)conforme já estão a querer fazer a Tiago Pinto,os morcões já espreitam um possivel ataque.à que montar ratoeiras para caçar Hienas

david disse...

mas a verdade é que nunca a equipa principal jogou (que me lembre) com tantos jogadores em simultâneo, vindos da "escola leonina", e que até (e ainda bem), são todos portugueses.

Marinho, Paulo Torres, Peixe, Poejo, Figo, Amaral, Porfirio.

Não jogavam todos a titular, mas era uma equipa bem composta por meninos da casa.

david disse...

"É certo que a Academia é actualmente um centro de negócios, mas a expansão para África só peca por tardia."

Não é para Africa, é para a Africa do Sul, um país que tem tido excelentes valores no panorama futebolistico.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...