segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Para memória futura

"Fomos nós que definimos o programa de visita aceite pela FIFA. Não tínhamos muito tempo, e por isso incluímos dois estádios em Espanha, propostos para o jogo de abertura [Camp Nou], e final [Santiago Bernabéu] e dois em Portugal, propostos para o jogo dos 3.º e 4.º lugares [Dragão] e uma das meias-finais [Luz]. Mas que não restem dúvidas que o Estádio de Alvalade faz parte do projecto de candidatura, assinámos por isso contratos com o Sporting Clube de Portugal, e nós cumprimos contratos."
Ângelo Brou, secretário-geral da Federação Portuguesa de Futebol e administrador da fundação criada para suportar juridicamente a candidatura ibérica à organização dos Mundiais de 2018 ou 2022, falando no âmbito das visitas do Comité de Inspecção da FIFA a estádios portugueses e espanhóis, "A Bola Online", 02-09-2010

5 comentários:

Anónimo disse...

Isso interessa alguma coisa. Não se realiza cá!

JORNALISTAS E COMENTADORES - VEJA OS SEUS CLUBES DE CORAÇÃO

http://conselholeonino.blogspot.com/

adams disse...

Já que o jogo de abertura e a final serão em Espanha, a federação deveria exigir que as duas meias-finais fossem em Portugal. E que o Estádio de Alvalade fosse palco de uma delas.

Anónimo disse...

Portugal neste campeonato terá - a ser a candidatura vencedora - menos peso que Andaluzia, Galiza, Catalunha ...


40PostasPescada

Anónimo disse...

Onde é que está o stress desta notícia?

Anónimo disse...

O estádio do SCP vai ser utilizado para estágio das equipas de arbitragem. A relva não dá para mais nada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...