segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Veloso e o silêncio do empresário

Miguel Veloso faltou hoje ao trabalho no Sporting sem dar cavaco a ninguém. O seu empresário, Paulo Barbosa, que quando quer ser inconveniente, prejudicando o Sporting, está sempre pronto a bufar aos jornalistas quais são os clubes interessados na sua vedeta, deveria, agora, ter dado explicações, defendendo o seu cliente. Mas não. "Não quero comentar", disse o empresário, quando questionado pela comunicação social, talvez para não prejudicar o clube leonino... Sempre em contramão, este empresário "formado" na Rússia...

11 comentários:

Anónimo disse...

Em leilao no ebay, bola oficial utilizada na taça de portugal em 1995:

http://cgi.ebay.es/ws/eBayISAPI.dll?ViewItem&rd=1&item=120372661158&ssPageName=STRK:MESE:IT&ih=002


cumps

Cantinho do Morais disse...

É devido a este clima de tensão e "paz armada" que vive o balneário leonino e que se extende ao resto do Universo do Sporting Clube de Portugal, que, tão cedo, dificilmente, seremos campeões...

Veloso, Moutinho, Vukcevic, Stojkovic, militância, arbitragem, comunicação social... Temas e mais temas. Polémicas e mais polémicas, que minam um clube que, aos poucos e poucos se vai auto-destruíndo, rumando ao esquecimento.
A sua História aínda o segura. Mas sem Glória, morrerá...

Leão d'Aveiro disse...

Espero que o Paulo Bento castigue o Veloso tal como castigou o Vukcevic, com a agravante do Veloso dever tudo ao Sporting, pois foi formado no clube. É melhor para a equipa que o Veloso seja colocado de lado até ao final da época, para trinco temos o Rochemback e se este não estiver bem está na hora de apostar no Adrien, que para além de defeder bem gosta de subir à área contrária.

Se isto se acontecesse no fcp os Super Dragões já o tinham posto no lugar.

Tite disse...

Miguel Veloso é um menino mal-criado e ingrato e além do mais muito mal aconselhado em termos comportamentais relativos à entidade patronal.

Vai ser giro ver a reacção dos adeptos na próxima vez que ele entrar em campo. A avaliar pelo que fizeram ao João Moutinho...

Cantinho do Morais disse...

Já não se colocam aqui excertos da entrevista deste jogador ao jornal do Clube? Entrevista essa onde repudiou os “boatos” e fez juras (quase) eternas?
O Sporting está refém do senhor Paulo Barbosa e vai ter que vender um dos jogadores representados por este senhor. Ou Veloso, ou Djaló, ou Izmailov (Caneira já não conta).
Isto é inadmisível!

Que vá para o Bolton! Que vá catar os chatos do bigode do seu pai! Será o próximo Hugo Viana, ou então estas idas para estes clubes de 2ª tem outras intenções no bico!
A proposta, a julgar pela versão colocada pela Administração da Sad, era insultuosa para o clube e para o próprio jogador. Empréstimo! Ou se é bom, ou não é!

Deixo uma questão no ar. Em Portugal, qual foi o único clube que teve, realmente, proveitos desportivos, com jogadores oriundos da sua formação?

F.C.PORTO!! (Fernando Couto; Jorge Couto; Ricardo Carvalho; Bruno Alves; Jorge Costa; Postiga; Paulinho Santos; João Pinto; André; Bandeirinha; Folha; Domingos; Baía; Rui Jorge; Rui Barros; etc, etc, etc…)

Nos últimos anos em que o Sporting foi campeão, ou foi quando teve menos jogadores da formação na equipa principal, ou quando estes não eram assim tão importantes para a equipa:
1999/2000 - Beto; Marco Almeida; Santa Maria; Nuno Santos;
2001/2002 - Quaresma; Hugo Viana; Beto; Diogo; Jorge Vidigal; Custódio (este só jogou 1 ou 2 minutos);

Dá que pensar, ou não?

Qual será o segredo? Talvez não lhes darem tudo o que aínda não merecem. Talvez andarem sempre em cima deles. Talvez eles serem mesmo adeptos do Porto. Talvez serem emprestados, mais que uma época, a equipas da 2ª e 1ª divisão e não serem logo estrelas… (Quem não se lembra de R. Carvalho no Leça e no Alverca? E de Jorge Costa no Marítimo? E Bruno Alves no Farense, no AEK e no Guimarães? O Rui Barros no Varzim e Sporting da Covilhã?; Onde andam agora o Nuno André Coelho e outros?

Que sofram, saibam o que é subir na vida com mérito.

Vila Franca disse...

O Cantinho do Morais disse quase tudo. Estão a ver estes artistas com contrato assinado a brincar com o FCP?...E quando digo artistas não é só jogadores, especialmente neste caso incluo principalmente o empresário, mas a culpa é nossa, que deixamos os gajos brincarem connosco!

Anónimo disse...

nao estás a ver os artistas a brincar com o porto? é preciso dar o exemplo do paulo assunçao e do quaresma?

JFM - Mealhada disse...

A Maria Floribela amuou. Temos aqui um problema! Tanta baba e ranho podem alagar o relvado! A ser verdade o que vem hoje no jornal A Bola,a conclusão que tiro é que o rapaz precisa de ir ao psicólogo. E com urgência! Há um indivíduo no Brasil, de nome Lenny, que joga actualmente no Palmeiras e que inclusivamente já passou pelo Braga. Ora bem, este tal e qual como o Veloso, fez meia dúzia de jogos e já era um craque.
Estávamos em 2005. Depois eclipsou-se. Há uma semanas atrás, o seu treinador, Wanderley Luxemburgo, disse isto: "O Lenny tem de deixar de ser criado pelo avós. Tem que começar a pensar com a sua própria cabeça se quer ser alguém no futebol e deixar de ser uma promessa adiada".
Ora, eu encontro aqui um paralelo com o menino Veloso. O seu papá em vez de estar a pensar em muitos milhões no imediato, devia era deixar o rapaz decidir o seu futuro e obrigá-lo (ou deixá-lo...)sair debaixo dos seus "saiotes". Porque a continuar assim não vai ganhar mais que alguns tostões...
Mas o desfecho desta situação é inevitável: tanto o pai Veloso como o sr. Paulo Barbosa, não descansam enquanto o puto não for vendido, nem que seja para uma equipazeca qualquer do fundo da tabela. Desde que seja para Espenha, Itália ou Inglaterra, para eles está tudo bem.
A nossa formação tem uma falha: "mima" demasiado aquela rapaziada.
Depois a paga é esta. Ultimamente, além não renderem em campo o que
seria esperado, alguns desses meninos só servem para criar focos de instabilidade. Logo numa altura em que era preciso que todos remassem para o mesmo lado.
Saudações Leoninas
Sporting Sempre

Anónimo disse...

A confirmar-se, só há uma atitude a tomar. Chamar a Alvalade o rapazinho, o pai e o pseudo empresário e dizer o seguinte: "Miguel veloso um mês na Liga intercalar de castigo. Depois volta ao plantel principal e o treinador decide se joga ou não em qualquer posição (até GR se for preciso). Quanto ao paizinho e ao empresário e demais amigos até ao final da época nem um ai nem um ui na comunicação social, caso contrário, o Veloso não joga mais até ao final da epóca. Entendido? Boa tarde a porta é ali mesmo"

Gonçalo Sousa Sócio SCP 23.170

Hugo L. Carvalho disse...

O anónimo percebe pouco destas coisas para citar o caso de um jogador em final de contrato e de outro que, tendo algum mau ambiente na massa associativa, foi posto em stand-by pelo clube que o queria vender enquanto decorriam as negociações com o Inter. Em qualquer dos casos, nenhuma parecença com o caso do jogador que tem contrato em vigor por mais 4 anos e anda a fazer cenas para sair. No caso do PA, um jogador que termina o contrato e pura e simplesmente, com todo o direito, a não querer renovar o contrato. No caso do Q, é o clube que o quer vender. Lá não se brinca com a instituição, de facto. Nem se permitem amuos nem empresários a minar nem papás a dar entrevistas desestabilizadoras. É por isso também que eles têm estabilidade e ganham.

Vila Franca disse...

De novo me socorro de opinião alheia para responder ao anónimo que contra-argumentou sobre o meu comentário. Contra-argumentar enriquece sempre qualquer tema quando se usam argumentos válidos. Argumentar com a ignorância que revela o anónimo é apenas tentar atirar areia para os olhos dos outros.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...