terça-feira, 18 de maio de 2010

A estagnação de João Moutinho

Como é sabido, João Moutinho ficou fora do lote de convocados da selecção nacional. Uns defendem que o capitão leonino é o único jogador capaz de substituir Deco e, logicamente, deveria ter sido chamado, outros defendem que jogadores como Manuel Fernandes ou Carlos Martins tiveram um final de época bem mais interessante e, por conseguinte, Moutinho não merecia ser convocado. Não quero discutir se Queiróz fez bem ou mal em deixar o "28" do Sporting fora, quero sim analisar o momento actual do João Moutinho.
Se bem estão recordados, Moutinho acabou por ser titular no Euro2008. Na altura, ninguém questionava sequer se merecia ou não ser convocado. Era consensual. Nesses dias, a intensidade que emprestava ao jogo e a inteligência técnico-táctica eram virtudes por todos nós reconhecidas. Olhando para os dias de hoje, o que mudou?
Moutinho está a começar a fazer-me lembrar o João Pinto dos tempos do Benfica. Por incrível que possa parecer, isto não é um elogio. Se repararmos, Moutinho está para o Sporting como João Pinto estava para o Benfica: ambos titulares indiscutíveis, ambos capitães e ambos raramente substituidos. Tais factos demonstram bem o peso que tem/tiveram no(s) respectivo(s) clube(s). Olhando para Moutinho, o que realmente preocupa é que o João Moutinho de hoje é, se não igual, pior do que aquele que conhecemos há dois/três anos. Ora bem, para os minutos que já leva de Sporting e de primeira liga mais aqueles que viveu nas competições europeias, é, no mínimo, estranho. Na minha opinião, aquele Moutinho que tanto prometeu com 18 ou 19 anos, devia estar hoje a explodir e a mostrar toda a classe e qualidade que fez despertar nos adeptos leoninos. Mou deveria ter mantido as suas virtudes e aprimorado os seus defeitos. Hoje, tal como há uns anos atrás, não vemos Moutinho a marcar grandes golos fora da área ou a fazer grandes assistências para golo. Uns dirão que a equipa também não tem estado à altura - tal como a do Benfica também não estaria à altura de JVP - mas, quanto a mim, não podemos ir só por aí.
Quando comparei Moutinho a JVP e numa maneira depreciativa, foi precisamente no facto de ambos se terem acomodado ao seu estatuto de indiscutíveis nos seus clubes. Ninguém coloca ou colocou em causa o valor destes atletas. O problema, no meu entender, é que estagnaram e nunca conseguiram explodir ao ponto de meia europa andar atrás deles. Se em João Vieira Pinto já nada há a fazer, no que concerne a Moutinho ainda muita coisa pode acontecer. Cabe ao Sporting e a Moutinho darem um safanão na monotonia. Creio, portanto, que faria bem ao Sporting e principalmente a Moutinho se o mesmo mudasse de ares. Se assim não for, vamos continuar a ter um indiscutível capitão do Sporting com muitos minutos nas pernas mas, bem espremido, com pouco sumo.

Texto enviado por e-mail pelo leitor Bruno Rocha, autor do blogue Mundo da Bola

21 comentários:

Anónimo disse...

Ele que vá para o Porto, que explode logo. Como é que os adeptos do SCP querem que os seus jogadores da cantera «expludam», quando a equipa que têm à volta é medíocre; o clube só dá é problemas e dores de cabeça; e, mais do que provável, toda a gente quer é sair de lá?

Vai acontecer ao Moutinho, aquilo que aconteceu ao Beto. Foi adiando a saída, adiou, adiou, e quando saiu, foi para um clube ridículo. Eu se fosse Moutinho, Djalos, Velosos e afins, era dar de frosques o mais rapidamente possível para um clube inglês qualquer. Até o Liedson se deve ter arrepender de ainda estar no SCP.

Anónimo disse...

Já há algum tempo que me interrogo sobre essa estagnação de João Moutinho. Para mim, a explicação começa nas opções de Paulo Bento. O futebol do Sporting de Paulo Bento, ignorava a existência de médios e a posse de bola, a bola passava pela intermediária por cima dos jogadores, ou seja eram chutões para a frente dos defesas. Esse tipo de futebol, durante 4 anos prejudicou imenso o João Moutinho. Mais, o facto de João Moutinho andar a rodar por várias posições, fez com que ele nunca se habituasse a nenhuma e agora não seja um especialista em nada, mas um polivalente! O futebol de João Moutinho vai melhorar assim que, o Sporting começar a jogar futebol em posse de bola de novo e, que o João se fixe no meio do terreno.
Deixo ainda 3 perguntas:
Com PB, não estagnou também o Veloso?
Joao Moutinho falhou o jogo Maritimo-Sporting, o Sporting nao jogou bem pior?
Também concordo que se calhar Joao Moutinho precisa de mudar de ares para melhorar, mas porque não o Sporting dar melhores oportunidades aos jogadores para eles crescerem?

Cumprimentos

Francisco Chaveiro Reis disse...

Belo post!

Concordo totalmente!

Anónimo disse...

Desta vez nao posso concordar consigo. O que sugere é que o SCP forme joagdores mas depois os deixe sair por tuta e meia para outros clubes para esses sim os fazerem explodir e ganhar dinheiro com eles? Não posso estar de acordo o que acho é que o SCP tem de se reforçar com jogadores melhores do que os que forma de maneira a ganhar competitividade interna no plantel, pois o mal é esse só temos 8 ou 9 de qualidade o resto é palha e até os míudos da formação quando chegam a seniores sabem que são melhores e não temem nem respeitam essa sucata que contratamos todos os anos.
Ex: quem acha que o liedson temia mais o postiga ou o Podolski? (sem bem que é um jogador dificil e e caro mas é só para perceber)

Anónimo disse...

bom post.moutinho esta agarrado ao lugar,falta-lhe motivaçao,a sua nao saida de alvalade e a epoca desastrosa do clube,nem pensava 2 vezes se me dessem a escolher vender o velouso ou o moutinho,o problema e que o moutinho neste momento nunca sairia pelo seu real valor.

Anónimo disse...

ah,visitem
http://vivesporting.blogspot.com/
obrigado

Piedoso disse...

Começa-se a perceber que houve grosso erro em não vender o jogador
enquanto era expectável "margem de progressão".

Diz-se que quem sai aos seus não degenera e neste caso o filho parece mesmo sair ao pai, que com a mesma idade também fez furor e depois foi o jogador mediano que conhecemos.

Neste momento, é um jogador altamente desvalorizado que talvez ganhe demasiado em função do que produz e a não sair será sempre problema e nunca solução.

Não despachem o Veloso e depois queixem-se que têm um problema igual a este.

A Formação é muito bonita mas não passa de utopia, ou nasce-se"jogador" e a formação faz o resto ou não se nasce e depois dá nisto.

aNNóNNimo disse...

CUIDADO!

Um grupo de 26 cientistas de 11 países concluiu que os lagartos são uma espécie em vias de extinção.

Anónimo disse...

Ó Moutinho sempre foi um jogador vulgar entre os melhores...!

8 disse...

Eu tirava outra conclusão:

Um jogador de 20 anos para evoluir, além do seu profissionalismo e vontade de aprender, necessita de ter um treinador competente.

O que não sucedeu a Moutinho, e a muitas outras promessas leoninas, nos últimos 4 anos.

HULK disse...

Excelente análise! Concordo e já antes de escreverem aqui isto já concordava, embora nunca tenha achado o Moutinho um grande jogador! Sempre teve a mesma limitação que a maioria dos jogadores da formação do Sporting tem: maus na finalização, só para dar um exemplo. Considero que há excepções, como em tudo na vida!
No entanto basta analisar: Moutinho, Adrien, Pereirinha e mesmo o próprio Veloso partilham este defeito em comum!
Quanto a Moutinho, nunca foi dos meus favoritos, embora reconheça que já deu algo ao Sporting!

Leão da Beira disse...

Uma coisa é certa: o Moutinho desta época não foi em momento nenhum o Moutinho que nas três épocas anteriores levou a equipa às costas e disfarçou completamente a miséria que a equipa nos ofereceu em muitos muitos jogos. A ele ficou Paulo Bento e nós a dever muitas das vitórias. Ao gigante dessas três épocas correspondeu um pigmeu este ano, mas ainda assim não gostaria de o ver ir embora. O talento está lá, esperemos que ele acorde para aquilo que sabe fazer. O treinador também terá seguramente um papel importante a desempenhar.

Leão de Alvalade disse...

Não me parece que seja um problema especifico do Moutinho mas sim de todo o futebol do Sporting. Afinal quem evoluiu nestes 2 últimos anos?

Jota disse...

Há pelo menos três provas indiscutíveis de que Moutinho é um jogador sobrevalorizado pela imprensa, pelos adeptos e pelos treinadores que têm passado pelo Sporting:

1) Nenhum clube de topo europeu o tentou ainda contratar. E sabe-se que os clubes de topo europeu normalmente andam atentos ao que sai do Sporting.
2) Moutinho, titular indiscutível do Sporting há cinco anos, ainda não se impôs na selecção nacional, nem com Scolari, nem com Queiroz.
3) Moutinho, que tem a ambição de ser um número 10, passa a vida a rodar no meio-campo do Sporting. Ora, se ele fosse um 10 de classe indiscutível há muito que se teria fixado nesse lugar.

Posto isto, penso que deveria ser o primeiro jogador a ser vendido. O Sporting não ficaria minimamente a perder. Acreditem.

Renato disse...

Moutinho e Carlos Martins deveriam ser seleccionados e lutarem com o Deco pela titularidade. Mas todos sabem que Queiroz não faz nada sem o aval do presidente do Porto. Vai convocar o Pepe depois de vários meses parado com uma gravíssima lesão sem se saber como estará quando o campeonato do Mundo começar e deixa o Carriço de fora?
Que Bento XVI nos acuda com a ajuda de N.S. de Fátima.

António Moreira da Silva. disse...

análise brilhante.Assino por baixo.
Abraço

Anónimo disse...

o problema do moutinho é o mesmo que o problema de metade do plantel do sporting. estão desmotivados e fartos de jogar uns com os outros. desde há 4 anos para cá que se fala que o jogador "a", "b", "c" e "d" vão sair, mas acabam sempre por ficar, isso desmotiva.
ELES ESTÃO FARTOS DE JOGAR NAQUELA EQUIPA E MUITO POR CULPA DAS ESPECULAÇÕES DE SAIDAS E ETC...

Fernando Gomes disse...

Concordo também com a análise.
Mas apesar de ver que o rendimento do Moutinho baixou comparativamente com épocas transactas, acho na verdade, que nunca foi um jogador extraordinário.

É um jogador útil apenas pelo empenho e entrega ao jogo. Não tem por exemplo técnica suficiente para nº10.

Anónimo disse...

Para mim desde que o Moutinho deixe de marcar livre já fico contente...o gajo é uma nódoa a marcá-los e insiste, insiste. Alguém tinha de chegar lá , dar-lhe um berro monumental e dizer "agora sou eu". É isso e o facto de correr com a bola em vez de passar, essa também é outra que me tira do sério, pára logo o jogo todo.

André Cruz disse...

Não concordo de todo com a análise. O Moutinho é um grande jogador, como poucos em Portugal. Tem no entanto em cima de si uma grande pressão, de ser o capitão de uma equipa que andou há deriva uma época inteira.

Nos anos anteriores era protegido pelo PB que, apesar de todos os seus defeitos, controlava bem o balneário. Desde que PB saiu o Moutinho deveria ter-se assumido como um líder, mas não conseguiu (por variadas razões, mas principalmente porque o Sporting foi um clube sem Direcção esta época).

O Sporting, clube que eu amo desde criança, e os seus adeptos, sempre foram pródigos em criticar os próprios jogadores. Desde o Figo, passando por Nani, Liedson até Peter Schmeichel, todos foram alvos de críticas vorazes por parte da massa associativa. O Moutinho não foge à regra, agora está na moda falar mal dele, ele que nunca jogou mal (jogou apenas menos bem do que antes), nunca comprometeu, nunca falhou. Mas enfim, quando o virmos num grande europeu (como o Nani), depois pensamos que o poderiamos ter aproveitado melhor.

Atenção, não sou um sócio conformado. Odiei os segundos lugares e a festa que se fez à volta deles, mas olhando para o actual plantel, olhando para vários plantéis dos últimos 15 anos, o Moutinho tinha lugar em todos eles. E tinha lugar na selecção também, podem crer. Mas nós, quais gatos amansados, nem reclamamos, nem gritamos, nem fazemos campanha por ele. Anuímos com sua Excelência Professor Carlos Queirós que o deixa de fora preterido por Tiago, por exemplo, um jogador, esse sim, mediano.

Muitas vezes são os adeptos que fazem com que os jogadores se afastem do clube. Temos que mudar um pouco a nossa mentalidade.

lagarto disse...

Dizer que o facto de a equipa não estar à altura não é um argumento, é uma falácia. Como diz o "Leão de Alvalade", também pergunto: quem raio evoluiu nos últimos 2 anos? Ninguém, o sporting não joga corno. O moutinho não é o super-homem, não obstante a confiança depositada nele por parte da maioria dos sportinguistas. E depois, comparar o Moutinho ao JVP, também não me parece. O JVP sempre foi mais um segundo avançado ou até um falso 10. Se o moutinho faz a segunda posição, a primeira nunca a fez e nem me parece que tenha caracteristicas para isso.

Não concordo com o texto porque é um bocado comparar alhos com bugalhos 1), e 2) desvalorizar o jogo de merd* que o SCP pratica. Numa equipa a praticar um futebol mediocre como o do SCP, não há milagres. Mas ok, a culpa é do moutinho pronto! E claro que ele quer sair.. Sabe que a jogar numa equipa de jeito também o rendimento dele aumentará, pois claro.. realmente é dificil verificar isto.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...