quarta-feira, 30 de junho de 2010

Uma leoa em dia de ressaca

A pose da sportinguista Vera Santos para a revista "J", suplemento dominical do diário desportivo "O Jogo". O ensaio da bailarina foi publicado na edição de 28 Fevereiro de 2010. Talvez um bom motivo para distrair na ressaca da derrota portuguesa na África do Sul... FOTO: Pedro Melim

terça-feira, 29 de junho de 2010

Verdades portuguesas

Portugal sucumbiu perante a máquina do futebol espanhol e não foi além dos oitavos-de-final do Mundial da África do Sul. Para muitos jogadores da selecção portuguesa é um grande alívio, pois já ganharam em diárias o suficiente para umas boas férias, embora pouco merecidas.
Sobre a selecção portuguesa há umas verdades que não podemos esconder: em primeiro lugar, alguns dos jogadores mais regulares da equipa queirosiana (nomeadamente Eduardo, Fábio Coentrão e Bruno Alves) jogam em Portugal e ainda não conseguiram o tal contrato milionário que os transfira para ligas mais ricas que a pobre lusitana; em segundo lugar, os brasileiros naturalizados Pepe, Deco e Liedson não trouxeram nenhum valor acrescentado à equipa portuguesa; em terceiro lugar, Cristiano Ronaldo, para além de não saber cantar o hino nacional, só joga bem e traz valor quando lhe pagam melhor, o que acontece no clube que está a representar; em quarto lugar, Carlos Queirós é mais director desportivo do que treinador; em quinto e último lugar, o guarda-redes Eduardo mostrou que é um dos melhores do mundo entre os postes.
Só pelo guardião bracarense, que gostaria muito de ver na baliza do Sporting Clube de Portugal, Portugal merecia seguir em frente... FOTOS: Reuters

domingo, 27 de junho de 2010

SCP empresta Adrien a clube da "Champions"

O Sporting decidiu emprestar o médio Adrien Silva ao Maccabi Haifa, de Israel. A cedência da jovem promessa leonina, de 21 anos, tem a duração de uma temporada e não contempla o direito de opção de compra por parte do clube israelita. O que é um sinal de que o clube de Alvalade está interessado no regresso do atleta a Lisboa. Adrien Silva viaja este domingo para Israel, a fim de acertar os pormenores do contrato com o Maccabi Haifa, equipa que vai disputar a segunda pré-eliminatória da Liga dos Campeões.
Com uma série de jogadores promissores cujo rendimento cristalizou nos últimos anos - no quadro de uma estagnação do futebol leonino -, o Sporting parece estar a tratar bem alguns problemas que tinha no plantel. Pela primeira vez, o clube de Alvalade empresta um jogador a um clube que pode participar na Liga dos Campeões. É um tipo de empréstimo que não representa uma despromoção para o atleta. Pelo contrário, significa uma promoção. E atendendo ao carácter, digamos, cosmopolita de Adrien Silva (atleta nascido em França e que um dia tentou a sua sorte no Chelsea, fugindo de Alvalade, onde acabaria por regressar), esta transferência para Israel poderá ser a mais indicada para o seu crescimento como futebolista. O director do futebol do Sporting, Francisco da Costa, está de parabéns por esta colocação.

sábado, 26 de junho de 2010

O primeiro de dois títulos da Sporting SAD

Primeira página do diário "Público", de 15 de Maio de 2000. O Sporting tinha vencido o Salgueiros por 4-0, no Estádio Vidal Pinheiro, sagrando-se campeão nacional de futebol ao cabo de 18 anos. Foi o primeiro de dois títulos de campeão nacional em 15 anos de gestão da Sporting SAD...

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Torsiglieri: uma torre argentina

O argentino Marco Torsigileri, 22 anos, defesa-central do Velez Sarsfield, foi apresentado como reforço do Sporting 2010-2011. Segundo foi noticiado, Torsiglieri custa aos cofres leoninos cerca de 3,5 milhões de euros. O seu valor como futebolista é desconhecido. Mas o facto de possuir 190 centímetros de altura é um bom sinal. Esperemos para ver qual o nível que Torsigileri alcançará na marcação aos adversários e a jogar a bola com os pés ou com a cabeça. FOTO: "A Bola"

Portugal: uma das melhores defesas do mundo

Depois do banho de "ketchup", traduzido numa estrondosa vitória por sete golos sem resposta, que afastaram a Coreia do Norte do Mundial de futebol da África do Sul, Portugal confirmou o "zero-a-zero" como o seu registo mais frequente nesta primeira fase da prova. A gente compreende que foi contra o poderoso Brasil e que a qualificação já estava praticamente garantida. A questão é que este Brasil não é tão poderoso quanto isso. E tal como ficou patente frente à Costa do Marfim, Carlos Queirós, pelas soluções que procurou no banco de suplentes, não pareceu muito interessado em ganhar a partida. De qualquer modo, para além da qualificação (que tinha sido conseguida na goleada sobre os coreanos), do empate a zero com o Brasil resulta a confirmação de um dado precioso: a defesa portuguesa é uma das melhores do mundo. E na baliza, se o Brasil tem Júlio César, Portugal mostrou que tem Eduardo. Agora, é preciso seguir em frente. Até à final, evidentemente. FOTOS: AP Photo

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Um banho de "ketchup"

Os jogadores portugueses resolveram apertar a bisnaga do "ketchup" com tanta força que ela ficou praticamente vazia. Agora, a grande questão é saber se há mais molho de tomate na bagagem portuguesa para usar até à final… Sim, até à final, porque, depois deste manjar coreano ao almoço, Portugal tem de ser campeão do mundo. No mínimo!...
Frente à Coreia do Norte, foram sete apertadelas vigorosas na bisnaga do “ketchup”, que resultaram numa vitória histórica por 7-0 (um dos resultados mais desnivelados de sempre numa fase final de um campeonato do mundo de futebol).
Curiosidade: o “ketchup” português não precisou dos jogadores brasileiros que a Federação Portuguesa de Futebol adoptou como seus. Deco e Pepe assistiram, talvez sentados. Só Liedson foi chamado ao campo perto do fim, quando tudo estava feito, tendo, por uma vez, apertado na bisnaga como deve ser, deixando o seu registo na marcha do marcador para justificar a naturalização. Venha o Brasil!... FOTOS: Getty Images

Um grande fim-de-semana para a nação leonina

O Sporting Clube de Portugal sagrou-se tricampeão nacional de juniores em futebol e campeão nacional de futsal. Foi um grande fim-de-semana para a nação sportinguista, como demonstram as imagens via TVI da festa do futebol júnior, em Alvalade!
Se o fracasso da equipa de futebol profissional foi uma profunda derrota do primeiro ano da gestão de José Eduardo Bettencourt, os títulos de futsal e do futebol júnior foram, naturalmente, duas grandes vitórias, que o povo leonino comemorou a preceito...

sábado, 19 de junho de 2010

Stojkovic: um escândalo em Alvalade

A situação do guarda-redes sérvio do Sporting Stojkovic (uma boa compra da era de Carlos Freitas) é absolutamente escandalosa. O motivo do seu afastamento da equipa leonina nunca foi explicado publicamente, mas diz-se que Stojkovic terá tentado agredir, ou terá mesmo agredido, o director do futebol Pedro Barbosa, em pleno balneário.
Ora, num balneário especializado no boxe, como já aconteceu antes de Stojkovic, entre Beto e Custódio, ou depois, entre Liedson e Sá Pinto, mais recentemente, é de estranhar que o Sporting tenha reagido impávido e sereno perante um eventual acto de indisciplina do guardião sérvio, limitando-se o treinador de então, Paulo Bento, a deixar de contar com o atleta, em prejuízo da empresa.
Mas isso aconteceu no mesmo Sporting que, ainda recentemente, contratou o brasileiro Rochemback, cuja gordura o impediu de ter sucesso no futebol inglês, mesmo depois de esse atleta, numa anterior e bem sucedida passagem por Alvalade, ter mandado o então treinador José Peseiro apanhar no cu, em pleno relvado do Estádio do Dragão, à vista de milhões de pessoas. Sem que nada também lhe tenha acontecido então...
Os casos referidos têm a sua explicação e o seu enquadramento, mas, no seu conjunto, representam o traço comum de um clube sem liderança e sem disciplina. E a liderança continua a ser tão fraca, tão fraca, a todos os níveis da gestão leonina, que nem as mudanças de presidente, de directores do futebol e de treinadores foram suficientes para resolver o "caso" Stojkovic. Com o Sporting falido, é criminoso desperdiçar um activo da valia do guarda-redes da Sérvia, que na África do Sul foi essencial para uma vitória surpreendente sobre a poderosa Alemanha.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

O presidente que fala como um adepto...

"Tenho a profunda certeza que o Sporting será um dos maiores clubes da Europa."

“Estamos a construir uma estrutura muito forte."

“O comboio foi apanhado a meio do caminho."

"Temos uma política de reforços, vamos mantê-la e fá-lo-emos com o nosso ritmo e sem nos desviarmos do caminho que foi traçado."

"Devagar que temos pressa."

José Eduardo Bettencourt, presidente do Sporting, na apresentação de André Santos, Evaldo e Maniche como jogadores do clube para a próxima época

quarta-feira, 16 de junho de 2010

As primeiras compras do Sporting

O médio Maniche e o lateral-esquerdo Evaldo (ex-Sp Braga, na foto) são as primeiras compras do Sporting para a nova temporada. São apresentados hoje, assim como o médio André Santos (ex-União de Leiria), um regresso a Alvalade.
Maniche diz que chega ao Sporting para concretizar "um sonho" dele e do próprio pai. Enfim uma concretização demasiado tardia... Assina por um ano, com dois de opção. Depois de Derlei, Maniche é mais um jogador veterano a ingressar no Sporting depois de ter representado Benfica e FC Porto.
O lateral-esquerdo brasileiro Evaldo, de Minas Gerais, nasceu em Março de 1982, ano em que o Sporting foi campeão. Depois de se revelar em Braga, Evaldo, que é considerado um valor acrescentado para o futebo leonino, chega ao Sporting aos 28 anos, no momento máximo da sua carreira. FOTO: "A Bola"

A falta de talento

"Público", 16-06-2010

terça-feira, 15 de junho de 2010

Portugal sem talento

A selecção portuguesa nunca teve grandes treinadores. Daqueles que acrescentam valor a uma equipa durante o jogo. Teve um grande líder, que foi Luiz Felipe Scolari. Agora tem Carlos Queirós, que é um professor e um mestre da organização.
Mais do que uma evidente incapacidade para virar o rumo dos acontecimentos durante os 90 minutos, o que foi visível no jogo inaugural de Portugal no Mundial' 2010, frente à Costa do Marfim, foi a falta de talento na equipa portuguesa. Talento que define as grandes equipas, que era uma imagem de marca da selecção lusitana e que, outrora, sobrava com jogadores como Luís Figo, Rui Costa, João Vieira Pinto, Pauleta e muitos outros. Nesse aspecto, Cristiano Ronaldo está demasiado só. Tal como Liedson, no ataque.
O empate a zero entre Portugal e a Costa do Marfim cheira a muito pouco. Mas não é totalmente decepcionante. Porque a Costa do Marfim, com o dedo táctico do sueco Sven-Göran Eriksson, contrariou em campo o "ranking" da FIFA, demonstrando que está na corrida pela qualificação. E o Brasil que se cuide. É só esperar pelos próprios resultados. FOTOS: EFE

segunda-feira, 14 de junho de 2010

O suor de Schmeichel

Peter Schmeichel, guarda-redes do Sporting Clube de Portugal, campeão nacional 1999-2000.

domingo, 6 de junho de 2010

Toldo: eis um veterano que seria bem vindo!

O italiano Francesco Toldo, 38 anos, guarda-redes do Inter de Milão, é hipótese para o Sporting Clube de Portugal, segundo revela a imprensa. Costinha vê na eventual contratação do internacional transalpino a reedição em Alvalade do efeito-Peter Schmeichel...
Toldo é, sem dúvida, um daqueles veteranos que seriam bem vindos, pois consegue reunir experiência internacional, valor acrescentado, capacidade de liderança, qualidade profissional... Além disso, uma grande equipa começa sempre pela baliza...
Porém, há uma questão a ter em conta: faz sentido alimentar o imaginário sportinguista com a eventualidade destas grandes contratações, quando sabemos das enormes dificuldades financeiras que dilaceram as ambições leoninas?... FOTO: "Record"

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Costinha: "Um dirigente não pode ter férias"

Sem jogadores contratados, enfim, com tudo ainda indefinido ao nivel do grupo de jogadores do plantel 2010-2011, e com as contas no "vermelho", os sportinguistas estão na estranha situação de não estarem livres de alguns atletas que já foram removidos do futebol de alta competição (no sentido literal da expressão), mas que andam por aí, rondando a possibilidade de entrar em Alvalade para uma reforma bem paga...
Desde um Maniche que precisa de conduzir um Lamborghini Murciélago para dar nas vistas e demonstrar o seu poder até um Nuno Assis que foi apanhado nas malhas do "doping" quando andava pelo Benfica...
No momento em que José Eduardo Bettencourt passa o primeiro aniversário da sua vitória estrondosa (por 90 por cento da amostra de associados do Sporting que foram votar...), estes são fortes sinais dos (maus) tempos que correm...
O que nos vale é que Costinha - numa revelação surpreendente feita à sempre muito atenta Agência Lusa - disse que recusou um convite para trabalhar com José Mourinho, pois preferiu salvar o Sporting Clube de Portugal da queda no abismo. Enfim, como diria António Oliveira, "por cada Leão que cair, outro se levantará"...
Mas o mais surpreendente do diálogo de Costinha com a Lusa, que escapou à generalidade da comunicação social, foi um ataque (involuntário, obviamente...) ao presidente Bettencourt. "Um dirigente que quiser ter sucesso não pode ter férias, nem horários definidos", afirmou o director do futebol leonino. Tome lá, presidente!

Parabéns, TVI!

Em tempos, o LEÃO DA ESTRELA defendeu que os jogos de futebol dos escalões de formação em que participam equipas grandes (Sporting, Benfica e FC Porto) deveriam passar na televisão, em particular na Sport TV, como factor de promoção da modalidade e do trabalho desenvolvido nos clubes.
Vivendo a Sport TV do futebol profissional, faria todo o sentido que o seu líder, Joaquim Oliveiran, pensasse em divulgar o futebol juvenil como forma de defender e potenciar esta indústria, tanto mais que Portugal se transformou num País exportador de jogadores e treinadores de futebol. Por outro lado, a transmissão dos jogos das principais equipas seria um grande veículo de promoção dessas equipas junto doa adeptos portugueses, que assim ficariam com mais informação sobre possíveis jogadores das camadas jovens de cada clube que possam servir a respectiva equipa principal. O que seria mais um factor de "pressão" sobre as direcções de cada clube no sentido em que os seus dirigentes teriam que estar mais atentos à matéria-prima própria, antes de decidirem ir ao mercado (geralmente no estrangeiro) buscar este ou aquele jogador... A transmissão televisiva significa mais informação. E mais informação significa mais conhecimento...
Por isso, foi com muita satisfação que, nesta quinta-feira à tarde, fui surpreendido com a transmisão em directo do jogo FC Porto-Sporting em juniores (vitória leonina por 1-0), não na Sport TV (Oliveira não tem grandes preocupações dessa natureza...) mas no canal de notícias TVI 24. E no próximo domingo será transmitido em directo o Sporting-Benfica.
Parabéns, TVI!

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Um milhão de euros para começo de conversa...

Com a festa do 33º aniversário marcada para o próximo mês de Novembro, o veterano Maniche (nome que é uma alcunha em homenagem ao antigo avançado nórdico do Benfica Michael_Manniche, o que para muitos será uma manifestação de grande sportinguismo...), quer um milhão de euros do Sporting. Não por um ano de contrato, mas apenas por assinar o seu nome num contrato de três anos.
O Sporting, clube falido que pagou 600 mil euros para libertar um treinador que seria despedido do clube onde estava, o Vitória de Guimarães, parece estar interessado. De Maniche, embora não conste que seja propriamente um bom exemplo profissional para os jovens da academia leonina, dizem que é sportinguista desde pequenino. Um sportinguista que está num sofrimento profundo, pois não tem clube. E o Sporting vinha mesmo a calhar...

Obs. - Abaixo os mercenários! Viva o Sporting Clube de Portugal!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...