sábado, 5 de setembro de 2009

Liedson mantém Portugal ligado à máquina...

Liedson não precisou de saltar para marcar de cabeça

A selecção portuguesa de futebol não morreu em Copenhaga, mas continua em estado de coma. Curiosamente, graças ao estreante Liedson, cujo golo foi decisivo para que Portugal, nesta fase de apuramento para o Mundial da África do Sul, continue a respirar. Mal, mas a respirar. Não porque a equipa não produza oportunidades de golo suficientes, mas porque continua a revelar uma tremenda falta de eficácia ao rematar à baliza contrária.
Frente à Dinamarca, com Liedson no banco, Portugal fez uma grande primeira parte, com inúmeras oportunidades para garantir a vitória. Mas não aproveitou nenhuma delas, por vezes de forma infantil. E à beira do intervalo, no primeiro remate à baliza de Eduardo, a Dinamarca marcou. Diferenças que, em futebol, são essenciais.
Depois do intervalo, Deco baixou de rendimento e a selecção ressentiu-se. Liedson já estava em campo, mas o jogo português não era tão fluente. Até que, aos 86', o luso-brasileiro do Sporting, de cabeça, na marcação de um pontapé de canto, fez o golo do empate, mantendo a selecção portuguesa ligada à máquina... de calcular. À antiga portuguesa... FOTO: Getty Images

12 comentários:

Zé de Fare disse...

Ganda Liedson... aquela cabecinha é melhor que um taco de bilhar... não precisa giz nem nada...

Anónimo disse...

Podiamos ter ganho por 3 a 1 não fosse o beiçudo do Simolão a falhar 2 golos certos
Carlos querós devia ter entrado com a equipe que finalizou o jogo,toda a gente sabe que por exemplo:R.Maireles não está em forma,R.Carvalho idem aspas aspas

Soren disse...

Liedson resolve...mas só na selecção.

Anónimo disse...

Mais um treinador casmurro e sem visão de jogo.Aliàs já era seu apnágio no Sporting.Medroso e sem leitura estratégica de jogo.
Quando era necessário ganhar,fazendo correr tanta tinta e críticas por levar mais um naturalizado,colocou no banco os dois pontas de lança e quando os meteu em jogo deveria tê-los posto juntos.
Teria jogado em 4:4:2,com Pepe e Raul(mesmo não estando em boa forma)Nani e CR nas alas e na frente Liedson e Nuno Gomes.
Logo se veria como corria as coisas para entrarem Deco Tiago e Simão para segurarem o jogo se estivéssemos a ganhar.
Assim Africa do Sul só na play station.

JCB disse...

Vejam o caso do ronaldo hoje na selecção, ele não merecia estar a jogar a titular. Ele não faz nada de jeito ultimamente . Acham que por ser quem é, merece estar sempre a titular em prejuizo da equipa!?
Eu não acho!
Começo a pensar que a palavra portugal é sinal de sofrimento....vejam o caso do nosso clube!!

Anónimo disse...

Senhor JCB, é só o Ronaldo que não merecia ser titular? E o Simão? Simão neste momento é mediocridade pura. Fez mais o Nani em 15 minutos que ele no resto do jogo, além de falhar golos de forma escandalosa.

E justifica-se o Pepe jogar naquela posição quando se tem um Miguel Veloso em grande forma? A FPF assinou algum contrato que obriga o treinador a colocar o Pepe a jogar independentemente da posição? O Pepe é um muito bom central, mas um médio medíocre.

Duda? Quem é o Duda? Será que não há mesmo outras alternativas para o lado esquerdo? O próprio Eduardo não dá qualquer segurança na baliza, principalmente em saídas. Enfim.

A Selecção vale o que vale. E o Carlos Queiroz também...a precisar de golos e de ganhar, entra sem pontas de lança e com 2 jogadores em má forma à frente...Simão e Cristiano Ronaldo. É o que temos.

Pedro Costa

Soylent Green disse...

Não percebo a moda de falar mal do Ronaldo. Ele foi dos que mais se esforçou e conseguiu alguns livres que, bem trabalhados, podiam ter mudado o rumo ao jogo. Bosingwa e Liedson também estiveram bem.

Pelos adeptos que tem, pelo treinador e pelos dirigentes Portugal não merece ir ao Mundial.
E não vejo melhores dias para o futuro da Selecção enquanto as melhores equipas (à excepção do Sporting) continuarem a jogar só com estrangeiros.

O futebol português precisa de parar para pensar e este não apuramento pode ser uma oportunidade. Ponham os olhos na Inglaterra.

Anónimo disse...

A selação Nacional não é para ter lugares cativos,quem não sabe ou não quer dar o litro fora,o Simolão já devia fazer parte dos Marretas,este gajo não passa de um jogador mediucre.

RG disse...

Se querem falar de possives ideias para a selecção, sugiro que vejam o que Manel Fernandes disse na quinta feira na RTPN.

A equipa seria: Eduardo, Pepe,Bosingwa,Carvalho,Alves, Meireles,Deco,Tiago,Ronaldo, Gomes e Liedson. Jogaríamos com um "matador", um outro avançado que abre bem espaços para o "matador". E com a colocação de Pepe a lateral teriamos liberdade absoluta para Ronaldo apenas atacar e fazer as diagonais q tantos golos lhe rendem.

Infelizmente o seleccionado é o sr CQ

Soren disse...

Carlos queiroz estava bom era pa treinar o SCP.

degas disse...

Se ficarmos pelo caminho com a Hungria quero ver o que dirá o "Cangalheiro-do-Paulo-Bento-de-Domingo-à-Noite" sobre o Carlos Queirós que, como fez um prefácio a um livro seu, considera um "grande treinador"!!

SL

LC disse...

Esta é a imagem da deficiente formação de jogadores desde 95.

Pior é elevarem jogadores com um nível bom mas longe de ser dos melhores a craques.

A Selecção Nacional acabou em Março de 2003.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...