domingo, 2 de maio de 2010

Revelações de Carvalhal

"Fui convidado a ficar no Sporting, no final do mês de Janeiro/princípio de Fevereiro, nas vésperas do jogo com o Sp. Braga e antes de o presidente ir de férias para o Brasil. Foi-me feito um convite formal pelo presidente, na presença de várias pessoas, a quem transmiti que, na altura, era prematuro [renovar o contrato]. No meu íntimo, não queria ficar no Sporting a qualquer custo. Teria de analisar toda a situação. Se quisesse aproveitar, teria um vínculo ao Sporting mas não é essa a minha maneira de estar no futebol. Decidi em consciência e não me arrependo."

"Desde que estou no Sporting, estive sempre do lado dos jogadores e estar do lado dos jogadores era estar contra o mundo. Estive muito sozinho. Estive rodeado de pessoas que me acarinharam, mas no que diz respeito a um sentimento de solidariedade, de apoio constante, de defesa do treinador, senti-me muito sozinho ao longo de toda a época."

Carlos Carvalhal, "A Bola", 01-05-2010

10 comentários:

Jorge Teixeira disse...

As conferências de imprensa deste homem são sempre uma choradeira. Observa-se, agora, uma viragem de 180 graus. Antes era o discurso do coitadinho, que fez isto e fez aquilo e que, por tudo isso, achava merecer continuar como treinador. Chegou mesmo a mencionar algumas pessoas que haviammanifestado vontade na sua continuidade. Agora que há a certeza que não vai continuar, a choradeira mudou de tom e vai daí é vê-lo assumir uma atitude desinteressada nunca demonstrada no tempo que está no Sporting.
De tudo isto uma certeza: Para quê convidá-lo a assinar se bastava exercer o direito de opção por mais um ano para continuar como treinador do Sporting?
No Sporting vê-se de tudo. Depois duma época de risco ao meio uma outra em que o treinador teve o desplante de oferecer vitórias aos adeptos e associados num ano negro da vida do Sporting em que a pontução andava mais próxima do último do que do primeiro lugar, perante a complacência duma medíocre mas muito bem paga presidência e de associados/adeptos amorfos, desinteressados e, sobretudo, indiferentes à destruição dum clube centenário como é o Sporting.

KID disse...

Palavras humildes dignas de um Homem!!!eu estive contigo mas tambem perdi tudo o que seria possivel ganhar....boa sorte e até quem sabe um até dia!

Anónimo disse...

Este Carvalhal fez um trabalho fraquinho no Sporting ( acaba a 28 pontos do 1º) mas pior do que isso é andar há 3 meses a chorar todos os dias .......

Jota disse...

Carvalhal já tinha mostrado que não tinha qualidade para treinar o Sporting (ganhar ao Everton e ao Porto não é sinónimo de bom trabalho). Nos últimos tempos tem mostrado também ser fraquinho como líder e como personalidade. Nesta fase da sua vida do que o Sporting menos precisa é de chorões.

Anónimo disse...

Zangam-se as comadres descobrem-se as verdades.
Sabíamos,desde a 1ª hora quie Carvalhal não era o treinador para o Sporting.Isso só aconteceu porque mais uma vez Bettencourt demonstrou a sua faceta de incompetente,mas depois destas afirmações de Carvalhal,revela a verdadeira faceta de José Eduardo Bettencourt,VIGARISTA E ALDRABÃO.

Anónimo disse...

A exibição do Sporting de Carvalhal até os 84 minutos está a ser ABSOLUTAMENTE DEPRIMENTE!!! o nível do pior que vimos no Sporting de Paulo Bento. O resto é conversa para entreter saloios. Muita gente a precisar da porta para o olho da rua.

Anónimo disse...

Opá trinadores como tu têm o Scp ai ao virar da esquina as centenas um individo que perdeu mais pontos dos que ganhou está tudo dito vai que não deixas saudades

Anónimo disse...

Escrevi até aos 84 minutos. Infelizmente foi até ao fim aquela miséria absoluta. Como é possível uma equipa principal do Sporting jogar tão pouco e tão mal?!... Jogar com tanta falta de alma?!... Com tanto desplante?!... Com tanta falta de qualidade?!...Uma revolução completa no plantel é o mínimo que se pode esperar. A grande maioria daqueles jogadores não tem categoria para envergar a camisola do Sporting e alguns, para além da falta de qualidade t
ecnica, não têm alma para aquele emblema. Carvalhal é uma pessoa correcta e digna, mas este futebol não está ao nível de um clube como o Sporting. Que seja feliz noutro lado, não teve unhas para pôr estes jogadores a produzir um futebol aceitável. O exemplo de hoje foi tão mau que nos faz esquecer os jogos com o FC Porto ou o Everton. Num clube como o Sporting não pode haver lugar a exibições tão miseráveis como a que vimos hoje. Repito o que escrevi antes: DEPRIMENTE!!!

Anónimo disse...

O outro borrego deixou-nos em 8º lugar. Este deixa-nos em 4º, o objectivo assumido pelo pseudo-presidente JEBardo. E assim vamos cantando e rindo, tal e qual um 2º Belém. Até levamos putos ao beija-mão do Ratzinger, vejam bem...

PG disse...

Ainda bem que não quiseste ficar.
Os que gostavam dele é que estão muito caladinhos. Ou mudos, ou mudam as "agulhas" para outras direcções...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...