quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Carta de um sportinguista assustado

Caro LEÃO DA ESTRELA,
O momento não é bom… A equipa não convence! O treinador não convence! Os dirigentes não convencem! O (nosso) Sporting dos últimos anos, não convence!
O discurso vindo de Alvalade tem sido pautado por frases pré-construídas e não muito tranquilizantes. Quantas vezes, nos últimos anos, ouvimos jogadores e treinadores no final de jogos dizer “temos que mudar a atitude para o próximo jogo…”; “vamos melhorar já no próximo jogo…”; “não podemos continuar assim…”; blá.. blá... blá…
O que mais assusta é o facto de, actualmente, não se vislumbrar ninguém (dos ditos notáveis ou não) que levante a voz, que questione, que queira dar outro rumo, enfim, que se indigne com o estado “zombie” instaurado no nosso Clube.
Ainda esta semana assisti a discursos de ilustres sócios que, pela sua posição privilegiada como comentadores em programas televisivos, poderiam ajudar a iniciar outro rumo, mas não!
Até aqui, as frases pré-construídas reinam: “O Sporting bateu-se de igual com o Benfica, faltou a eficácia e sorte…”; “até entrámos bem…”; “quero felicitar a sócia n.º 6 pelo seu salto de pára-quedas no seu 87.º aniversário…”...
O quê??? Por muito respeito que tenha à sócia n.º 6 (Grande Sportinguista), o que é que interessa isso??? Vai ajudar a marcar golos?…
Enfim, isto tudo assusta-me… Saudações Leoninas!

P.S.: Parabéns pelo blogue, que acompanho diariamente!

Filipe Costa Martins (enviado por e-mail)

6 comentários:

Sporting até morrer disse...

Ponto importante:

- Dia 29 há uma AG do Sporting, momento único para expressarmos o nosso desgrado a quem conduz o Sporting para um poço sem fundo.

Eu vou lá estar a manifestar esse desagrado.

Todos aqueles que aqui comentam negativamente sobre a actual gestão devem também marcar presença.

O Sporting ainda está vivo...mas por quanto tempo?

SL
José

aNNóNNimo disse...

Experimentem tentar convencer os (estes!) vossos dirigentes a fazerem o mesmo que a Senhora D. Maria João fez aos 87 anos...!

Mas ... sem pára-quedas!

Anónimo disse...

Uma Ag para acionistas se calhar não e o vosso caso.

Fernando Alvega disse...

Amigo Filipe Costa Martins,
Acredito (e quem sou eu para duvidar da sua palavra) que o senhor seja um grande Sportinguista, só que é só Sportinguista de futebol e o nosso clube não se rege só pelo futebol.
Alás, se o senhor observar bem a história do Sporting, vai reparar que os grandes êxitos do nosso clube sairam de outras modalidades que não o futebol.
Diz o senhor o seguinte: "Quero felicitar a sócia nº6 pelo seu salto de pára-quedas no seu 87º aniversário..." O quê? Por muito respeito que tenha à sócia nº 6 (Grande Sportinguista), o que é que interessa isso??? Vai ajudar a marcar golos?..."
Antes de tudo gostaria de lhe dizer que a distinta sócia nº6 do Sporting Clube de Portugal tem nome e este é Maria de Lurdes Borges Castro. Acho de muito mau gosto tratar tão ilustre senhora pelo seu número de associada omitindo o seu nome.
Mas continuando, o senhor ao dizer esta frase está somente a tirar o brilho das conquistas de quem deu tanto e tanto ao clube. Foram seres humanos como estes: Carlos Lopes, Fernando Mamede, gémeos Castro, Rui Silva, Joaquim Agostinho, Mário Moniz Pereira, João Pina, Obikwelu, Armando Marques, etc., que com os seus recordes Mundiais, Europeus, Olímpicos e as suas conquistas nestas mesmas provas e nas estradas por este mundo fora, elevaram o nome do Sporting a grande potência do desporto mundial e, não foi preciso marcar golos para o conseguirem. Ou acha que o Sporting é conhecido internacionalmente pelas conquistas do seu futebol? Tirando aqueles que eu já citei, o Sporting é conhecido pelos "Cinco Violinos", pela academia e a sua formação, o Hóoquei em Patins, especialmente por aquela que é reconhecidadamente considerada a melhor equipa de Hóquei de todos os tempos: (António Ramalhete, Júlio Rendeiro, João Sobrinho, António Livramento (o mago) e Vitor Carvalho (Chana, o artista). E, porque não, pelo Andebol.
Seja Sportinguista só de futebol mas, não queira, tirar o mérito e o brilho de outras conquistas que não sejam do futebol só porque não marcam golos.
Um grande abraço
Saudações Leoninas

Fernando Alvega

Filipe disse...

Amigo Fernando Alvega,
Obrigado pelas suas palavras.
Antes demais, um reparo: nunca foi minha intenção banalizar a dedicação da nossa distinta sócia M.ª B. Castro, que mérito tem nas suas conquistas em prol do Sporting. Numa semana em que o Sporting perde da forma que perde com o Benfica, preocupando-nos sobre o estado actual do nosso Clube, acho muito vago comentar pouco mais que isto num programa de televisão.
Quanto aos seus comentários, estou inteiramente de acordo. O que nos distingue dos outros clubes, é a nossa contribuição para o desporto português na sua generalidade. Eu próprio pratiquei uma modalidade dita amadora no Sporting e raro foi o Sábado que não assisti ao vivo a um jogo de Hóquei na antiga Nave (lembro-me a final da Taça Campeões com o Noia). Este ano saúdo o regresso da modalidade ao escalão sénior. Para quando o nosso pavilhão? Já faz falta...
Agora, uma coisa é certa, para chamarmos pessoas ao estádio, abraçar novos adeptos e sócios, o clube precisa de sucesso (desportivo) no futebol, é importante que tal aconteça.
As conquistas no resto do universo desportivo tornaram-nos grandes e diferentes dos outros, mas o futebol é eseencial e atrevo-me a dizer decisivo para o novo rumo...
Viva o Sporting!

Anónimo disse...

Tem andado distraído Filipe C. Martins: quase todos os dias tem havido presidenciáveis, logo abaixo há um. Mas compreendo as suas preocupações que também são as minhas.ULISSES

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...