terça-feira, 21 de dezembro de 2010

A morte de Pôncio Monteiro

Com a morte de Pôncio Monteiro (1940-2010) desapareceu um grande portista. Um portista sério, que se ouvia com interesse e curiosidade. E um portista a sério. Daqueles que dão gosto defrontar. Porque Pôncio Monteiro era daqueles que não precisavam de fruta ou de café com leite para estar sempre na primeira linha a defender o seu Futebol Clube de Porto. Por isso, com a sua morte, o FC Porto fica empobrecido pela perda de uma das suas vozes mais lúcidas e contundentes.

31 comentários:

Anónimo disse...

Dasss!

Realmente somos um Povo de hipócratas!

Morreu, acabou!

Era tão 'bom', que nem p'ra estrume serve.

Porfírio disse...

Não posso estar mais em desacordo.
Lamento a sua morte (mesmo), mas achava-o do mais primário que havia entre os comentadores desportivos (classe já de si dominada por instintos demasiado primários).

Porfírio disse...

Não posso estar mais em desacordo.
Lamento a sua morte (mesmo), mas achava-o do mais primário que havia entre os comentadores desportivos (classe já de si dominada por instintos demasiado primários).

Joseph Lemos disse...

O mundo ficou mais puro e verdadeiro e o futebol se vê livre de mais um corrupto.

Anónimo disse...

Que descanse em paz.
Os meus sentimentos à sua família.

Anónimo disse...

"O mundo ficou mais puro e verdadeiro e o futebol se vê livre de mais um corrupto."

A blogosfera também ficaria mais pura sem comentários de idiotas como você.

Anónimo disse...

NÃO ACREDITO!!

Afinal o Leão da Estrela não passa de um gatinho!

É sempre triste morrer alguém e a minha simpatia vai para a família e os amigos que sofrem com a sua morte.

Mas agora um Blog, que eu considerava estar a remar contra a maré do triste Sporting que está a tornar-se um Satélite do porto, vir "endeusar" o Pôncio Monteiro é demais. Como disse é triste a morte, mas este era um dos ROSTOS DA CORRUPÇÃO QUE IMPEDE À MUITO TEMPO O SPORTING DE LUTAR PELO TÍTULO!

Desiludido!

Ricardo Almeida disse...

Ó Leão, estás a gozar comigo? Este individuo foi dos maiores corruptos e apaniguados do Corrupto-Mor! Não brinques comigo se faz favor!

Anónimo disse...

Os meus sentimentos aos seus familiares.Agora nunca o vi demarcar-se da fruta...Lá por ter morrido não passa a ser um anjo.

Anónimo disse...

Eu falava com conhecimento de causa e nenhum interesse me movia naquilo que dizia. Nenhum! Aguentei as colheradas depreciativas do Pôncio durante algum tempo, até que a mostarda me chegou ao nariz. Tinha de deitar cá para fora a revolta que me ia na alma. Num dos intervalos do programa, interpelei-o de forma muito dura. Lembrei-lhe um episódio da vida dele. O Pôncio Monteiro, muitos anos antes, depois de um acidente grave, esteve às portas da morte, para sobreviver tinham de fazer-lhe uma transfusão de sangue. O João Mota, do FC Porto, quando soube disso, prestou-se de imediato a ir dar sangue ao hospital. Mais tarde, o Pôncio perseguiu o João Mota dentro do FC Porto, exigiu a sua saída do clube, isto na altura em que o Pedroto era treinador. O Pôncio disse que ou saía o Mota ou saía ele. Foi aí, como contei antes, que Pedroto disse que, sendo assim, estava tudo resolvido, saía o Pôncio. Uma pessoa que faz isto, que depois de ter sido salva com o sangue do outro, o persegue, o quer despedir do trabalho, é alguém que perde toda a autoridade moral para dizer seja o que for. Uma pessoa que é capaz de comportamentos como aquele merece todas as reservas. Agarrei-o pelo braço e disse-lhe à queima-roupa: "Tu não prestas, tu foste capaz de perseguir uma pessoa que te ajudou da maneira que sabemos, portanto está calado, não digas nada. Olha para mim, olhos nos olhos. Tu nem profissão tens, a tua profissão é ser filho de quem és, o teu pai, sim, é um senhor, um gentleman." Atrapalhado, o Pôncio calou-se, ficou com falta de ar. O Schnitzer, ao assistir àquilo, disse-me: "Octávio, ainda matas o homem." "Mato o homem?!", perguntei eu, "mas qual homem?! Isto é um cobarde."


by Octávio Machado

MaximinoMartins disse...

Há pelo menos que respeitar as pessoas, mesmo que possamos discordar da sua maneira de actuar..
Sei que era um defensor acérrimo do seu Clube, não sei se o fazia como outros, por métodos condenáveis, mas como não sei não o posso acusar...
De qualquer modo, que descanse em Paz...!
Não é por apoucarmos os nossos adversários que seremos superiores...

JJD disse...

"Nestas alturas, quando as equipas ganham, nunca faltam amigos, conselheiros, colaboradores, todos querem aparecer. Em tempo de borrasca, na tormenta, ninguém lhes punha os olhos em cima. Em tempo de bonança, era vê-los, pressurosos e diligentes, a dar ordens, esmerando-se por mostrar serviço. Casos do Wilson Brasil ou do Pôncio Monteiro, este último um eterno candidato à presidência do FC Porto, mas que foi sempre gozado pelo Pinto da Costa. Periodicamente, o Pinto da Costa diz que não se recandidata, o que faz com que os vice-presidentes, entre eles o Pôncio Monteiro, se vão digladiando para ver quem ganha posição. Depois de assistir, com visível gozo, a este espectáculo, o Pinto da Costa anuncia a recandidatura, obrigando assim os vice-presidentes a fazer marcha-atrás. O Pôncio Monteiro foi sempre uma pessoa incomodada, muito incomodada, em determinada altura até ciúmes dos vencimentos do Artur Jorge tinha, porque ele era o tesoureiro e sabia quanto é que o treinador ganhava. Noutra altura, ainda com Pedroto a treinador, teve a infeliz ideia de se incompatibilizar com um preparador físico do FC Porto, chamado João Mota: foi dizer ao Pinto da Costa que só continuaria como membro da direcção se o João Mota fosse embora. O Pinto da Costa foi ter com o Sr. Pedroto e disse-lhe o que se estava a passar. E Pedroto respondeu-lhe: "Já está tratado. Vai o Pôncio Monteiro embora." E o Pôncio Monteiro foi corrido das Antas. Nas entrevistas que dava, o Pôncio Monteiro referia-se ao presidente do FC Porto como o Sr. Costa. É óbvio que depois, com o passar do tempo, com o sucesso do FC Porto, o Pôncio foi alimentando, cada vez mais, a ambição de ser ele o próximo presidente do FC Porto. (...) Num dos programas ('Os Donos da Bola', transmitido pela SIC), em que o Pôncio Monteiro era o convidado, aconteceu algo que me fez perder as estribeiras. Sempre que eu dizia alguma coisa e que comentava os casos que a SIC tinha em cima da mesa, os árbitros, as viagens, a corrupção, etc., o Pôncio Monteiro lançava suspeitas quanto à veracidade das minhas afirmações, criava sombras à volta do que eu dizia, por outras palavras, insinuava que eu estava a mentir. Ao Pôncio Monteiro eu não podia admitir aquilo. Como aliás não admito a ninguém. Porque eu estive por dentro, vivi muitas daquelas situações de que se estava a falar, eles não. Eu falava com conhecimento de causa e nenhum interesse me movia naquilo que dizia. Nenhum!

Joaquim Varela disse...

Já vais é tarde pá!!! E um dos dias mais felizes da minha vida, vai ser o dia em que o PC lhe for fazer companhia, para darem chitas a quem muito bem entenderem, menos aos que por cá vãi ficar, livres de tamanhos "artistas".

Adeus ó vai-te embora!!!

Natálio Santos disse...

Um dos " caporegimes " já foi..., os outros que restam não tardam...;)))

Leão Feliz disse...

Menos um escroque a gastar comida ao mundo...

Renato disse...

Era escumalha. Não vale a pena sermos hipócritas. Morreu, morreu. Ó Maria deita lá o caldo

James disse...

Só é pena que não o acompanhe o Corrupto-mor do Pinto da Costa, aí abria mesmo o champanhe!

Juveo Leo Aveiras disse...

Pelo menos o mundo hoje já ficou menos poluído. Depois do saramago e desta personagem só falta o Soares e o Pinto da Costa.

zigofrigo disse...

É com posts destes que percebo a razão de o Sporting estar como está...

O que fez pelo Sporting, esse senhor, para merecer tal lápide neste blogue?

Sinceramente, se o post é sincero, então a cegueira raia o impensável! Se não é, então a hipocrisia e, pior do que isso, a bajulação ao clube, bem conhecido, pela distribuição de fruta é vergonhosa e demonstrativa do crescimento do mesmo..., ás custas do Sporting!

Parece que estou a ler um bloguer azul a defender o indefensável!

Não vi aqui nada sobre Aurélio Márcio, falecido há dias, e um enorme vulto do jornalismo em Portugal! Porquê???????

Está próximo o Sporting Clube do Porto que equipará de azul e jogará no norte!

E ainda criticam os dirigentes do Sporting!!!

Como é possível???? Basta ser uma pessoa minimamente informada e, claro, ter algum carácter!

Isto foi o pior que eu já li neste blog!!!! Voz lúcida??? Só se for para rir!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

O episódio atrás sobre a porquinhês do sr Pôncio diz tudo. Que arda nas chamas do Inferno. E tu oh Leão chora mas é a morte de quem tenha mesmo mérito e envergadura moral.ULISSES

Anónimo disse...

foi um dos elementos do polvo que destruiu o futebol com frutas e galões.... obviamente não fico feliz com a morte de ninguém, mas este tipo não era nenhum anjo, antes pelo contrário.. mas para os sportinguistas o que importa é ficar à frente das galinhas, mesmo que fique atras do porto por causa da fruta...

Susana Caiado disse...

Só tenho pena que o Pinto da Costa não esteja já a fazer-lhe companhia no Inferno. São dois exemplos daquilo que Portugal de pior e do mais nojento e abjecto já pariu.

Cândida Carvalho disse...

Dia de luto para a Mafia...

Adriano F.C.P.4ever disse...

Vocês dizem isso de um dos homens que mais lutou pela transparência do futebol português! Sois uns miseráveis e apenas vos rogo uma praga pior que é o Bettencourt viver muitos anos como vosso prsidente!

Sandra Goias disse...

A partir de hoje os residentes do Inferno ficam mais apertados...

Leão Arouquense disse...

Adriano Pinto já foi, agora foi o Pôncio Monteiro, já só falta o Pinto da Costa o Rui Moreira e o Miguel Sousa Tavares par eu poder dizer como o outro . " What a wonderful world!"

Joana Leoa de Portugal disse...

Pedroto mantém o lume brandinho que já aí vai mais um...

Miguel Antunes disse...

Dantes o Inferno estava cheio de boas intenções agora começa a ficar cheio de andrades corruptos...

Anónimo disse...

Só digo uma pequena coisita...muito cuidado com os elogios pós-morte em que somos tão pródigos cá na santa terrinha, porque senão qualquer dia estamos aqui a ler que o papa, aquele que sabemos, não o de Roma, era um vulto da verdade desportiva em Portugal...Pelo andar da carruagem...

Anónimo disse...

Lamento que as pessoas falem mal por falar.

O leão da estrela fez e bem uma referência merecida. É verdade que o seu cinismo irritava, a sua ironia desesperava e a sua calma enervava ainda mais.
Quando o comecei a ver nas televisões, irritava-me. O seu ar triunfal gozando dos outros causava-me um certo azedume. Com o passar dos anos percebi, que o que sentia era inveja. Inveja de ver um clube apesar de tudo (trafulhices) a ser defendido com unhas e dentes, fanaticamente, enquanto o meu o S.C.P, sempre apresentou figuras ilustres,sim, sabedoures nos seus ofícios,sim, mas autênticos patetas e incompetentes no que toca a comentários desportivos.

Aos comentários que aparecem escritos por Octávio Machado, eu digo o seguinte:
O Pôncio, sempre foi um "betinho" engatatão que viveu fartamente graças à fortuna que a família acumulou ao longo de séculos. Isso NÃO é CRIME. É claro que todos gostaríamos de ter também uma família rica, mas: calhou-lhe a ele. Sorte a dele, azar o nosso. Crime é ser-se rico às custas de roubar ou por vias pouco honestas.
Tanto quanto sei, a família continua rica, com património baseado nas vinhas do Douro, ao contrário de outros que desfazem as riquezas de séculos. Posto isto:

O Pôncio, não precisou nunca de dinheiro do F.C.P.;
O Pôncio, acima de tudo era ferrenho do FCP, pelo que pode ter cometido alguns excessos pelo seu fanatismo, não porque queria dinheiro.
Se calhar a saída do Pôncio do FCP deveu-se a não concordar com alguns métodos menos "claros" usados por elementos da estrutura do clube que ele amava, a qual ele não concebia que ficasse ferida de honra por pessoas, que aos olhos dele, apenas se serviam do clube para enriquecer em vez de DAR ao clube.
O Pai do Pôncio, pagou do próprio bolso a contratação dos primeiros jogadores estrangeiros que o FCP teve no seu plantel. Gastou rios de dinheiro no clube que também ele amava.
É natural que quem investe no seu clube, tenha depois receio de ver outros destruir o que se construiu.

Imagine que aos dias de hoje, investia 50milhões de euros no SCP, se calhar já tinha despedido o Costinha por ter comprado o torsiglieri, NAC, Zapater, Maniche etc. Não? Se me responder "não", é porque é fácil falar quando não se tem o dinheiro para investir.

Quanto aos que o acusam de corrupção, relembro que muitos anos antes das escutas (desde o final dos anos 80) que já não exercia funções executivas no FCP.
Pelo que não vejo qualquer ligação possível. Vejo sim que teve um papel importante (financeiro) no lançamento de Pinto da Costa. E financiou o início das conquistas do FCP e da construção do clube que é hoje: Um grande do futebol nacional.

Só lamento que os "notáveis" do SCP, que passam pelo clube e que têm dinheiro, não invistam no clube, ao invés de lhe sacarem o que podem.

Isso é o que todos nós Leões temos de lamentar, que não existam "Pôncios" sócios do nosso clube!.
Só lamento que não tenha tido a possibilidade de participar num debate televisivo contigo, eu a defender o meu SCP, e tu, como sempre ferrenho pelo FCP.
Parabéns pelo legado, boa viagem e bom descanso.

Familiar e admirador.

Anónimo disse...

Lamento que as pessoas falem mal por falar.

O leão da estrela fez e bem uma referência merecida. É verdade que o seu cinismo irritava, a sua ironia desesperava e a sua calma enervava ainda mais.
Quando o comecei a ver nas televisões, irritava-me. O seu ar triunfal gozando dos outros causava-me um certo azedume. Com o passar dos anos percebi, que o que sentia era inveja. Inveja de ver um clube apesar de tudo (trafulhices) a ser defendido com unhas e dentes, fanaticamente, enquanto o meu o S.C.P, sempre apresentou figuras ilustres,sim, sabedoures nos seus ofícios,sim, mas autênticos patetas e incompetentes no que toca a comentários desportivos.

Aos comentários que aparecem escritos por Octávio Machado, eu digo o seguinte:
O Pôncio, sempre foi um "betinho" engatatão que viveu fartamente graças à fortuna que a família acumulou ao longo de séculos. Isso NÃO é CRIME. É claro que todos gostaríamos de ter também uma família rica, mas: calhou-lhe a ele. Sorte a dele, azar o nosso. Crime é ser-se rico às custas de roubar ou por vias pouco honestas.
Tanto quanto sei, a família continua rica, com património baseado nas vinhas do Douro, ao contrário de outros que desfazem as riquezas de séculos. Posto isto:

O Pôncio, não precisou nunca de dinheiro do F.C.P.;
O Pôncio, acima de tudo era ferrenho do FCP, pelo que pode ter cometido alguns excessos pelo seu fanatismo, não porque queria dinheiro.
Se calhar a saída do Pôncio do FCP deveu-se a não concordar com alguns métodos menos "claros" usados por elementos da estrutura do clube que ele amava, a qual ele não concebia que ficasse ferida de honra por pessoas, que aos olhos dele, apenas se serviam do clube para enriquecer em vez de DAR ao clube.
O Pai do Pôncio, pagou do próprio bolso a contratação dos primeiros jogadores estrangeiros que o FCP teve no seu plantel. Gastou rios de dinheiro no clube que também ele amava.
É natural que quem investe no seu clube, tenha depois receio de ver outros destruir o que se construiu.

Imagine que aos dias de hoje, investia 50milhões de euros no SCP, se calhar já tinha despedido o Costinha por ter comprado o torsiglieri, NAC, Zapater, Maniche etc. Não? Se me responder "não", é porque é fácil falar quando não se tem o dinheiro para investir.

Quanto aos que o acusam de corrupção, relembro que muitos anos antes das escutas (desde o final dos anos 80) que já não exercia funções executivas no FCP.
Pelo que não vejo qualquer ligação possível. Vejo sim que teve um papel importante (financeiro) no lançamento de Pinto da Costa. E financiou o início das conquistas do FCP e da construção do clube que é hoje: Um grande do futebol nacional.

Só lamento que os "notáveis" do SCP, que passam pelo clube e que têm dinheiro, não invistam no clube, ao invés de lhe sacarem o que podem.

Isso é o que todos nós Leões temos de lamentar, que não existam "Pôncios" sócios do nosso clube!.
Só lamento que não tenha tido a possibilidade de participar num debate televisivo contigo, eu a defender o meu SCP, e tu, como sempre ferrenho pelo FCP.
Parabéns pelo legado, boa viagem e bom descanso.

Familiar e admirador.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...