terça-feira, 7 de abril de 2009

O grande combate no Sporting

"Ele [Filipe Soares Franco] tem razão para dar o dito por não dito. Quem esconde as contas como ele esconde tem todos os motivos para voltar atrás [recandidatando-se à presidência do Sporting]. Julgam que ele iria dar a presidência de mão beijada? Não é de hoje que não acredito no que ele diz. (…) Se a proposta da actual administração passar, o passivo irá aumentar no sentido do clube deixar de contar. Corre-se o risco do desaparecimento do Sporting."
António Dias da Cunha, “Público Online”, 07-04-2009

Com o provável candidato Pedro Pinto Souto a correr por fora, a apresentação de candidatos à presidência do Sporting está suspensa pela assembleia geral do próximo dia 17 de Abril. Se conseguir reunir os 75 por cento dos votos de que precisa para fazer aprovar o seu plano financeiro (o “seu” Sporting é mais um assunto financeiro do que desportivo…), Filipe Soares Franco tem à sua mercê o tapete verde rumo à reeleição. Caso contrário, bem pode deixar o Sporting e dedicar-se às tertúlias dominicais do Albatroz e aos negócios da Opway. Mas pode dar-se o caso de Franco acreditar que ganhará as eleições e, nesse sentido, é capaz de se recandidatar em qualquer cenário. De resto, seria muito bom que se recandidatasse.
Os sportinguistas estão fartos de uma guerra interna que dura desde 2005. Com a disponibilidade demonstrada por Dias da Cunha, que esta semana jantou com os sportinguistas-que-defendem-o-clube, estão reunidas as condições para que o ex-presidente também dê o dito pelo não dito e se apresente a eleições. Ele que içou a bandeira da luta contra o sistema mafioso que domina o futebol português. Uma luta que Soares Franco não prosseguiu, retirando ao Sporting o protagonismo como agente moralizador do futebol.
Nesta altura do campeonato, nada seria mais estimulante do que um combate entre Dias da Cunha e Soares Franco – que são os dirigentes que cultivam o maior ódio de estimação que a era das sociedades anónimas desportivas gerou na família sportinguista. A recuperação do clube deveria mesmo começar por aí. FOTO: "Público Online"

13 comentários:

Tite disse...

Então os sócios deveriam colaborar nesta disputa interna de "ódios de estimação"? Ou deveriam antes ajudar a limpar o clube destas sementes de desentendimento que crescerão revigoradas levando a lado nenhum e partir para algo mais saudável para o clube, para o presente e para o futuro?

Anónimo disse...

Cala-te, ou vai a votos.
Para má lingua basta.
SPORTING SEMPRE

Anónimo disse...

Dias da Cunha, mais uma vez, desmascarou as intenções de Soares Franco e seus pares. Chamou-lhe "mentiroso compulsivo" mas SF não se dá por achado. E quem não se sente...
Vamos dar cartão vermelho à proposta de "golpada" do dia 17. O Sporting somos nós, sócios, e não os meninos da Linha que só vêem os milhões que podem ganhar com um golpe que nem o mais experimentado burlão se lembraria de dar.

Anónimo disse...

Vamos lá a ver, afinal quer o CD do Sporting fazer, no dia 17, um AG só com votação, sem discussão, logo refrendária, atropelando assim o arto. 48 dos estatutos do SCP que são claros: "a única AG que não carece de debate e discussão antes da votação é a AG eleitoral! Isto quer dizer que a convocatória da AG de 17 está ferida de ilegalidade. Não percebo como Rogério Alves, um homem de leis, não viu este atentado à lei geral do Sporting.
MG

Eduardo disse...

Pois. O Dr. Dias da Cunha desnacara o Projecto do Dr. Soares Franco,mas nas eleições tudo vota no SF. È como no Governo todos dizem mal do PS e depois... maioria absoluta.Eu proponho para Presidente do SCP o Sr. Pinto da Costa

Anónimo disse...

Caro LDE
Que senilidade este Sr.Dias da Cunha; o tal do manifesto com os ladrões do SLB bafiento ; ontem apareceu na sIC noticias a concordar com os benfas ; que nojo de gente que se diz do SCP ; força FSF ; os socios de todo o País têm que votar não só os betinhos de Lisboa; ou têm medo do poder dos sócios ?

Sporting Sempre disse...

Dias da Cunha é fraquíssimo. A única coisa que o alimenta é o ódio a Soares Franco. Estão bem um para o outro. Um deixou o clube por causa do pateta do Peseiro. Outro tenta levar as suas ideias até à exaustão. Não há pachorra para ambos.

menino gilinho disse...

Os capachos situacionistas, obviamente, desviam as atenções para a parte em que o DdC fala dos lampiões.

Fazem-se de esquecidos que a entrevista teve pontos de verdadeiro interesse, em que DdC (que eles gostam de chamar de senil, mas que continua a ter nome na banca e não é empregado dos bancos como FSF), em que Dias da Cunha, dizia eu, desmascara a golpada preparada por estas sanguessugas da actual direcção.

Está à vista de todos: estes conselho directivo não é sério! Ninguém tenta fazer aprovar à força um plano já rejeitado pelos sócios, ainda por cima a menos de 2 meses das eleições.

Conta esta corja, o meu voto só poderá ser NÃO!

Anónimo disse...

Dias da Cunha apenas disse que a reacção dos dirigentes deu azo para o comentário provocador do director de comunicação dos lampiões. E disse a verdade. Agora como é possível que aqueles que nunca apoiaram DC na sua luta pela verdade desportiva, venham dizer que eles são sérios e implutos? Pois, de facto nada fizeram para que o efeito da luta de DC perdurásse no tempo. Antes pelo contrário.MRT e companhia, obrigaram FSF a sentar-se com PC para garantir o 2º lugar. Tenham vergonha. Se houve alguém que trabalhou em prol de um Sporting digno da sua História foi o "velho" Dias da Cunha. Esse nunca quis enganar ninguém ao contrário de quem, no poder, quer dar uma golpada como não há memória. Um atentado à inteligência dos sportinguistas. Terão a devida resposta e não tentem aplicar o tal voto elctrónico para manipularem a votação?!

Renman disse...

Pena votarem não e não serem sócios....lololol. Falar e fácil fazer é mais dificil

leãoraivoso disse...

Mas pode compreender-se as asneiradas do cantor da capoeira?

Estamos a falar de quê?

Das nossas divergências tratamos nós.

Quem se mostra compreensivo (e fui apoiante de DC) de ataques soezes dirigidos aos Sporting, será o que quizer ser, mas perdeu o respeito de muitos sportinguistas.

Anónimo disse...

Vamos lá ver :

- Agrande maioria destes dirigentes que estão no Sporting foram para lá no tempo de Dias da Cunha.

- A pessoa que Dias da cunha escolheu para o substituir apoia Soares Franco (Ernesto Ferreira da Silva)
- Sera que todas as pessoas, com passado de grande sportinguismo, que apoiam este projecto do FSF, são ladrões e corruptos que só querem acabar com o clube e dar o golpe?

Tite disse...

Respondendo ao anónimo anterior, gostaria de lhe dizer que nós, leõs, temos que ter espírito criítico e não alinhar com todos os que querem levar àvante projectos que só eles satisfazem.
É óbvio que a maioria dos sócios só quer resultados futebolísticos e estão-se ca...do para quem tira dividendos do clube, mesmo que quem o faz prejudique o clube.
Faz parte da cultura pouco profunda da maioria dos portugueses. É o que se costuma chamar de iliteracia, i.e., ler mas não compreender o que está escrito.
Desculpem se fui demasiado bruta mas é a realidade. É o que eu sinto.
Depois chamam "senil" ou xéxé a quem os avisa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...