terça-feira, 28 de julho de 2009

Sporting regressa à formação de portugueses

O nigeriano Rabiu Ibrahim será uma excepção entre várias apostas falhadas em jovens brasileiros e africanos

Reconhecido como um clube formador, com grande sucesso há mais de 30 anos, mesmo quando não tinha condições de trabalho, o Sporting foi pioneiro, entre os clubes portugueses, ao lançar-se na procura de jovens talentos em África e no Brasil para as suas camadas jovens. A ideia, megalómana e perigosa, seria potenciar o trabalho interno à escala global, o que, teoricamente, aumentaria as hipóteses de formar um maior número de grandes craques. Mas só teoricamente.
A verdade é que, alguns anos depois de uma aposta iniciada já neste século pela Sporting SAD, o balanço é desolador. Hoje, ninguém sabem onde páram jogadores como Yannick Pupo, Alison Almeida ou Luiz Paez, entre outros futuros "ronaldinhos" e afins. Ronny, que veio do Brasil para os juniores de Alvalade juntamente com Pupo, também deixou de fazer parte dos planos dos responsáveis pelo futebol leonino.
Numa política muito discutível, porque compromete o jovem futebolista português, fazendo da Academia do Sporting um entreposto de jogadores vindos de todo o mundo, ao serviço dos empresários e das suas negociatas, matando assim a essência da formação e, a prazo, pondo em causa a sobrevivência da própria selecção portuguesa, o plano de internacionalização da academia leonina ainda mantém alguns estrangeiros em Alcochete. A última equipa de juniores integrava argentinos, brasileiros, africanos e, até, um norte-americano. Não consta que nenhum tenha sido aproveitado para a equipa principal. Resta o mais famoso dos jovens que o Sporting acolheu pensando em ganhar uns milhões um dia mais tarde: o nigeriano Rabiu Ibrahim, sobre quem são depositadas enormes esperanças.
A conclusão é que, do trabalho feito nos últimos anos e do investimento realizado, não tem havido resultados. E tem descido o índice de aroveitamento dos jogadores recrutados na equipa de juniores. Muitos dos estrangeiros que taparam os lugares de outros tantos portugueses acabaram por deixar o Sporting pela porta do cavalo. Convém ainda lembrar que, na temporada finda, pela primeira vez nos últimos sete anos (e pela primeira vez depois da entrada em funcionamento da academia), o Sporting não ganhou nenhum título nacional nos escalões de formação...
Segundo noticia o jornal "i", o Sporting prepara-se para mudar a sua política ao nível da formação, concentrando o seu investimento na prospecção em território nacional. É uma mudança estatégica que se saúda. Se o Sporting se tornou famoso a formar jogadores portugueses e só registou falhanços nas apostas em jovens estrangeiros, por que é que iria agora insistir num erro?...
Deixem o FC Porto pelo Brasil e em França. Deixem o Benfica entretido com os jovens craques do Brasil e de África. Se o Sporting apostar só nos jovens portugueses, estará no caminho certo. Um caminho, de resto, descoberto há muitos, muitos anos. Além disso, a aposta no jovem futebolista português é mais barata e a probabilidade de sucesso, como a história sportinguista tem provado, é muito maior.

18 comentários:

Anónimo disse...

? então e a formação em Angola e Africa do sul e porventura outras que sejam possiveis???

scontro disse...

Cada vez gosto mais de cá vir.

Parabéns, LdE, pelo blog e pela coragem de meter o dedo na ferida. Nunca desarme nem se vergue sob o poder do cifrão.

CONTRA O FUTEBOL MODERNO!

boatosdofutebol.blogspot.com disse...

Tens "fontes seguras" no mundo do futebol? Tens imaginação e sentido de humor?
Vem participar nos boatosdofutebol.blogspot.com
Porque o futebol também é para rir.

Anónimo disse...

Excelente, se bem que vamos abrir uma academia na áfrica do sul.

ACF disse...

"A última equipa de juniores integrava argentinos, brasileiros, africanos e, até, um norte-americano. Não consta que nenhum tenha sido aproveitado para a equipa principal."

Os Argentinos de que fala ainda têm 2 anos de formação pela frente, como tal seria impossível terem já sido aproveitados pela equipa sénior.

Relativamente ao Norte-Americano, também ele ainda lhe resta um ano de formação (2º ano de Junior).

"Resta o mais famoso dos jovens que o Sporting acolheu pensando em ganhar uns milhões um dia mais tarde: o nigeriano Rabiu Ibrahim, sobre quem são depositadas enormes esperanças."

Quem é que deposita grandes esperanças neste jogador? Duvido que seja assim tanta gente. Pode ser que sim e pode ser que não, mas está longe de ser uma certeza.

"Segundo noticia o jornal "i", o Sporting prepara-se para mudar a sua política ao nível da formação, concentrando o seu investimento na prospecção em território nacional."

Não é verdade. Conheço vários africanos e brasileiros que vão entrar esta época após alguns meses à experiência.

"Deixem o FC Porto pelo Brasil e em França. Deixem o Benfica entretido com os jovens craques do Brasil e de África. Se o Sporting apostar só nos jovens sportugueses, estará no caminho certo."

Nem tanto a mar nem tanto a terra. Há portuguese mediocres e há estrangeiros mediocres. Interessa é serem bons, se forem portugueses ainda melhor.

Anónimo disse...

É na formação que está e sempre esteve os segredos do susseso

Tornou-se visivel que o nosso clube fói e é forte nesta area,só que os dirigentes não tiraram os máximos dividendos e glória para o clube porque sempre ouve o dirigismo mediucre e bacoco tal como fazem os nossos rivais na sua formação? que acabam por ter equipas totalmente feitas com estrangeiros ou na melhor das hipoteses jogam 3 Portugueses no Máximo
O futuro é mesmo a formação.
é uma forma de combate ao despezismo e é a soloção mais lucrativa que á no futebol.
É só preçiso ter bons dirigentes e não OPORTUNISTAS que arrastam os clubes para o ridicolo

Anónimo disse...

A JEB a coragem para acabar com o loby que encaixa milhões usando o nome do Sporting. Já é tempo de acabar com as manobras enganadoras do homem invisível. Alguns ficam a berrar, mas quem ganha é o Sporting e isso é o mais importante.

Alexandre disse...

De um Portista

Boa Sorte para logo à noite.

hjssp disse...

O que deveria ser uma excepção corre o risco de se tornar uma regra. Concordo que em Portugal se devia promover a formação de portugueses, mas também é uma boa ideia criar academias noutros países, com o Sporting a ter direitos preferenciais sobre os formandos. No entanto, o LdE tem uma frase polémica e injusta: "tem descido o índice de aroveitamento (sic) dos jogadores recrutados na equipa de juniores". Ora bem o Sporting este ano tem no seu plantel sénior os seguintes jogadores formados na Academia nos últimos 4 anos (deixa ver se me lembro de todos): Patrício, André Marques, Carriço, Veloso, Adrien, Pereirinha, Moutinho, Djaló e Saleiro. Nove. Não quero arriscar, mas duvido que alguma equipa de alta competição no mundo tenha tantos jogadores formados no clube como o Sporting. Obviamente, dos 20 e tal jogadores que passam todos os anos de junior para senior, nem todos têm lugar no plantel principal.

P.S.: E que é feito daquele miúdo que era filho de pais romenos e que até o Chelsea e o Benfica (mas qt a estes não é novidade) tentaram roubar ao Sporting?

Anónimo disse...

"Deixem o Benfica entretido com os jovens craques do Brasil e de África."
Discordo, o benfica não aposta nestes mas sim na sua claque não legalizada sediada em pleno Estádio Luz. arranja-se meia dúzia de calhaus, Arnaldo Marques da Silva incluído, e os campeonatos estão no papo.

Ps - Há uns anos circulavam pela net fotos da comitiva que acompanhou o benfica a barcelona, um dos acompanhantes era Arnaldo Marques da Silva. se alguém souber do paradeiro

João Pedro B disse...

De acordo com o jornal "A Bola", o Enakarhire encontra-se actualmente sem clube, será que não faria falta a nossa defesa ?

Gnitrops disse...

O que o ACF disse é que está correcto.

Não basta falar por falar...tem que se falar com conhecimento de causa.

Eu não me importo que venham estrangeiros para as camadas jovens, desde que os mesmos sejam mais-valias.

SL

disse...

Então querem continuar sem ganhar nada quantos mais anos?

LEÃO DA ESTRELA disse...

Caro hjssp:

Sobre o índice de aproveitamento dos jogadores ex-juniores. É evidente que tem descido. A propósito: diga-me qual ou quais os juniores da época passada que ficaram no plantel principal. E, já agora, da equipa de juniores de 2008-2009. Obrigado!

ravaroni disse...

lde quanto a este ultimo comentario:

ja foi dito pelo PB que para dar uma certa estaleca e tambem para evitar o estancamento competitivo dos jogadores, os juniores que assinem contrato profissional pelo Sporting joguem num primeiro ano num dos clubes semi-satelite da actual II divisão (casa pia ou real massama) e dependendo da sua evolução passem num segundo ano ou para o plantel do Sporting ou para uma equipa da Liga de Honre.

Esta opção faz todo o sentido porque por um lado da-se jogos e experiencia (nem que seja levar umas traulitadas de uns caceteiros), e por outro lado ao se confrontar os ex-juniores com realidades nao tao simpaticas com a do sporting permite-se-lhes dar um contacto maior com a realidade do futebol senior.

Quanto aos insucessos de ex-juniores estrangeiros, repare-se que trata-se quase so de casos de jogadores que chegam para jogar no ultimo ano de juniores. ora num ano nao se aprende tudo.

Se as captações forem feitas em idades mais jovens (como foi feito no caso do rabiu - considerado melhor jogador sub-17 mundial pela fifa ha dois anos - ou do quintulen) pode ser que a probabilidade de sucesso aumente.

estrangeiro/portugues não são sinonimo de qualidade ou falta dela

hjssp disse...

LdE, nenhum, o que não significa que o Sporting não aproveite os juniores. Nem todos conseguem pegar de raiz no plantel principal e por vezes é preferível rodá-los num clube de menor dimensão para realmente se ver se têm o que é preciso para ser jogador do Sporting. Veja-se o caso do André Marques: estreou-se em 2005-2006, rodou os anos seguintes e agora regressa ao Sporting.

Anónimo disse...

O Futebol de Formação do Sporting é uma introgisse,com Rabius fora da idade como é apanágio no clube ao longo de várias décadas.
Quais os jogadores fora da idade foram aproveitados?NENHUM!
Para ganhar campeonatos jovens para satisfazer egos dos senhores feudais

Anónimo disse...

No comentário anterior faltou referir os nomes de alguns "jovens" que ganharam títulos nas camadas mais baixas.
Comboios,Lineus,ZinhosDjões,Angelos,Baltazares,Laus,Lólós,Etc,etc,etc.
E agora quase todos os africanos trazidos ao molho.
QUANTOS APROVEITADOS?QUEM SÃO OS RESPONSAVEIS?ASSUMAM-SE

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...