quinta-feira, 28 de maio de 2009

A maldição do Projecto Roquette

Há um traço comum a unir os presidentes do Sporting da chamada “era Roquette”, instaurada no clube em 1995, que deve merecer a reflexão e, sobretudo, a preocupação da nação sportinguista: todos os presidentes, desde Pedro Santana Lopes, o primeiro da “dinastia”, acabam incompatibilizados com os sucessores ou, pura e simplesmente, deixam o clube. É um traço comum curioso. Tudo começa bem, mas tudo acaba mal. É uma espécie de maldição do Sporting dos últimos anos, que está a enfraquecer o clube.
Recordemos. O primeiro presidente do “Projecto Roquette” foi Pedro Santana Lopes. Eleito em 1995, deixou o clube em 1996 e nunca mais lá pôs os pés, passando a dedicar-se à política. Seguiu-se José Roquette, que se chateou com Dias da Cunha, seu vice-presidente e seu sucessor por cooptação, já então por causa do passivo do Sporting. Estávamos em 2000. Num processo agitado, José Roquette desapareceu da vida do clube, aparecendo de vez em quando a dar palpites como “senador” e “pai” do projecto, como aconteceu recentemente, para apoiar o projecto de reestruturação financeira de Filipe Soares Franco.
Depois de Dias da Cunha, seguiu-se Soares Franco, num processo de cooptação posteriormente sufragado nas urnas. Como todos estão recordados, Dias da Cunha deixou o clube em guerra com Franco. E continuam inimigos. Depois, foi a vez de Filipe Soares Franco vir a público criticar o “Projecto Roquette”, embora sem beliscar pessoalmente o seu inventor.
Agora, Filipe Soares Franco abandona a presidência do Sporting e manifesta-se “surpreendido” por José Eduardo Bettencourt ter avançado com uma candidatura depois de ter dito que estava indisponível. Curiosamente, uma surpresa igual à que foi manifestada por Dias da Cunha em relação a Filipe Soares Franco, há quatro anos…
Franco afirma apoiar Bettencourt, mas não participa na campanha, alegando o facto de ainda ser o presidente de todos os sportinguistas. E já disse que vai retirar-se “completamente da vida activa do Sporting”. Resta saber se estes sinais de ruptura com o protagonista da solução de “continuidade” alguma vez virão a público. E saber, também, por que motivo a presidência do Sporting gera tantas incompatibilidades e guerras pessoais… Encontrar explicações para esta maldição talvez ajude a compreender o Sporting actual.

12 comentários:

Anónimo disse...

O problema não são os sucessivos "Reis".

O grande e verdadeiro problema é o "Cardeal", que é sempre o mesmo...e é Mestre a passar por entre os "pingos da chuva"...

TAT disse...

Que estupidez que comparações LDE...

As tuas analises têm vindo a perder qualidades. Acho que tás tentar encontrar temas à força.
E só um burro é que não percebe que Soares Franco e Bettencourt são unha com carne.

Mais, Dias da Cunha E FSF chatearam-se, não na altura da cooptação, mas na altura em que FSF voltou atrás na sua palavra e se recandidatou...

Anónimo disse...

É o pântano! O lodo!

BASTA!

leão do sporting disse...

Que tristeza de comentário, lde

Ao menos , poderia passar das insinuações e perguntas no ar , para factos mais concretos ?

Eu sei que é mais difícil...

leão do sporting disse...

Se o Franco fizesse campanha, era a dinastia a funcionar. Se Franco não faz campanha, algo de misterioso e conspirativo se está a passar.

Não lhe parece ridículo ???

Anónimo disse...

Parece q os Sportinguistas querem vender o Sporting, é triste.

Querem ficar por mais quantos anos em 2º?

O q é q o bettencurt apresenta??

PAULO PEREIRA CRISTOVÃO - VAMO SER CAMPEÕES!

http://img10.imageshack.us/img10/8762/ppcg.jpg

Hugo Pereira disse...

O Santana Lopes saiu para se candidatar à presidência do PSD, tendo perdido, salvo erro, para aquele que era ministro dos Negócios Estrangeiros do Cavaco (não me lembro do nome do homem). Aqui não há nada de suspeito.
Não me lembro também de o Dias de Cunha se ter indisposto com o Roquette ou vice-versa, mas aqui não ponho as mãos no fogo.
O Dias da Cunha também só se virou contra o FSF quando este voltou com a palavra atrás e decidiu vender património.
Já agora, o LdE fala de continuidade mas admite que FSF criticou o projecto do Roquette. Afinal em que ficamos? Há continuidade ou não há?
Outra coisa que me lembrei agora. Aqui há uns posts, o LdE elogiava o método organizativo do Porto, chegando a ver no corte de cabelo do Cebola um aspecto da disciplina portista. Por essa ordem de ideias, não devia apoiar o JEB que assumiu publicamente querer implementar esse modelo?

Pedro Sousa disse...

Anónimo,

A famosa Curva Sul já se fartou de: pintar as paredes da Academia, de meter cartazes a criticar a equipa em jogos decisivos como o do dragão, e de insultar o staff técnico e tudo ligado ao Sporting?
Agora já estão numa de democratas a fazer campanha?

Sim senhor, qualquer dia estão a defender o Sporting em vez de atacar.

SL
Pedro Sousa

Orlando Teixeira disse...

Estou a ver que LdE é admirador confesso de Aleixo e em especial da sua Quadra: "Para a mentira ser segura; e ter profundidade; tem que trazer à mistura; qualquer coisa de verdade".
De todo o modo, é bom lembrar que José Roquette abandonou o cargo, não por qualquer desinteligência com Dias da Cunha, mas pela vergonhosa atitude da JuveLeo, que o insultou em pleno Estádio.
O que estranho é o Sporting ainda ser guarida de um grupelho de meninos mal comportados, que fingem gostar do Sporting para andar a ver jogos à borla, pagos pelos sócios do clube e pelo próprio clube, para ainda por cima passarem os jogos a insultar e a assobiar os jogadores, os técnicos, os dirigentes e os sócios, os verdadeiros sócios, que pagam a sua quota para o clube, pagam as Game Box a preço de sócio e pagam bilhete.
Pois é Rafael, se a sua ideia fosse avante, os sócios das claques não votavam, porque só teriam direito a voto os sócios do clube, não os sócios das claques, pois a quota que pagam reverte integralmente para a claque, não entra nos cofres do clube.
Contra isso não reclama? Ou conhece tanto do clube que até isso desconhece?
De resto é o disco do costume, só insinuações, sem alvos concretos, acusações para o ar.
O maior sinal da falta de coerência e do negativismo de PPC está expressa numa sua frase: "Paulo Bento não será o meu treinador, pois quero para o Sporting alguém com experiência".
É caso para dizer: Porque não aplica esse princípio a ele próprio? Para o Sporting também não quero um dirigente sem experiência de dirigismo, alguém que há um mês atrás desconhecia ser sócio do Sporting.
Logo, se for coerente e tiver palavra, só tem um caminho: sair de mansinho, evitando ser humilhado nas urnas.
Muitos falaram na belenencização do Sporting. Agora digo eu que não quero a benfiquização do Sporting, entregando-o a um pato bravo tipo LFV.
Já agora, os que querem um LFP nº 2 em Alvalade, podem aproveitar e no dia 6 de Junho percorrerem os mil metros até ao outro lado da Segunda Circular.
Era o melhor que podiam fazer ao Sporting, se de facto o não querem apoiar.
JEB disse algo que há muito já disse: Uma equipa é um todo, com todos a remar para o mesmo lado. Quando uns assobiam e outros tentam ganhar, não há equipa. E se olharem para o exemplo de sucesso, percebem que ali todos remam para o mesmo lado. Por isso ganham mais.
Viva o Sporting!

Metralha disse...

Orlando Teixeira,

a alarvidade tem limites. Então na lista de JEB onde saem dos jantares todos chateados, onde há punhaladas, alianças e desavenças, dificuldade em arranjar programa e sem ponta de linhas orientadoras e diz que "remam todos para o mesmo lado?"

E em relação a PPC e Paulo Bento, o que disse é que queria um upgrade. E defendeu aquilo que todos os sportinguistas deviam de defender: RESPONSABILIDADE!

Com Paulo Bento toda a direcção sabe que o treinador dá o peito ás balas, deixando-se ficar no trono que dura há 13 anos.

Anónimo disse...

Caro Pedro Sousa, a curva sul não se esconde e anda activa para erger aquilo que é sentimento verdadeiramente leonino.

Estaremos cá caso JEB ganhe e estaremos cá quando o "projecto" for embora, quando já pouco restar.
Estarão cá os Herdeiros e Viscondes? Estará cá o caro Pedro Sousa.

Até dia 5

Anónimo disse...

Senhor Orlando Teixeira não sabe do que fala.

A Juve? Isso já não existe, os que lá andam são pagos e bem pela SAD pelo seu silêncio.

Os que andam por amor, são sócios e tem Gamebox. Eu sou sócio à 29 anos e o senhor?


Curva Sul

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...