terça-feira, 11 de agosto de 2009

O aristocrata falido

Quatro anos de pancada nos responsáveis do Sporting, incluindo Soares Franco e Paulo Bento, deixaram-me com medo de morder a própria língua. De maneira que foi de coração aberto que rumei na semana passada a Alvalade, para assistir ao Sporting-Twente.
Sim: eu sabia que o miserabilismo das épocas anteriores se mantivera durante a elaboração do plantel para a nova temporada. Sim: eu já percebera que isso de José Eduardo Bettencourt ter começado a apelar à emoção representava apenas uma mudança de discurso, não de políticas. Sim: eu não tinha qualquer ilusão quanto à possibilidade de um grupo de jogadores que há dois ou três anos se vinha mostrando desprovido de génio e de força ter, entretanto, engolido a poção mágica de Astérix. Mas esperava, pelo menos, alguma ambição. Alguma vontade, algum empenho – algum, vá lá, do sonho cultivado pelos sócios que se deixaram encantar com a nova linguagem oficial. E não o encontrei.
Não o encontrei nem vou encontrá-lo. Escrevo antes de concluída a pré-eliminatória da Liga dos Campeões, mas sei que nem uma vitória esmagadora na Holanda mudaria o que quer que fosse. Eu li os jornais do defeso e vi os jogos da pré-época. Mais do que isso: eu tenho muitos defesos e muitas pré-épocas acumulados na memória. E sei duas coisas. A primeira é que o Sporting não tem jogadores: não tem um lateral que seja, precisa de pelo menos um central de categoria, não pode dispensar uma solução suplementar para cada uma das alas – e, de resto, quanto ao ataque, ainda vamos a ver o que vale Caicedo. A segunda, e muito mais importante, é que o Sporting não tem desejo. Tanto colectiva como individualmente, virou uma coisa penosa: um monte de gente a quem disseram que era preciso meter um golo, mas que não chega sequer a perceber porque é que isso de meter um golo é tão importante.
Quem olha a partir daqui, início de Agosto, são mais nove meses iguaizinhos aos últimos anos: frustração atrás de frustração, um ou outro brilharete para disfarçar, mais frustração atrás de frustração. E, tanto quanto posso prever, ainda bem que Jorge Jesus já não está no Sp. Braga, que assim sempre temos a corrida ao terceiro lugar menos dificultada.
Obama pode anunciar o fim da crise quantas vezes quiser: a crise do Sporting, aquela que é sua e de mais ninguém, continuará. Porque não é económica, é estética. O Sporting que esta dinastia inventou apaixonou-se pela imagem do aristocrata falido. Acha-a charmosa, até elegante, seguramente superior. E cultiva-a. Não contrata jogadores nem se mistura com quem os contrate. Se pudesse, inventava mesmo um campeonato só para si: um campeonato em que seria sempre campeão e último classificado ao mesmo tempo – um campeonato, aliás, em que não haveria campeão nem último classificado, apenas um grupo de garbosos rapazes que dão sempre o seu melhor, mas que, de qualquer maneira, um dia destes vão ter de acabar com a brincadeira, pois há muitos negócios para gerir.
Sim: José Roquette e Dias da Cunha e Filipe Soares Franco e José Eduardo Bettencourt e a maioria dos senadores que os acompanharam ao longo destes quinze anos não fizeram outra coisa senão transformar o Sporting naquilo que ele havia conseguido evitar ser durante décadas: um clube de queques. Um country club orgulhoso do seu ténis e do seu golfe e do seu bridge, mas persistentemente derrotado ao ténis, ao bridge e ao golfe por esses clubes arrivistas que nunca perceberam o que significam o ténis, o bridge e o golfe e se põem, tontos, a cultivar o mérito, essa estúpida mundanidade.
No meio, está Paulo Bento. Contente, talvez até orgulhoso, o que é o mais triste de tudo. No country club onde trabalha, não passa do professor de ténis – e ao professor de ténis de um country club, já se sabe, não resta outro destino senão ser desejado pelas senhoras e, no fim, exemplarmente castigado pelos homens. Cá em baixo, entretanto, espera-o a massa informe. Os sócios. A princípio, haviam-no visto como uma esperança: um de entre eles que, a certa altura, é chamado ao convívio do Olimpo. Mas foi ele o rosto da derrota e do desespero – e o seu corpo há-de ser arrastado pela vila, a reboque de uma carroça. E, então, os senadores voltarão a receber a aclamação do povo, que no fundo nunca perdeu a disponibilidade para dar a vida por ele. Na verdade, isto não é um sistema novo: funciona há milhares de anos em muitos lugares do mundo. E, embora ele quase nunca tenha trazido mais do que a fome e o ranger de dentes, sabe deus como à metade de cima desse sistema nunca faltou pão na mesa.

Joel Neto, "Notícias Sábado", 8 de Agosto de 2009
Obs. - Título adaptado pelo LEÃO DA ESTRELA

35 comentários:

Anónimo disse...

Ora aqui está a prosa que assombra as linhas de pensamento que vão na alma de muitos sportinguistas......
Ainda há dias um amigo meu do Belenenses me dizia "daqui por 10 anos nós somos o novo Atlético e vocês o novo Belenenses"... Vira essa boca p´ra lá que estás tão perto da verdade !

RUI PEDRO disse...

O melhor texto que li sobre o ENORME SPORTING CLUBE DE PORTUGAL que está como bem diz a desaparecer.

P.S- Vai haver muitas criticas porque a maioria gostar de ser avestruz e ter medo de encarar a realidade preferindo enterrar a cabeça na areia. Até quando os verdadeiros Leões vão permitir isto?

Anónimo disse...

boa sintese.... mas o mais triste e que nao vejo ninguem para inverter a nossa queda....

PLnauta disse...

Viva,

confesso que já achava estranho este texto não merecer destaque aqui no Leão da Estrela.

Só não percebo é porque não mudamos todos para o clube do outro lado da 2ª circular. Aí passa-se tudo ao contrário.

Enchem-se estádios, mudam-se treinadores, contratam-se jogadores às carradas, mandam-se embora outros tantos, enche-se o peito de nada. Mas andam de cabeça erguida, nem que seja apenas por mais meia dúzia de anos.

Percebo a frustação de quem gosta do clube e de quem gostaria de ver as coisas a correr melhor. Não percebo é o que fazem ainda por aqui. Tudo o querem existe noutros lados ... mas depois são mais do mesmo e deixam de ser diferentes, deixam de ser Sportinguistas.

PB, JEB e muitos dos jogadores o que faziam melhor era mesmo abandonar. De facto deve ser muito duro conviver todos os dias com todas estas criticas.

Eu tb estou cansado e afirmo já aqui, que entrego já o meu voto a quem vier a seguir e gaste 40mE em jogadores novos de qualidade para a equipa. Tenho dito....

Anónimo disse...

E o que vão fazer os sportinguistas

Gouveia disse...

LdE,

Belissimo texto do Joel Neto - um grande Sportinguista que discretamente se bate pelos ideais históricos do nosso clube e que abomina estes aristocratas falidos!

Como me disse um sócio antigo no jogo com o Twente em Alvalade, e que votou na lista Ser Sporting: Quiseram a Continuidade...agora aguentem-se!!!!!

Nem mais!

obs: Quem leu hoje as declarações apologéticas de JEB na imprensa desportiva sobre o slb, favoritismos e elogios aos 2ºs lugares só poderá sentir-se traido e/ou revoltado!

Eu pela minha parte não estou nada surpreendido! É... mais do mesmo!

n_sardas disse...

Aqui fica uns exemplos dos Campeão vs Orçamento da epoca passada na Europa que publique hoje no meu blog

Epoca 08/09
Alemanha
Campeão: VfL Wolfsburg
Não acredito que pelo menos o Bayern Munique e FC Schalke 04 tenham orçamentos inferiores ao campeão
França
Campeão: Bordeus
Não acredito que pelo menos o Lyon e Marselha e talvez o PSG tenham orçamentos inferiores ao campeão
Holanda
Campeão: AZ Alkmaar
Não acredito que pelo menos o PSV Endhoven, Ajax e mesmo o Feyenoord tenham orçamentos inferiores ao campeão. Quase de certeza que o 2º classificado, o Twente, tem igualmente orçamento inferior aos três clubes referidos.

Resumindo... o orçamento não faz campeões... a competencia e a ambição de o ser é que permite lá chegar...

fabio disse...

É caso para dizer, acabe-se com o Clube, o mais depressa possível!

Toda esta agonia, este sofrimento, é o oposto daquilo que sempre me incutiram, e me ensinaram, ser do Sporting!

Vou mudar para o Inter, ou para o Barça, já que aqui, neste País, só para o Estoril mesmo!

Pedro Nogueira disse...

Fiquei muito desapontado com esta de Bettencourt. E revoltado, porque muito o apoiei e agora tive de engolir esta mudança de discurso e sinto-me de certa forma defraudado, para não dizer enganado.
Uma coisa é certa: tivesse dito isto há dois meses e o resultado das eleições não teria sido 90/10. Com todos os erros de Paulo Cristovão e mais alguns. Essa é a medida do fim do "Estado de Graça" de JEB. Se era Bettencourt queria aliviar a pressão, creio que conseguiu o efeito contrário. A partir de agora é uma de duas coisas: exigência ou deserção. Por mim falo, até porque não faço parte do clube dos Belenenses, com todo o respeito pelo grande clube de Belém.

Saudações Leoninas,

jg1906 disse...

Brilhante texto! Aplaudo na integra!

Anónimo disse...

ha qts anos n ganha o Sporting o Campeonato? depois dos 2 titulos, apos o longo jejum, seria expectavel q algo mudasse

mas,nao.

Ainda se pode considerar um clube grande em portugal? ou apenas um médio alto?

Rodrigues disse...

Visto que já passou o tempo para os descontentes apresentarem uma candidatura que pudesse ter concorrido com aquela que recolheu ~90% dos votos, sugiro a todos que mudem de clube, para o FCP, SLB ou mesmo o Braga, que esses é que são mesmo bons e fazem tudo ao contrário do que nós, patetas sem soluções milagrosas, fazemos. O vosso estado neurótico dissipar-se-ia instantaneamente.
Nunca vi, entre os adeptos, tanta desilusão com uma pré-época que serve apenas para preparar para voos mais altos, tanta falta de confiança e, porque não?, falta de amor próprio, quando cumprimos os objectivos nos jogos a doer até agora, pese embora a falta de brilho – mas cumprimos, ponto. Chega a ser obsessiva esta auto-exaltação da mediocridade, alicerçada no simplista “com A e com B fora e com C e com D dentro é que era bom” e no corriqueiro bota-abaixo pela mais trivial minudência, sem apresentar soluções realistas e estruturadas.
Eu sei que profetas da desgraça sempre existiram e serão os mesmos que irão vitoriar a nossa equipa quando as coisas correrem bem. E também sei que este é um jogo de emoções, mas agir de acordo com as emoções geralmente não conduz a boas decisões.
Felizmente, o que aparece na generalidade da blogosfera sportinguista não representa, nem de perto, o sentimento da maioria dos sportinguistas que continuam a acreditar num projecto sustentado e não em reformas abruptas e fracturantes decididas à laia de quem pede uma imperial na taberna, só porque X não sabe cruzar, Y não joga tanto quanto devia e Z foi para outro clube qualquer.
O Sporting não deve ser uma taberna e a blogosfera serve muito mais o umbigo de quem escreve do que propriamente como reflexo do zeitgeist instituído. Gostava que isso fosse compreendido pelos sportinguistas.

O texto em si é exemplo desta atitude de “pavio curto”. A parte do “nem se tivéssemos goleado o Twente alguma coisa mudaria” fala por si. Pensava que o autor tivesse aprendido umas lições com o Mourinho mas pelos vistos não.

@leo@ disse...

Mais um post triste para uma cambada de tristes...

arq_ja disse...

O que mais me chateia é que desde há vários anos andamos a resolver os problemas financeiros. Até quando?? Será que nunca mais vemos afastado este discurso de palhaço pobre, que não tem dinheiro para comer e andamos todos felizes com as migalhas que vamos ingerindo?
O que eu quero para o Sporting é uma equipa que seja realmente capaz de lutar por títulos, uma equipa capaz de fazer umas gracinhas na Europa, uma equipa que imponha respeito aos adversários e mesmo aos senhores do apito, uma equipa empolgante. Estou farto de ser da equipa dos calimeros, não quero voltar a assistir a acontecimentos como a final da taça da cerveja ou a final dos juniores. É preciso que JEB ganhe "tomates" para assumir isto. Eu não quero ver o Sporting transformado num clube de bairro.

Anónimo disse...

... sinceramente, acho que já perdemos o comboio, muito dificilmente vamos ultrapassar o porto, e quiça superar o clube do outro lado da segunda circular.
Votei PPC, embora goste do JEB. Mas num país como este, e mergulhado o futebol em tal vergonha, precisavamos de alguem que fosse a luta pelo sporting, não e como este senhor que é demasiado bem educado, e que no fim, todos nos fazem de parvos, até porque ja se ganham campeonatos com recurso a invasão de propriedade privada e apedrejamento de familias.
Eu pergunto-me, o que fez o sporting? não fez nada! Deram bilhetes ao benfica, quando no andebol estes se recusaram a dar ao sporting, somos sempre tomados por parvos, porque somos um clube de "meninos" com punhos de renda como dizia o outro.
Estava tudo planeado, com o lfv nada acontece por acaso, já no alverca havia corrupção e aliciamento de jogadores e arbitros, falam do pinto da costa... esse hoje em dia é um menino ao lado do vieira.
Só voltamos a ser campeoes quando tivermos um tubarao a frente do clube, e nao o nemo! Nem e preciso jogadores caros, apenas um lider que institua uma cultura vencedora no clube, de tal modo que um jogador saiba os seus limites e saiba merecer o seu ordenado com base naquilo que dá pelo clube em campo.

Nuno Rocha disse...

Ainda gostava de saber 2 coisas...Primeiro porque é que o NUMERO de reforços é que parece ser tão importante (deve ser porque os outros compram às carradas...alguns até hipotecando o futuro e correndo um grave risco)!
Segundo não vejo o porquê de tanta celeuma com os comentários do Bettencourt! Só o vejo a reconhecer as coisas, em vez de ser um presidente populista! Se querem um desses, tá ali do outro lado da 2º circular! JEB disse mts verdades...Eu também gostava de ver o Estádio de Alvalade cheio...E não me venham com a história de que as exibições na cativam...Vejo os benfiquistas irem ao estádio mesmo quando dizem mal do futebol deles... Voçês criticam tanto o JEB...não pode dizer nada, nem irónico pode ser, que levam logo para outro lado e toca a descascar! Eu só fico a pensar é o porquê de nenhum destes "iluminados" e "conhecedores de tudo" não se candidatou a presidente! Era só dizerem "Eu sou o tal, eu sei como tudo se faz, como tudo se deve fazer, se me elegerem, seremos campeões, faço dezenas de contratações e ao mesmo tempo consiguo reduzir o passivo" E pronto!

João Pedro B disse...

Resposta ás respostas de JEB:

======================================================================

"O esforço de proximidade tem-se traduzido num aumento de mais de
6,000 sócios com as quotas em dia e 30% aumento de quotização.
A loja verde aumentou vendas face ao período homólogo em 133%
tudo isto sem o ruído criado á volta de outros. Grande resposta
dos adeptos e sócios anónimos"

R - Só faltava agora imitar o folclore e propaganda do recreativo
da Luz.

======================================================================

"O orçamento das modalidades foi reforçado de acordo com os
pedidos dos sócios e lançámos a game box para o futsal e andebol.
Gosto muito de rugby,temos dirigentes ex praticantes e filhos
a jogar. Contudo, neste momento, a hora é de consolidar e
fazer o pavilhão. Temos avançado muito"

R - Ah pois já cá faltava isso, o Rugby. Ainda são necessárias mais
provas de elitismo? oxala que não se lembre de por o futebol a
sustentar o Rugby.

======================================================================

"Paulo Bento está a ser vítima de uma campanha. Acreditamos no seu
trabalho, no seu rigor e coerência. Sem 4 anos de Champions League
não sei o que seria. O Benfica investe 80 milhões de euros em 3
anos. Temos de ser nós a mudar a onda e ser fortes"

R - Paulo Bento é alvo de uma cabala!! onde é que já ouvi isto? mas
acho que percebo a ideia.

======================================================================

"Reunimos com a comissão representativa dos núcleos como prometido.
Criamos game box especial para núcleos e preços muito razoáveis"

R - Se prometeu, tinha de cumprir, concordo plenamente.

======================================================================

"Distinguimos claramente as regalias de sócios vs adeptos"

R - É vulgar nos jogos ver muitas personagens ilustres a assistir,
até aposto que não são sócios e ainda assim tem essa regalia, em
que se baseia a distinção feita nestes casos ?

======================================================================

"Não iremos nunca hipotecar o futuro do SCP antecipando receitas
dos próximos anos em jogadas do tudo ou nada.todos os que agora
exigem grandes investimentos serão os mesmos a crucificar caso
a política não desse certo."

R - Francamente não me lembro de ver ninguem a exigir grandes
investimentos, lembro-me sim de alguns dias após a eleições, numa
entrevista que deu na rádio, afirmar que o plantel precisava de alguns
retoques, o que aliás é nitido especialmente no sector defensivo.

======================================================================

"Temos de ser realistas e preparar a restruturação financeira em
moldes que agradem aos sportinguistas e resolvam de uma vez por
todas a nossa situação"

R - Isto necessita de muito melhor explicação, e espero que involva
uma restruturação da propria SAD, até porque é um discurso que
se repete Presidente após Presidente, pelo que seria de esperar
resultados consolidados ao invez de o passivo cada vez ser maior.

======================================================================

"Estamos a aumentar os níveis de notoriedade do Sporting e exigir
tratamento equitativo dos patrocinadores. As receitas têm
potencial para crescer. Vamos fazê-lo, haverá novidades a
breve trecho"

R -

======================================================================

"Todos os preços este ano foram reduzidos e pela primeira vez
houve possibildade de pagamentos a prestações"

R - Só não se entende porque apenas se lembraram agora

======================================================================

João Pedro B disse...

Conclusão:

Mais do mesmo, disfarçado com alguma subtileza.
Para entrar em comparações com outros clube, seria melhor olhar para cima
em vez de olhar sempre para baixo.
Alguns dos problemas mais graves do Clube continuam lá, e não
sei se será a melhor pessoa para os resolver e se há real interessea
em resolver.

Em determinados pontos faz-me lembrar o Sketch do Gato Fedorento
onde o 1º Ministro num discurso (já sem saber o que dizer), a
determinada altura diz:
- NADA Pra PORTUGAL! após algum silêncio, todo o publico repete em côro
NADA ! NADA ! NADA ! NADA ! NADA !

Francamente acho que a culpa não é dele...

Farmacia disse...

Não sei se este site é interdito a lampiões...
Mas agrada-me ver o futebol pensado,seja jogado ou escrito.
parabéns
pensamento critíco é o que falta...agora coceguinhas nos ouvidos a malta da segunda circular anda um bocado farta...

Giorgio Armando disse...

Betencourt elogia O SLB
Betencourt diz que os 2ºs lugares alcançados por PB com a equipa que tinha e baixo orçamento são de dar alegrias aos sócios...
Será que ele não se lembra que o 2º lugar é o 1º derrotado?????

O betencas tem costela encarnada, se dúvidas houvesse ficaram desfeitas nas capas dos jornais de hoje...

rudolfo silva disse...

Excelente!
Bravo!
Parabens!

A verdade toda resumida neste post.

Pfv, continue assim, não desista!

Anónimo disse...

Tou fartinho disto...

Mais que o futebol fraquinho ou as tácticas que adormecem, já nao suporto aqueles que, graças ao seu comodismo e política de nunca criticar, deixam que o clube se torne neste marasmo, onde emoção é igual a zero.

PS - quanto a futebol, até o oceano, que está agora a estrear-se como treinador, já percebeu que o pereirinha é razoável a lateral direito. Boa opção num plantel como o nosso. Mas quando alguém é teimoso, não há nada a fazer.

hjssp disse...

João Pedro B, a tua última resposta à resposta diz tudo. Era-se criticado por não se ter baixado os preços e poder-se pagar às prestações. Agora baixou-se os preços e possibilitou-se o pagamento a prestações e é-se criticado na mesma. Depois do João Rocha, os dirigentes não valiam nada porque nada ganhavam. Os de agora ainda ganham umas taças e umas presenças na Champions, mas continuam a não valer nada.

Um dos anónimos diz que o que falta ao Sporting é um Vieira, que mande os adeptos ganhar jogos à pedrada. Ou seja, o que o incomoda não é a desonestidade em si. É o facto de esta não ter sido feita pelo Sporting. Se fosse a Juve Leo a mandar pedradas às famílias benfiquistas já estava tudo bem.

A única coisa com que concordo na crónica é o facto de ver pouca chama nos jogadores do Sporting. Isso sim. Falta a mesma chama que faltou para ganhar aos Paços, Académicas, Leixões e Bragas que nos tiraram campeonatos nos últimos anos (que tirando a época 2007/2008 não estiveram assim tão longe quanto isso). Mas dizer que os dirigentes são queques ou pastéis de nata, isso não passa de retórica. É mostrar que até se sabe escrever bem e até se desencanta umas metáforas jeitosas, que põe toda a gente a rir e a acenar com a cabeça (e a repetir NADA! NADA! NADA!), não por ser verdade, mas por até estar bem escrito e ter a sua piada.

João Pedro B disse...

HJSSP

Realmente era mesmo para ter graça, porque simplesmente ter razaão e confrontar certas pessoas com a realidade é uma conversa de surdos.
Acho que ninguem deste blog tem culpa da figura que o Presidente faz ultimamente na comunicação social.

Já agora, por acaso já viste aquele FACEBOOK, e aquela cambada a dar graxa descaradamente? Até me faltam adjectivos para classificar, mas na ausência de melhor, NOJENTO !!!
Só lamento o Clube estar entregue a isto.

Camilo disse...

Comentário
F-A-N-T-Á-S-T-I-C-O!!!
Parabéns.
...
Compreendem, agora, porque, num comentátrio atrasado, escrevi:
"presidentezinho"?!!!

RFM disse...

Tudo isto representa os 90% de Apoiantes desta maravilha que representa o SPORTING Clube de Portugal. Neste caso poucos se pode queixar, até porque os incondicionais apoiantes (aos velhos do restelo)nem aqui opinão. Vem ver, deitar uma olhadela e nada mais.

Bem dizia uma vez o Coveiro Roquette;
Portugal só tem capacidade para ter DOIS clubes Grandes. Agora percebe-se melhor aonde ele queria chegar.
Faltou-lhe a coragem de marcar a data do Funeral do Sporting.
Bem pregava o tarolo do Dias da Cunha.

Joana disse...

O problema do sporting é um e só um. Não olha para cima.
A época passada estava o Sporting a 4 pontos do Porto e com o Benfica 4 pontos atrás e pela cabeça dos sportinguistas jamais passou a ideia do titulo, o que interessava era não perder o 2º lugar para o Benfica.
Enquanto assim for nada feito.

L.F.B.Cancela disse...

Francamente desiludido com a conversa de JE Bettencourt. Um presidente que em vez de exaltar o seu clube e de se esforçar por lhe restaurar a grandeza tão abalada nos últimos anos tece loas ao grande rival e aos seus adeptos era a última coisa que algum dia esperava ouvir de um presidente do SCP...Especialmente depois de há pouco mais de um mês esse clube nos ter conquistado um campeonato à pedrada em nossa casa... Mais do mesmo, dizem alguns. Pela amostra, pior, muito pior, receio eu bem...

Dezperado disse...

Mas não forem estes "queques" que nos deram os ultimos dois campeonatos?

Anónimo disse...

Cada vez sinto mais tristeza de o meu SCP, estar a perder a grandeza e notoriedade de outros tempos!
Desde há vários anos, não há uma visão e poltica quanto ao futuro(veja-se o caso do pavilhão), constroe-se um centro comercial no estádio-para quê?!-e não se constroe um pavilhão mais que necessário para as modalidades; não há infraestruturas desportivas para o atletismo, que tantas glorias deu ao clube.
Longe vai o tempo, que o SCP era respeitado dentro do país e por essa europa fora, hoje é humilhado e motivo de chacota.
Muito mal vai o meu Sporting e não se vislumbram melhorias!

Camilo disse...

Caro RFM...
Uma vez mais,
SOMOS vítimas da maioria!!!
...
Betencourt nunca se devia ter colado ao Paulo Bento.

SAUDAÇÕES LEONINAS.

C. Nunes disse...

Ao Dezperado: não, não foram estes queques que nos DERAM os 2 campeonatos! Foram estes queques que nos TIRARAM, isso sim, a possibilidade de conquistar todos os outros campeonatos que não vencemos!!! Não investindo na equipa, acabando com as secções que nos deram títulos nacionais, europeus e mundiais, vendendo património, etc, etc, tudo para diminuir um défice que...continua grande e que ninguém vê diminuir, mas que continua a servir para justificar todos os fracassos dos queques...A alguns, claro, convém fazer de conta que não percebem...ou então, desculpe lá, é um problema de défice, sim, mas de Q.I.

manuelantonio disse...

viva.
subescrevo o que o rodrigues escreveu.
Este senhor Joel Neto não percebe nada do que diz. tem talento é para escrever argumentos para telenovelas. perde o tempo dele ao falar de futebol, alias, se repararem bem de futebol não escreve ele nada, é só intrigas e deitar a baixo por principio. Ainda hoje vem um artigo desse senhor no JN e, a retorica é sempre a mesma. Quem lhe deu credibilidade para falar em nome dos adeptos do Sporting? (Comparem com o Manuel Antonio Pina que esse sim escrevia cronicas com substancia, criticas fundamentadas e objectivas).
Infelizmente o maior perigo para o Sporting vem de dentro, são os adeptos do Sporting os piores caluniadores, desencorajadores, e infelizes criticos do nosso futebol. Já nada nem a maior vitoria do Sporting os satisfaz pois eles proprios já têm o estomago estragado porque engolem todo o lixo que se escreve acerca do sporting, mais toda a campanha que existe nos media contra o Sporting. Mania de perseguição? O que é que jogou o porto para ganhar a supertaça? Não houve milagre do guarda-redes do paços? As tendencias dos media são evidentes demais, proprias de um país pequeno e manipulado, causa do enorme alfabetismo dos seus cidadãos e não só...
Quantos jogadores do sporting jogam na selecção? O Moutinho é preterido pelo pepe?!! Isto é ridiculo, só em Portugal. O postiga é jogador de Selecção, já jogou vários europeus, assim como o caneira, só jogavam porque estavam no estrangeiro, agora que vieram para o sporting não servem?!!? O proprio M.Veloso e porque não O D. Carriço? Porque estão tapados pelos brasileiros? Que banhada! Já agora deixem o Liedson sossegado ou qq dia somos a selecção B do Brasil e os nossos jovens vão jogar para Angola pois em
Portugal não têm o valor que os arautos da Federação exigem. Abram os olhos à realidade que ela está aí ao virar da esquina.
Quanto ao Sporting, é certo que está a entrar mal, mas, nada está perdido, ainda. Devagar se vai longe.
Para terminar:
Tal como a fé intensa só prova a sua intensidade, não a verdade daquilo em que se crê.

Sporting Sempre

Gouveia disse...

Caro Manuel António,

Estando de acordo com algumas observações suas, nomeadamente quanto à pequenez e ignorância quer de jornalistas quer de publico e aos critérios incompetentes da FPF, não estou nada de acordo com o comentário sobre o Joel Neto. Questões de gosto...

Agora comete aí um erro crasso relativamente ao jogo da Supertaça!
O que é que o Porto jogou? Olhe: marcou o seu enésimo golo de canto ( Bruno Alves outra vez), coisa que ao Sporting a minha memória e a de muitos outros leões já não alcançam!

Ah e o golo contra o Twente não conta... foi auto-golo!

manuelantonio disse...

Caro Gouveia:

Não tenho por costume discutir gostos, mas, quando dizemos que o sporting precisa de um central de categoria não estamos a ver bem, alias, não estamos a ver nada bem. Não é preciso ser o mourinho para perceber que o D.Carriço`É um central de categoria ou ainda não é porque não teve nenhuma oferta milionaria dos mercenarios do futebol?

E que dizer dos dois campeonatos que o P.B. podia e muito bem ter ganho, 2006/2007 e este ultimo? Mas todos sabemos como o porto ganha os campeonatos e, penso eu, o que mais nos chateia é não o poder dizer alto. todos pensamos o mesmo mas ninguem tem a coragem para o dizer. A velha conversa do sistema, da bipolarização que é feita em torno do benfica que ganhava com o salazar e a ambição portista de superar o benfica na era pinto da costa ou será teoria da conspiração?!!?
Paulo Bento, para mim, é incompreensivel na forma como esta a tratar o Stoijkovic. Não compreendo como se pode desperdiçar um guarda redes de nivel mundial, mas tambem não tenho que perceber tudo... nem tão pouco ou mais ou menos.
É assim tão cobiçado o lugar de treinador principal da equipa do Sporting?

Saudações Leoninas

Sporting Sempre

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...