quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

A fragilização de Bettencourt

A cena de pugilato que terá envolvido o director desportivo do Sporting Clube de Portugal, Ricardo Sá Pinto, e o futebolista Liedson, por sinal, o melhor marcador leonino do século XXI, constitui um problema muito grave. Um problema que, mais do que colocar à prova a liderança de José Eduardo Bettencourt - presidente que bem precisa de ir à bruxa, tantos têm sido os problemas que lhe têm aparecido pela frente -, representa o corolário de uma liderança frouxa e ziguezagueante. É nos grupos fracos que emergem os pugilistas e seus apaniguados...
Mas o problema não é só de José Eduardo Bettencourt. O problema é de Bettencourt, assim como foi de Filipe Soares Franco, de Dias da Cunha, de José Roquette, de Pedro Santana Lopes, de Sousa Cintra, de Jorge Gonçalves ou de Amado de Freitas. Na verdade, João Rocha foi o último grande presidente do Sporting. O único, nos últimos 30 anos, que foi um líder forte e incontestado, em que os sportinguistas se reviam com orgulho. O único que fez crescer o Sporting Clube de Portugal. O único que ousou enfrentar o poder instalado, o adversário do Sul (Benfica) e o adversário do Norte (Pinto da Costa). O único que fez do Sporting Clube de Portugal uma força desportiva com vida própria.
Quando toda a gente estava à espera de um Sporting a crescer dentro dos campos de futebol até ao fim da temporada, eis que o impensável aconteceu, com um director desportivo desmiolado a abrir uma crise de consequências imprevisíveis. Quando pensávamos que não havia mais degraus para descer, eis que o Sporting deu um trambolhão ainda maior.
A liderança de José Eduardo Bettencourt, que já perdeu homens considerados como peças essenciais do seu projecto (designadamente o treinador Paulo Bento e os dirigentes Pedro Barbosa e Miguel Ribeiro Teles) acaba de perder o segundo director desportivo em pouco mais de seis meses. É muito para continuar tudo como está. Por outra palavras, o projecto de Bettencourt, se é que havia, parece estar ferido de legitimidade.
Porque entre mortos e feridos, emerge um clube de facções, em que a conspiração interna se transforma num modo de vida. E Bettencourt já deu provas de que não tem mão nessa rebaldaria... Donde, perante circunstâncias tão graves, que resultaram numa fragilização política directiva sem precedentes, talvez o ideal seja pensar na abertura de um novo processo eleitoral. Em que Bettencourt poderia aparecer com a sua equipa, sem os compromissos da última eleição que lhe minaram o caminho. Parece-me a via indicada para separar as águas de uma vez por todas e preparar o futuro imediato como deve ser. O tempo certo para isso é agora: a meio de uma temporada desportivamente perdida.

22 comentários:

Filipe Fernandes disse...

Leao da Estrela, e que tal mudar o nome para abutre da estrela...
Este é o momento para Bettencourt correr com os Rogerios Alves, e Sá Pintos,e Wilsons que lá habitam.
Cortar com os populismos e com a gestao para as massas.
Cada vez mais se demonstra a injustiça que foi feita com Paulo Bento.
O Sporting está moribundo por 5% de iluminados.
Talvez a partir de hoje esses ganhem juizo e se remetam ao silencio.

Anónimo disse...

Como benfiquista e com imparcialidade de ver aquilo que a beleza de um jogo de futebol, gostava de ver o benfica e o sporting juntos contra os corruptos do norte(porto, braga, boavista etc)
Sendo minha opinião pessoal que o porto tens os dias contados.....

LEÃO DA ESTRELA disse...

Caro Filipe: Abutre porquê? o mau futebol do Sporting é culpa deste blogue? As aquisiões de Angulo e Felipe Caicedo são culpa deste blogue? As cenas de pugilato no balneário também são?... Haja paciência!
Este blogue limita-se a comentar a realidade leonina, segundo a percepção do que acontece e chega ao conhecimento público. Aprenda a conviver com a opinião dos outros.
Saudações leoninas!

Sara disse...

"Este blogue limita-se a comentar a realidade leonina..."

Rir!

RFM disse...

Oh Filipe Fernandes

Toma e embrulha do LdE.

Como diz o JEB..Tá calado pá.

RFM disse...

O Balneário do SPORTING vive a FERRO-e-FOGO desde há muito tempo.
O que se passou agora entre Sá Pinto e Liedson poderia ou iria acontecer noutra ocasião qualquer devido ao diferendro ente os dois que é velhinho.
O que era e É preciso é um PRESIDENTE perto do Banco, ao lado da equipa e não nos camarotes ao lado dos seus betinhos e Srs. de sangue azul.

cancro disse...

Sara;

Corre o boato de que foi o teu alter-ego Gordo Salame que armou a estrangeirinha para o Sá Pinto ser obrigado a sair e, assim, chegar ao lugar que sempre ambicionou.
Confirmas?

Anónimo disse...

Devo confessar que a quente até concordo com o LdE, só para varia. Eleições já. E eleições para que Bettencourt ganhe por 80 por cento e para que monte uma estrutura de raiz à sua imagem. Sem cedências a claques ou a históricos.

Mas convençam-se que ganha a brincar para não terem desilusões chatas.

A frio parece-me pateta convocar eleições tão a fresco das últimas, não fará grande sentido. Mas por mim, não virava a cara a novas eleições. Mas os abutres de hoje continuariam amanhã, pelo que...

João Moura

Anónimo disse...

- Este blog é a referencia no mundo sportinguista.
e ainda bem q o temos.
Bem Haja.

MRG disse...

"""quando uma pessoa não é respeitada perde a autoridade"""

Afinal o caso lamentável até pode ter outros contornos bem piores que um simples desentendimento. Pelos vistos há alguém, ou alguns, que não querem ver instaurada uma cultura de exigência e respeito pelo Sporting CLUBE de Portugal.

Filipe Fernandes disse...

Leao da Estrela,

Este blog nao se limita a comentar a realidade do Sporting.
É notório ao longo do tempo a intençao eleitoralista e persecutória, que tem sido levada a cabo neste blog.
Existe um paralelismo entre aquilo que se diz aqui e aquilo que por exemplo era dito por um comentador conhecido mais pelos seus caracois que pelo que acrescenta ao mundo do futebol.
A perseguiçao a Carlos Freitas, a perseguiçao a Pedro Barbosa, Ribeiro Teles.
A critica as tacticas de Paulo Bento, aos jogadores que escolhia, aos que dispensava.
Ao longo dos tempos foi notória a intençao de destabilizar e a associaçao a alguns sectores do universo leonino, Rogério Alves, e mais evidente a colagem à pessoa do último candidato derrotado nas últimas eleiçoes.

Eu sei conviver com opinioes diferentes, agora tenho problemas é com hipocrisias e intrigas.
Este blog é o espelho daquilo de pior que há no Sporting, que é o clima de intrigas, assaltos ao poder, promoçao pessoal.
Você Leao da estrela, é a continuidade daqueles que nao querem bem ao Sporting, este blog é uma arma de arremeço á actual direçao, e uma estrutura que apesar de ter errado, sempre deu a cara e sempre tentou que o Sporting fosse um clube melhor.
Até ao momento em que as coisas se tornaram insuportáveis, e o circo que estava montado acabou por se incendiar.
Voces conseguiram.
Conseguiram que Sá Pinto o "populista" pugilista chegasse a director desportivo, hoje o vosso circo começou a ruir.
Tenho esperança que a partir de hoje os Sportinguistas vejam que estamos em "guerra" e que é necessário eliminar os cancros que habitam no Sporting.
Que esta "guerra" acabe com o Sporting ou que faça do Sporting um clube maior e melhor, mas que termine com a hipocrisia que se instalou no Sporting há tempo demasiado...

Anónimo disse...

Tanto andou, tanto andou, que está quase onde ele sempre disse que queria: "ser presidente do Sporting". Temos de reconhecer que o "carteiro", também conhecido por "garçon" tem feito bem o trabalho de casa. A passagem pelos CTT com o Horta e Costa fez-lhe muito bem! Está a um passo da realização total. Há que dar valor ao homem. Afinal ele só ganha pouco mais de 10.000 euros.

Sporting Eterno disse...

Caros, urge passar por cima disto e começar vida nova. Mas com Garção?!

http://sportingeterno.blogspot.com/

Josué disse...

Não terá sido o actual director desportivo a por a "boca no trombone" para a comunicação social? Quem dentro do clube teria as condições para, no imediato, transpor cá para fora o que se passou no balneário? Isto é muito grave, porque, quem fez isso não deseja bem ao clube.
Guerras palaçianas que só fragilizam o clube.
O Sporting está a precisar de uma "limpeza" a fundo.
Saudações

Gonçalo disse...

Por norma sou uma pessoa pacífica, o nome do meu blogue diz muito de mim "Sporting Unido", por isso custa-me aceitar comentários injustos e incoerentes apenas com o intuito de desestabilizar o Sporting.

Peço para analisarem as palavras do LDE no seguinte texto em que fala de Sá Pinto como uma excelente escolha de Bettencourt:

http://leaodaestrela.blogspot.com/2009/11/as-ultimas-de-alvalade.html

Eu também era apoiante de Sá Pinto na posição que ocupava, enganei-me porque também tenho direito a errar, tal como Bettencourt tem, agora custa-me aceitar um aproveitamento político deste momento quando a escolha de Sá Pinto até era bem aceite. Pelo LDE também...

Saudações Leoninas!

Tiago disse...

O director do futebol demite-se e convocam-se eleições?
Faz sentido. Ou não...

TAT disse...

Tu és daqueles que aproveitam qualquer coisa para bater na mesma tecla.

Como é que um projecto que teve mais de 90% dos votos pode estar ferido de ilegitimidade se nem um ano passou das eleições?

Acho mesmo que devias ter acabado com este Blog porque cada vez que aqui venho só te vejo escrever merdas ressabiadas...

CORREIO LEONINO disse...

TAT: também só vens aqui defender o indefensável... Penso eu de que...

Mordomo do Império disse...

Gonçalo,

Nada mais simples.
Ao LdE reconheço sportinguismo, mas perdendo a coerência perde razão.
Alguns posts são claramente tendenciosos na sua postura anti-JEB, creio que não há nenhum mistério nisso.
Portanto caro LdE, se é crítico também está suposto à crítica. E é natural, pela leitura dos seus posts, que reconheçam no seu blog um instrumento de desestabilização da actual direcção do Sporting.

Mário Rui Oliveira disse...

LdE

O JEB resolveu isto rapidamente e como deve ser ! em menos de 24hrs.

Onde está a fragilização ?!

Anónimo disse...

a questão central está na prematura entrada de SP para um lugar que requer muito mais que algum sportinguismo. SP não tem qualidades e competências de gestão para gerir 30 personagens, cada um com um ego especifico e alguns deles, caso de Liedson, com um ego que pretende que seja maior do que o próprio clube.
era previsível - e parece que alguns alertaram para isso - que tendo sido SP colega de alguns jogadores actuais do Sporting, este tipo de conflitos viesse ao de cima.

parece, no entanto, que a decisão de multar Liedson é boa no aspecto desportivo (pode continuar a jogar e a marcar) mas é insuficiente em termos de futuro no que à coesão do grupo diz respeito.

mais triste do que a segunda parte do jogo com o Mafra, é esta tendência do clube para se auto-flagelar, agora que até estava a recuperar futebolisticamente!

40PostasPescda

Anónimo disse...

Já cá faltava o trauliteiro do RFM mais o seu trauma relativo aos »betinhos«.

»Abutre da Estrela«? Não deixa de ter a sua piada...

Pedro Paulo de Avillez

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...