domingo, 19 de abril de 2009

A roubalheira de Guimarães a Coimbra...

Em Guimarães, tivemos um pseudo-árbitro chamado Bruno Paixão a anular um golo limpo ao Sporting, ao inventar uma falta que teria ocorrido momentos antes de Daniel Carriço marcar aquele que seria o primeiro tento da equipa leonina, à beira do intervalo. Note-se que Bruno Paixão viu todo o lance entre Daniel Carriço e Gregory, não viu nada de anormal, deixou seguir, voltando atrás quando viu que o jogador leonino tinha marcado golo. Escandaloso!
Curiosa é a unanimidade dos chamados técnicos de arbitragem de jornal “O Jogo”, que consideram o golo bem anulado. Mesmo admitindo que Daniel Carriço cometeu “pé em riste” (quando o seu adversário levantou o pé á mesma altura, numa normal disputa de bola), os peritos de arbitragem contratados por Joaquim Oliveira esqueceram-se de um pormenor: Bruno Paixão só viu irregularidade momentos depois, quando o jogador leonino já tinha rematado com êxito para a baliza do Guimarães e sem que nenhum jogador vimaranense tivesse protestado...
Em Coimbra, também à beira do intervalo, na marcação de um livre a favor da Académica, o portista Rui Meireles cortou uma bola com a mão dentro da área. Foi à vista de toda a gente, mas o pseudo-árbitro Olegário Benquerença não viu nada. Era grande penalidade indiscutível. Até o pessoal da “Sport TV” viu grande penalidade!...
O jogo estava empatado a zero e o FC Porto, sem soluções, perante uma Académica confiante, corria o sério risco de ir para o intervalo em desvantagem. Se perdesse o jogo, o FC Porto veria a sua vantagem pontual sobre o Sporting reduzida para um ponto. No segundo tempo, a equipa de Jesualdo Ferreira lá resolveu o problema, consolidando a liderança, como dirão os títulos dos jornais. O Fc Porto ganhou por 3-0. O terceiro golo foi marcado a partir de um fora-de-jogo de metros...
E assim se fazem campeões em Portugal. Neste fim-de-semana, o velho “sistema” voltou a mostrar a sua raça mafiosa. A roubalheira da canalhada que manda nos árbitros vai definindo quem ganha e quem perde. O futebol português como espectáculo e como indústria é uma brincadeira de muito mau gosto. Não há volta a dar. Será que o presidente do Sporting tem coragem de beliscar os interesses do FC Porto, dizendo alguma coisa a dizer sobre isto? Ou terá de ser o treinador Paulo Bento, de novo, a dar o peito às balas?... FOTO: AFP - Getty Images

32 comentários:

ilumina-mos disse...

Ainda falta o Arturinho...

O sr. Rui Santos já deve estar a afiar o lápis. Espero que desanque forte e feio nestes ladrões. O futebol está podre.

Soylent Green disse...

Tudo normal neste futebol o(a)cidental.

Gouveia disse...

Frase para levar a sério:

"O futebol português como espectáculo é uma brincadeira de muito mau gosto."

Frase para não levar a sério:

Será que o Presidente do Sporting tem coragem de beliscar os interesses do FC Porto, dizendo alguma coisa sobre isto?


Comentário final:

Agora com os andrades fora da Champions é deixar correr o marfim até ao final da época!

cantinhodomorais disse...

Este é o pior Porto dos últimos 10 anos. Já o digo desde do dia em que venceu em Alvalade. Não vencer este campeonato é algo que nos entristece e que nos coloca com grandes culpas no cartório (derrota na Luz, derrota com Porto, empate com Académica, empate com Trofense e derrota com o Braga - com o Leixões merecemos perder).

Mas, por outro lado, o Porto vai sendo ajudado aqui e ali, tendo, no fim de tudo, a imagem de um campeão forte, sem grandes hesitações e com grande unanimidade, entre os "experts" do futebol. "Foi um campeão justo", irão dizer as pessoas, no geral. Mas, de facto, é com erros aqui, penalty aqui, penalty por marcar, expulsão por acontecer, jogador por castigar, emprestado que se lesiona, jogador que está a ser contratado e abre as pernas, que, também, se fabrica um campeão.

Que bom seria para o futebol português se o Porto ganhasse só pela qualidade dos seus jogadores (que são bons, dos melhores do campeonato). É o tetra...

Daniel disse...

É certo que ficou um penalti por marcar. Mas o Porto já virou um resultado negativo ao intervalo, em guimaraes. O jogo não acabava ali. Ainda ontem o 5por71ng virou também um. O golo do carriço é obviamente mal anulado (sejam serios). Ah... esqueceram-se de referir quer o 5p0rt71ng empata por intermedio de um jogador que devia ter sido expulso ao minuto 57, depois de mais uma entrada "à derlei". Se o arbitros utilizassem um critério serio derlei seria expulso em quase todos os jogos. Realmente quando se ve so para um lado conseguem-se ver e escrever coisas incriveis...

Daniel disse...

Curioso... falamos numa mão! Por uma mão de Tonel dentro da área, penalti claríssimo não assinalado contra o sporting, não foi possivel ao Porto vencer a supertaça 2006/2007. A fnal da taça no ano passado: expulsão perdoada por duas vezes ao abel, penalti do Polga sobre o Lisandro por assinalar. Todos temos telhados de vidro. Depois há uns que têm a memória mais curta que outros...

PPA disse...

O Professor Jesualdo disse duas coisas importantes e não disse outras duas.
Não disse que ficou um penalty completamente óbvio por marcar contra eles com a PORCA da NOIVA de Leiria a olhar mesmo em cima; e não disse que marcou um golo num FJ vergonhoso.
Ainda por cima voltou a ter mais um penalty...
já vai em 9-1.

Mas disse que:
"SÓ FALTAM MAIS 5"

Resta saber ao que se refere?
- 5 árbitros?
- 5 penalties a favor deles?
- 5 penalties não marcados contra eles?
- 5 árbitros de encomenda para prejudicar o Sporting?
- 5 auto-golos dos adversários?
- 5 jogadores emprestados que se lesionam na véspera ou lhes dá a gripe?
- 5 Treinadores da "casa" pela frente?
- 5 estadulhos do monte bem enterrados por aquela boca de escorbuto e outros 5 entalados por aquela tripa cageira acima?

Também disse que:
"VAMOS FAZER TUDO"
Acredito, pois tÊm mesmo feito de tudo, seus corruptos batoteiros.

Dina disse...

É por estas e por outras que eu já não acredito que ainda podemos ser campeões.
O Porto ganhou.
Um penalti não assinalado e um golo anulado à Académica que daria o 2-0...e depois foi vê-los em 2 minutos a fazer 2 golos.O 3º começa numa jogada em que um dos jogadores do Porto que nela intervém está em fora de jogo...mas não foi anulado.
Enfim...mas Domingos Paciência também não fez muito para ganhar este jogo, estava nitidamente a jogar para o empate mas também outra coisa não seria de esperar, digo eu.

António disse...

Fica-me na retina o golo anulado a Carriço. Mesmo que se queira arriscar a ligeira hipótese de haver um pé em riste do jovem Daniel, o que fica sobretudo na memória é a atitude do árbitro ao marcar a suposta falta e anular o golo. Atrasado, comprometido, sem convicção, quase que um recado da consciência a ordenar-lhe que parasse ali as hipóteses leoninas de sonhar com o título. As paixões do Sr. Bruno começam a ser demasiado evidentes, parece-me a mim.

Na primeira parte o Porto esteve amorfo, triste, a pôr-se a jeito para ser surpreendido pelos aguerridos guerreiros do Paciente Domingos. Mas o jogo nunca daria surpresa. Há sempre um factor comum aos poucos jogos em que o Porto não se apresenta bem e que poderiam por isso conduzir a um redespertar da luta pelo título: uma mão que vai à bola e que toda a gente vê menos os 3 digníssimos representantes da arbitragem que se encontram em campo. O Porto é melhor, mas nas poucas ocasiões em que tem dificuldade em sê-lo, há sempre uma mão amiga que não leva o apito à boca.

Abçs
http://bolaseletras.blogs.sapo.pt/

António

João Cunha Dias disse...

Será que o nosso próximo presidente se vai continuar a sentar ao lado do presidente deste clube?

Será que vamos continuar a assobiar para o ar e a ignorar o apito dourado e que no caso do envelope o SPORTING ERA PARTE INTERESSADA?

Será que vamos ignorar que antes do corrupto tomar o poder (sim... ele tomou o poder!!!) naquele clube passamos de disputar a liderança no futebol nacional com os Lamps, para 3º clube?

Vamos mas é continuar a apoiar os Francos, os Roquettes, os Telles e essa escumalha que beija a mão aos Pintos, aos Reinaldos e aos Oliveiras. Vamos dar-lhes carta branca para uma negociata onde eles ganhem milhões e destruam o histórial enorme do nosso clube.

Anónimo disse...

Diz iso ao teu Presidente, amigo do Presidente do Fruta Corrupção e Putedo.

aNNóNNimo disse...

CLAP! CLAP! CLAP!

Aplaudo os vossos comentários...e de pé!
Mas SÓ agora - em que se sentem directamente prejudicados - é que viram os "empurrões" ao fcp ...?!!
Mas não tenham problemas, o 2º lugar é vosso...o siciliano de Cedofeita cumpre as promessas feitas ao cocó do Pipinho Só Ares Fraco!

King Lion disse...

No estádio pareceu-me falta do Carriço e hoje confirmo isso no jornal Record pois foi pé em riste.

Agora para mim o que está em causa são estas telenovelas entre fiscais de linha e árbitros que inevitavelmente são sempre contra o Sporting.

O Paixão assinalou golo e todos o festejaram e mais tarde o fiscal de linha anulou o lançe.

Agora mais 1 vez o Olegário favoreceu a sua equipa.Mas existiam dúvidas que se o Porto necessitasse ele inevitávelmente entraria em cena ?

Anónimo disse...

João Cunha Dias

O ódio cego e asinino ao SLB cega a maior parte dos lagartos.
Vejo com agrado que alguns de vós JÁ trocam esse ódio por uma RIVALIDADE sadia e querem um futebol limpo de compadrios e de jogo sujo.
Verificam já as ligações perigosas entre os vossos dirigentes (e não digo com isto que os nossos sejam melhores!)e o cabecilha do gangue que domina o futebol (e não só! - vide declarações do "tal" juiz jubilado ex- presidente do CJ da FPF e Liga, no Tribunal de Gaia).

PPA disse...

Eu gostava que o LADRÃO de Coimbra tivesse que explicar porque não marcou o penalty da mão do Meireles contra o Porto com 0-0 no marcador; e no início da 2ª parte conseguiu ver claramente uma falta de um avançado da Académica e assim anulou o que seria o 1-0???

PPA disse...

Paixão, 1 – Sporting, 3
O Sporting venceu de forma categórica e inteiramente merecida no difícil terreno do Guimarães, virando o resultado a seu favor.
Todo o jogo foi um conjunto de contrariedades que no final da partida acabaram por dar um grande brilho à vitória dos justos, honestos e honrados.
Com uma equipa muito desfalcada e cheia de lesões, as opções já não eram muitas, ainda assim pudemos assistir a um dos melhores jogos da época com o Sporting a entrar muito forte e a não conseguir marcar por este ou aquele motivo (várias bolas aos ferros, defesas excelentes do GR, uma bola que bate nas pernas do GR e caprichosamente não entra).
Entretanto começou a ficar claro que qualquer falta do Sporting era amarelo e ao contrário não se passava nada, e apenas por uma vez se deu amarelo a João Alves.
A vergonha aconteceu perto do final da 1ª parte quando o mesmo João Alves é inexplicavelmente perdoado do 2º amarelo.
Mas ainda houve tempo para um escândalo antes do intervalo, que impediu que o Sporting fosse a ganhar para o descanso.
Carriço divide uma bola com Gregory, que ganha enquanto os jogadores do Guimarães deitam as mãos à cabeça… e faz golo.
Felizmente existem cameras de TV para mostra o ROUBO dos palhaços.
Não vamos discutir se foi o Carriço a levantar o pé, se foi o Gregory, se foram os dois.
As imagens são claras e obviamente que as pessoas isentas e os Sportinguistas vão dizer que devia ser golo; e parte dos nossos rivais vão dizer que não.
O que importa aqui é analisar o comportamento do árbitro nas imagens.
Após o lance, acelera inclusivamente o passo e acompanha a jogada até ao golo, sem nunca apitar nada.
Ah e tal… vão dizer alguns que foi o auxiliar!
Pois bem, esse animal também começa a correr e não levanta bandeira nenhuma.
Ou seja, só depois do Sporting fazer golo se decidiu anular o mesmo.
Na 2ª parte o Guimarães entra com mais vontade e chega ao golo.
Depois e para carregar mais a camioneta, o palhaço foi fechando os olhos a amarelos para o Guimarães e dando aos jogadores do Sporting.
Escolheu os jogadores que tinham 4 amarelos, para assim ficarem castigados.
Paulo Bento ao protestar acabou expulso.
Tanta roubalheira como que espicaçou os Leões que partiram para uma parte final esmagadora onde marcaram 2 golos, virando assim o resultado e conquistando a vitória.
As entradas de Postiga e principalmente de Ronny foram felizes, contribuindo para a merecida reviravolta.

Realmente esta nomeação de Paixão cheira a ressabiamento; e também me quer parecer que alguém ou alguns gastaram bastante dinheiro e com a vitória do Sporting acabaram por deitar o dinheiro fora.
Ora bem, não sei… pois estamos privados de 2 jogadores importantes para o próximo jogo: Moutinho e Derlei.

Soylent Green disse...

Paulo Bento disse um dia que a arbitragem em Portugal lhe metia nojo.
A mim já me mete há quase 30 anos.

Também me irrita bastante a incapacidade dos portugueses para discutir factos de uma forma objectiva. Parecem crianças sempre a contrapor factos que não têm nada a ver com o que se discute:
"Foi penalti mas, em Novembro de 1824 , também ficou por marcar um ao avançado do Sporting"

É por termos esta maneira de pensar que não chegamos a lado nenhum como país e todos nos passam à frente.

mané disse...

claro

Soylent Green disse...

Senhor Vítor Pereira
Dê-me um pouco de atenção
Há dez anos que estou preso
Há trinta que sou ladrão
Não tenho eira nem beira
Mas ainda consigo ver
Quem anda na roubalheira
E quem me anda a comer

Há dez anos que estou preso
Há trinta que sou ladrão
Mas eu sou um homem honesto
Só errei na profissão

Soylent Green disse...

"Há árbitros mais cegos do que eu"
ver aqui:

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Gente/Interior.aspx?content_id=1150757

PPA disse...

Não nutro preferência entre o SLB e o FCP; mas uma coisa sei,
ambos ganharam 2 Taças dos Campeões, mas as 2 do FCP (estão claramente atravessadas como espinhas na garganta dos Portistas por terem sido 2 das 3 Taças ATÍPICAS da história das competições Europeias (as 2 do FCP e a do Steaua).

Na 1ª é preciso começar por dizer que foi no periodo de 5 anos em que os INGLESES não jogaram, o que desde logo como maior potência e que vinha ganhando quase sempre tirou valor à competição.
Depois uma sorte impressionante nos sorteios levou o FCP à final com jogos contra os "colossos" Brondby e Dinamo Kiev.
Na final perante o poderoso Bayern, e por ser a 1ª vez que uma equipa pequena atingia uma final da Taça dos Campeões, o favoritismo era para "todo o mundo "de 99%; de tal modo que o jogo foi (mal) encarado pelo Bayern com facilistismo.
Com calma, o Bayern naturalmente chegou ao 1-0 e foi controlando.
Estava instalada uma mentalidade no jogo, onde nem passava pela cabeça de ninguém que o Bayern não ganhasse e o jogo ia caminhando para o final.
O próprio árbitro pensava na mesma, que era limpinho para os Alemães, e por isso perduou 2 expulsões claras a entradas assassínas de Frasco e Jaime Magalhães. Vejam as imagens!
Só que existiam 2 excelentes magos da bola: Futre e Madjer, que partiram os rins aos Alemães e viraram o jogo perto do final, um dos quais com um calcanhar de piço que só aconteceu 1 vez na vida do jogador.

Na 2ª já liga dos campeões, o FCP pode reunir uma forte equipa à custa dos milhões amealhados ao longo de mais de 20 anos de presenças na Europa à custa de um sistema badalhoco em Portual que quase sempre lhe dava os campeonatos de mão beijada.
Depois gozou de um ano vergonhoso em Portugal com uma perseguição das arbitragens ao Sporting de Fernando Santos que lhes permitiu passear no campeonato e receber árbitros em casa para poderem jogar com Amadoras e Beira-Mares a rodar equipas.
Mais ninguém na Liga dos Campeões o pode fazer, claro.
Até um jogo com os amigos da Madeira foi adiado 3 semanas para os meninos descansarem!!!

Era uma equipa com nível para ir até aos quartos de final (e ficar naturalmente por ali).
Lá chegou aos quartos de final, onde apanhou o Manchester e por milagre teve a arbitragem do seu lado que invalidou mal o 2-0 ao Manchester que acabava com o jogo.
Com uma sorte dos diabos tiveram um livre no fim do jogo e o GR em vez de defender ou sacudir para canto, sacudiu para a cabeça de Costinha.
o FCP passou espantosamente pelo Manchester.
Depois a mais incrível combinação de resultados da história das competições europeias, afastou as equipas fortes da prova e apareceram ao FCP os "colossos" Corunha e Monaco.
E até nisso tiveram sorte nos jogos todos.
Após um empate a zéro em casa a eliminatória parecia mais fácil para o Corunha, mas uma brincadeira entre dois amigos (Deco e Jorge Andrade) foi mal entendida pelo árbitro LOL, e o FCP acabou por ficar a jogar contra 10, sem o melhor defesa deles. Venceram 0-1 na Corunha.

Na final, o "colosso" Mónaco até teve a 1ª oportunidade, mas logo nos minutos iniciais perdeu a sua estrela por lesão (Giuli).

PORTANTO, A MAIOR DOR É NÃO TEREM GANHO COMO O BENFICA, 2 Finais ao Barcelona e ao Real Madrid, e ainda por cima consecutivas.
O Benfica pode orgulhar-se de talvez ter sido a melhor equipa do mundo nesses 2 anos; enquanto que as Taças do Porto, sabemos perfeitamente que são vistas pelos grandes clubes da Europa (que são cerca de 10: Juventus, Milan, Inter, Real Madrid, Barcelona, Bayern,Liverpool, Manchester, Arsenal e Chelsea) como acidentes de percurso, como vitórias de um outsider.

Este ano um empate com o Manchester em condições especiais (equipa sem descansar, com Chineses, etc) deu-lhes uma tesão tão grande que já se ouvia nas tascas que esta equipa era melhor que a de Mourinho, que Jesualdo era melhor que Mourinho, que a final de Roma era já ali, que já estavam a juntar dinheiro para o bilhete da final; que o FCP devia sair do campeonato Português porque não tem nível para eles... deviam jogar em Espanha, era já só "venha o Barça", etc, etc.
(Estamos a ver LOL; é por isso que o Olegário tem que ir a Coimbra dar-lhes os 3 pontos; LOL)

Esqueceram-se que faltava o 2º jogo e naturalmete perderam.
Depois ainda se esqueceram que ia aparecer um Arsenal, um Chelsea ou um Barcelona e eram mais 3 jogos.

O Hulk era o futuro melhor jogador do mundo... depois foi o que se viu!
Completamente um zero em campo!

Tudo isto para terminar dizendo que a AZIA continua a ser muito grande... pela inveja de vencer uma taça dos campeões a uma equipa mesmo importante, como o Benfica com ou sem Salazar e Eusébio conseguiu.

Bem sei que o meu Sporting nunca fez nada de importante na Taça dos Campeões; pois ela ainda não existia na altura em que teriamos potencial para ser uma das melhores equipas do mundo; o que não invalida que se possa analisar a verdade dos factos; consciente que o Sporting foi lá poucas vezes porque não o deixaram dentro de Portugal.

Nota: apesar de pelo texto poder parecer, não pensem que quando o FCP joga na Europa perco tempo a torcer contra eles.
Simplemente não o faço porque não dou qualquer valor aos títulos ganhos por esse clube no SISTEMA montado em Portugal desde o final dos anos 70 até hoje; e como conheço bem como as coisas que por cá se passam, para mim os títulos deles valem ZERO.
Estão completamente ensombrados.
Assim sendo NUNCA deviam ter participado em Taça Europeia nenhuma.
Para mim é uma equipa que à partida está sempre inquinada, pela corja e escumalha que a rodeia.

Rafael disse...

Olarápio Benquerença filho de; Pai do Concelho de Arbitragem da AFLeira (nota a subida e proteção do seu Papá e do Padrinho Ex. arbitro Ant. Garrido, este ao serviço do FCPORTO há muitos anos) fez o seu digno trabalho de recomendações da elite.O costume...

Aurélio Estorninho disse...

acho piada a isto:

O porto domina e marca 3, o arbitro comete um pequeno erro e cai o carmo e a trindade.

o benfas, rouba-vos uma taça á frente dos olhos e vocês baixam a bolinha, assobiam para o lado e deixam andar.

Anónimo disse...

´Tudo isto se passa porque o APITO DOURADO(Azulado) está no seu máximo. Continua tudo como dantes.Os QUINHENTINHOS continuam a funcionar.Eles, os do Apito, já não precisam de falar por telefone a propor o café com leito, as frutas, etc., porque estão tão treinados entre eles(ábitros e PC) que até já devem comunicar por telepatia.Os árbitros, sabem que depois do trabalho feito, lá aparecerá em casa o "salário" habitual.Tem sido assim, desde há 25 anos para cá e vai continuar a ser.E tudo para que, durante o jogo, qundo houver uma dúvida dentro das grandes-áreas, ela seja sempre como tem sido até aqui, a favor da equipa dos corruptos.

CORREIO LEONINO disse...

Se a isto juntarmos o "caso Freeport", é caso para pensarmos seriamente em emigrar...

Anónimo disse...

Pq é que o Lisandro apanhou dois jogos por fazer "simulações" e o Derlei nem amarelo leva?
Pq é que n mencionam o facto de o livre que precede a mão do Meireles ter sido mto mal assinalado?
Há coisas incríveis n há??

Yazalde disse...

caro Lde:
Mas o jogo do joaquim oliveira de domingo não é o mesmo jornal que encomendava a sondagem pelos núcleos a dar 95% a soares franco na AG?
Se ele na altura queria enganar os sócios do Sporting mostrando-se aliado de soares franco, agora já não é aliado no que respeita à escolha do painel de comentadores da arbitragem? Em que ficamos, ou se está no mesmo barco ou fora dele.

Anónimo disse...

"Não nutro preferência entre o SLB e o FCP"
nós percebemos. o teu clube é o anti-FCP

PPA disse...

Anónimo: o meu clube não é o anti-FCP, é o GRANDE SPORETING CLUBE DE PORTUGAL
fartinho de ser atropelado e espoliado à mais de 30 anos.

BAGGIO disse...

O FERRARI DE SETUBAL dava jeito em Coimbra...

João Lopes disse...

Caros Sportinguistas. Não andam há 30 anos a dar cobertura ao estado a que as coisas chegaram? Então queixam-se de quê?

FSS disse...

De vez em quando SCP e SLB levam umas ajudas da arbitragem.

O facto de Bruno e Lucílio terem passado panos quentes em situaçãoes de indisciplina de Paulo Bento e Pedro Silva, aborrece-me. apesar do golo mal anulado e do penalty mal assinalado.
Ainda tenho o caso António Rola na memória.

Duvido que as ajudas persistam quando a liderança do FCP estiver em risco.
Acho que o sistema está a voltar.
Cirurgico e infalível.

SCP e SLB que se cuidem.

Saudações Leoninas
FSS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...