quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Os falsos sportinguistas

Gosto muito de futebol e sou sportinguista desde que me conheço. Sócio com emblema de 25 anos de fidelidade (tenho muitos mais anos, mas com intermitências). Já não vou ao estádio há vários anos. Desisti de ir depois de ver o comportamento abjecto de algumas claques. Sou “sportinguista” mas respeito os adversários. Não admito a ordinarice organizada. Um popular chamar "filho da puta" ao árbitro num momento de raiva, compreendo e até posso achar graça. Uma massa organizada a cantar em coro hinos de ódio e a praticar violências sem pejo, isso nunca. Com bandeiras a lembrar suásticas? Não, não contem comigo.
Quando o Sporting joga com o Porto, o Benfica, o Setúbal ou o Carcavelinhos, quero que jogue melhor e ganhe. Não me importo muito que jogue pior e ganhe. Não gosto é de perder, nem de ganhar com truques extra quatro linhas. E mesmo dentro das quatro linhas não gosto de árbitros que se “enganem” premeditadamente. Sou ferrenho, mas tenho “fair play”.
Este ano tenho-me abstido de comentar a péssima carreira do meu clube. Limito-me a não pagar as cotas há uns meses. É o meu protesto. Acho que se têm cometido asneiras a mais, mas enfim… Chegou, porém, a hora de explodir. Quando vejo um senhor chamado Maniche, que eu conheci como jogador do Benfica e do Porto, e que chegou em fim de carreira ao Sporting, dizer que há muitos “falsos sportinguistas” a dizerem mal do clube, não resisto mais. A seguir, logo no dia imediato, vejo um senhor chamado Costinha, a quem chamam “Ministro” não sei porquê (será uma ofensa, já que ninguém parece gostar de políticos neste país?), e que eu conheci como destacado centro campista do FCP, dizer a Sousa Cintra que se “deve meter na sua vida” e deixar de comentar questões do Sporting, aí chegou-me a mostarda ao nariz.
Eu sei que hoje em dia todos são “profissionais” e mudam de clube por dá cá aquele milhão de euros. Tudo bem, é assim a vida. Mas ver esses “profissionais” chegarem a um novo clube, que lhes paga bem, e confessarem que são “sportinguistas” desde o berço, é algo que não me cai bem. Não gosto de ver o Coentrão dizer que é “sportinguista” desde que se conhece e que ir para o Sporting é o sonho da sua vida, e depois ir para o Benfica, nem me soa muito bem ver o Maniche estar “agora no clube do seu coração”.
São “profissionais”? Então calem-se. Recebam o ordenado, joguem o melhor que possam a defender as cores do seu patrão, mas esqueçam o clubismo. Calem-se! Se se sentem mal com os “falsos sportinguistas”, mudem de clube, vão embora, que não fazem falta nenhuma. Eu sei que o Sporting é um “ninho de vespas” (como acontece em todos os clubes), mas há as vespas sportinguistas e há as vespas que voam de colmeia em colmeia. As vespas sportinguistas até podem dizer muito disparate, mas quase sempre querem o melhor para o clube.
As opiniões são livres e assim se devem manter. Mas lições de moral de “profissionais” da bola, não obrigado. Joguem, e calem-se. Os sportinguistas e os falsos sportinguistas pagam cotas, ou simplesmente sofrem com o clube, e não mudam de emblema, não se transferem, não recebem luvas, não fazem contratos milionários. Estão 18 anos sem ver a cor da taça de campeão, mas aguentam. Firmes. Protestam, criticam, dizem mal do presidente e do treinador, mas estão ali sempre, enquanto todos os outros vão mudando. Eles “são” o clube.
Antigamente podia dizer-se que havia jogadores que “eram” o clube. Hoje não há. Antigamente, os dirigentes e os directores desportivos trabalhavam de borla e até metiam dinheiro do seu bolso no clube. “Eram” património do clube. Hoje são pagos. Pagos para trabalhar no que sabem (e ás vezes muito bem pagos para fazerem asneiras consecutivas). Os sócios não pagam a uns senhores para depois os ouvirem chamar-lhes “falsos sportinguistas”. Façam favor de ter um certo pudor e tento na língua.
Já agora, mais uma questão: o senhor “Ministro” Costinha afirma que o senhor Sousa Cintra deve estar calado, porque senão ainda torna pública uma papelada que tem em seu poder. Ora bem, isto é muito grave e não deve ficar por aqui: o senhor “Ministro” Costinha insinua que tem em seu poder algo de comprometedor sobre a gestão do senhor Sousa Cintra. Nesta altura do campeonato, o senhor “Ministro” Costinha só tem uma atitude a tomar: revelar o que sabe ou demitir-se. Esta insinuação é muito grave para o clube e os sócios têm obrigação de saber o que se passa.
Eu sei que, “nesta altura do campeonato”, os sócios são a última das preocupações das direcções e das SAD, muito mais interessadas nos bancos e na CMVM. Os sócios são o verbo-de-encher. Mas era bom que de vez em quando tivessem algum respeito por eles, como neste caso, e esclarecessem de vez esta questão.


Lauro António, cinesta, adepto e sócio do Sporting Clube de Portugal, enviado por e-mail

15 comentários:

Hugo disse...

Nem mais.

Anónimo disse...

Que orgãos sociais temos que permitem que um assalariado faça uma intervenção pública ,quase que ameaçando um ex presidente do clube.
Espero para ver qual a reacção do gabinete jurídico do clube ou mesmo da SAD,visto Sousa Cintra também ser um accionista.
Por muito menos já pessoas levaram processos disciplinares.

MaximinoMartins disse...

Acho graça a estes sportinguistas e não me considero nem melhor nem pior...mas também sou sócio e tenho as quotas em dia...e vou ao Estádio sempre que posso e não as vezes que queria...!!!

Reclama-se que se quer uma equipa mais competitiva e melhor, sabe-se a dificuldade de tesouraria do Clube e diz todo orgulhoso...: sou sócio mas não pago as quotas há meses...e não vou ao estádio...

Pois...

Anónimo disse...

O protesto que este senhor faz afecta todo o universo sportinguista!!! Este senhor que se diz sportinguista, é adepto do futebol do sporting, mais nada. É pena que não consiga ver mais além... O sporting é um mundo de desporto e não apenas de futebol. Para se viver o sporting é necessário saber estar em tudo e não apenas no futebol. Para quem praticou ginástica e natação neste maravilhoso clube, é com tristeza que encontro pessoas adeptas do sporting clube de futebol...
Sócio 7149

jg1906 disse...

Bela prosa do cineAsta. Talvez a melhor que lhe li. Em quase tudo de acordo, em especial "o senhor “Ministro” Costinha só tem uma atitude a tomar: revelar o que sabe ou demitir-se."

SL

Anónimo disse...

Porque no se calán, todos? Incluindo o Laurodermio. O senhor F. Costa que trabalhe mais, deixa-se de dar troco, pois yem muito que fazer.

Alcides Pinto disse...

O senhor "Ministro" Costinha já que está numa de revelações também podia aproveitar e apresentar documentos relativos aos 15 anos de gestão que se seguiu ao Sousa Cintra e que serão seguramente bem mais comprometedores, portanto faça lá o favor de roubar a minha ideia e revele lá os promenores relativos, sei lá assim por exemplo à venda dos terrenos do estádio antigo e o envolvimento do Amadeu Lima de Carvalho, os terrenos das bombas, a MDC, a venda do Edifício Visconde de Alvalade, etc. é só mesmo escolher por onde começar.

vitor disse...

O que vale ao Sporting é que também há caixas de comentários geridas por vertebrados na blogosfera leonina, sempre em modo automático, eliminando á posterióri as ofensas. É a unica forma decente de estar presente na web. Bem também há os que fecham o covil. S.L.

Anónimo disse...

Não há nada mais de verdade no Falsos Lagartos , pois é o que somos desde que baixamos as calças aos porcos do norte , ou não será ? Os verdadeiros não são estes de agora que enchem os bolsos á conta do clube e que mais não sabem fazer se não falar/caluniar/invejar o Benfica.

socio 24012

Alberto Rodrigues disse...

Como Benfiquista vejo de vez em quando bolgs de outros clubes como é este Leão da Estrêla. Nunca comentei em qualquer delas, para além dos identificados com o Benfica, como é óbvio. Uma questão de príncipio e de educação. Leio, analiso e por vezes sorrio, concordo ou discordo. Que me perdoem os Sportinguistas por hoje alterar a minha regra. Depois de ter lido o comentário do Sr. Lauro António, achei que aquilo que escreveu é de uma lucidez extraordinária e pode aplicar-se a qualquer clube, incluindo o meu Benfica. Felizmente que ainda há gente com este poder de análise e que consegue separar o trigo do joio. Este blog com tal comentário, ficou mais rico. Parabens a quem o escreveu e a quem o colocou online.

Águia Preocupada disse...

Não sou sportinguista, mas esta do "Sr. Ministro" até a mim me ofendeu!
Se tem algo comprometedor para Sousa Cintra terá certamente muuuuiiiiitíiiissssssiiiiiiiimo para contar àcerca do clube de contumil que durante anos repreentou...
Porque não conta o que por lá presenciou? Ui! O que teria para contar...
Mas são assim os cobardes! Tem muita força mas só quando sabem que nada lhes acontece!
Nunca fui com a cara desse senhor, mas com esta, caiu na lama!

Leão de Stª Engrácia disse...

Lauro, tiveste pinta ! Embrulha Costinha.

Camilo disse...

LAURO ANTÓNIO,
A voz dum SPORTINGUISTA HONESTO!!!
SAUDAÇÕES LEONINAS!!!

Ana Paula disse...

Respeitem a idade deste senhor ninguém está livre do Alzheimer

Anónimo disse...

Concordo com tudo o que disse antes de DEIXEI DE PAGAR AS QUOTAS, como protesto. Se continuasse com as quotas em dia, tinha moral para criticar o que disse a seguir. Assim, não...PONHA MAS É AS QUOTAS EM DIA, porque assim nada ajuda a construir. Sportinguistas refractários já há muitos, com muita tristeza minha.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...