quarta-feira, 7 de abril de 2010

Broncas sem parar

"Público", 07-04-2010

13 comentários:

Anónimo disse...

Eu tinha vergonha como sportinguista de ser notícia a falar mal do Sporting!

LEÃO DA ESTRELA disse...

ANÓNIMO: Estás muito enganado. Não é dizer mal do Sporting. É criticar actos lesivos dos interesses do Sporting Clube de Portugal!!!

OLHO DE FALCÃO disse...

Estes tachistas estão sempre a confundir as críticas à gestão que eles fazem com o dizer mal do Sporting. É para ver se pega. Está na hora de pôr ao sol esses oportunistas que estão a levar o Sporting para um buraco sem saída. E que tal dizerem quanto pagaram aos bancos desde que estão à frente do clube? Ao que se sabe, nada! Assim garantem os seus chorudos vencimentos.Não há limites para esta gente.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Joshua disse...

Personalidades em confronto
OS MOTIVOS QUE LEVARAM VILLAS-BOAS A ROER A CORDA



Duas formas diferentes de encarar a gestão de um grupo de trabalho. Uma preconizada pelo diretor de futebol, Costinha. Outra defendida por aquele que seria o treinador dos leões na temporada 2010-11, André Villas-Boas. Esta divergência de opiniões começou a minar o pré-acordo assinado por José Eduardo Bettencourt e o técnico da Académica, que sofreu um golpe definitivo quando, no início da passada semana, o FC Porto e Pinto da Costa se "atravessaram" no caminho dos leões.

Villas-Boas repensou o seu posicionamento, pesou o desgaste de um relacionamento que começara torto com o diretor de futebol e contactou o presidente do Sporting, consultando-o sobre o efetivo interesse dos leões. É nesta altura que a RTP descobre as conversações entre o clube lisboeta e o técnico portuense e dá à notícia, que fizera a capa de Record no dia 6 de março, maior dimensão do que ela já tinha. De tal forma que, sem desmentir em momento algum o acordo com Villas-Boas, Bettencourt é forçado a comunicar à CMVM a saída definitiva de Carlos Carvalhal, no final da temporada.

Propostas

Um anúncio que, pensou-se, talvez fosse suficiente para acalmar a comunicação social e deixar em paz o técnico da Académica, que, como ficou provado em mais que uma ocasião, lida mal com a pressão dos media. Por isso, para se libertar do compromisso assinado com Bettencourt, Villas-Boas alegou propostas de outros clubes - e aqui encaixa a desconfiança em relação ao FC Porto -, entre as quais uma que recebera, em dezembro de 2009, do Recreativo de Huelva, hoje muito difícil de concretizar.

Durante todo este processo, o líder leonino foi alvo de enorme pressão por parte da CMVM, muito atenta a tudo aquilo que se escreve nos jornais. Após libertar Villas-Boas do seu compromisso, Bettencourt fez aquilo que lhe competia: comunicou ao mercado de valores o fim de uma possibilidade que existiu mesmo... no papel.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
basta de xulos disse...

Claro que não demorou muito tempo para aparecer um sabujo a atacar o blog.

Para eles, sabujos invertebrados, pôr o dedo na ferida e denunciar a destruição do Clube é "dizer mal".

Já não pega. Já muitos perceberam que estes doutores estão ao serviço dos BANCOS.

Anónimo disse...

será que é assim tão difícil descobrir os bufos internos do sporting, e acabar de vez com as fugas de informação?
será que é difícil manter as contratações e outros assuntos, apenas entre 3 ou 4 pessoas, sendo assim mais fácil saber quem vai para a imprensa lançar notícias a torto e a direito... eu acho que não, basta quererem!
força sporting!

Anónimo disse...

O mal é o direito de antena que lhe dão...!!! Eu tb tinha vergonha de ser confundido com um vermelho...

demita-se...

Deixe de criar ruído...

Nota: como não vai publicar isto... posso mandá-lo para aquele sitio....!!!!... então vá....!!! e não volte...!!!

KB

Anónimo disse...

lol, estas guerras internas são uma comédia.... mas para os nossos adversários!

Anónimo disse...

"Só tem o direito de criticar aquele que pretende ajudar". Abraham Lincoln

Cumprimentos André C.

Anónimo disse...

Parabéns Leão da Estrela. Você merece...

João Moura

Jota disse...

O Sporting chegou ao estado em que está porque durante muitos anos (décadas!) houve muita gente a pactuar com a mediocridade. E ao ler alguns comentários aqui, percebo que ainda há quem queira pactuar com ela. O que me leva a concluir que ainda é possível descermos mais baixo.

Nem sempre concordo com os textos do autor deste blogue, mas aprecio a sua capacidade crítica. Por isso venho aqui. Os blogues de puxa-sacos e beija-cus não me interessam. Nem interessam ao Sporting, por muito que os seus autores pensem o contrário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...