sexta-feira, 14 de agosto de 2009

A confraria da bola

Já passou, mas a verdade é que José Eduardo Bettencourt meteu os pés pelas mãos ao ter feito aquelas declarações elogiosas sobre o rival Benfica. Prova disso é que, no dia seguinte, para gerir os danos, adoptou uma posição humilde, justificativa e muito tolerante, ao ponto de ter considerado que cada sportinguista é livre de interpretar o que ele diz como melhor entender: "Os sócios têm sempre razão. A mim compete-me dar os sinais adequados nas direcções correctas. A interpretação é livre e eu tenho as minhas interpretações e sei os sinais que devo emitir a cada momento. É isso que espero continuar a fazer, sendo bem ou mal-interpretado."
O mais extraordinário, porém, é que nos jornais desportivos não tenham faltado comentadores encartados a tecer os mais rasgados elogios a José Eduardo Bettencourt, pelo “arrojo de uma modernidade estranha ao mundo do futebol”, nas palavras do director de “A Bola”, Vítor Serpa, que, em editorial, confessa não saber se Bettencourt “terá suficiente força para fazer prevalecer a sua personalidade”, no meio de tantos “fariseus” (sportinguistas, presume-se), que espera que “a modernidade triunfe sobre a pobreza franciscana” e que considera que o futebol do Sporting tem conseguido nos últimos anos “o superior milagre da multiplicação dos pontos”. Ou seja, nas doutas palavras do director de “A Bola”, o Sporting está muito bem como está, o seu futebol está a fazer milagres e os seus jogadores não podem dar mais do que têm dado. Eis a “bíblia do benfiquismo” a promover a teoria do miserabilismo leonino...
Santos Neves, na sua coluna de opinião, igualmente em “A Bola”, começa por elogiar Bettencourt por este ter dito que “Paulo Bento é vítima de uma campanha”. Num texto onde Neves termina dizendo que “esta será a época do tudo ou nada para Luís Filipe Vieira e para o Benfica, não para José Eduardo Bettencourt e para o Sporting…” O terreno para mais um título (provavelmente a perder pelo Sporting) começa a ser preparado desde cedo…
No “Record”, foi o director-adjunto António Magalhães a interpretar Bettencourt talvez como Bettencourt gostaria de ser interpretado (ainda dizem que o Sporting não tem boa imprensa...). Assim, na opinião de Magalhães, os elogios ao Benfica teriam sido uma forma de o presidente do Sporting aumentar a pressão sobre a equipa benfiquista libertando a mente dos jogadores leoninos. Como diz Bettencourt, "a interpretação é livre".
Também em “O Jogo”, o mesmo ângulo de observação das polémicas declarações de Bettencourt, com o jornalista João Sanches, apontando o caminho da “formiguinha” como uma fatalidade leonina, pois só Benfica e FC Porto poderão ser as “cigarras” que investem mais e melhor nas suas equipas de futebol. No fundo, mais um elogio a Bettencourt, mais um elogio à estratégia do coitadinho e da falta de ambição que retira o Sporting do caminho do título nacional, vai para oito anos. Em Alvalade ficam todos contentes porque esta ladaínha inspira uma certa credibilidade junto da massa adepta (que só se pode manifestar no estádio perante o futebol mal jogado) e fortalece o seu poder como portadores da única via possível para gerir o clube.
Há um traço comum em todas estas análises: para os seus autores, o Sporting, como clube, é uma coisa secundária e até dispensável, devendo, por isso, continuar o caminho traçado. Até porque, também dizem eles, não há outro caminho a seguir. Com mentiras assim, esta confraria da bola vai mandando nos clubes portugueses, criando uma corrente de opinião dominante e fabricando maiorias eleitorais que jamais existiriam se houvesse liberdade.
No caso do Sporting, a confraria tem promovido uma mediocridade (dentro e fora do campo...) que, de forma lenta, mas gradual e segura, está a dar cabo do clube português que mais poderia atrapalhar o Benfica e o FC Porto (sobre quem, note-se, ninguém fala em dívidas ou constrangimentos financeiros). De resto, é curioso que o Sporting seja altamente elogiado por gastar pouco e por não ter grande ambição, e que Benfica e FC Porto não sejam criticados por gastarem muito e terem ambição... Além disso, ninguém questiona por que motivos o Sporting anda a apertar o cinto há uma série de anos, sem que se vejam consequências dessa poupança nas contas do clube. Pior: parece que as dívidas continuam a aumentar...
Eis um assunto para José Eduardo Bettencourt reflectir e tentar resolver. Porque vir para a praça pública queixar-se de alegadas campanhas contra Paulo Bento (não serão os sportinguistas que estão a ser vítimas de uma má campanha da equipa de futebol?...) ou tecer elogios à estratégia do Benfica não será, certamente, o melhor caminho...

14 comentários:

Pedro Nogueira disse...

Também tenho reparado nisso. Parece que nos querem tomar por parvos. Chega a ser insultuoso. Mas o pior sinal nem aparece neste post - melhor assim, a quem não merece atenção - o elogio de João Gobern a JEB no "Record". Então a esse caiu que nem ginjas, depois do seu prognóstico de 55%/45% de favoritismo para FC Porto e Benfica respectivamente.
Acredito que não irá muito longe o jornalismo encartado. O Sporting é tão grande que acabará por por-los no seu lugar. Ganhando ou perdendo...

SL

Cœur de Lion disse...

Alguem me consegue explicar como é possivel que uma empresa que patrocina a Liga tambem possa investir 40 milhões de euros repartidos em 10 anos numa équipa que disputa essa mesma Liga? Ha qualquer coisa de podre, ou então é por estar no estrangeiro que não consigo ver bem a legalidade da coisa.

Dezperado disse...

Epá preocupem-se é em ir ao estadio apoiar o Sporting, em vez de passaram a vida a criticar tudo e todos. Parece que gostam de novelas e as declarações do JEB vai ser conversa até ao fim da temporada. Pode ser que tenham "azar" e ainda tenham que agradecer o título ao JEB e ao PB. Saudações leoninas.

Sadeek disse...

Leão...ele ter elogiado o Benfica não me choca. Se estão a jogar relativamente bem....se puxam os adeptos....porque razão nao se há-de elogiar? Por serem o benfica? Não nos portemos como umas virgens ofendidas que não somos.

O que me choca é esta protecção ao Paulo Bento (que é um treinador muito bem pago e que não me parece que tenha também apresentado resultados tão por aí além). Metam as taças e os segundos lugares lá onde o sol não brilha. Quem joga melhor tem muito mais possibilidades de ganhar. E nós, verdade seja dita, com esta equipa (que se conhece há quatro anos) temos provavelmente apresentado um dos piores "futebois" que me lembro de ver em Alvalade! Dizem-me que é pré-época...que a coisa melhora lá para a frente. E eu respondo que isso seria mais ou menos válido se fossem um grupo de 24 jogadores que não se conhece de lado nenhum. Aqui podia faltar pulmão mas a qualidade tinha de aparecer...

Não se augura nada de bom...no entanto...para que alguns não fiquem ofendidos....saibam que continuo a ir a Alvalade e a apoiar a equipa. Não me peçam é para elogiar o que não é elogiável...

ABRAÇO

B14 disse...

Concordo com o dezperado. Acho que nos devíamos preocupar mais em comprar a gamebox e ir ao estádio apoiar a equipa.

Estes fedivers só servem para criar divisões na nossa família Sportinguista.
Continuo a não entender tamanha indignação com as palavras do JEB. Já nem falo do disparate que foi alguém dizer que JEB devia escusar-se a pronunciar a palavra BENFICA, por me parecer demasiado aberrante, mas que mal tem dizer que é bom para o Benfica ter 60.000 pessoas no estádio???... é mentira??? Foi talvez uma forma de picar os verdadeiros Leões a comparecer em Alvalade!!!! Se calhar os sportinguistas muito indignados, são os mesmos que, ao ficarem em casa, contribuem para os números da assistência em Alvalade... essa é que essa!!!
E não me venham com a história que o treinador é teimoso, ou que o jogador A ou B é uma merda... pq eu vou lá SEMPRE quer o Sporting jogue mal ou jogue bem, e perdoem-me a falta de modéstia, mas é de Sportinguistas assim que precisamos. E não daqueles que estão mais preocupados com o Benfica, com o Porto ou com o Cascalheira de Cima...

Saudações Leoninas

pedro disse...

O Sporting está perdido ...

Balakov10 disse...

A questão da "boa" imprensa para esta travessia do desrto sinceramente não me surprende. O que me surpreende são os sportinguitas que não vejam coisas que estão à vista de toda a gente:
mau futebol, maus diringentes, fraco treinador, jogadores sem categoria, passivo que, apesar das "contenções", continua a engordar... Faz-me lembrar a história do senhor de Gondomar que oferecia electrodomésticos em troca de votos, aos sportuinguistas (alguns) oferece-se "balelas" e palmadinhas nas costas em troca de apoio e manutenção do status quo vigente.

Pedro Davidson disse...

Oh Balakov10, não perceo como pode criticar um dirigente que esá lá como presidee há cerca de dois meses. Até agora não me parece que tenha feito algo de errado. Manter o Paulo Bento foi errado? Temos que ter os pés assentes na terra e na altura em que se realizaram as eleições o mais lógico era manter o treinador por causa da preparação da época que se avizinhava.

Concordo que com o Paulo Bento raramente o espectáculo é bom, mas para lém do espectáculo só o posso criticar por ter perdido uma Taça da Liga para o Setúbal. Comparem jogador a jogador com os outros 2 grandes e digam se ele pode fazer mais.

A maior parte dos jogadores do Porto tinham lugar de caras no Sporting e acham que algum do Sporting tinha lugar no 11 do Porto.

Provavelmente jogar para o espectáculo com esta equipa poderia ser o suicídio.

Força Sporting!

Não tenho Gamebox porque sou de Aveiro, mas fui ver o jogo de apresentação e o do Twente e vou de certeza ver Fiorentina e Braga independente do resultado com o Nacional.

http://balakov10.blogspot.com/ disse...

Perguntas ao cario Pedro Davidson:
Há quantos anos está JEB na estrutura o SCP?
Há quanto tempo o futebol do Sporting não entusiasma?
O que é que Paulo Bento já provou (para além de ser uma pessoa séria?)
Se a equipa não é melhor é porque não sabem escolher (vide os Cisokos desta "vida"), ou não?

Giorgio Armando disse...

Vou ser parolo:
Força PB e JEB.
O vosso contributo irá fazer feliz 6 milhoes de portugueses ou então meia duzia de murcoes...

Acham mal????

João Pedro B disse...

"A maior parte dos jogadores do Porto tinham lugar de caras no Sporting e acham que algum do Sporting tinha lugar no 11 do Porto."
É precisamente este discurso de inferiorização que me altera.
Mas que raio de mentalidade é esta ??

Pedro disse...

Pessoalmente, aceito perfeitamente um elogio a um rival suportado em factos que pessoalmente concordo:

- Qualidade da equipa
- Capacidade de mobilização com sequencia do ponto anterior.

Aquilo que de facto é chocante é sentir que se elogia nos outros aquilo que internamente não se está a fazer, por mera opção de gestão, ou infelizmente, por desespero de tesouraria.

A questão do desespero financeiro que o nosso clube vive poderá não ser resolvida de forma simples, mas esse facto não pode ser a razão para decretar a "lei da rolha" nos adeptos que não concordam com o actual estado quase de lógica inquisitória a que assistimos, onde quem critica aquilo que de forma alguma pode ser elogiavel, ser transformado em "conspirador", "desestabilizador" que seja alguém que deseje o mal do SCP.

Não aceito que estejamos na situação financeira que nos encontramos e que, ao mesmo tempo:

- Tenhamos feito um significativo esforço financeiro há 1 ano atrás pela renovação do Pipi Romagnoli e agora pura e simplesmente rescindamos contrato, não vendo qualquer recompensa financeira.

- Tenhamos de ver o Stoikovic fazer uma mais uma grande exibição como titular indiscutivel pela selecção da Sérvia (Africa do Sul). Podemo-nos dar a este luxo de não ter nem retorno financeiro e/ou desportivo?

- Esperar 4 meses por uma tardia decisão médica que impossibilita que um jogador chave da equipa perca cerca de metade da época, sem qualquer responsabilização por mais este enorme prejuizo desportivo

- Não se exija muito mais competencia de uma equipa técnica que é responsável, ou, no minimo, co-responsável pela miseravel situação que apresenta a equipa de futebol. É que não sei se esta direcção já se apercebeu que a competência, dá dinheiro, dá militancia, dá negócios e dá aquilo que é mais importante:

Sucesso Desportivo!

nota: completamente de acordo com a opinião do Sadeek

abraço,

Pedro

Mirko disse...

Giorgio Armando

Podes ser parolo na terça-feira e junta-te aos adeptos do Sporting que vão apoiar o clube .

Vou ser parolo:
Nos contamos contigo Armando Jorge e com todos os que queiram ir apoiar o GRANDE SPORTING!!!!!

PS : Finalmente concordo com um comentario do João Pedro B

SL

Anónimo disse...

Não é preciso eles fazerem força... Basta a nossa equipa jogar como vimos hoje...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...