segunda-feira, 9 de Março de 2009

O gesto nobre de Soares Franco

AS ELEIÇÕES NO SPORTING (2)

Numa conjuntura em que os associados do Sporting estão divididos em relação ao modelo de gestão do clube, o gesto de Filipe Soares Franco de anunciar a retirada, revelando que não se recandidata, foi nobre, no sentido em que demonstrou desapego pelo poder e abriu caminho à criação de condições para um bom debate sobre o presente e o futuro da instituição leonina. Mais a mais com um congresso sobre o Sporting em agenda.
Aparentemente, só uma coisa escapou ao controlo de Soares Franco: como em todas as organizações que se regem por princípios democráticos, quando um líder anuncia que vai embora com tanta antecedência, a sua autoridade política acaba por ficar diminuída, abrindo caminho à desordem. Foi neste contexto que, ainda com a época desportiva por definir, começou a ser discutido o lugar de Paulo Bento como treinador, tendo Filipe Soares Franco revelado publicamente que o treinador pedira ao clube para não lhe ser apresentada uma proposta de renovação do contrato.
Por outro lado, o facto de as eleições se realizarem no mês de Junho, como apontam os estatutos, colocam em causa a planificação da próxima época desportiva, tanto mais que o próximo acto eleitoral é susceptível de implicar uma mudança de ciclo na gestão do Sporting, com o que isso acarreta em termos da escolha dos responsáveis, nomeadamente pela equipa de futebol. Daí que, em nome de uma clarificação urgente do rumo do clube, fosse aconselhável a antecipação das eleições, como alguns sectores do clube defendem. Quanto ao tal debate sobre o futuro do clube, passaram dois meses e ainda não começou…
A vida continuou e, pelo meio, surgiu uma vitória sobre o Benfica (não há nada melhor para pacificar o Sporting…), logo esquecida pela humilhante goleada frente ao Bayern e pelo empate frouxo no Dragão, a que se seguiu mais uma declaração polémica de Paulo Bento contra alguns sectores da massa associativa. Agora, o Sporting está a poucos dias de uma final com o Benfica (a Taça da Liga no Algarve) e a quatro pontos do FC Porto na Liga Portuguesa. Ou seja, apesar de tudo, o Sporting vai, muito provavelmente, despedir-se da Liga dos Campeões nos oitavos-de-final (o melhor registo de sempre nos moldes em que a competição é agora disputada) e ainda pode conquistar mais dois títulos nacionais, a somar à Supertaça Cândido Oliveira. FOTO: João Trindade ("Record Online")

2 comentários:

Anónimo disse...

http://justicaparaoboavista.blogs.sapo.pt/

15672 disse...

A ausência de opções credíveis vai sendo por demais evidente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...