domingo, 12 de abril de 2009

Um debate que ninguém ganhou

O debate na SIC Notícias entre Filipe Soares Franco e António Dias da Cunha, os dois responsáveis máximos do Sporting Clube de Portugal nos últimos nove anos, foi realizado fora do tempo certo, que teria sido há quatro anos. Realizado nesta altura, quando Soares Franco afirma que não se recandidata e depois de Dias da Cunha, que também não é candidato, ter dito que o seu tempo já passou, deixou de ter sentido. A não ser que ambos tivessem algo para revelar que fosse extraordinário para o futuro do clube. O que não aconteceu.
O balanço é confrangedor. No fundo, tratou-se de uma sessão de lavagem de roupa suja, para a qual Soares Franco e Dias da Cunha se esqueceram de levar o detergente. Por isso, ambos perderam o debate. E o Sporting Clube de Portugal não ganhou nada. Antes pelo contrário.
A poucos dias de uma assembleia geral importante para o futuro do clube e a poucas semanas das eleições que vão determinar a escolha dos próximos dirigentes, era escusado recordar episódios pouco edificantes de há quatro anos – tais como as cartas que trocaram ou não trocaram ou as diligências que foram preparadas para que o substituto de Dias da Cunha (que inicialmente seria Ernesto Ferreira da Silva, que até precisava de uma “presidência” das comemorações do centenário do clube para ser conhecido) fosse combinado por sucessão dinástica no segredo dos gabinetes... Mais a mais, não conseguimos vislumbrar os grandes motivos por que António Dias da Cunha tanto tem atacado o carácter de Soares Franco.
Como ficou patente ao longo do debate, o Sporting – que há muitos anos está em declínio no plano desportivo e a lutar contra um défice que não pára de aumentar – é hoje uma coutada de umas elites distantes do balneário e da dimensão popular de um grande clube que não passam de agentes de negócios, hoje em representação dos interesses bancários. Só assim se explica que, durante uma hora de pretenso debate sobre “o futuro do Sporting”, tenhamos assistido a um triste espectáculo sobre bancos, buracos e afins - nada de desporto e de futebol - em que Soares Franco e Dias da Cunha pareciam dois contabilistas desavindos, que, a certa altura, certamente por não saberem das contas todas, até tiveram de citar Rui Meireles (um ex-funcionário do clube que foi despedido a peso de ouro). Com Soares Franco a colocar a cereja em cima de um bolo estragado ao revelar que Dias da Cunha “sacou 45 milhões da SAD”. Presume-se que para o clube e não para o próprio bolso. Mas só o facto de Franco se colocar ao lado da SAD contra o clube, acusando o seu antecessor de ter sacado (o nível da linguagem é delicioso…) dinheiro da SAD para o clube, ou perguntando-lhe quanto é que o clube deve à SAD, foram momentos susceptíveis de terem colocado em pé os cabelos de qualquer sportinguista. Do mesmo modo, causou perplexidade o facto de Franco não justificar o aumento do passivo, apesar da venda de património e de jogadores... Venda de património que tinha sido planeada pela direcção de Dias da Cunha, de quem Soares Franco era vice-presidente substituto...
Do futuro, e de futebol, que é suposto ser a actividade principal do Sporting Clube de Portugal, nem uma ideia, nem uma palavra. Está assim explicada a falta de militância da nação sportinguista, que não entende este discurso que o Sporting tem feito sair para o exterior, como se não fosse uma instituição desportiva. Para isso contribuem estes dirigentes, que não sabem como devem aproveitar uma hora de televisão para falar sobre o seu clube de modo a chamarem a atenção do seu público, que são milhares de associados e alguns milhões de adeptos e simpatizantes. E estamos a falar dos dois homens mais importantes do clube nesta década. O que também explica que o Sporting não esteja a recuperar o terreno perdido nas instâncias que governam o futebol em Portugal.
Depois deste debate entre Soares Franco e Dias da Cunha, torna-se claro para os sportinguistas que, com estes dirigentes, é uma sorte que ainda haja uma equipa de futebol que representa o Sporting Clube de Portugal, com jogadores como Lideson, João Moutinho, Daniel Carriço, Adrien Silva, Izmailov, Derlei, entre outros. E que com eles trabalhe um treinador chamado Paulo Bento, que, apesar de tudo, tem o mérito de ser também a voz do Sporting no futebol português. Para o nível que os dirigentes do Sporting têm revelado, já é muito bom ficar em segundo lugar, ir à Liga dos Campeões e ganhar umas taças de vez em quando.
Ou o próximo acto eleitoral lança na corrida candidatos que escapem a esta lógica dinástica ou o Sporting vai mesmo para o lugar do Belenenses em muito poucos anos.

22 comentários:

João Barros disse...

primeiros 10 minutos, nada mais que lavar de roupa suja... já avançavam com a conversa...

Cantinho do Morais disse...

Depois de muitos anos de Sporting, é com grande pesar e, acima de tudo, VERGONHA, que vejo esta luta de galos, este lavar de roupa suja na praça pública.
Um só lesado, o SPORTING CLUBE DE PORTUGAL.

ps: também é muito deprimente a sua ansia de ver sangue num amor que, também, julgo ser vosso.

Não me identifico com este (baixo) nível.

Anónimo disse...

ainda não percebi bem o "projecto" de Soares Franco mas também vir para o debate com perguntas de "grupos de sócios", tipo leões de verdade (os sócios outros são o quê?), como Dias da Cunha se apresentou, não adianta muito ao debate.
outro dos argumentos de DC foi a palavra do anterior director financeiro; se foi ele que o aconselhou a falar em resultados consolidados sem Balanço nem Cash-Flow, estamos entendidos sobre quem nos governou nesse período, apesar de considerar DC um homen honesto.



ps: só estiveram de acordo sobre quem os insulta...são os mesmos, isto é, insultam sempre todos os dirigentes do Sporting, seja quem for o presidente.





40 postas pescada

8 disse...

Não haverá nenhum SPORTINGUISTA que queira ser presidente do Clube?

SPORTING AOS SPORTINGUISTAS!!!

Anónimo disse...

Haverá concerteza, cada vez menos sportinguistas, com coragem para se apresentar nas eleições para dirigir o Sporting, depois o que nos últimos tempos se tem dito daqueles que até
à data de hoje o fizeram.Chamaram-lhes tudo, desde vigaristas, que estão lá para se servir, enfim, todo um horror de insultos sem provas, que agora, aqueles que tiverem um pouco de tempo para dar ao Sporting, pensam, muito mais que 2 vezes, com receio de serem enxovalhados (eles e as suas familias)por uma corja de gente mal educada, eles sim, sem escrupulos, sem dignidade e sem respeito pelos seus semelhantes.Actualmente, qualquer um que aceite ser eleito para dirigente do Sporting, arrisca-se a ser insultado por essa gentalha, desde o dia seguinte à sua eleição, se os resultados da equipa de futebol não forem satisfatórios.Eu, sinceramente, se estivesse nos lugar deles, fazia o mesmo.

Anónimo disse...

A culpa é do sistema

Anónimo disse...

Neste debate que nunca deveria ter existino em praça pública dá para dizer um velho ditado:Diz o Roto ao Nú ? o que vestes tú?,e depóis vão ao espelho e dizem;somos irmãos jémios em tudo.Quem ganhou co isto fói o Boca podre do Caracolinhos xipados logo de seguida no mesmo canal.O sabujo aproveitou-se logo para fazer o enterro do SCP.E de seguida fazer um real esforço para levantar o Morto SLB.São estas cenas que não prestigiam o S C P ,só servem os nossos Inimigos que se aproveitam destas situações

Lionheart disse...

Pesadelo na Rua Francisco Stromp!!!

Anónimo disse...

O retrato de ambos foi nítido. Um, FSF, mostrou que não tem qualquer tipo de rebuço em conduzir o Sporting Clube de Portugal para o fim da linha e entregar o seu património à SAD que daqui a menos de 5 anos será de quem tiver a massa para a comprar. O outro, DC, defendeu, claramente, o SCP dos sócios que são quem no dia 17 vai defenir o futuro do Clube do Leão. Agora está tudo na mão dos sócios. Viva o Sporting Clube de Portugal.

Gouveia disse...

Soares Franco como mentiroso compulsivo que é mantém o seu velho hábito de responder às perguntas com... mentiras. Também foi notório o silêncio premeditado a algumas perguntas que lhe foram formuladas bem como a interrupção constante do raciocínio da Dias da Cunha.
Tudo parte duma estratégia de não-esclarecimento!

Quanto a Dias da Cunha, e para além da questão do buraco, do golpe palaciano, das actas dos bancos, e das contas consolidadas, ficou bem vincada a visão associativa que tem do Sporting, totalmente oposta à de FSF.

Lamento que FSF não tenha respondido a uma questão que o Leão de Verdade já levantou e que atesta a falta total de credibilidade deste CD e em especial de FSF. A pergunta foi feita por DdC, mas FSF mais uma vez não respondeu...

É esta:


- Como é que explica o facto deste CD ter iniciado funções com um alegado passivo total de cerca de 240 M € e de há cerca de 1 mês ter afirmado no Núcleo de Mafra que o passivo é de 280 M €? Isto depois de se vender o património não-desportivo, terrenos do antigo estádio, Nani, ir 3 vezes seguidas à Champions, totalizando 130 M € ? COMO É QUE POSSÍVEL O PASSIVO NÃO SÓ NÃO BAIXAR COMO AINDA AUMENTAR MAIS DE 40 M €???

Também seria fundamental que FSF respondesse a estas perguntas:

* Qual é o valor actual do passivo consolidado do Grupo Sporting?


* Porque é que não se realizou uma Auditoria de gestão à globalidade das empresas que constituem o Grupo Sporting? Só foram realizadas auditorias ao clube e à SAD! E relativamente às restantes 17 empresas do universo Sporting?


* Porque é que não foram feitos todos os esforços para construir um Pavilhão tal como constava do seu programa eleitoral?


* Como é explica aos sócios que a venda do património não-desportivo, inicialmente anunciada por um valor de 55 M €, tenha sido realizada por 50 M €, e nesse processo tenha sido recusada uma oferta de 54 M € dum grupo holandês, ao qual não se pagariam comissões por não existirem intermediários e que não incluía a fracção clínica da CUF, e para corolário se tenham pago 2 M € a um intermediário que constitui a empresa que cobrou a comissão posteriormente à assinatura do contrato, totalizando assim o valor de 48 M € ?


* Que garantias formais pode dar aos sócios que se a sua proposta financeira for aprovada, a SAD continuará a ser maioritariamente detida pelo Sporting Clube de Portugal?


Enfim... 6ª feira há mais - mas se não se votar NÃO o SCP vai deixar de ser aquilo que sempre foi para passar a ser uma espécie de empresa futebolística!

Orlando disse...

Meus amigos

Acho piada a quem se diz muito interessado, porque o que interessa é o desporto e o futebol, mas não tem dinheiro, não quer ter e ainda quer aumentar o passivo, tipo estar à beira do abismo e dar um passo em frente.
Talvez como DdC propunha: negoceia-se a dívida com a banca, não se cumpre e volta a negociar-se, aumentando os juros e o passivo numa bola de neve sem fim.
Irresponsabilidade e mimo a mais é o que mais simpáticamente me ocorre para classificar estes artistas.
O Sporting precisa de diminuir o passivo e isso só se faz honrando compromissos.
Não gostam, não querem? Têm boa solução e, já que esta não é a política que querem para o clube, viajem e larguem as direcções, pois como DdC afirmou, quem hoje contesta FSF, são os mesmos que criticaram DdC (e as anteriores direcções, já agora), gente que não tem fair-play, não tem cultura democrática e quer para o Sporting formas de estar que violam as regras desportivas (desta feita foi certeiro).
O disco está riscado e é tempo de por outra música, uma de apoio às direcções (qualquer que ela seja), aos jogadores, aos técnicos e aos dirigentes, que é a única forma de apoiar o clube, pois está visto que isso que fazem está muito longe de ser apoio e de ser amor ao Sporting.
É apenas despejar adrenalina e tentar afirmar-se pessoalmente.
Saudações leoninas

Anónimo disse...

Para além do lavar da roupa suja coisas interessantes passaram entre linhas: Se o Dr.Dias da Cunha nunca apresentou as contas, confirmado pelo próprio durante os 5(?) anos de presidência porquê é que o sr Soares Franco NUNCA, NUNCA o questionou de não apresentar as contas?? É que o sr Dr. Soares Franco fazia parte da direcção do dr Dias da Cunha ..ou não??
O passar a Academia e o Estádio para a SAD até pode ser uma excelente jogada financeira, mas quando a venda da Academia surgir (a não esquecer que aqueles terrenos vão valer 10 vezes mais por causa do novo aeroporto), aqui o Dr Dias da Cunha deu uma ideia, vende-se agora por um valor á SAD e quando for efectuada a venda daqui a 2, 3 anos da Academia, as mais valias reverterão para o SPORTING CLUBE DE PORTUGAL e não para a SAD e seus accionistas. Com esta proposta ganhavam os accionistas agora, e o SPORTING num futuro, tal proposta recebeu do Dr.Soares Franco um retundo: Para Quê?? Para o Sporting?? O sr(DC) esquece-se que retirou ao SPORTING 40 milhoes para colocar na SAD. (peço desculpa pela forma educada como escrevo, o Dr. Soares Franco utilizou a palavra "SACOU"), resumindo, mais parecia uma assembleia de um qualquer banco ou instituição financeira que todos nós sabemos por onde andam com a actual crise financeira.....o meu SPORTING NÃO É ISTO!!
Cheguei ontem á triste conclusão que afinal estamos e estivemos muito mal presididos..afinal TODOS QUEREM É SACAR, NÃO É SR PRESIDENTE??

SPORTING SEMPRE
RG

Mindo disse...

Primeiro devo dizer que Filipe Soares Franco deu uma goleada a António Dias da Cunha a nível de preparação, retórica e comunicação.

O FSF veio preparado para o debate e o objectivo era só um: destabilizar Dias da Cunha e descredibilizar-lo e penso que conseguiu plenamente o que pretendia.

Quem saíram a perder foram os sócios já que muito pouco se escalreceu. Sabendo que geralemente as pessoas só se lembram de 20% do conteúdo de um discurso e fixam muito mais o lado visual do debate, o que é que as pessoas vão relembrar?
Será mais ou menos isto:

* O Dias da Cunha é que é o culpado do buraco financeiro e dos problemas actuais do Sporting;
* O Dias da Cunha assinou contratos sem comprender o que assinava;
* O Dias da Cunha não se lembra nem de números nem de detalhes importantes do que se passou;
* Aonde o Filipe Soares Franco se baseava em documentos oficiais do Sporting Clube de Portugal, Dias da Cunha refugiava-se em documentos obscuros e aonde certos nunca foram destinados a ser públicos;
* Afinal de contas o Dias da Cunha está senil e a única esperança que sobra para o Sporting é o Filipe Soares Franco.

Embora tenha de admitir que Dias da Cunha contribuiu mais para reforçar a posição de Filipe Soares Franco do para outra coisa, penso que Filipe Soares Franco não foi honesto no seu debate, atacou constantemente Dias da Cunha de maneira subtil porque conhece bem o seu opositor e sabe como o destabilizar.

O problema de Dias da Cunha reside no facto de este não aceitar que a sua memória já não é a mesma de há 15 ou 20 anos e que precisa de documentos e de uma boa preparação para fazer frente a um Filipe Soares Franco que sabendo da importancia do debate preparou-se muitissimo bem.

Agora aqui vai o que o debate realmente divulgou e o que relamente foi dito ou não:

* Filipe Soares Franco foi Vice-Presidente do António Dias da Cunha com participações nas diversas sociedades do Universo Leonino, como é que FSF pode declarar não ter conhecimento do buraco financeiro, e só depois de Dias da Cunha ter voltado do Moçambique é que tal buraco apareceu, metendo medo a Ernesto Ferreira de maneira que este não se candidatasse e deixase caminho aberto a Soares Franco? Ou seja em nem 15 dias apareceu o tal buraco, quando em 2 anos ninguém o tinha visto.

Dias da Cunha entre dois ataques conseguiu fazer algumas perguntas que ficaram sem resposta mas que são fundamentais:

* Aonde está o dinheiro da venda de património não desportivo, da venda de Nani e das receitas de 3 anos seguidos na Champions?
* Como é que o FSF vai impedir que o Sporting Clube de Portugal perca a maioria na SAD?

A essas 2 perguntas FSF chutou para canto e conseguiu guardar a bola fora dos 16 metros, sem por isso dar respostas satisfatórias.
A primeira pergunta limitou-se a questionar a credibilidade do movimento Leão de Verdade, sem responder a questáo que era pertinente e justificada.

A segunda penso que era importante os sócios perceberem a verdadeira e única natureza dos VMOC's.

O FSF sabe que para adquirir novos investidores, o Sporting terá forçosamente que abdicar da maioria na SAD, pois quem é que está disposto a investir dinheiro numa sociedade, sem ter o controlo sobre a maneira como esta é gerida?

Os VMOC são uma solução subtil para que tal aconteça, fazemos as contas juntos:

1. O Sporting vai baixar o preço das acções com a emissão de novo capital por 20 mio de EUR;
2. O investimento será feito a partir da venda de VMOC por 55 mio de EUR
3. Para garantir o valor da SAD, os direitos do Estádio (bilheteira, concertos etc) e a Academia passará para a SAD. O seja o todo o activo e passivo do Sporting estará na SAD (o que ficará no Clube?)
4. Depois desta operação o Sporting terá sempre 50,1% do capital da SAD

Até aqui tudo bem, só que o que o Dr. Filipe Soares Franco não disse é que se o Sporting não conseguir rembolsar 60 mio de EUR dos VMOC em 5 anos (capital + juros) os investidores poderão obtar por convertir a divida que detém em acções da SAD leonina.

Visto o número limitado das acções no mercado (o número marginal que está em circulação não chega para cobrir os 60 mio), o Sporting terá por força de abdicar das suas acções em favor dos investidores, logo deixará de ter a maioria na SAD.

O exemplo dado pelo FSF é correcto desde que os VMOC's sejam rembolsados e não convertidos em acções.

Afinal toda está jogada não é nada mais do que uma OPA sobre o Sporting favoravél aos investidores já que receberão as acções a um preço fixo de 1 € (bastante abaixo da quotação actual e probavélmente da quotação futura), e isto sem que os sócios tenhem algo a dizer!

Repito para que seja bem claro: Os sócios não terão nada a dizer! Porquê?

* Os sócios são sócios do Sporting Clube de Portugal e não da SAD
* O Património passa a pertencer à SAD
* Os estatutos do Clube não se aplicam à SAD

Visto que o Sporting Clube de Portugal deixará de ter a maioria na SAD, e que nada poderá ser feito para evitar a conversão dos VMOC's pois o Sporting assinará o contrato de emissão logo será obrigado a cumprir o que ali está estipulado.

Todos sabem que os estatutos do Sporting Clube de Portugal exigem que qualquer estádio do Sporting Clube de Portugal terá de ter o nome de José de Alvaldade. A partir do momento aonde os direitos do Estádio transitarem para a SAD, nada impede à SAD de por o nome do Estádio à venda assim depois da Academia Puma, poderemos ter o Estádio Coca-Cola, Viagra ou probavelmente Rennie ou Compensan.

Ninguém se ilude, a próxima assembleia é vital para o Sporting, votar SIM é abrir o caminho para o fim do que o Sporting Clube de Portugal representa.

Pode até ser que o caminho do FSF seja o único possivel, mas antes de tomar uma decisão irreversivél gostaria que tal se passasse depois das eleições, gostaria de saber se a direcção de FSF diminuiu efectivamente o passivo, já que vendemos jogadores e investimos muito pouco nos útlimos anos, logo se o passivo aumentou esta direcção terá sida pior do que a anterior.

Uma vez as perguntas sobre as contas actuais do clube eslarecidas, então sim deveremos tomar uma decisão!

O FSF já tinha dito que vender o património desportivo seria a única solução para a sustentabilidade do Sporting Clube de Portugal, e o que é que vemos hoje? O passivo practicamente não diminuiu.

Quem me garante do sucesso deste caminho? Depois de vender a nossa alma, o que é que nos resta?

O facto do Dias da Cunha não ser bom em retórica, não impede que tenha razão quando ao falso rumo que o Sporting está a levar.

Não ei se o meu post terá algum impacto, sinceramente pouco me importa, mas o que importa é que tenha tentado algo.

Eu moro no Luxemburgo, sou sócio correspondente, não tenho direito de voto e mesmo que tivesse não poderia me deslocar a Portugal para ir votar...mas voceses podem!

Os sócios tem como dever de salveguardar os interesses superiores do Sporting Clube de Portugal!
Devem todos ir votar, votem todos NÃO!

N.B: SE de facto o Dias da Cunha tinha já vendido o património não desportivo nos ditos contratos, então os contratos são nulos. Os estatutos do Sporting Clube de Portugal são claros! A venda de património tem ser avalizada por maioria de 2/3 dos sócios. Se foi o Dias da Cunha que vendeu o património, porque foi então preciso tanta romaria para comsumir o que estava acordado?
Essa clausula é pura e simplesmente inválida já que ultrapassa os poderes de quem assinou e os bancos sabem disso, e foi por isso que nunca obrigaram o Sporting a cumprir.

Embora a explicação do Dias da Cunha tivesse sido confusa, é a única correcta porque o Dias na Cunha não tinha o poder de vender o património do Sporting sem acordo dos sócios, da mesma maneira que o FSF não o pode fazer hoje.

Então porque será?

P.P.S: Vamos fazer um bocado de contas:

O capital actual é de 42.000.000 €:

- Redução de capital para 21.000.000€

- Aumento de capital de 20.000.000€ para 41.000.000€

- Aumento de capital de 41.000.000€ para 96.000.000€ por intermedio do lançamento de VMOC's no valor de 55.000.000€.

Neste caso o Sporting continua com a maioria na SAD, logo o que acontecrá quando se os investidores decidirem de transformar os 55.000.000 € de VMOC's em acções?
Aonde fica a maioria do clube?


Saudações leoninas
Mindo

scp1965 disse...

Boa tarde
Foi pena quando em 1995 quando o clube estava em pre falencia e aparecer o Dr.Roquete ,que nos deu até hoje 2 campeonatos, taças, 1 novo estadio , 1 academia , 5 preseças Champions, não terem aparecido vocês e avossa Associação a quem o Dias da Cunha chamou "Jovens" ; mas há sempre uma altura certa : Força com o Vosso projecto, que de certeza vão convencer os outros 80% sócios.
Força SCP

Anónimo disse...

Não era isto que eu esperava ver e ouvir ao fim de tanto tempo de vida!!!!

Que lástima!!! E tudo porquê? Porque ninguém está verdadeiramente interessado em resolver o problema do nosso Sporting. O que que eles revelaram é que cada um usou e abusou do clube para seu próprio interesse.

Leoa envergonhada

olho de boi disse...

scp1965,

O Gouveia já te respondeu na Centúria. O coveiro Roquette e o seu projecto não deram NADA ao Sporting; só tiraram! Está aos olhos de toda a gente!

ML - Portimão disse...

Entre os dois venha o diabo e escolha. Estes dois homens governaram o Sporting nos últimos 9 anos e ambos são responsáveis pelo estado em que o clube está. Um não dizendo coisa com coisa o outro falando só do que lhe interessa. Um endividou o Sporting o outro deixa o clube com "meia dúzia" de sócios e numa crise de militância sem precedentes. Na prática, ficámos todos na mesma. Sem resposta ficou uma questão intrigante: se a dívida em 2005 era de 240 milhões e em 2009 aumentou para 280 milhões, então onde foi aplicado o produto da venda do património, mais o dinheiro dos terrenos, mais os 25 milhões da venda do Nani mais, ainda, das 3 presenças na Champions num valor total na ordem dos 140 milhões conforme afirmado por um antigo dirigente do Sporting?

Renman disse...

Nunca ouviram o FSF dizer q o passivo era de 240M qd iniciou funções...

Se quiserem mostro-vos entrevistas e declarações a jornais,onde ja nessa altura dizia ser 280M.

Mas vcs pegam nas palavras, onde se enganou a dar valor, e fazem disso um espectáculo.

Ja onde o DdC falou em 2007 e dps qd foi corrigido pelo presidente, já dizia q tinha dito 2005,lol

Mal vai o meu clube se a maioria dos adeptos e assim tão estúpida cm 70% dos comentadores deste blog.

Felizmente smp q vou a Alvalade vejo que estes 70% nem sócios são e vejo que realmente temos boa massa associativa

Rafael disse...

Renman disse
E...depois...
Eu sempre disse e vejo que afinal quanto mais vendem mais devem, mentira?!
Sabe-me dizer quem é o proprietário do Edifico Sede do SCP e Secretaria?!
Diga-me se souber pelos nomes das pessoas não de firmas.É diferente a forma de identificar.Cumpts.
NB.o Sr. Não é nem nunca será mais Sportinguita do que Eu com todo o respeito pela sua opinião.
Mas Esta Dinastia em Nda engrandeceu o SPORTING, pelo contrário.

BMO disse...

Não sei se o Renmam é realmente sportinguista, pelo palavreado não parece, mas uma coisa eu sei, é que é grosso e malcriado.

Pedro Pita disse...

Eh pá um tipo chega de Espanha parece que aterrou num manicómio!... Alguém pode fazer o obséquio de me dizer se e quando repetem o debete? É que para poder dizer qualquer coisita convém ter visto...

Um abraço

Ps: A melhor notícia pascal, para além de uma sofrida vitória colchonera na Corunha, que tive foi a vitória da Académica na luz. BRRRIOOOSSSAAAA!!!!

Anónimo disse...

O QUE FICA PARA MIM DESTE DEBATE!? OS XOU TORES DERAM CABO DO MEU CLUBE, E VAM CONTINUAR A DAR!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...