sábado, 6 de junho de 2009

O Sporting de Bettencourt

José Eduardo Bettencourt tem o Sporting na palma de uma mão. A sua vitória esmagadora (89,43 por cento em resultado de 65.540 votos, contra 10,57 por cento de Paulo Pereira Cristóvão, que recolheu apenas 6.926 votos) transforma-o no presidente leonino com a maior legitimidade política de sempre. E teve uma consequência imediata que é boa para a vida do Sporting: dizimou por completo a chamada “oposição”. Isto é, a partir de agora deixa de ter sentido falar em “minoria do bloqueio” porque ela, simplesmente, desapareceu nestas eleições. Nesse sentido, a enorme vitória de Bettencourt contribuiu para a pacificação das hostes leoninas.
Isto também significa que, doravante, não haverá desculpas para falhanços. Nos próximos quatro anos, os sportinguistas querem ver a equipa de futebol mais competitiva e a ganhar a Liga Portuguesa e outros troféus, querem ver o passivo a inverter a escalada de subida, querem um pavilhão para as modalidades que dignifique o Sporting como a maior potência desportiva portuguesa, querem um clube mais virado para os sócios. Para isso contam com José Eduardo Bettencourt, que terá todas as horas do dia para pensar no Sporting.
Paulo Pereira Cristóvão também preconizava aquelas ideias centrais. A sua campanha andou longe das primeiras páginas dos jornais e quando apareceu em destaque foi quase sempre pelos piores motivos. Acossado por um processo judicial decorrente da sua antiga actividade profissional como inspector da PJ, do qual, entretanto, saiu ilibado, desconhecido da larga maioria dos sportinguistas e sem tempo de afirmação pública, Cristóvão não conseguiu alargar a base de apoio, nem conseguiu captar eventuais descontentes do processo eleitoral. Pedro Souto, por exemplo, veio revelar-se traído por Bettencourt, mas nem por isso deu o voto a Cristóvão. Não me lembro de rigorosamente ninguém, exterior à sua candidatura, que tivesse vindo a público apoiá-lo. Até Dias da Cunha, o único “notável” que estivera na apresentação da candidatura, acabaria por deixá-lo quando apareceu Bettencourt. De resto, o presidente eleito conseguiu a proeza inédita de reunir o apoio de todos os presidentes vivos desde João Rocha, incluindo Jorge Gonçalves. Isto não quer dizer que Cristóvão não tenha sido escutado. Pelo contrário. Bettencourt até foi dos que mais o escutaram...
Cristóvão “despenhou-se” quando, ao anunciar Sven-Göran Eriksson como treinador substituto de Paulo Bento, revelou que iria apresentar o técnico publicamente. É evidente que não poderia. Depois disso, o seu discurso de rigor e exigência foi engolido por uma sucessão de notícias e desmentidos sobre potenciais reforços estrangeiros. Paulo Pereira Cristóvão, que até aí tinha sido o paradigma do rigor, da exigência e da ambição, acabou por direccionar as atenções para “trunfos” que não poderia garantir de forma nenhuma e os sportinguistas, que tinham ouvido falar num passivo astronómico e num clube pré-falido, assustaram-se. Daí, talvez, a grande mobilização dos sócios no dia das eleições. Cristóvão, que acabou mais ou menos sozinho, tal como tinha começado, foi importante para pôr os sportinguistas a debater o clube, o que há muito não acontecia. E soube sair de cena como um grande “leão”: “A partir de agora, José Eduardo Bettencourt é o meu presidente.” FOTO: "Diário de Notícias"

54 comentários:

seismilhoes-UM disse...

»A partir de agora JEB é o meu presidente«.

Parafraseando o autor destas palavras, »Não tem outro remédio«...

Visconde disse...

As eleições leonina mostraram acima de tudo que o Sporting está bem vivo.
Que JEB mostre agora capacidades para levar o Sporting ao lugar que merece e para o qual foi eleito de forma clara.
Parabéns ao novo Presidente, ao candidato derrotado e ao SPORTING CLUBE DE PORTUGAL.

Anónimo disse...

Foi a vitória da racionalidade, do não ao populismo barato, do não à demagogia.

Foi o maior diferencial com dois candidatos à eleição do clube, logo com a 3ª maior afluência de sempre de sócios.

Haja agora paz dentro do clube. Deixem respirar Bettencourt. O Sporting continua com um plantel mediano. Há trabalho por fazer. Acredito que a equipa de Miguel Ribeiro Teles nos consiga trazer boas surpresas ainda que sem poderio financeiro dos nossos rivais.

Sporting Sempre disse...

Fantástico como agora volta a querer parecer independente e analítico nas suas posições. Não vou esquecer o que escreveu. Não vou esquecer que me censurou (como deve voltar a censurar) e penso que não vou conseguir voltar a respeitá-lo como respeitava. Lamento.

RFM disse...

Parabens ao Editor deste Blog.
Quem o critica é muito baixo em democracia.
Posso não estar de acordo mas tenho de o respeitar e poder debater livremente.
Quanto a resultados..vamos ver o que se segue...
Fico à espera. Esta euforia a mim diz-me pouco ou nada.A minha opinião não muda nem mudou.¸
Os maus gestores continuam por lá mais os Velhos do Restelo.CL.
Um clube sem dinheiro para mandar cantar um cego vai ter de pagar um salário maior ao Presidente do que paga os EUA ao seu Presidente do Banco Federal. BOA.
Mais a mais estamos em crise.PPC era igual. Muitos apoiam esta legitimidade.
A legitimidade que lhe deram nestas eleições (Ver os resultados) ele pode pensar e decidir em tudo. Se lhes propor um AG e os questionar tem de votar o que ele quer no imediato.
Não deram a FSF na AG vão ter de dar agora.
Calculo que a ACADEMIA vai breve mudar de lugar (Dono)em nome do défice.
Todos Falam de um Pavilhão. Eu também. Porque não o projectaram ou fazem no sitio do Antigo Estádio de Alvalade????!
Gente esperta...

Anónimo disse...

Os vencedores são aqueles que são humildes e complacentes na hora da vitória e os que, perdendo, sabem reconhecer a vitória dos outros. Vamos ver como vai seguir a procissão. Se JEB for inteligente, vai unir a família sportinguista indo buscar gente que foi arredada, mas que será sempre mais valia; não passará o estádio e a Academia para a SAD; fará um Pavilhão;não comprará pernas de pau;não se deixará subjugar pelos que se servem do Sporting. Vamos ver se JEB terá força para lutar contra alguns que o rodeiam e que mais não fazem, há muito tempo, do que usar o Sporting para os seus fins pessoais.

SL

Gouveia disse...

É DE TODA A JUSTIÇA DESTACAR A ELEIÇÃO DE 4 ELEMENTOS DA AAS PARA O CONSELHO LEONINO.

PROVAVELMENTE ESTE ÓRGÃO DO CLUBE NÃO VOLTARÁ A SER O MESMO...

PARABÉNS RAPAZES, VOCÊS MERECERAM-NO MAIS DO QUE NINGUÉM!

Pedro Nogueira disse...

Totalmente de acordo. Paulo Pereira Cristovão acabou por ser de certa forma um herói invisível das eleições. Sem ele não haveria o mesmo apelo dos adeptos em votarem e pensarem o Sporting.
Deu-me ideia de que ás vezes estava a desempenhar um personagem que não ele próprio. Deu-me a ideia, repito. Claro que é um nome que mesmo com os erros cometidos pode ser um capital importante para o Sporting. Mas a sua inteligência e capacidade não precisa de aventureirismos e demagogia. PPC tem liderança, sabe comunicar e transmitir as suas ideias e ao mesmo tempo não deixar ninguém indiferente, não precisa de entrar em joguetes menores e desagradáveis que no fim só o acabam por prejudicar.

Mário Rui Oliveira disse...

Votei na AAS para o Conselho Leonino, porque só o contraditório pode dar sentido àquele orgão. E assim também de sabe o que se passa cá fora, para diminuir as desconfianças.


Eu jurei a mim mesmo que não iria debater mais nada, porque agora interessa o Sporting ! Mas há coisas que n lembram a ninguém ...

RFM

"Todos Falam de um Pavilhão. Eu também. Porque não o projectaram ou fazem no sitio do Antigo Estádio de Alvalade????!
Gente esperta..."

quem diz um a coisa destas, anda totalmente a leste do paraíso e não faz a minima ideia do que se passa no Sporting !

informe-se lá um bocadinho ...

RFM disse...

Caro

Mário Rui Oliveira

Pelos vistos o Sr. é também da familia dos espertos.Em nada acrescentou.
Vive no paraíso.
Sabe tudo?!...então já percebi;
Conforme diz, ando Leste do Paraíso.
Realmente nunca soube aonde fica o paraíso.As vezes Imagino...
Pago é as minhas cotas de associado em Janeiro de cada ano. E sabe que mais...ainda (Estamos em Junho) não recebi o recibo de pagamento.
É por viver a leste...talvez.
O FSF-JEB e seu STAFF não tiveram tempo.

Pedro disse...

O PPC(ou a equipa por ele representada) foi MUITO importante nestas eleições.

Há muito que não via alguém ter tantas boas ideias, num curto espaço de tempo.
O fosso, as cadeiras, a deslocalização da academia consoante a valorização, o pavilhão, um treinador que não um cepo, a extinção das empresas inválidas, a criação do departamento de reputação, reformulação do site(nomeadamente na zona de marketing que tanto precisa) enfim, sei lá tanta coisa acertada.

Foi tudo por água abaixo, porque este, não vai fazer rigorosamente nada.

Infelizmente!

Gosto muito de ver um presidente aos saltos, mas cada vez mais me afasto do SCP, não conseguindo de forma alguma concordar com o rumo adoptado, que persistentemente, e diga-se, perigosamente, subsiste.

OLeãoRampante disse...

Não houve erro nenhum de PPC. Houve, isso sim, um empolamento enorme acerca da sua possibilidade de ganhar...
Mostrou também, que, embora muitos blogs quisessem o PPC a presidente, tal não foi possível e ficou a nú que os Blogs, apesar de eu os considerar importantes para debater ideias, não são elucidativos de nada, mas de nada mesmo, da vontade do mundo Sportinguista.
O Sporting Clube de Portugal é muitooooooo mais do que a opinião de pessoas que se sentam numa cadeira e escrevem ao longo do ano sobre o CLube. Eu sou um deles, é verdade, e divirto-me muito a querer passar a minha mensagem.

VIVA O SPORTING!

OLeãoRampante disse...

"O desporto nacional precisa do Sporting ao mais alto nível para que os valores que são defendidos não se percam" - José E. Bettencourt


Andamos há anos a por em causa o funcionamento interno do nosso Clube, quando a principal razão para não termos mais títulos é sem dúvida, a crise de valores que impera no nosso futebol.

Esperemos que mude.

Viva o Sporting!

JHS disse...

De facto, o candidato Paulo Cristóvão falou bem após serem conhecidos os resultados. Por isso, saiu de Alvalade sob uma ovação. Quanto ao Leão da Estrela, não tenho tanto a certeza que seja capaz de fazer o mesmo. Aparecer agora a criticar Cristóvão, quando não o fez antes, não é nada bom sinal...

Anónimo disse...

Olhem só como o discurso muda...
E mais não digo.

Tiago Pires disse...

Eu diria que o Leão da Estrela se expôs em demasia, mas está perfeitamente no seu direito. Era o que faltava se ele não tivesse o direito de apoiar quem bem quisesse, no caso Paulo Pereira Cristóvão.

Tenho para mim que alguns dos seus posts foram, em certa medida, demagogos - o Leão da Estrela aceitará esta crítica minha com fair-play (assim espero). Houve a tentativa de fazer de Cristóvão um messias leonino - quando pouco ou nada tinha para o provar -, e a tentativa de ir tentando, com uma bicada aqui e outra ali, descredibilizar Bettencourt. Perfeitamente aceitável que tenha apoiado quem lhe pareceu o melhor para o futuro do clube, mas julgo que Bettencourt, pelo que fez no passado do clube, pela maneira como vive o clube, não merecia algum tratamento menos correcto.

Mas a vitória foi de tal monta, que só um tipo pouco inteligente é que não terá o bom-senso do Leão da Estrela: “A partir de agora, José Eduardo Bettencourt é o meu presidente.” Evidente.

E não votou nele, tenho de o dizer, a turma do "croquete". Votou nele gente jovem e gente velha. E ricos e novos. E gente com alto nível de educação e gente com baixo nível de educação. É uma vitória transversal.

Quem não for inteligente e democrático o suficiente para aceitar isto, enfim, não há mesmo nada a fazer. Deixem de pagar quotas, deixem de ir ao estádio, façam o que vos parecer melhor. Mas peço-vos: não entrem na crítica gratuita. Na crítica acéfala como se verifica nalguns espaços da Internet afectos ao clube.

Nem tudo sairá bem no seu mandato, nem tudo sairá perfeito, mas folgo muito que o meu clube seja dirigido por uma pessoa como José Eduardo Bettencourt, e folgo que Ribeiro Telles - convinha que todos os sportinguistas soubessem da importância e seriedade deste homem no clube - por lá se mantenha.

Viva o Sporting Clube de Portugal e que o Leão da Estrela permaneça como um sítio saudável para a sua discussão.

joaquim agostinho disse...

Muito boa análise do que se passou.
SL

Anónimo disse...

O LDE está a brincar ou está a falar a sério?
No site sersporting continuam-se os insultos ao agora presidente do clube. E apesar de terem sido esmagados nas urnas, não acredito que esta minoria de bloqueio desapareça. Porque ela existe e vale apenas 10% dos sócios votantes.
Também não me parece nada razoável impor que JEB faça tudo aquilo que disse. Porque essas eram as ideias de PPC, ideias que foram derrotadas. Não se pode exigir que JEB faça exactamente o que era programa da lista derrotada.

Anónimo disse...

Ao contrário do Tiago Pires, diria:

-Podem continuar a criticar gratuitamente, mas deixem de pagar cotas e de ir ao estádio. E de se auto-denominarem sportinguistas.

Quanto à crítica fundamentada (logo, construtiva), essa é sempre bem-vinda, e que ninguém se iniba nunca de dizer o que pensa. Mas que o faça de uma forma própria (num blog, por exemplo, ou nas reuniões do clube), e não nos meios de comunicação (anti-)social ou a assobiar no estádio.

Quanto a PPC, esteve muito bem, deu azo a debate, deu o peito, mostrou ser um Sportinguista corajoso e briosos, tendo-se apresentado e às suas ideias para sufrágio, e estou-lhe pessoalmente grato, tal como todos nós.

Perdeu, preferiu-se JEB, espero que tenhamos acertado (foi o meu voto tb), e espero que PPC continue a ser alternativa no futuro.
Os sportinguistas estiveram bem, na ovação final, à altura do candidato derrotado,. desta forma honrado.

Agora, a bola está com JEB, que pelo menos de já estar a entusiasmar. Espero que continue, e que não falhe em trazer-nos a todos, e em grande número, ao estádio de novo.

Eu e os meus filhos lá estaremos!

Vulgo, o "Coração de Leão"

Nuno disse...

Infelizmente a "minoria do bloqueio" não acabou. Ela continua por aí, como aliás se pode ler nalguns dos comentários aqui expressos à eleição do nosso novo presidente. Eles vão continuar a mandar bocas na net, a pintar as paredes da academia, a atirar candidatos pelas escadas abaixo, a insultar a equipa no estádio...enfim, tudo gente séria e interessada no futuro do clube.

O que de facto acabou é qualquer tipo de veleidade que essa mesma minoria poderia ter em alguma vez tomar o comando dos rumos do Sporting.

O Sporting felizmente demonstrou nestas eleiçoes ser um clube formado na sua esmagadora maioria por gente inteligente e madura, e isso sim é o grande capital do novo presidente.

João Pedro B disse...

Só falta perceber quando é que essa "inteligencia" e maturidade da maioria conformista se materializa em titulos.

sem tréguas disse...

Os Sportinguistas de verdade, que não se conformam com humilhações na Europa, que não alinham na mediocridade dos 2ºs lugares, que não se conformam com a promessa não cumprida de um pavilhão, que se preocupam com o estado calamitoso das finanças do seu clube; esses Sportinguistas que, com desdém, alguns senhores com uma visão enviesada da democracia chamam de "minoria de bloqueio" irão continuar a lutar pela grandeza do Sporting Clube de Portugal contra a cáfila de sanguessugas que se prepara para o assalto final, levando-lhes o Estádio e a Academia. É contra esses que lutamos, e não contra os Sportinguistas hipnotizados pelo flautista de Hamlin.

A esses que, de tão maduros e inteligentes que são, não hesitaram em passar um cheque em branco a um dos que ajudou a cavar o buraco de milhões quando esteve na SAD, a esses só temos que lamentar a falta de memória e de ousadia em querer mudar.

Esses, o maior castigo possível irão ter, que é o estigma de terem sido cúmplices do fim do Sporting. Mas podem ainda emendar a mão, pondo um travão aos ímpetos destrutivos do plano Nobre Guedes, chumbando-o em assembleia geral.

SL

João Pedro B disse...

Não me parece justo que se ande a medir o nível de Sportinguismo de cada um, por outro lado, parece-me sim preocupante e inaceitável uma certa mentalidade que tem aqui ficado expressa por algumas pessoas que estão tão conformadas com os resultados do clube que parece que ficam ofendidas quando se fala em aumentar a exigência e ambição.

Pedro disse...

Estes cromos que vêm para aqui dizer mal das "minorias de bloqueio", conforme lhe apelidaram, são os aqueles que não têm conhecimento algum da realidade do SCP, e que, acham que está sempre "tudo bem"...!

"Ah, ficamos em 2º, já é bom, ficamos à frente dos ...! Assim não temos que levar com eles"

Digo-vos mais, vocês é que não são verdadeiros Sportinguistas, vocês são um virus!

O problema será então as "minorias de bloqueio", esse grupo de pessoas que sabe o que fazer, que denuncia os golpes que o clube leva, que tem conhecimento profundo nas mais variadas matérias, ou OS cromos que não têm memória e passam cheques em branco?

É que esses à 3 anos atrás, também diziam que o PIRATA Soares Franco era a solução...

Agora, o SCP tem mais passivo, menos activos, não ganhou nenhum campeonato, foi envergonhado na europa, e o Pirata FSF sai do SCP contente e feliz dado a empresa DELE ter comprado os edifícios do Sporting.

Diga-se, caros não devem ter sido, com o mesmo presidente a "negociar" dos dois lados, e para um Clube falido, como o próprio alega...

É que é de uma promiscuidade inacreditável! E as pessoas coadunam com isto..

Esse magnifico presidente que alegou que preferia ficar em 2º lugar do que ganhar um trofeu europeu, veja-se!

Agora, elegem com 90% um presidente que vai ganhar mais que o Presidente da Reservar Federal dos EUA, a maior Economia Mundial!

Isto, num Clube falido, com 360 Milhoes de passivo, num País com uma dívida externa aberrante.

O Sporting não se consegue distinguir do clube das galinhas, é burrice pegada a mais.
Para mim o SCP já não se distingue do clube das galinhas, estão neste momento, em pé de igualdade.

Quando é que VOCÊS TODOS VÃO ENTENDER QUE ELES SÓ SE QUEREM SERVIR DO SPORTING?

É que é de uma falta de inteligência GRITANTE!

Hugo Pereira disse...

Há inflexão no discurso do LdE, mas não me parece que isso seja algo de censurar, bem pelo contrário. Mostra respeito por quem não tem a mesma opinião e pelo acto democrático que se processou. Se o PPC ganhasse, não seria também o presidente dos sportinguistas que apoiaram JEB? Só espero que os apoiantes de PPC ou os que não concordam com a forma de gestão de JEB se ponham à coca, quase a torcer pela primeira derrota do Sporting para começar a destilar veneno contra a nova administração. E não se esqueçam de duas coisas: em 2006/2007 o Sporting só não foi campeão pela infame mão de Rony; e se o Porto fosse castigado com 6 pontos este ano (como seria lógico numa liga civilizada), o Sporting seria novamente campeão.

moreno disse...

Ainda não era vivo quando o jorge gonçalves foi presidente do sporting. Alguem me poderia explicar o que eq ele fez ao clube?

João Pedro B disse...

É precisamente este ultimo ponto que é de difícil aceitação,
Em 2007 o Sporting não foi campeão por não ter sido invalidado um golo com a mão, falta acrescentar que nesse caso, o resultado seria um empate sem golos em casa com o Paços de Ferreira !

Mas afinal, QUEM É O PAÇOS DE FERREIRA ????

Esta época o Sporting perdeu 4 pontos com a Académica, perdeu em casa com o Leixões e com o Braga.

Enquanto se continuar a arranjar desculpas em vez de motivação é difícil ser campeão.

Tiago Pires disse...

"Blogger João Pedro B disse...
Só falta perceber quando é que essa "inteligencia" e maturidade da maioria conformista se materializa em titulos."

Não se é campeão por decreto. Muito menos se é campeão por palavras bonitas.

É-se campeão quando se for melhor do que os outros (Porto e Benfica) e quando houver condições de lutar (mais) ombro a ombro com estes (e convenhamos que nos últimos anos isso não tem acontecido).

Acaso a candidatura de Paulo Pereira Cristóvão tem o monopólio da "ambição" e do "espírito de vitória"? Humildes desculpas, não o sabia. Parece que está assente na cabeça de certos sportinguistas que com a vitória da Lista A o Sporting limpava tudo de um dia para o outro "só porque sim", só por "palavras". Mas porquê? Como se o futebol fosse tão linear e exacto como a matemática. Bento perdeu e foi humilhado pelo Bayern? Verdade. E Sven-Goran Eriksson, pessoa e treinador que respeito, não levou 8-1 do Middlesbrough enquanto treinador do Man City? Então porquê?, faltou-lhe "ambição"?, foi "conformista"? Fosse tudo assim tão facílimo no futebol como vocês querem fazer querer.

Que não se tenha memória curta: Bento terá defeitos, sim, mas conduziu o Sporting com o plantel limitado que tem ao seu dispor ao segundo lugar num grupo com Barcelona (e não é preciso dizer o que foi o Barcelona esta época) e o Shakhtar (que acabou por ganhar a UEFA). O Sporting fez 12 pontos no seu grupo, mais 3 do que o futuro vencedor da UEFA, menos 1 do que o futuro vencedor da Champions.

Acha mesmo que 90 por cento dos sócios quer ficar em 2º ou 3º? Que está contente com isso? Acha que quem agora manda não quer ganhar?, acredita sinceramente nisso? Bettencourt não foi já campeão no Sporting? Enganou-se?

Ribeiro Telles não foi já campeão no Sporting? Outras pessoas que apoiaram a candidatura da lista C não têm ambição de ganhar? Bessone Bastos não tem ambição de ganhar? José Manuel Torcato não tem ambição de ganhar? Manolo Vidal não tem ambição de ganhar? Júlio Rendeiro não tem ambição de ganhar? As muitas pessoas que trabalham no sector de formação do clube e que em privado apoiavam Bettencourt não têm ambição de ganhar? Também querem dar lições de sportinguismo e de ambição e de exigência e de vitórias a esta gente e tanta outra?

Tenham lá paciência: não ponho por um segundo em causa o sportinguismo de outros que votaram em Paulo Pereira Cristóvão (era só o que faltava, não sou ninguém para isso); não ponham é vocês a ambição de querer ganhar da parte de quem votou em Bettencourt.

João Pedro B disse...

Não se fui claro, mas o que eu disse é que é necessário passar da intenção á pratica.
Quem é que declarou que até era bom ficar em segundo ?
As pessoas que mencionou, há quanto tempo estão no clube ? não lhe parece que já tiveram hipóteses suficientes para apresentar outros resultados.
Já que fala no Paulo Bento, não me consigo lembrar de outro treinador com tanta margem de erro, e ao que parece até lhe foi prolongada, já para não falar na forma como gere algumas situações com jogadores (M Veloso, Vukcevic, Djaló, Stojkovik) tendo obrigação de as saber gerir de outra forma.

Tiago Pires disse...

--"Blogger João Pedro B disse...
Não se fui claro, mas o que eu disse é que é necessário passar da intenção á pratica."

Óptimo, concordamos. Só acho que a "prática" não são palavras bonitas de candidatos. São acções. E só acho que ninguém lhe garante que com Pereira Cristóvão teríamos essa "prática ganhadora" e que com Bettencourt não teremos essa "prática ganhadora". (Olhe, estava aqui a ver a final de Roland Garros; o Soderling perdeu por três sets a zero. Acha que o sueco, depois de despachar Nadal, não teve ambição de ganhar ou acha pura e simplesmente que o Federer é/foi melhor?)

Assumir que o Porto foi melhor este ano, que tem um plantel mais homogéneo que o nosso, não é conformismo, é ser-se racional na análise. Trabalhe-se agora para que essa distância que nos separa seja gradualmente reduzida. E eu acredito que se vai trabalhar nesse sentido.


--"Quem é que declarou que até era bom ficar em segundo ?"

Não sei, diga-me você. Foi Bettencourt? Hoje na entrevista que dá ao DN (http://dn.sapo.pt/inicio/opiniao/discursodirecto.aspx?content_id=1256564) diz isto:

'É apologista de que mais vale terminar dois anos, por exemplo, no segundo lugar do que ganhar um ano e ficar no outro ano em terceiro?
- Não, não há nada como ganhar!. Por exemplo, sei o que é ganhar um campeonato e sei que depois de ganhar as pessoas desculpam a eventual não repetição. Mas trocava os segundos lugares pelos terceiros que eu tive a seguir, claramente.'

E agora pergunto eu: não conseguindo ficar em primeiro, o João Pedro B prefere ser 2º ou ser 3º? Até admito que me responda: "acho indiferente, é igual, quero o 1º"; mas eu digo-lhe que para as finanças do clube não, não é nada igual ficar em 2º ou em 3º.


--"As pessoas que mencionou, há quanto tempo estão no clube ? não lhe parece que já tiveram hipóteses suficientes para apresentar outros resultados."

Mencionei várias pessoas, várias pessoas com história no clube, no futebol, no andebol, no hóquei, etc.. Pessoas conhecidas para os sócios e adeptos, pessoas respeitadas - e respeitadas por terem um passado conotado com vitórias. Lamentavelmente para mim, para si, e para todos os sportinguistas, Porto e Benfica também querem resultados; e, lamentavelmente outra vez, até têm tido maior capacidade financeira para isso, o que torna a tarefa de "ganhar sempre" mais difícil.


--"Já que fala no Paulo Bento, não me consigo lembrar de outro treinador com tanta margem de erro, e ao que parece até lhe foi prolongada, já para não falar na forma como gere algumas situações com jogadores (M Veloso, Vukcevic, Djaló, Stojkovik) tendo obrigação de as saber gerir de outra forma."

Aqui discordamos em toda a linha e a discussão, prevejo, será estéril. Estou de acordo com a maneira como Paulo Bento geriu todos os dossiers de que fala. Repito, todos, sem excepção. Era só o que me faltava que um qualquer jogador se recuse a jogar na posição que qualquer treinador melhor entenda (estou a falar de Veloso). Era só o que me faltava amuos (estou a falar de Djaló). Quanto a Vukcevic, acabou com o tempo por dar razão e colaborar com Paulo Bento (como Baía acabou por colaborar com Mourinho). No que concerne a Stojkovic, só mesmo por desconhecimento da matéria se pode julgar que se podia gerir de outra forma. Gerir mal, para mim, é anunciar-se enquanto candidato a Presidente que Stojkovic vai regressar com aquela leviandade com que PPC o fez, colocando Rui Patrício numa situação "embaraçosa" caso PPC tivesse ganho a eleições.

RG disse...

1: Gestão de recursos de PB

Gerir a situação de Vukcevic? parece-me que PB a geriu da melhor forma, e veja-se a mudança de comportamento do jogador...Stoi? Se acha que foi mal gerido queira-se informar do que se passou em Espanha. Yannick? Não vi caso nenhum. Vi sim um jogador que entrou mt bem na época e que a meio da primeira volta foi perdendo gás. E veja-se os jogos na Luz e em Alvalade cm o FCP onde entrou no 11 inicial e foi sempre menos um.
Qt a Miguel Veloso, nem o melhor gestor de recursos humanos faria melhor. Convém não esquecer que esse jovem tem graves problemas psíquicos. Veja-se o facto de ele falar sempre na 3 pessoa e semana sim, semana não alternar discurso de SCP para sempre, para quero ir-me embora seja para onde for.

2- Querer indirectamente dizer que PPC perdeu as eleições pq a comunicação social não lhe dava destaque e qd dava era pelas piores razões, e a mesma coisa que dizer que o Barcelona que foi a melhor equipa da Europa este ano, só venceu a Champions pq foi beneficiada em Inglaterra no jogo contra o Chelsea.
Esquecer q PPC apresenta treinador ultrapassado e cm reconhecida ligação ao SLB, que se falou em jogadores reformados ou pré-reformados, que te tudo o que prometeu fazer, nunca explicou os como, quando e porquê, só pode indicar má fé do sr LdE.

JEB é o nosso presidente, PB o nosso treinador e a eles devemos o nosso apoio, assim cm ao nosso futuro plantel.

Só juntos podemos ser mais fortes e cada vez melhores

Anónimo disse...

João Pedro B

Há jogador "ingeríveis", não tenha ilusões quanto a isso.

2º é melhor que 3º, e na conjuntura actual (errada!) das coisas, é até muito, muito melhor que 3º.
E é pior que 1º, não vale a pena continuar a bater nessa tecla, estamos todos de acordo.

Quanto ao facto do treinador ter direito a margem de erro, o problema aqui não é a margem que se está a dar ao PB (e bem), é a falta de margem que se deu no passado a tantos bons treinadores que passaram pelo clube, e não tiveram oportunidade de mostrar resultados pela "pressa" de ganhar, pelo imediatismo.

O PB vai mostrar resultados. As provas estão aí, por essa Europa fora, a continuidade e a estabilidade acabam sempre por dar os seus frutos.

Saudações Leoninas, e venha lá ao estádio apoiar o seu Sporting, que é muito mais do que uma direcção, um treinador ou até uma equipa pontual.
O resto é conversa, para a gente se entreter.

Vulgo, o "Coração de Leão"

Anónimo disse...

Viva à mediocridade, viva ao Paulo do Bairro.

Tiago Pires, espero que não sejas o "Saca", o surfista que está no WCT, porque esse não percebe nada de futebol!

Acho incrível como é que há pessoas que defendem um treinador manifestamente pouco inteligente, sem experiência, que nem consegue construir uma frase de uma forma digna, que não fez mais do que por a equipa a praticar um futebol horrendo.

Acabar o campeonato nacional (esse campeonato de alta exigência) em 2º lugar não é nada.

Quando quiserem discutir os factos da equipa de futebol, cá estou.
Agora dizerem que o PB faz um óptimo trabalho com o que tem, é ridiculo.
O PB tem um ferrari nas mãos, e nunca passa a meta em 1º lugar.

É lógico, não tem mãozinhas.

Quanto à boa gestão dos recursos humanos que aqui li, acho absolutamente anedótica a análise.

Alias, o PB é um magnífico gestor de recursos humanos (tem inclusive qualificações especificas disso), assim como uma óptima comunicação e um feitio nada conflituoso, absolutamente condizente com a sua função.

Alias, a gestão dos recursos humanos do PB é tão "eficiente", que todos aqueles com quem imbirra, são autenticamente varridos do Clube.

Essa gestão, também sou capaz de a executar, dividir para reinar!

joaquim agostinho disse...

Moreno
Foi o presidente eleito com o maior numero de votos à custa da contração de treinador e jogadores - as célebres unhas do leão - e que só esteve na presidência 6 meses, havia montes de cheques carecas do SCP afixadas nas montras de Lisboa.

Anónimo disse...

«Quando quiserem discutir os factos da equipa de futebol, cá estou.»

uma perguntinha: o plantel do sporting é melhor do que o do porto?

«que nem consegue construir uma frase de uma forma digna»

vamos buscar o Quique. fala tão bem, fico encantado de o ouvir. ou a Edite Estrela.

«Acabar o campeonato nacional (esse campeonato de alta exigência) em 2º lugar não é nada.»

não é. com o Peseiro é que era. soube-me tão melhor aquele 3º lugar e aquelas taças todas que ele ganhou (espera lá, não ganhou nada). ou com o Jozic. soube-me tão melhor aquele 4º lugar atrás do Boavista. isso é que eram tempos saudosos para qualquer sportinguista. somos sempre tão exigentes. mas depois comiamos com o Eriksson que conseguiu levar o CITY ao 9º lugar (!!!!!!). aposto que os adeptos do CITY, depois de ter sido gasto um mar de dinheiro, morrem de desgosto com pena do Eriksson já lá não estar. e os mexicanos.

«Alias, a gestão dos recursos humanos do PB é tão "eficiente", que todos aqueles com quem imbirra, são autenticamente varridos do Clube.»

realmente foi uma pena a saída do Carlos Martins. tenho noites em que nem durmo com saudades dele. dele e do Beto que agora desceu de divisão.

joão moura

Anónimo disse...

eu palavra de honra que gostava que tivesse ganho o polícia. assim por 50,1 contra 49,9. e depois queria que os 49,9% que tinham votado no Bettencourt tivessem a reacção que muitos apoiantes do polícia. 49,9% de sócios do Sporting a dizer que desistiam do clube. era giro não era? ficava o clube a cargo dos iluminados que sabem sempre tudo e são infalíveis atrás de um computador. atinem.

joão moura

João Pedro B disse...

Espero que seja desta que deem ao Sá Pinto uma função na qual fique junto ao terreno de jogo de forma a transmitir garra á equipa ao contrário de Pedro Barbosa

João Pedro B disse...

Relativamente á comparação com o plantel do FC Porto, não sei se será assim tão superior, o Sporting possui um excelente nucleo de jogadores, alguns mal geridos como são os casos de Vukcevic e Miguel Veloso, (que nas duas épocas anteriores teve prestações excelentes, não entendo para que se foi buscar Rochemback e criar o problema que se viu)
No final o Sporting ficou a 4 pontos do Porto, parece-me portanto que poderiam ter sido perfeitamente possível outro desfecho.
No inicio das épocas, quando ocorrem maus resultados com clubes pequenos, começo logo a ficar preocupado e a achar que é mais uma época em que o titulo foge. Por vezes dá ideia que os jogos contra clubes pequenos não são devidamente preparados e o adversário bem estudado

Anónimo disse...

Caro João Moura,

Estou plenamente de acordo com os seus dois últimos comentários.

Fico particularmente preocupado com as análises levianas ao trabalho de Paulo Bento.
Ou é truculento, ou é pela pronúncia ou pelo cabelo.
Ninguém contrapõe resultados obtidos com meios ao dispor (por sua vez em contraposição com resultados e meios dos rivais). Não são análises sérias. São amuos.

Sobre o facto de o sporting ser um "ferrari" para o qual o PB não tem mãos, é simplesmente de doidos.

Somos, no limite, um alfa romeo e queremos crescer sustentadamente. O resto são delírios de grandeza.

Por último, uma palavrinha sobre o facto de o Paulo Bento não construir uma frase de forma "digna": nunca lhe ouvi um erro de sintaxe e acho que se expressa de forma (bastante) clara e lúcida.

Mas se quiserem um tratadista pode-se ir buscar o Manuel Machado.

SL

Pedro Moniz

Anónimo disse...

um pequeno testamento para falar da grande exigência que temos nós perante Paulo Bento.

não sou um "velho", não chego aos 30, mas vivi o Sporting intensamente desde muito miúdo. lembro-me bem do discurso do "este ano é que é", do esfregar as mãos. e depois do chegar ao Natal e título nem perto nem longe, era já impossível.

lembro-me bem dos tempos de Sousa Cintra, de boas equipas de futebol, de grandes grandes jogadores (Balakov, Paulo Sousa, Amunike, Valckx, Naybet), e em que depois não cheirávamos título algum (fora aquela taça de Portugal com o Queiroz, já no início de Santana Lopes como Presidente, mas com um plantel edificado por Cintra e Queiroz).

Cintra era um homem voluntarioso, um homem de um sportinguismo inatacável, mas a organização do Sporting não existia, era o caos. não falo de cor, respirei muito ar, muito oxigénio da antiga nave de Alvalade (tinha e tenho ligações a uma modalidade do clube através do meu pai).

também me lembro de tempos não muito antigos onde fui especial crítico da direcção de Dias da Cunha. da segunda época de Peseiro. já sem Ribeiro Telles no comando do futebol - por discordâncias do rumo que Dias da Cunha queria dar ao futebol, muito pela tal célebre aliança de Dias da Cunha com Luís Filipe Vieira, que teve como brilhante corolário o único título do Benfica nos últimos anos.

Ribeiro Telles sai na 2ª época de Peseiro e Dias da Cunha coloca Paulo de Andrade e Rui Meireles a mandar no futebol. já ninguém se lembra destes tempos áureos? fomos eliminados pelo Halmstad na UEFA. EM CASA. repito, pelo Halmstad, em casa, para a UEFA. Champions não era para nós (é que também fomos eliminados na pré-eliminatória pela Udinese). em casa, com o Halmstad, não havia Bayern, não havia Barcelona, nada disso. a equipa estupenda com que jogámos esse jogo era esta: Nélson, Miguel Garcia, Beto, Polga, Paíto, Luís Loureiro, Moutinho, João Alves, Douala, Deivid, Wender. (Liedson estava lesionado.)

que grande equipa, não era? que saudades. na altura também havia sportinguistas que me diziam que tinhamos um Ferrari. fora Polga e Moutinho que ainda por lá andam, digam-me sff onde param as outras vedetas.

digo-vos eu que estou de férias e com muito tempo livre: Nélson esteve no Estrela. Garcia nem clube tem. Beto desceu de divisão em Espanha. Paíto estava no Sion. Loureiro no Portimonense. Alves no Braga. Douala no grande Plymouth Argyle. Wender no Belenenses. que Ferrari que tinhamos. e isto foi em Setembro de 2005. fora Polga e Moutinho, safa-se Deivid que anda pelo Fenerbahce.

era um plantel miserável, feito de cacos. e Peseiro caiu, tinha de cair. e Dias da Cunha caiu em solidariedade com Peseiro, veja-se bem. e sobrou Paulo Bento, um treinador inexperiente com um título de campeão dos juniores. e regressou Ribeiro Telles à estrutura do futebol.

e com aquele plantel, com 10 vitórias de seguida, com a promoção de Nani, chegou-se ao 2º lugar. e depois vieram taças (2) e supertaças (2). é suficiente? não, não é, queremos todos ser campeões. mas antes de criticarem, olhem como estava o clube antes de Paulo Bento e Ribeiro Telles. olhem bem para aquele onze ali em cima e comparem-no com o plantel de hoje (que ainda está longe de ser perfeito).

podem não gostar de Paulo Bento como treinador, mas não o reduzam a um atrasado que não sabe falar. não fica bem a um sportinguista não saber reconhecer que Paulo Bento serviu o Sporting como poucos esta última década.

joão moura

João Pedro B disse...

Caro João Moura,

Após 4 anos seguidos em segundo lugar é legitimo que as pessoas queiram mais.
A forma como geriu algumas situações não foi efectivamente a melhor, admito que não é fácil, mas um treinador do Sporting tem que saber "dar á volta" a estes casos. Um excelente exemplo disso são José Mourinho ou Jesualdo Ferreira que conseguem unir, motivar os jogadores, estabilizar o balneário, elevar ao máximo as capacidades de cada jogador de forma a fazê-los funcionar como uma equipa.
Paulo Bento falha na generalidade destes pontos, e não sou eu que o digo, ainda na partida dos jogadores para férias assistimos a acusações mutuas entre jogadores, como se o que se tinha passado durante a epoca já não bastasse.
Não me parece que seja boa opção estar de alguma forma a conceder plenos poderes a um treinador que não sabe lidar com as situações referidas, acho que tal não favorece em nada o próprio Presidente,
com a agravante de que Paulo Bento possa também não saber lidar com o efeito antiguidade e consequentemente ter abusos de autoridade como me parece que já se verificou.

Anónimo disse...

ó meu amigo João Pedro B, treinador é para treinar, jogador é para jogar. é nesta base que assentam muitas das vitórias do Porto.

o que eu sei é público. sei que Paulo Bento queria testar Veloso a defesa esquerdo, que o próprio Scolari falou com Paulo Bento sobre essa hipótese, e sei que Veloso amuou e recusou a hipótese. sei que Veloso à partida para Munique, decidiu ter umas declarações de imbecil que incomodaram todo o grupo de trabalho.

o que sei é que se Miguel Veloso é hoje o que é, em muito o deve a Paulo Bento (que o treinou nos juniores, que o afirmou como titular do Sporting).

olhe, eu nunca experimentei, mas aposto que se o meu chefe me mandar fazer determinada coisa e eu recusar, levo um chuto e adeus até sempre.

o que sei é que Vukcevic não tem um feitio fácil. olhe, lembre-se da final da Taça de Portugal do ano passado quando Bento o mandou entrar e Vukcevic amuou por entrar tarde. vá lá, entrou Tiui e marcou dois golos. também sei que depois dos amuos, Vukcevic acatou quem manda e hoje é uma opção natural para Paulo Bento.

o que sei é Stojkovic esteve no Nantes, no Vitesse, no Sporting e no Getafe, e com todas as qualidades que possui como guarda-redes, nestas 4 equipas fez pouco mais de 30 jogos. até Patrício tem mais jogos que Stojkovic. a culpa é de Paulo Bento? Paulo Bento treinou em part-time o Nantes e o Vitesse e o Getafe e eu não dei conta?

o que eu sei é que o grande Mourinho decidiu tratar "bem" e "motivar" o Adriano. e na altura, recordo, serviu de comparação e as pessoas diziam: "estão a ver, o Mourinho é que sabe: recuperou o Adriano. o Paulo Bento está a agir mal com o Vukcevic."

hoje o Adriano voltou para o Brasil e continua na cepa torta e Vukcevic voltou a ser um jogador importante do Sporting.

o que sei também, é que todos os jogadores que ultimamente falaram - Carriço, Pereirinha, Polga, Rochemback e Liedson - assumiram publicamente que queriam a continuidade de Paulo Bento.

e quando são os próprios colegas de equipa a criticar Veloso, julgar que a culpa é de Paulo Bento não me parece a análise mais cerebral de sempre.

é isto que sei.

joão moura

Pedro disse...

João Moura, tu realmente julgas que és um iluminado do futebol, só pode!

- "uma perguntinha: o plantel do sporting é melhor do que o do porto?"

Quem é que constrói os planteis? Quem foi buscar o Postiga(2.5M+Diogo Viana(!!) cuja utilidade foi NULA esta temporada, e dispensou o Varela, que agora vai a custo 0 para o Porto?

Quem é que foi buscar o Rochemback, um jogador acabado com peso superior ao recomendado para um futebolista profissional.
Resultado, desvalorização total do Miguel Veloso, e o melhor jogador para a posição de trinco eclipsou-se.

Quem pagou 4 Milhões pelo Grimi quando o Sissoko foi oferecido aos 3 grandes por um Vitoria de Setubal que nem dinheiro para pagar os ordenados?

Só apenas estes exemplos para não me alongar mais.
E não me venha com o argumento do poderio "financeiro", porque o Rochemback ganha mais que o Fernando, o Grimi custou mil vezes mais que o Sissoko e o ordenado mensal do Postiga dá p pagar 2 x o do Hulk.

Mas claro, o "plantel do porto é melhor que o do sporting".

Que atestado de ESTUPIDEZ!

- "vamos buscar o Quique. fala tão bem, fico encantado de o ouvir. ou a Edite Estrela. "

Realmente é um exemplo fantástico, mas quando eu me limito a dar um exemplo de um treinador que não consegue sequer construir uma frase de uma forma digna, é claramente um treinador sem capacidade de comunicação.
Um treinador sem uma boa capacidade de comunicação é claramente menos capaz de motivar os jogadores de forma apropriada, assim como fazê-los ver crer determinadas realidades.
Um bom treinador, tem que ser um excelente comunicador. E nesse campo, o Quique dá 20 a zero ao PB.
Quanto à Edite estrela, sem comentários.

- "realmente foi uma pena a saída do Carlos Martins. tenho noites em que nem durmo com saudades dele. dele e do Beto que agora desceu de divisão."

De facto é muito melhor jogar com o Yannick a 10, com o Postiga a 10, ou até o Romagnoli que não sabe sequer efectuar um remate em condições.
Isso tudo claro, para receber 1 milhão de euros por um internacional portugues de 25 anos, e para jogar no rival à semelhança de outros casos conhecidos. Ah, e para gozar com o próprio treinador que o dispensou! Enfim...
Quanto ao beto, não fez pior que o polga, o grande "herói" de munique.

Relativamente aos 3ºs e 4ºs lugares, pouco me dizem, no fim vai dar ao mesmo: não há campeonatos no museu do Clube.

Pedro disse...

Um treinador não é apenas um homem que orienta o tabuleiro de xadrez.

Um treinador é um visionário, um comunicador por excelência, um amigo dos jogadores, um exemplo.

Características que PB, manifestamente, deixa muito a desejar...

Anónimo disse...

Stepanov, Bolatti, Benitez, Guarin, etc. o Porto não acerta mais que o Sporting. quem dera ao Sporting poder desbaratar o dinheiro que o Porto desbaratou nesta gente. o Porto tem é uma margem de manobra maior para poder falhar. o orçamento deles permite-lhes falhar. o do Sporting não.

e o Grimi não custou o que revela:

"O Sporting informou a Comissão do Mercado e Valores Imobiliários (CMVM) que adquiriu os direitos desportivos de Leandro Grimi, ex-Milan, por 2,5 milhões de euros. O lateral argentino assinou um contrato válido por cinco épocas e tem a cláusula de rescisão fixada nos 25 milhões de euros."

já agora, antes de comparar o ordenado do Hulk com o do Postiga, convém é dizer que o Hulk custou ao Porto 5,5 Milhões de euros por metade do passe. informe-me lá qual foi a última vez que o Sporting teve disponibilidade financeira para ir buscar um jogador por 5,5 M euros/metade do passe - logo, 11 M, se se quiser o passe total.

"Um bom treinador, tem que ser um excelente comunicador. E nesse campo, o Quique dá 20 a zero ao PB."

excelente para ele. acho que ser bom comunicador dá direito a uma rescisão na ordem dos 3,5 Milhões de euros. no final, o "excelente comunicador" falhou como gente grande - e com Suazo e Reyes e Aimar - e os dirigentes do Benfica, imagine, decidiram agora ir buscar um treinador que dá erros gramaticais mais graves que o seu futuro presidente, mas que sabe montar uma equipa.

olhe, e saudades de Martins - que o "excelente comunicador" Quique não soube transformar num jogador influente -, Beto e Varela, para quem tanto apregoa o fim da mediocridade no Sporting, para quem quer 100 por cento de acerto nas contratações, é-me verdadeiramente incompreensível. temos noções diferentes quanto a estes três jogadores.

joão moura

Anónimo disse...

"Um treinador sem uma boa capacidade de comunicação é claramente menos capaz de motivar os jogadores de forma apropriada, assim como fazê-los ver crer determinadas realidades."

como nos 5-3 em Alvalade ao Benfica ou esse não conta? não foi Paulo Bento que "comunicou eloquentemente" ao intervalo? foi o Eriksson?

pergunte ao Fernando Mendes como é que Eriksson era um grande comunicador quando o treinou no Benfica.

"(...) entrei numa fase em que já me estava a borrifar. Como era um dos primeiros a chegar aos treinos, pegava na minha pressão de ar e, já equipado, ia aos pássaros ou então dava umas chumbadas na porta do balneário de Eriksson (...)"

Anónimo disse...

Só posso dizer que continuo a discordar em larga escala, passando a citar:

- "Stepanov, Bolatti, Benitez, Guarin, etc. o Porto não acerta mais que o Sporting. quem dera ao Sporting poder desbaratar o dinheiro que o Porto desbaratou nesta gente. o Porto tem é uma margem de manobra maior para poder falhar. o orçamento deles permite-lhes falhar. o do Sporting não."

Por esta ordem de ideias o Purovic, Ronny(desbaratou-se o Tinga, grande médio), o Abel, o Rochemback, o Postiga, o Tiuí que custou quase 1M e estava desempregado, o Grimi, o Ricardo baptista, o Gladstone, enfim.

Isto já não é desperdiçar?

A única diferença é que no meio da m**da toda, o porto acerta e o sporting não. Porque? Porque tem um treinador incompetente, em parte.


- "já agora, antes de comparar o ordenado do Hulk com o do Postiga, convém é dizer que o Hulk custou ao Porto 5,5 Milhões de euros por metade do passe. informe-me lá qual foi a última vez que o Sporting teve disponibilidade financeira para ir buscar um jogador por 5,5 M euros/metade do passe - logo, 11 M, se se quiser o passe total."

Ridiculo uma vez mais.

Pela sua ordem de ideias, o SCP tem 2,5M para dar pelo Postiga(e ainda oferecer o Diogo viana) e pagar um ordenado 2 x superior, mas não tem mais 3M(o que custou o grimi) para dar 5,5€?

É que com o diferencial do ordenado, no fim do ano claramente o Postiga vai sair mais caro!

Mais uma vez o argumento do orçamento vai por água a baixo.

Em suma, o que diverge é que o porto investe menos mal, e o SCP investe de uma forma quase irracional.

E o responsável pela contratação de jogadores de futebol para a equipa do SCP é só um, que por sinal, volto a reforçar, é incompetente.

Mais, não faz qualquer sentido dispensar jogadores com qualidade superior aos que se tem no plantel.

Mas isto, vale o que vale.
A questão ultrapassa em grande escala a política de contratações do mestre bento.

Quanto ao futebol, está à vista de todos os adeptos.

A mediocridade assente no charuto para a frente, com o patrocinio do Polga, esse expoente do futebol brasileiro cuja especialidade é sem dúvida marcar golos, e acertar passes longos.

JL disse...

A legitimidade de JEB em eleicoes é inequivoca.

Venham agora os 10.000 que votaram nele as AGs aprovar o Projecto Financeiro, em vez de passarem o odioso para a minoria de maltrapilhos que vai as AGs todas e impede os referendos e a venda a retalho.

Nao é a minoria que tem que se dobrar, porque o voto (numas eleicoes ou numa AG é pessoal e demitido de outras consideracoes que nao a consideracao pessoal do que é melhor para o Clube). É a maioria que devera fazer valer, democraticamente, as suas regras.

Fica aqui o repto aos 10.000 Sócios que deram a cara por JEB. Aparecam mais, envolvam-se mais que uma vez por mandato. Com os vossos votos, a minoria fica manietada.

Agora este novo discurso sobre a minoria anti-democratica que nao respeita a maioria e pura e simplesmente ridiculo.

Dei o meu voto nas eleicoes. Na AG volto a ter outro. E dou-o como entender. Em democracia, é assim que funciona.

SL

franco foda disse...

Nem mais!

Muita gente contra a venda a retalho e os referendos votou Bettencourt.

São assuntos distintos. Uma coisa é eleger JEB para presidente, outra coisa é votar a favor de todas as aberrações que ele entenda levar a assembleia geral. Se voltar à carga com ideias tristes de referendos e VMOC para perdermos a maioria da SAD como querem Franco e Nobre Guedes, sou obrigado a votar contra.

SL

Anónimo disse...

não se enerve nem confunda números. nem vá buscar exemplos patetas como o Gladstone que veio emprestado ou o Ronny que veio depois de ter rescindido com o Corinthians. das duas uma: ou é má-fé ou puro desconhecimento.

na época passada, em Izmailov, Rochemback, Postiga, Caneira e Grimi, todos juntos (pelo amor de Deus, você até o Ricardo Batista vai buscar, que foi contratado para ser o 3º guarda-redes por 30 mil contos dos antigos, 150 mil euros), o Sporting gastou 9,5 Milhões de Euros. o Benfica, só em Pablo Aimar, gastou 6,5 milhões de euros. o Porto, só em Rodriguez (70% do passe), gastou 7 milhões de euros.

mas há mais: Tomás Costa, 3,2M; Sapunaru, 2,5M; Benitez, 1M; Mariano, 3M - e pronto, só nestes quatro jogadores, o Porto, que você diz que acerta muito mais que o Sporting (pudera), gastou mais.

se não consegue entender que aqui existe uma diferença grande em investimento, que isso se traduz em mais hipóteses de errar, você não consegue entender nada. e sim, alguns jogadores não renderam o que se esperava. mas queria muito ler a sua opinião na altura das contratações.

e sim, era preferível ter ido buscar o Cissokho e não o Grimi, era preferível o Nené e não o Tiuí, etc., mas acertar no euromilhões depois de as bolas saírem é sempre mais fácil e já vi que você, nessa matéria, é um especialista nato.

(a propósito, não me arranjou qual foi a última vez que o Sporting gastou num jogador 5,5 milhões por metade do passe, como custou o Hulk ao Porto.)

e Izmailov foi mal comprado? e Vukcevic foi mal comprado? e Derlei, que veio contra a vontade de boa parte dos adeptos, foi mal comprado?

(e do "excelente comunicador" Quique, não vamos falar mais? tenho tanta pena que se vá embora. "comunicava" tão bem.)

joão moura

João Pedro B disse...

Relativamente á politica de contratações, não vejo ninguém falar em alguns interesses que se sobrepuseram aos interesses do clube e que talvez justifiquem a contratação de jogadores de qualidade duvidosa.
Falando em comparações com o FC Porto, admito que não seja fácil fazer um plantel campeão, mas parece-me óbvio que é imperativo cometer os menos erros possiveis e sobretudo evitar disparates porque com as 2 épocas anteriores magnificas que Miguel Veloso efectuou, não havia necessidade de ir buscar Rochemback, que por sua vez também esteve envolvido em situações de indisciplina como todos se recordam. Ir buscar o Postiga para meter no banco o Vukcevic é algo que também não consigo conceber, portanto tivemos aqui dois disparates perfeitamente evitáveis.
O Paulo Bento continuo a afirmar, recusa-se a aprender com os erros, dando a ideia que se quer afirmar pela arrogância e teimosia.

Relativamente ao sr. Bettencourt, considero francamente que tem mais capacidades que Soares Franco, pior seria difícil, penso que isto seja unânime. Ficamos ontem a saber que apesar do slogan que criou no inicio da "campanha" afinal ainda não tinha falado com Paulo Bento.
Infelizmente estou convencido que os sócios continuam a ser iludidos e o meu maior receio é que o novo presidente não resolva os problemas graves que o Sporting tem, limitando-se a adia-los para quem lhe suceder. Acho fez uma campanha demasiado fraca, para mim foi mais uma contra-campanha, não apresentou ideias, Paulo Cristóvão foi acusado de demagogia por apresentar ideias (se não as tivesse apresentado, o que lhe chamariam?), teve o apoio de comportamentos nojentos por parte de alguma comunicação social e por fim ainda fugiu ao debate, e assim ganhou as eleições, isto só é possível no reino do disparate no qual este pais se tornou.
Ainda julguei que as declarações de Soares Franco, que nos últimos dias de mandato afirmou que o clube estava tecnicamente falido não favorecessem a lista de Bettencourt, ao que parece até isto pareceu desapercebido aos sócios, se tivessem dado mais tempo aquele senhor se calhar ainda se lembrava de vender a academia a ele próprio para a seguir vender os jogadores ao clube.

RG disse...

Caro amigo João Pedro...conte os jogos em que Postiga "roubou" o lugar ao Vuk e dps diga-me. Veja tb a qualidade das exibições do Rochemback e do Miguel Veloso e diga-me dps se realmente n era necessário mais um jogador para aquela posição.

Com os meios que temos tido temos de tentar escolher melhor e nem sempre o podemos fazer. Qts jogadores com qualidade acima da média se arranja ao preço de Tiui? Se me conseguir dar um nome....

Anónimo disse...

a partir de agr espero que este blogue volte a ser serio...

Vasco Barata

barata tonta disse...

Cala-te Vasquinho! Isto não é o Record da Bernardete.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...