quinta-feira, 30 de abril de 2009

A morte estúpida de Joaquim Agostinho



Em 30 de Abril de 1984, faz hoje 25 anos, um cão numa estrada algarvia e uma série de obstáculos na prestação de cuidados de saúde imediatos – que representaram o retrato de um País atrasado e desorganizado –, mataram Joaquim Agostinho, o melhor ciclista português de todos os tempos. O atleta – que personificava como poucos o esforço, a dedicação, a devoção e da glória do Sporting – tinha 41 anos e vestia a camisola amarelo na Volta ao Algarve. Agostinho era o líder de uma equipa de ciclismo do Sporting que o presidente João Rocha relançara nas estradas portuguesas. E terminava a carreira no clube onde começou, depois de anos a brilhar na Volta a França.
A morte de Joaquim Agostinho foi para mim um enorme murro no estômago. Senti a morte do grande ciclista do Sporting, como se ele fosse um familiar mais próximo. Uma tristeza enorme, durante dias de ansiedade em que o homem estava ligado a uma máquina no Hospital da CUF, de quem acompanhara dia a dia, pelos flashes noticiosos da rádio ou no "tempo de desporto" do Telejornal da RTP (as únicas fontes de informação da época, antes dos jornais do dia seguinte), a sua enorme carreira na Volta à França - onde, mesmo em equipas pequenas, conseguiu excelentes resultados e foi um exemplo de espírito de camaradagem e profissionalismo, ao abdicar da sua vocação para chefe-de-fila em favor do colega de equipa que o treinador designasse. Pouco tempo depois, o Sporting voltou a deixar as bicicletas. Elas que foram decisivas na divulgação da marca leonina em todo o País, em particular no interior. Na verdade, o ciclismo leonino já tinha morrido no ano em que recomeçou, precisamente com a morte de Joaquim Agostinho. Com uma morte tão estúpida, já nada fazia sentido.

16 comentários:

Anónimo disse...

Que Deus o tenha em descanso no lugar dos verdadeiros Campeões.Um ciclista que nos deu grandes alegrias,tomara muinta gente que por aí anda no Desporto ser como fói este simples mas ENORME HOMEM DO DESPORTO.

Mário disse...

Caro LdE, o Grande Joaquim Agostinho morreu em 1984!
SL

LEÃO DA ESTRELA disse...

Obrigado, Mário, pela correcção!

Vila Franca disse...

Fará sempre, sem favor, parte da mais restrita galeria dos grandes campeões do Sporting e de Portugal. Chorei como uma criança a ver passar o cortejo fúnebre e ainda hoje me emociono ao recordar o grande Joaquim Agostinho. Devo-lhe algumas das alegrias mais arrebatadoras que o desporto me proporcionou. Que viva eternamente lá onde quer que esteja!

Rafael disse...

Será no dia 10 de Maio que fará 25-anos da sua Morte.Um HOMEM Enorme em tudo. Tive o prazer de conviver pessoalmente em sua casa, acompanhar toda a sua carreira de Ciclista e de o acompanhar até à sua última Morada no Cemitério da Silveira.Foi com uma enorme Tristeza que vi na RTP-Telejornal o jornalista Mário Crespo dar a Noticia da sua Morte. NUNCA esqueço. Nunca vi tanta gente chorar na minha vida como foi na Silveira.
Fica para a minha memória Um Verdadeiro Homem.
Que os dirigentes do SPORTING C. de PORTUGAL o saibam lembrar nesta data dos 25-anos da sua Morte.
O meu Grande Joaquim Agostinho, Maior Ciclista de todos tempos Portugês e um dos 10-melhores do Mundo.
Que DEUS o tenha no seu Reino. Partiu mas NUNCA te vamos esquecer.
Visitem este link;Vale a pena ver os feitos
http://armazemleonino.blogspot.com/search/label/Joaquim%20Agostinho

Xixa disse...

Depois do Eusébio considero Joaquim Agostinho o segundo fenomeno desportivo Português, tenho o livro que o jornal A Bola lançou há uns tempos atrás e é digno de ser lido,um dia destes colocarei umas passagens no Armazém, retrata todas as épocas... ou então vejam o filme do Agostinho que está a venda na loja do Sporting, 5 estrelas. Recordar Agostinho vale a pena.

Abraço
Luis

fantasma do Óculo disse...

Tal como o amigo Rafael, sou conterrâneo do Grande Agostinho. E, apesar de na altura ter apenas 9 anos, lembro-me perfeitamente dos dias que rodearam a tragédia e da maneira como foram vividos na zona de Torres Vedras. Agostinho personificava o herói do homem comum. Aquele que não tinha superpoderes, que, como nós, não era perfeito, que não tinha os meios dos mais mediatizados, mas que os combatia com uma alma e tenacidade capazes de mover montanhas. E, de facto, ele moveu-as. Um herói para a eternidade.

Saudações, Joaquim!

Anónimo disse...

Para aqueles que como eu estão fartos do Sr. Soares Franco e das suas promessas. assinem em :

http://www.ipetitions.com/petition/BastaFranco/

Obrigado

Anónimo disse...

Quero deixar uma palavra de apreço a este blog, que apesar de eu ser benfiquista visito com regularidade (nem sempre concordando com as opiniões aqui expressas).

Fizeste muito bem em lembrar o dia fatídico da morte de um GRANDE desportista português que sim, encarnava o espírito da Dedicação, Devoção e Glória, do SCP mas também do desporto nacional.

É pena cada vez haver menos Joaquins Agostinhos no desporto, seja no ciclismo, no futebol, etc...

Um grande homem!

Abraços

Pai da Leoa disse...

Um fenómeno desportivo...

...e neste Portugal bolorento, não o comparo à mascote... comparo-o a um campeão olímpico e mundial: Carlos Lopes!!!!


Obrigado por tudo, JA!!!!

Rafael disse...

Caro Fantasma do Oculo

Obrigado. Não sou conterrânio dele como o Sr. diz ser,mas tive o prazer de estar em casa dele numas alturas em que ele vinha de férias de França na companhia de um grande amigo meu que andou com ele na Guerra em Moçambique. Foi daí o meu contacto pessoal, apesar de o ter sempre acompanhado a vida e obra dele como Ciclista.
Foi com muita mágua que o Vi partir deste MUNDO. Ainda hoje me comovo e choro.Não tenho Vergona, de chorar, Não.
Não faço comparações com outros atletas desportivos porque Agostinho foi só um e cada um no seu ramo. Aqui não havia Homens do Apito (Por isso foi tão longe) e onde o jornal da A Bola (vermelho sempre)se rendeu em muitas páginas coloridas de verdes pelo Agostinho. Só isso diz tudo.
Como dizia ao anúnciar a morte o Jornalista Mário Crespo a 10 de Maio de 84, jornal das 8-RTP, Afinal os Portugueses gostavam mesmo muito do Joaquim Agostinho.

Anónimo disse...

Recordo-me perfeitamente!Na altura vivia e trabalhava em França e ao fim da tarde desse dia triste, depois de ter ligado a TV, vi o director de desportos do 2º. canal francês (ANTENNE 2), também ele um antigo ciclista que correu o Tour no tempo de Louizon Bobet, a interromper um programa e dar a noticia, emocionado, da morte do seu amigo pessoal e a recordar a carreira do TINO, como ele lhe chamou.Recordo-me também de ver na TV uma reportagem sobre o funeral dele e de ver o Luiz OCAÑA a chorar, a quem o Tino ajudou e muito a ganhar o Tour, salvo erro, em 1973. Confesso que foi um dia muito triste para mim.

rui disse...

Descansa em paz grande campeão.

gavazzo disse...

Ao ver estas imagens, com a voz do inconfundível Gabriel Alves, fico com lágrimas nos olhos e extremamente emocionado. Mas é muito bom, de vez em quando, irmos ao baú das (gratas) recordações.

Joaquim Agostinho é uma lenda e um dos maiores Herois de sempre do Sporting Clube de Portugal!

Fazía todo o sentido o regresso do Ciclismo ao Sporting.

Anónimo disse...

SÃO O TAIS IMORTAIS QUE FICAM PARA SEMPRE.
JLArroja

Leão Transmontano disse...

Joaquim Agostinho, um dos pilares do Sportinguismo, da crença leonina, da alma e da mistica que o nosso clube sempre afirmou no mundo desportivo.

O grande Joaquim Agostinho, que levou a camisola e simbolo leonino por esse Portugal e mundo fora, enchendo as estradas de alegria e desportivismo com a sua presença.

Conheço hoje muito Sportinguista que solidificou o seu sentimento pelo Sporting pelas vitorias de Joaquim Agostinho e também pela glória no hoquei e não apenas pelo futebol.

O Sporting nunca viverá sem o ecletismo, porque o ecletismo está no código genético do Sporting. Não perceber isso é matar o clube. Ainda vamos a tempo de inverter essa situação e voltar a afirmar o Sporting como a maior potencia desportiva nacional.

Joaquim Agostinho, grande homem, grande leão, aqui te deixamos esta justa e singela homenagem. O nosso muito obrigado e bem hajas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...