quarta-feira, 3 de junho de 2009

Eriksson não desmente acordo

O treinador sueco Sven-Göran Eriksson, indicado como futuro treinador do Sporting, não desmentiu o seu acordo com o candidato Paulo Pereira Cristóvão. A razão é simples: o acordo existe, foi assumido por dois homens de palavra. De outro modo, é evidente que o categorizado treinador, mais a mais com o estatuto internacional que tem, não iria tolerar ver o seu nome utilizado abusivamente por um dos candidatos à presidência do Sporting.
Não obstante isso, o jornal “A Bola” de hoje, num dos múltiplos atentados ao jornalismo em que esta campanha eleitoral leonina tem sido pródiga, lança mais uma “bomba” com o propósito claro de procurar enfraquecer a candidatura de Paulo Cristóvão, colocando um alegado “não” de Eriksson em letras garrafais, na primeira página, relatando que “Eriksson não aceita ser trunfo eleitoral de ninguém”. Pela pena benfiquista de José Manuel Delgado foi, deste modo, encenado mais um ataque à candidatura de Paulo Cristóvão, tanto mais que a pseudonotícia, construída ao estilo dos mais dedicados moços de recados do País, não é suportada em afirmações de ninguém, nem do próprio Eriksson. Curiosamente, não ocorreu ao senhor Delgado fazer a seguinte pergunta: “Por que é que Eriksson não desmentiu nem desmente a possibilidade de ser treinador do Sporting de Paulo Cristóvão?”
Agora pergunto eu: não há por aí tanta gente interessada em que Eriksson diga publicamente que não há acordo, só para que o Sporting continue "com os que lá estão"?...
A verdade é que, se Paulo Cristóvão for eleito presidente do Sporting, Sven-Göran Eriksson já sabe que o seu salário mensal irá rondar os 100 mil euros por mês e que será contemplado com um prémio chorudo caso o Sporting seja campeão nacional na próxima época. Eriksson não será, deste modo, muito mais caro do que Paulo Bento, cujo salário mensal será de 75 mil euros. Outra verdade é que, um ou outro, serão os treinadores mais bem pagos da história do Sporting.

16 comentários:

Tiago Pires disse...

Acredito piamente num acordo entre Eriksson e Paulo Cristovão. Não apoio o candidato, apoio Bettencourt, mas não tenho Paulo Cristovão por mentiroso, e acredito no desejo real de Eriksson em regressar ao sossego de Portugal.

O problema, caro Leão da Estrela, não é, nem nunca foi, um possível acordo de homens, um possível acordo de palavra de honra.

O problema é que Cristovão assumiu, já depois de revelar o nome do sueco, que apresentaria uma qualquer prova clara desse compromisso. Até à data não o fez. Se o conseguir fazer - e basta uma declaração do sueco, nada mais - vence esta pequena batalha. Se quiser, vence a batalha da "credibilidade" junto dos sócios mais desconfiados.

Se não o fizer, perde a guerra para Bettencourt (que eu, mera opinião pessoal, creio já estar perdida por esta altura).

A questão é que ao anunciar com aquela pompa Eriksson, Cristovão pôs-se a jeito. A questão é a falta de tacto desportivo que Cristovão aqui aparenta demonstrar.

PS: e nem sequer vou entrar na discussão de quem é melhor treinador para o Sporting. Eu prefiro Paulo Bento - que no meio de tudo isto, me parece ter sido desrespeitado pela candidatura de Cristovão -, mas nada de move contra Eriksson, um treinador com provas dadas e bem formado. (Mas permita-me duvidar dos 100 mil euros mensais.)

PLF disse...

Caro Tiago Pires,

o problema não foi o PPC ter dito que contava com Eriksson, õ verdadeiro problema foi o tratamento "jornalístico" que a sua candidatura tem recebido durante as eleições.

Veremos se amanhã as declarações aqui publicadas de Eriksson terão o mesmo destaque:

http://www.maisfutebol.iol.pt/noticia.php?id=1067997&div_id=1457

E mais, o problema não é ser ou não ser o Eriksson. É ser ou não ser verdade.

E o que se colocou em causa, o que A Bola (e o Record) colocaram em causa, foi se PPC falava a verdade.

Pelos vistos, falou.

Quem perde, caro Tiago, são os sportinguistas. Porque não é apenas o PPC que pode, com estas manobras ínvias e de baixa categoria, perder eleições. São os sportinguistas que perdem uma oportunidade de se pronunciar sobre a forma como querem o seu clube gerido. O problema é existir um 4º poder que não se cansa, por razões que me transcendem, de influenciar (porque já conseguiu!!) o rumo que o Sporting tem de escolher para si.

Eu pergunto aos sportinguistas:

Se A Bola não quer PPC, então porque será?

Se o Record, que procurou colocar um dos seus administradores como presidente do clube e que tem um chefe da secção do Sporting que é compadre do Pedro Barbosa, não quer PPC à frente do clube, porque será?

Se O Jogo, de longe o mais imparcial de todos, e cujos accionistas são os que conhecemos (e têm uma participação no clube), não quer PPC, porque será?

Porque será que PPC incomoda tanta gente?

joaquim agostinho disse...

" PPC disse na sexta - feira passada, que Eriksson só não estava lá, naquele momento, por razões pessoais, (sabemos agora quais são) e que o ia apresentar 2.ª ou terça feira, passadas.
Reconheço que a equipa de candidatura de PPC está a trabalhar no duro - pelo menos os telemóveis e os PC não têm parado quando há sondagens - mas a incontinência do candidato estragou tudo.

Gouveia disse...

Informação fidedigna e Sportinguista à prova de interesses alheios só aqui no LEÃO DA ESTRELA!

Caro Tiago Pires,

De acordo com todo o seu comentário à excepção de uma passagem: em nenhum momento PPC desrespeitou PB, antes pelo contrário! Disse inclusivé que Bento tinha sido em grande parte desta época aquele que dava o corpo às balas, quando deveriam ser os dirigentes ( que se acobardarm - entre os quais Bettencourt -) a defender o clube!
O auge dessa estratégia ( porque se tratou efectivamente duma estratégia) deu-se na eliminatória com o Bayern...! VERGONHA!

PPC acha simplesmente que o Sporting, no seu projecto merece mais ( ambição e titulos) e melhor ( Dirigentes e treinador).

Saudações Leoninas

Tiago Pires disse...

É que bastaria uma fotografia dos dois juntos, só isso. Se nem isso for conseguido, que quer que os sócios pensem?

Cristóvão não é conhecido dos sócios, daqueles que diariamente vão a Alvalade, daqueles que vivem o clube 24 horas. Nunca se fez por conhecer, apareceu do nada. Tem cativado uma franja de gente jovem na internet, em fóruns, gente muito activa, mas muitos deles nem sócios são. Cristóvão não tem créditos desportivos para apresentar. Se à primeira cartada, anuncia acordo com Eriksson, mas nada mais mostra para o comprovar, naturalmente que sai fragilizado. Não é fácil de entender?

Olhe, bastaria mais contenção quando anunciou o sueco. Bastaria ter dito: "sim, já tenho treinador, chama-se Sven-Goran Eriksson, há acordo total com ele, mas só será formalizado depois da eleição".

Chama-se ter tacto desportivo. Coisa que me parecer ser escassa em Cristóvão: o seu comentário ao regresso de Stojkovic é outra. Que dirão os colegas de balneário? Mas sabem como é um balneário? Sabem como se gere aquilo? Se Stojkovic e boa parte do plantel não se dão, vai-se anunciar com aquela ligeireza o regresso do sérvio? E vai-se dizer aos juniores e juvenis que já têm empresários: "vocês só saem quando eu quiser!". Mas em que mundo vocês vivem para achar isto viável?

Joao disse...

Este post já parece demonstrar algum desespero.

tentar demonstrar por A+B que branco é preto e preto é branco geralmente não funciona.

RFM disse...

JEB vai requerer (Se ganhar) um AG dentro de dias para Obrigar os sócios a votar o que foi derrotado na última AG de FSF para o tal misterioso plano financeiro. Vai propor a VENDA da ACADEMIA (Orgulho dos Sportinguistas) em nome do défice.
Ele disse que tem dois-meses para a restruturação finaceira.Ele diz...
Alentejo tem sido muito atractivo e Alcochete segue-se. Cada um pense o que quiser...vamos acaminho do FIM.
JEB é mais do mesmo, Réu de todo disparate econónimo, emporrado pelos Mafiosos do regime e PPC vai dando uma no cravo e outra na ferradura.
Mas não se queixem que não apareceu oposição. Boa ou má apareceu.
Pena não se saber o que demoveu Dias Ferreira e Pedro Souto depois da Reunião com JEB que retirou os dois possíveis candidatos da corrida. Tudo muito bem pensado pelos Mafiosos do regime monarquico.
Vamos caminhando para Muito Pior. Depois gritem e chorem...

RFM disse...

Já aqui coloquei esta questão mas ninguém respondeu.
Talvez alguém desta vez saiba responder.
Quem é o proprietário (Não companhia)da Edifico SEDE e Secretaria do SPORTING ??????!!!!
Gostava de saber, eu e muitos.
Obrigados

RFM disse...

Como é possível um candiadato a Presidente do SPORTING CLUBE de PORTUGAL (Clube-falido-técnicamente) debitar para um salário superior ao Presidente do Banco Federal dos EUA????!!!
Não lhes chega o V. Constâncio?!
Chorem..Chorem...¸

VIVA o LUXO.

NUNO RAMOS disse...

Continuo achar que Cristóvão ao divulgar o nome de Eriksson tem perdido apoio e votos. Foi uma má estrategia, e neste caso até julgo que os jornais não têm prejudicado assim tanto a candidatura do Cristóvão! Até acho e não me conformo que passa pouquissima informação nos noticiários das 8 das televisões. Se as eleições fossem num certo clube já tinham feito um prós & contras...

Petinga disse...

http://www.tvi24.iol.pt/desporto/eriksson-sporting-cristovao-candidato-eleicoes/1067997-4062.html

hjssp disse...

Já entendi. Jornais que falem bem do PPC são verdadeiros, íntegros e fazem um bom jornalismo. Jornais que falem mal do PPC são mentirosos, pouco éticos e um fraco exemplo da classe jornalista portuguesa. E o contrário se o sujeito se passar a chamar JEB.

Não tenho razões para duvidar da palavra nem do LdE, nem do PPC, mas preciso de uma prova mais cabal para acreditar que o Eriksson vem e que "só" vai ganhar 100 mil euros por mês e aceitar um contrato por objectivos.

Deixo também uma pergunta: porque razão PPC e Eriksson não confirmaram nem confirmam a possibilidade de este ser treinador do Sporting "daquele"? É que o anúncio de PPC também não é suportada por afirmações de Eriksson e sem isso PPC o que pede é uma prova de fé cega aos sportinguistas.

Não sou um adepto fervoroso de JEB, mas sempre prefiro uma pessoa que não promete nada do que um D. Sebastião que promete mundos e fundos. Como já alguém aqui disse neste site, JEB é um mal menor.

Lionheart disse...

Mais que isto o Eriksson não pode dizer para confirmar o acordo. Não pode haver cerimónia de apresentação porque o Paulo Cristóvão ainda não é Presidente do Sporting! Sportinguistas acordem!!! O Ser Sporting fala verdade. O Paulo Cristóvão apresentará o Eriksson como treinador do Sporting Clube de Portugal se for eleito Presidente.

Preferem que o Sporting tenha um presidente em quem os portistas e benfiquistas votariam se pudessem? Por quem os jornais anti-sportinguistas estão a fazer campanha? Querem votar num candidato que quer ganhar 7 mil contos por mês (mais o que lhe dão por fora...) para fazer o mesmo que o outro fazia numa hora por dia? Um candidato que aposta para sempre num treinador que só tem desvalorizado jogadores? Um candidato que se apresentou por imposição dos nossos credores, e mesmo assim exige uma remuneração principesca ao clube para defender os interesses deles e não os do Sporting CLUBE de Portugal?

Não cedam à arrogância, à chantagem e ao medo. Mostrem que são briosos, querem vencer e dêem oportunidade a outros sócios! Não deixem o Sporting esmorecer!!!

40 postas pescada disse...

Digamos que querer acabar com a "continuidade" utilizando meios - apresentar acordos com treinadores e jogadores - que já deram mostras de serem muito, muito duvidosos, não poderia resultar senão no descrédito.

PPC nos últimos dias afundou-se tão rapidamente quanto tinha, no inicio, subido da consideração da minoria de bloqueio.

gavazzo disse...

José Manuel Delgado foi mal intencionado e "plantou" a capa da Bola com o objectivo de influênciar o resultado das eleições no Sporting.

Foi igualmente incorrecto e nada rigoroso (para não lhe chamar outra coisa!), quando afirma que podíam votar mais de 50 mil Sócios.
Isso não é verdade! Infelizmente para o Sporting.
O Dr. Luís dos Santos Ferro, Candidato ao cargo de Presidente da Mesa da Assembleia Geral da Lista A, enviou um pedido formal ao Presidente da Mesa, Dr. Rogério Alves, que informou (por escrito e oficialmente) que tinham capacidade eleitoral 28005 (vinte e oito mil e cinco) Sócios. Acrescento que no Jornal O Jogo, sobre o frente a frente Santos Ferro/Dias Ferreira essa situação, dos 28 mil Sócios que podem votar, vem mencionada pelo próprio Dr. Luís dos Santos Ferro.

Este é só mais um exemplo do enorme boicote que esta Candidatura tem sido alvo por parte de uma imprensa que devía "meter a mão na consciência". Isto, se a tiver...

Se Paulo Cristóvão vencer as eleições, Eriksson será o treinador do Sporting.
E ESTE FACTO É INDESMENTÍVEL.

Gouveia disse...

Caros Sportinguistas,

Convido-os a escreverem também os V/ comentários no Site do SER SPORTING!

http://www.sersporting.org/wordpress/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...