sexta-feira, 31 de julho de 2009

Bobby Robson, 1933-2009

Muito doente e dependente de uma cadeira de rodas para se movimentar, já no fim de uma luta sem tréguas contra cinco cancros, o treinador inglês Bobby Robson, que entrou em Portugal pela porta 10A do Sporting para ser campeão no FC Porto, morreu aos 76 anos. O seu desaparecimento aconteceu depois de, no passado domingo, ter sido homenageado por 33 mil pessoas no St. James Park, estádio do Newcastle United, num jogo que visava angariar fundos para caridade.
Após anos de sucesso, nomeadamente com a vitória da Taça UEFA pelo Ipswish Town – que lhe valeu uma estátua na cidade... –, com o trabalho na selecção de Inglaterra e os títulos no PSV da Holanda, Bobby Robson conseguiu a proeza de ser despedido pela primeira vez na sua brilhante carreira só depois de passar a trabalhar em Portugal, onde chegou em 1992, para treinar o Sporting.
Nunca tinha sido alvo da chamada "chicotada psicológica" e acabou despedido em 1993-94, ainda antes do Natal. O presidente Sousa Cintra – que tinha o coração ao pé da boca e estava apostado em devolver títulos ao clube – despediu Robson depois de uma eliminação prematura da Taça UEFA, no confronto com os austríacos do Casino de Salzburgo, numa altura em que o Sporting ocupava o primeiro lugar no campeonato português! Uma decisão que seria impensável nos dias de hoje. E que continua, para muitos, ainda hoje, como um erro histórico no Sporting. Curiosamente, nesse ano, o Casino de Salzburgo, que ninguém conhecia de lado nenhum, acabaria por chegar à final da Taça UEFA, que perdeu para o Inter de Milão. Foi o único despedimento na carreira de Bobby Robson como treinador de classe mundial!...
Nessa época, Júlio Cernadas Pereira, "Juca" para os sportinguistas e para os adeptos do futebol, era o secretário-técnico leonino. Bobby Robson tinha como adjunto Manuel Fernandes, sendo José Mourinho – sim, o ex-treinador do Chelsea! – um jovem tradutor de inglês muito interessado em aprender... O resto da história confirma o erro de Cintra: Robson e Mourinho seriam campeões no FC Porto (abrindo caminho para o único pentacampeonato conquistado por um clube em Portugal) e rumariam, mais tarde, a Barcelona...

REACÇÕES À MORTE DE BOBBY ROBSON

José Eduardo Bettencourt (presidente do Sporting): “Foi um grande homem do futebol, reconhecido internacionalmente. Guardo uma excelente memória de um bom treinador e de um erro que acho que o Sporting cometeu naquela altura. Como foi reconhecido, aliás, posteriormente pelo presidente da altura, Sousa Cintra. Foi uma daquelas precipitações à Sporting.”

Sousa Cintra (antigo presidente do Sporting): “Era um homem conhecido pela verticalidade, personalidade e credibilidade que tinha no futebol. A sua morte não deixa de doer a todos, particularmente a mim que o trouxe para Portugal. Sempre tive boas recordações dele, não obstante de o ter despedido, decisão que sempre me arrependi.”

Manuel Fernandes (treinador-adjunto de Bobby Robson no Sporting):
“É como se tivesse morrido um familiar. Foi uma pessoa que me ensinou muito e que tinha forma extraordinária de estar no futebol. É uma perda muito grande para o Desporto mundial.”

José Mourinho (tradutor de Bobby Robson no Sporting e seu treinador-adjunto no FC Porto e Barcelona): “Bobby Robson é daquelas pessoas que não morrem, não tanto pelo que fizeram na carreira, por uma vitória a mais ou a menos, mas por tudo o que souberam dar a quem, como eu, teve a sorte de os conhecer e caminhar ao seu lado.”

13 comentários:

Lionheart disse...

Sim, um erro histórico, porque com Robson estavam Manuel Fernandes, que representava a cultura sportinguista e tinha o conhecimento do futebol português, e um jovem treinador Mourinho, que poderia vir a ter um grande futuro no Sporting. Nunca saberemos se Mourinho teria a mesma evolução no nosso clube e se nele seria tão marcante como nos clubes por onde tem passado. Todavia, o erro foi tanto maior por ser Carlos Queiroz, o maior barrete do futebol português, a substituir Robson e seus companheiros.

De resto, é muito infeliz e oportunista a expressão "precipitação à Sporting" de Bettencourt. Infeliz porque associa o nome do clube a um erro de Sousa Cintra. Oportunista porque aproveita a morte de Robson para continuar a defender um treinador incompetente que não chega aos calcanhares do Robson ou Mourinho. Além disso, apesar do erro final, Cintra teve a coragem e o engenho de contratar Robson, o último treinador de classe mundial que treinou o Sporting. O que é mais que alguma vez o "projecto" conseguiu neste capítulo. O mal do "algarvio" foi ter dado ouvidos a alguns "notáveis" que andavam "embeiçados" pelo "professor" e danadinhos para o meter em Alvalade. A falta de "know-how" e o mau aconselhamento não compensaram a vontade de vencer do Cintra. Vontade que já nem está presente no Sporting, tal a queda no grau de exigência, portanto o JEB devia era lavar a boca quando fala no Bobby Robson ou no Sousa Cintra.

Ricky_cord disse...

Definitivamente era um grande senhor do futebol mundial como já há poucos. Sousa Cintra agora já se diz arrependido de o ter despedido. Mais vale tarde que nunca.

Vamos a Eles disse...

O nosso melhor treinador dos ultimos 20 anos!

Descanse em paz Sir Bobby Robson.

PPA disse...

RIP Bobby Robson

Era bom Homem e treinador.
Perdemos pelo menos um campeonato por o termos mandado embora.

P.S.: Por favor retira a foto em que o Senhor está debilitado.
Fiquei impressionado.

Rui Moura disse...

Desculpe o que vou dizer, amigo, mas a citação do Sousa Cibntra é uma afronta ao Robson. O que Cintra fez foi uma vergonha sem ética nem competência e sem precedentes! Jamais perdoarei a Sousa Cintra tão irresponsável decisão e a Queiroz tanta incompetência futebolística. Sousa Cintra trouxe-o para PT?!?!?!?!... Citá-lo só se fosse para ele dizer que cometeu uma das piores espécies de erros que lesou gravemente o Sporting até aos dias de hoje!

Desculpe, mas estive em Alvalade nos 6x3 e ainda tenho trauma.

Abraços Leoninos!

Gnitrops disse...

Um gentleman do futebol...

Que descanse em paz.

RFM disse...

Um Grande Senhoir do FUTEBOL e acima de tudo um Gentleman.
Que DEUS o tenha num bom lugar.

NB. Sousa Cintra reconheceu à muito o erro histórico (Tiro-lhe o Chapéu..vê-se logo a humildade dele que é filho de gente humilde), foi na conversa dos Jornalistas da treta que fizeram ou faziam do Queirós um Artista,mas afinal a saga continua.
Uma Tristeza...continua a ser um candidato a treinador de futebol, continua a enganar muita gente e a Ele mesmo.

Caro Rui Moura
essa dos 6x3 foi a maior vergonha. Se fosse homem e com vergonha demetia-se de imediato, mas o que Sanatana Lopes lhe arranjou também foi bom. Pelos vistos a moda pegou nos contratos com ele. Agora se FPF se quiser livar-se dele é mais uma pipa de massa. E assim vai cantando e rindo com os palecos.
No entanto os Bolas, Records, Jogo etc. fazem sempre vista grossa com ele. Caíu em graça..

FSS disse...

Caros,

Lamento a morte do Sr. mas acho uma hipocrisia ou idiotice estarem a faze-lo melhor do que ele realmente era.

Sim, sem dúvida que o seu despedimento foi algo de mal feito não tanto pela substituição em si mas pela falta de tacto e de oportunidade. Por um lado estavamos à frente no Campeonato mas por outro lado as eliminações com o Grasshopers e com o Casino Salzburg e a derota em casa contra o FCP/Calheiros -esta última injustamente- tinham deixado muita gente com pó ao homem.
O despedimento pode ter-nos lixado o campeonato não porque Queirós seja melhor ou pior mas porque se não fosse isso Cherbakov não teria tido o acidente.

Adicionalmente nesse ano o único jogo com os grandes em que não fomos roubados decisivamente foi o dos 3 a 6.
Mas mesmo assim esse jogo doeu-me mais, não pelo score mas por comprometer o campeonato por que haviamos lutado como não conseguiamos há anos.

Achar que Robson era melhor que Queirós é aceitável.
Achar que Robson era o maior e Queirós era uma porcaria, é ser parvo.

Em minha opinião o Sporting melhorou com Queirós.
Alias quebramos o jejum com uma tacita em 95.

Convem lembrar que Mourinho e Robson são os autores da maior trampa que já jogou nos relvados portugueses: a equipa do FCP de 1994/95 em que o guarda redes não sabia que não se podia usar as mãos fora da área e o resto da equipa não sabia que o objectivo era acertar na bola e não no adversaŕio.
Bem sei que essa equipa foi campeã mas certamente não foi melhor que o Sporting de Queirós.
Porra, eu percebi que o Porto ia ser campeão essa época quando o Vitor Baia em santo Tirso trava com as mão fora da aŕea uma jogada de avançado isolado e não é expulso. Isto apesar de o avanco do FCP para o Sporting ser pequeno e ainda faltar muito campeonato.

Tentem imaginar o que se diria do grupo de trabalho se esse tipo de asneiras se tivessem passado no Sporting ou no Benfica e não no FCP ( cujos jogadores não viam cartões vermelhos )....


A grande virtude do FCP particularmente nessa época não era errar menos que SCP ou SLB, era ter uma margem de erro maior.

Ora é muito mais fácil evoluir quando se pode errar.
Por isso esqueçam. O Mourinho seria um décimo daquilo que é sem o FCP e os seus métodos desonestos.

O Sousa Cintra devia falar menos.

Saudações Leoninas
FSS

Pai da Leoa disse...

http://www.tvi24.iol.pt/sporting/sporting-twente-champions-arbitro-maisfutebol/1079202-1457.html

tiagomfc disse...

gosto muito deste blog.ta fantastico,ja agora visita o meu,é o sporting sempre.

Fábio Pio Dias disse...

Sem dúvida um SIR na verdadeira ascenção da palavra!
Um campeão que partiu,mas partilhou o conhecimento,e se o José Mourinho é o que é hoje deve-o a este vencedor que lutou nestes últimos anos um jogo que não consegui vencer!

Abraço

Pulha Garcia disse...

O inesquecível Sousa Cintra. "...não obstante de o ter despedido" ... está tudo dito.

Phil disse...

duas correccoes... robson foi despedido quando comecou a carreira no fulham. depois segui-se a saga em portman rd que levou o ipswich a terminar em segundo, ganhar uma taca inglesa e a uefa. tambem nao foi o unico despedimento porque depois de levar o newcastle de ultimo a europa e depoois a champions , com um 4o e 30 lugar nfoi despedido e substituido por... sounness. algo que shephard presidente do newcastle na altura tambem ja se referiu como maior erro.
'
muitos pontos em comum temos nos com um clube que agora ta na segunda....

sim grashoppers e casino. mas nao este homem era um genio e visionario de futebol e a historia ha muito o provou!

ipswich clube mediocre de bairro ganhou tudo menos o campeonato e teve a minutos de o fazer!

psv-romario mais ganhou tudo... inglaterra a um penalty da final em italia e a uma mao roubada das meias em 86.

porto...
barca ganhou taca, taca das tacas e trouxe o ronaldo!
newcastle ja mencionei em cima!

eis a carreira do maior monstro do futebol que tive o prazer de ver na cadeira de fogo de alvalade!!!

abraco a todos e viva o sporting

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...