segunda-feira, 4 de maio de 2009

Já lá vão sete anos sem o título nacional!

Em 2002, o Sporting festejou o seu último título de campeão nacional de futebol. Já lá vão sete anos sem ganhar o troféu mais importante de cada temporada, aquele que constitui a melhor forma de publicitar a imagem e a marca do Sporting Clube de Portugal no País e no mundo, de gerar receitas e de incentivar a militância dos sócios e adeptos. Estamos a viver o segundo período mais longo da história do clube sem conquistar o campeonato nacional. Filipe Soares Franco termina o seu mandato sem ganhar o título prometido. E, mesmo assim, não há alternativa dirigente. A sensação que paira é desoladora. O que parece é que há cada vez menos Sporting. Houve outros momentos atribulados da história do clube que foram resolvidos com actos eleitorais vibrantes, com várias alternativas de gestão. Agora, não há ninguém que queira pegar no clube, a não ser os mesmos, cujos resultados já conhecemos. Será mesmo impossível travar o declínio?...

29 comentários:

Gnitrops disse...

Nestas 7 épocas, há um clube que ganhou 6 campeonatos...

Palavras para quê!

Rui disse...

E então? Qual é o problema?

Desde que fiquemos sempre em segungo lugar e consigamos o apuramento para a Champions League a viabilidade economico-financeira da Sporting SAD fica garantida.

A Liga portuguesa é apenas uma forma, uma poule de apuramento para a Champions. Nada mais do que isso. E, é bom não esquecer que, ficando em segundo pagamos menos prémios aos jogadores e à estrututra da SAD, pelo que, ficar em segundo e garantir o apuramento para a Champions é muito mais rentavel. E com metade do orçamento dos nossos rivais!

O Porto é muito mais forte e não dá hipótese! Esta é a realidade. Tudo o resto são fantasías.

O que é preciso, sendo realista, é manter Paulo Bento, manter Soares Franco e não deixar que o populismo tome conta do nosso Clube.

O Sporting tem de continuar entregue a uma classe social elevada e aos continuadores do projecto roquette.

Anónimo disse...

Tudo depende de quem:
Governa a casa
Do dinheiro que hesiste
da qualidade e quantidade de jogadores.
E orgulho pela camisola que vestem,que é a baze da grandeza do clube.
VIVA o S C P

PG disse...

É a altura de passar das palavras aos actos. Concorra às eleições, já que sabe sempre tudo e acha todos uns incompetentes. Ou é só a conversa do costume? Parece-me bem que sim.

Alcibíades disse...

Não tivesse sido aquele golo do Ronny com a mão e não eram sete anos...o porto lá vai aproveitando.

Anónimo disse...

tenham calma haverá projectos para as eleicções.
o que me preocupa é que é o 7 ano sem ganhar o principal titulo nacional.
temos de manter os valores do nosso actual plantel, falo principalmente de patricio, carriço, moutinho e liedson. e temos de reforçar alguns sectores.
espero muito mais para o ano do meu clube.
Sporting Sempre.
Saudações Leoninas.
André 76

JFM - Mealhada disse...

Eu estive no sábado em Coimbra e só vos digo uma coisa: Meus ricos 15€! :-(
Alguma coisa está mal. Se aquilo é futebol...Foi uma demonstração clara de falta de ambição.
Os outros que ganham campeonatos até nem jogam grande espingarda (como a imprensa faz alarido), mas infelizmente nós ainda jogamos menos.

Ricardo disse...

Caro Alcibíades,

O problema não foi o golo do Ronny. Os problemas foram o empate em casa com o fortíssimo Desp. das Aves (0-0) e o empate fora com o Beira-Mar (3-3)em que estivemos em vantagem no marcador por duas vezes e não a soubemos manter. Só aí foram 4 pontos que davam para chegar ao título mesmo com a mão do Ronny...

É que o argumento preferido para justificar a perda do título 06/07 é sempre a mão do Ronny, esquecendo-nos (convenientemente) de outros resultados tão ou mais comprometedores.

Saudações Leoninas,
Ricardo Fontoura
Sócio n.º 40687

já os topei disse...

Rui;

:clap: :clap:


André76;

Para o ano é que é!...

SL

Paulo disse...

Relativamente a um comentário anterior: O Sporting tem de continuar entregue a uma classe social elevada???!!! Isto é para ser entendido como ironia?

O problema do Sporting é que nos últimos anos tem deixado passar a imagem de que não é um clube de adeptos mas sim um clube de lisboetas "distintos" ligados à alta finança. Isso, aliado à falta de grandes títulos e à quebra do ecletismo, tem minado a base de apoio do clube pelo país fora. Quem vive longe de Lisboa, como eu, sabe bem do que falo (e os lisboetas também, a julgar pelo nº de pessoas que se deslocam actualmente ao estádio). Como economista que sou percebo que possam não existir grandes alternativas ao modelo financeiro defendido pela actual direcção. Mas não consigo compreender que, paralelamente, não se procure reabilitar a mística sportinguista, ajudando inclusivamente a recuperar o clube pelo lado do aumento das receitas e não exclusivamente pelo lado da contenção de custos, até porque sem investimento qualquer actividade deixa de ser competitiva. Mas isto faz-se indo ter com os adeptos (núcleos), levando ídolos do clube sempre que possível e não o Dr. Menezes Rodrigues, levando o Liedson ou o João Moutinho às escolas, divulgando a formação e a marca SPORTING pelos países de língua portuguesa (por mais benfiquistas que existam em Angola, por exemplo, qualquer puto com jeito gostaria era de vir treinar para o clube que fez o Cristiano Ronaldo).
O Sporting ou é popular ou não é Sporting, não precisando de ser populista ou bairrista como os outros.

Gouveia disse...

Rui:

Não será você o Rui Oliveira e Costa, o porta-voz não Oficial da SAD?

Aquela sensação do tapete a fugir-nos debaixo dos pés é lixada...

Rafael disse...

Caro Rui
Podia acabar de se identificar como o Rui Oliveira e Costa.A treta é da sua autoria.Perfeito.Faltou-lhe enviar na mensagem a táctica de losangos e 4x3x3 etc e tal.
Mas enfim...gosta de ser campeão dos últimos. Fica Feliz e quer que os outros o sejam e se rendam a este programa desportivo.
Faz-me lembrar a sua postura no programa Trio-de-Ataque em que desvlorizou em convivência com o Rui Moreira-FCP da saída no jogo do FCP-V.Setubal de Bruno Gama e Lima (Emprestados do FCP) como normal aos 58-minutos e aos 62 e 68marcou o FCP o 2-0.Isso é chamar estúpidos aos outros e tótós. Quer dar credebilidade ao Futebol com atitudes destas?!
Eu Tinha VERGONHA.
Oh Valha-me DEUS.Nem para defender o SPORTING o Sr. Serve.
Cumpts.

Rafael disse...

A Rotura é tão grande no tal projecto Roquette e toda a administração da SAD - SPORTING que ninguém quer pegar ou não há ordens para outros entrarem sem serem os da Dinastia-Roquette.
Anos Antes havia sempre e agora não?!
Cheira-me mal. Aqui há gato.
Pior do que estes é dificil fazer. Vender e individar mais.
A rotura é cada vez maior e o património tem-se diluido com as vendas de FSF. Quem não tem património não tem crédito. Toda a vida assim foi e será.
Mas que projecto é esse que alguns apoiam de FSF que os resultados desportivos (Campeonatos) são o que se vê, e a nível financeiro, é dividas e mais dividas e tem vendido o património quase todo. Pergunto o que resta vender?!
Vai bonito isto...vai.vai..

Anónimo disse...

Há que ser justo.

1.Nestes sete anos, o FCPorto foi (com excepção do ano do golo do Ronny) justamente campeão.

2.Durante estes sete anos ganhámos vários troféus, fomos pela primeira vez aos oitavos da champions e vamos lá (por mais roubalheira que haja) pela 4.ª vez consecutiva (entre outras).

Tirando o FCPorto, que está a milhas em termos de equipa e condições técnicas e directivas para gerir uma equipa, a minha questão é:

Preferiam ser adeptos de um clube que gasta MUITO mais (em aquisições, salários e provavelmente arbitragens), com resultados francamente deprimentes, como o SLB?
Se bem faço as contas (e não é que me importe muito), desde 1993/1994 (15 anos), contam um campeonato e muito poucas idas à champions.

Neste século, o nosso saldo para com o SLB é francamente positivo. Nem um benfiquista honesto intelectualmente poderá dizer o contrário.
Em relação ao FCP, é esperar para ver. Para já não dá e é óbvio que não dá.

Pedro Moniz

Gouveia disse...

Pedro Moniz,

Esse seu discurso miserabilista e conformado da SAD juntamente com a eterna dicotomia Sporting / benfica e o "discurso do orçamento" não levam o Sporting a virar de página e a sair do pesadelo roquettista!

Há que ser justo mas também há que ter coragem!

Somos ou não somos o Sporting Clube de Portugal?

fabio disse...

Quando uma suposta "equipa" não pratica o acto essêncial associado a um jogo de futebol - o passe, que se pode esperar ao fim de 90m? Ao fim de uma época? Ao fim de 3 épocas?

A essência do charuto para a frente, dos lançamentos de linha lateral à toa para a frente(na esperança que Liedson ou Derlei consigam tirar algum coelho da cartola), resultam impreterivelmente num acontecimento em comum: a perda de bola.

Chega a ser tão desconcertante assistir a um jogo do SCP, que frequentemente se assiste ao Liedson na linha lateral, no centro do meio campo, a tentar levar a equipa para a frente. Como todos sabem, o lugar do Liedson é no CENTRO da grande área.

Se com uma equipa medíocre/pequena como a Académica isto sucede, que podemos nós Sportinguistas aspirar? Considero um autêntico milagre o SCP conseguir acabar em 2º, e isso deve-se exclusivamente aos desempenhos individuais tanto de Liedson, como de Derlei, e outros a espaços.

Os culpados, a quem os adeptos têm que apontar o dedo, é a classe dirigente do Clube. Quem em três/quatro anos de gestão, não tem a visão nem a capacidade de se aperceber que o futebol do SCP não tem qualquer fio de jogo, não pode continuar à frente do Clube.

Graças a Deus que parece que é o que vai suceder.

Só queremos alguém que perceba de FUTEBOL, que lave a cara a este conjunto de homens, que efectivamente, pratica um futebol horrendo, não digno da camisola que enverga.

já os topei disse...

Caros Sportinguistas;

Fui só eu que vi sarcasmo no comentário do sr. Rui?

Mas qual Oliveira e Costa, qual carapuça! :lol: Foi um Sportinguista farto, tal como eu, do rumo que esta quadrilha deu ao Clube e que o deixou à beira da belenização.

SL
Esse invertberado do Rui Oliveira e Costa, a esta hora deve estar a fazer contas à vida, pois o tapete está nitidamente a fugir-lhe debaixo dos pés.

fabio disse...

Nunca na minha vida, como Sportinguista, defenderei a continuidade de uma pessoa que tem como afirmação em público, que prefere acabar em 2º lugar no campeonato nacional a vencer a taça UEFA.

Anónimo disse...

Caro Gouveia,

O meu discurso não é miserabilista. Mas também não é lírico.

A única resignação manifesta do meu discurso (o qual aliás, não fala em constrangimentos orçamentais, mas apenas aprecia, em termos relativos, as despesas em relação a um exemplo de despesismo, no caso o SLB) é a qualidade futebolística da equipa do FCP.

Somos o Sporting Clube de Portugal, certo.
O facto, porém, de o sermos não nos dá uma equipa melhor (como a do FCP), como não nos dá mais dinheiro (como o FCP) como não nos dá estabilidade directiva (como o FCP). Lutamos com o que temos e fazêmo-lo com coragem (como este ano o fizemos).

Estarmos a 6 pontos da equipa do FCP e termos sido espoliados na taça de portugal e na taça da liga, com o actual plantel e as condicionantes desta época, não é um mau resultado (escuso-me a falar de outras arbitragens).

Não pode pedir coisas a quem (de momento) não tem condições para as dar. Há, portanto, que as criar.

Por isso defendo a continuidade de bento. O presidente pouco me interessa, porque, infelizmente, varia consoante os interesses de terceiros que venham a ser defendidos.

O Sporting Clube de Portugal sê-lo-emos sempre, com orgulho e com coragem. Aliás, também o éramos no longo deserto de 1981 a 1999. Nunca deixámos de o ser.

Pedro Moniz

Luis Miguel disse...

A petição deu resultado !!!!
E agora para que o Sporting vá rumo às vitórias : http://www.ipetitions.com/petition/ruapaulobento/

Renman disse...

Agora votem Cristóvão...tem uma bela lista...fartei-me de rir cm o q ele vai apresentar...e olhem q msm no circo n me rio tanto, cm me ri ao ver a lista e alguns nomes

el matador disse...

onde posso arranat essa imagem?imagem espeacular.
afinal nao é só o presidente tb muitos adeptos fcam satisfeitos com segundos lugares.isso deia me tiste sporting sempre a lutar plo titulo. Foram 7 anos muito frakinhos

MRG disse...

Renman,

Então vá-se rindo, que eu levei chorando estes últimos anos com a suposta gestão profissional dos supostos "notáveis" do Sporting, todos bem formados na linha de Cascais e Estoril.

Dos nomes que já vieram a público, conheço-os quase todos e estou certo que, pelo menos, lutarão mais arduamente do que os que por lá passaram nos últimos anos.

JORGE disse...

É verdade que para já não dá, mas não se vêm condições para melhorar.

É verdade que mesmo sem os gastos enormíssimos que o benfica vai fazendo, sabe-se la como, os conseguimos ultrapassar, em muito, em resultados desportivos.

mas não chega. não chega!

e não nos esqueçamos de que o porto já assegurou 3 ou 4 dos melhores jogadores da liga portuguesa deste ano, e o sporting encontra-se num pré-vazio directivo e sem treinador para a próxima temporada. se assim continua, para o ano é o oitavo, sem perspectivas de melhoria.

FSS disse...

Caro Ricardo,

"O problema não foi o golo do Ronny." Errado. O problema foi o golo do Ronny como foram os empates A diferença é que problemas como os empates que menciona também os outros candidatos ao título tiveram, a sua dose.
Eu bem me lembro da época de 1998/99 em que o Sporting foi prejudicado, por arbitragens em entre 12 e 21 pontos dependendo da forma como se faça as contas.
No entanto quando empatou em casa contra o Boavista sem culpas para o arbitro, muitos adeptos vieram dizer que aquele jogo é que era decisivo. No entanto foram apenas 3 pontos para um concorrente directo.
Errar todos erram. O Problema mem sempre é o Sporting errar mais que os outros. O problema às vezes é alguns obterem - de forma suspeita - uma margem de erro erros superior á do Sporting.

A quem é prejudicado por arbitragens não se perdoam os erros.

SL
FSS

FSS disse...

Caro Pedro Moniz,

"Nestes sete anos, o FCPorto foi (com excepção do ano do golo do Ronny) justamente campeão."

Das duas uma ou acredita que nas dias épocas de Mourinho, - antes de o Apito dourado estourar - o FCP não era apoiado pelos árbitros.
Aí tenho que dizer que o acho excesivamente benevolente - ou mesmo ingénuo -. Mas assim sendo a sua afirmação faz sentido.

Agora se não parte da premissa que o FCP de Mourinho não foi "auxiliado" e antes que venha com as parvoíces do costume, deixe-me dizer-lhe que:

1- Se acha plausível que Benfica ( candidato ao título ) seja eleminado pelo Gondomar ou que Chelsea ganhe a Premier em ano que o Liverpool ganhe a Champions, também tem que aceitar, que a vitória do FCP na Champions em 2004 não implica nem desculpa nem justifica a sua vitória no campeonato.

2- Se me vem dizer que de qualquer forma não foi por causa dos árbitros que ganharam a Champions, então não percebe patavina de treino. A ajuda dos árbitros a nível interno, altera completamente a gestão de risco inerente á gestão da equipa. Permite muito maior facilidade e rapidez na evolução da equipa, sem correr o risco de perder pontos.

Se fiz uma interpretação errada das suas palavras e pus na sua boca ideias que não defende peço desde já desculpas e por favor ignore o meu próximo parágrafo.

Se não, sugiro que tente entender os meus dois pontos. Enquanto não os entender não passará um treinador de bancada. E já temos demasiados.

Saudações Leoninas
FSS

Relva disse...

Temos de saber ser humildes sem ser arrogantes, porque a arrogancia tapa-nos o raciocinio. Acham que temos melhor equipa que o porto?
Outra coisa é a qualidade de futebol praticada, com os interpretes que se têm á disposição.

Anónimo disse...

Caro FSS,

Se lhe pareço um treinador de bancada, perfeito. As minhas ambições não vão além. As suas, porém, parecem encaminhar-se para as de um inspector da PJ.

Sim, acredito que na época dou Mourinho o FCP não foi auxiliado pelas arbitragens. Lembro-me, como todos, perfeitamente desses anos. Demonstre-me o contrário com factos (que não sejam suspeições) e talvez me convença.

Aceito que, em tese, a gestão do risco é distinta com "auxílio" da arbitragem. Na prática, já estou farto de ouvir falar em auxílios da arbitragem em relação a um clube que, digo e repito, foi justamente campeão nos últimos anos. Talvez não se lembre que o ano passado acabou a 20 pontos dele (reduzidos para 14).

Estou mais preocupado com a construção de uma equipa campeã do que em justificar derrotas ou menos vitórias do passado.

Pelo menos para mim, a angústia de o Sporting não ganhar não melhora assim.

Pedro Moniz

FSS disse...

Caro Pedro Moniz,

Reconheço coerência na sua posição.
E acabo por concordar com o que diz excepto 2 pontos.

1 - "FCP não foi auxiliado por arbitragens na época do Mourinho".
Existiram algumas situações essêncialmente de cariz disciplinar.
Nomeadmente a situação do Victor Baia cortar um lance com as mãos fora da área -descarado -. O grande problema não foi os 2 ou 3 pontos que o FCP tenha ganho nesse jogo. O problema é que jogadores do FCP nunca eram expulsos. Isto só por si é ter o campeonato ganho, mais uma vez por causa da diferente gestão de risco permitida a todos os níveis. A forma como cada jogador se faz a cada corte de bola é diferente quando se está a salvo de um cartão encarnado. O rendimento da equipa pode ser beneficiado por isto.

2 - Se retirarmos as 2 épocas de Mourinho acerca da qual não concordamos também considero o FCP um justo vencedor dos últimos anos. Até aceito que o golo da mão de Ronny tenha sido um erro casual.

Mas acima de tudo - e independentemente da opinião sobre as épocas de Mourinho - , só faz sentido parar de falar de arbitragens e FCP quando tivermos garantias que situações como as vividas de 1994 a 1999 (para não ir mais longe) não se repetem.
Se me puder dar essa garantia calo-me.
Mas deixe-me dizer-lhe que o facto de existir um punhado de anos em que o FCP sobre pressão de inquéritos e sem necessidade de roubar, se portou bem, em nada me tranquiliza quanto à possibilidade de que assim que Sporting - ou SLB - possam voltar a fazer frente ao FCP, possa voltar a haver sistema no seu máximo explendor.
Provas? obviamente não as tenho e duvido que alguem venha a tê-las. Afinal os árbitros podem enganar-se.

Simplesmente, só a forma como os 6 pontos de castigo foram aplicados ao FCP, suspensos e reaplicados sempre seguindo o timing que mais servia o FCP é o suficiente para justificar suspeitas.

Por favor entendam uma coisa eu não quero saber de desculpas, é normal fazer asneiras em futebol.

Simplesmente este clube não pode dar-se ao luxo de fazer um esforço enorme para construir uma equipa a sério, para ser mais uma vez impedidido por meios desonestos de dar o salto para melhor.

Eu próprio já estou farto da minha conversa. Mas é franca falta de visão não ver que o futuro do Clube pode depender deste assunto.

Escusa de me dizer que o Sporting tem outros problemas, que eu já sei.

Saudações Leoninas
FSS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...