domingo, 27 de março de 2011

Bruno de Carvalho, um líder



Os líderes não precisam de ganhar eleições para demonstrar que são líderes. Nesta madrugada, na Praça do Centenário, no Estádio da José Alvalade, Bruno de Carvalho (que ganhou as eleições, embora não tenha sido anunciado como vencedor, pois é assim que vai rezar a história) demonstrou que é um líder, quando enfrentou uma multidão em fúria contra a organização que tomou conta do Sporting Clube de Portugal, evitando que o escândalo que marcou a noite eleitoral sportinguista assumisse proporções ainda mais graves.

Depois de "afinada" a contagem dos votos, porque "tinha de ser", segundo o inenarrável presidente da Assembleia Geral cessante, a passagem de testemunho, sem a presença do novo presidente da Assembleia Geral, Eduardo Barroso (o que não deixa de ser extraordinário...), foi um espectáculo pobre, deprimente e patético.

Longe do povo, longe dos sportinguistas, que estavam na rua, incrédulos, Godinho Lopes, que é muito mais fraco do que aquilo que parece, recebeu o poder e fez um discurso assustadoramente vazio. E assustadoramente caciqueiro, como demonstrou ao destacar os votos que Moniz Pereira lhe arranjou... Vergonhoso. FOTOS: "Record Online"

20 comentários:

anti meia-leca disse...

O discurso foi tão vazio que fazia eco. Uma marioneta como presidente do SCP. Conseguem imaginar um frente a frente entre o Pinto da Costa, Vieira e este meia-leca? Será isso que os sportinguistas querem? A luta vai ter de continuar!!!

Anónimo disse...

Como é que ganhou as eleições o bruno de Carvalho? está tudo maluco? então já não se acredita nos resultados? eu acho que pode ser injusto porque o valor dos votos não é igual mas, para todos os efeitos, Godinho Lopes - que não foi a minha escolha - ganhou legalmente. Nem pondero outro cenário. Por isso é presidente do Sporting quer eu goste ou não!

Joca Leão disse...

R.I.P Sporting Clube de Portugal 1906-2011
Assassinado a sangue frio pelos próprios "Sportinguistas".

Anónimo disse...

Veremos se será ou não.

Anónimo disse...

já participei em actos eleitorais em eleições nacionais como escrutinador, secretário, Vice-Presidente e sou sócio do Sporting desde 1994 e fui votar pela segunda vez. Fi-lo a meio do dia para evitar confusões e devo dizer que fiquei muito impressionado pela negativa com a organização do acto eleitoral, acho que as primeiras eleições livres em Timor foram mais bem organizadas…, com é possível todas as secções de voto estarem num mesmo espaço não havendo uma separação de circuitos para cada secção, permitindo que se andasse a vaguear pelo recinto!?!? Não haver privacidade no preenchimento dos boletins… No haver escrutinadores, era a Presidente da mesa fazia tudo e não consegui confirmar se descarregou o meu voto em algum caderno ou não, porque estava tudo escondido atrás da urna de voto… os boletins de voto pelo que pude observar eram iguais para todos independente de número de votos, o que liga o boletim ao número de votos é a urna onde se deposita o boletim, Isto é inacreditável, os boletins tinham de ter inscritos o numero de votos do votante para não haver dúvidas nas contagens dos votos, assim, nas contagens e fora das urnas, o mesmo boletim se for ilicitamente deslocado para outra secção onde se está a fazer a contagem de votos com outra importância, pode valer mais… Por fim, e grave ainda, é constatar que é o corpo de funcionários do Sporting que asseguram o acto eleitoral??? Bem sei que há delegados das candidaturas, mas o que seria se as eleições para uma câmara municipal fossem asseguradas pelos funcionários dessa autarquia e não por mandatários dos partidos concorrentes???? Era bonito não era??? Ainda para mais quando no Sporting quem substituiu o Presidente Bettencourt na Presidência do Conselho Directivo foi a mesma pessoa que concorreu pela lista A do Eng Godinho Lopes e que acabou por ganhar as eleições após uma golpada eleitoral que ainda está por explicar, mas a forma arcaica e terceiro mundista como no Sporting são organizadas as eleições são de maneira a que se perpetue no poder quem já lá está.

Carlos disse...

Uma coisa e apoiar um candidato, mas outra será por em causa umas eleições renhidas, mas em que outro candidato teve mais votos. Parece-me bastante desprestigiante para um blog que em geral se pauta por ser bastante correto. Nao seria mais interessante reflectir como foi possivel nas presentes condicoes perder umas eleições para um herdeiro do "roquetismo", nomeadamente a incapacidade de unir as diferentes sensibilidades do contra que foram a votos. (perdão pela ausência de alguns acentos). SL

Anónimo disse...

A corrupção alastra no Sporting. Desde o presidente eleito, passando pelo responsável pelo futebol, chegando à equipa que conta os votos. 7 horas para contar 14000 votos? Nem no Zimbabwe...

Romeu disse...

Podemos achar injusto, não concordar com a forma como são contados os votos, mas aparentemente não houve qualquer irregularidade. Houve, isso sim, contra informação dos jornalistas, falta de prudência e de desportivismo. O SCP não merecia isto.

BC teve uma atitude digna, mas era o mínimo que devia fazer. Queriam que fosse o GL a incendiar mais os ânimos?

Godinho Lopes foi eleito democraticamente e agora há que apoiar o nosso clube. O Sporting precisa de todos nós.

Anónimo disse...

Caro Leão da Estrela.

Lamento que durante o processo eleitoral tenha optado pela censura dos comentários. Compreendo que quisesse a vitória de BC, tal como eu, mas impedir comentários de anónimos, para o bem e para o mal, é limitar a liberdade de expressão.
Quanto às eleições, ficou provado que os velhos do restelo têm sempre uma palavra a dizer, e poder de decisão sobre o futuro do clube. É perigoso porque pode gerar disto: BC tem mais boletins de voto, mas menos votos.. (!)
É verdade que Godinho Lopes ganhou, digo isto porque nem quero pensar que tenha havido trafulhice, nem pondero isso sequer. Mas também é verdade que um presidente eleito com + 0,3% é um presidente fragilizado. Só por isso, deveria ter lugar uma 2ª volta. Para que o presidente fosse eleito por maioria.
Assim, vão continuar os protestos, vão continuar os insultos, vai continuar o estádio vazio e o afastamento dos adeptos e sócios do clube.
Um presidente que é eleito por 36% de 100%, quer dizer que representa, ou identifica-se, com apenas 1/3 dos sócios(e adeptos)é muito pouco, muito instável.

Vergueiro.

MJ Avila disse...

Luis Paulo - mas afinal nao o JEB nao fez o mesmo quando enfrentou a JuveLeo no Estado de Alvalade?????
Como queriam que o GL tivesse outra postura se os selvagens que se dizem ser socios do Sporting....tiveram atitudes do mais vergonhoso possivel ... em directo para a TV? Querem pior imagem do que esta??? Nao foram esses mesmos que impediram que o presidente eleito falasse aos socios como deveria de ter sido? Pior imagem nao poderiamos passar para o mundo! Eu sinto vergonha do que se esta passando! Eu SIM Maria Joao Avila sou "lider" e sempre fui! Mas nao me vejo neste filme de peixeiradas e selvagens! Ha que saber perder com dignidade e nao "inventar" situacoes desagradaveis que nada dignificam o Sporting! Querem outra volta???? O que dirao os socios que se deslocaram a Lisboa para votar ... conduziram durante HORAS! E os que viajaram dos Estados Unidos so para votarem e regressam ja na proxima semana? Os liders deveriam era de pedir explicacoes a quem atirou numeros para o ar sem serem oficiais! Mas infelizmente o que eu vi nestas eleicoes foi muita fome de PODER e todos queriam a presidencia...causando uma divisao vergonhosa! As listas nao eram todas contra a continuidade...basta ver quem estava no Conselho Leonino de cada uma. Tenho vergonha do que se esta a passar!
Maria Joao Avila - USA

Anónimo disse...

Faça-se uma recontagem independente dos votos, realizada por uma entidade externa.
Em todo o caso a culpa disto é do Record.
Gostava muito que o Bruno fosse o presidente do SCP, mas sê-lo-á, no mínimo, nas próximas eleições.
Em todo o caso há que rever a história do peso dos votos. não deve existir uma diferença tão grande no número mínimo e máximo de votos que um sócio pode representar. É injusto.
Para concluir diria, apenas, que a partir de hoje o meu presidente é o Godinho.
Viva o Sporting!

MFM disse...

Será que estes senhores não percebem que estão a fazer cada vez mais mal ao SPorting?

Que cada vez dividem mais?

Por favor não maltratem mais o meu clube.

O Sporting precisa de alma nova sangue novo, antes que os mais jovens desistam de vez.

Alguem que perceba de estatutos do Sporting, vamos convocar uma assembleia geral para alterá-los. Vamos alterar as votações, para que sejam mais equitativas e não deixem o Sporting nas mãos de 2000 sócios quando já fomos 120000 e agora somos 1/3...

SL
SPORTING SEMPRE

Se for preciso assinaturas de sócios eu arranjo meia duzia.

Sócio 67927

Rui Moreira disse...

A Mesa da Ag do Sporting anunciou 88.530 votos. Depois Lino de Castro anunciou que GL venceu com 33.275 votos, correspondentes a 36.55% dos votos. Mas 36,55% de 88.530 votos são 32.257 votos e não 33.275! Alguém me consegue explicar isto, sob pena de ficar um manto de suspeição sobre as eleições do Sporting?

Obrigado,

Rui Moreira

Anónimo disse...

http://golpenosporting.blogspot.com/

aNNóNNimo disse...

Têm 'montes' de razão, são mesmo um clube 'diferente'!

Anónimo disse...

Acontecerem coisas muito estranhas e que ainda ninguém explicou:
Rogério Alves dá os parabéns a Bruno Carvalho.
O Presidente da AG diz que não houve recontagem de votos e Paulo Pereira Cristovão diz que houve duas recontagens e em ambas Godinho Lopes ganhou. Mas afinal houve ou não recontagens?
O Presidente da AG anuncia os resultados e empossa Godinho Lopes e diz que terminam ali as funções dele. E tudo isto sem a presença do novo Presidente da AG?

Não acham tudo isto muito estranho?

Anónimo disse...

Devia haver uma recontagem dos votos feita por uma entidade externa e independente para se tirarem as duvidas todas.

E depois, por um voto se ganha e por um voto se perde. O que é necessário é, na revisão estatutária, incluír a figura da 2ª volta.

MaximinoMartins disse...

Já agora há uma coisa que me deixa um pouco perplexo...
Então se o candidato GL esteve sempre à frente, porque razão a sua lista requereu um recontagem...??
Era para ver se o BC ganhava...??

Anónimo disse...

como simpatizante e sócio correspondente sem as cotas em dia, lamento profundamente que o clima de suspeição tenha caído sobre o meu clube.
Pensei por momentos, porque assisti noite dentro, que afinal iriamos chegar a bom porto, qualquer que fosse o eleito. mas infelizmente tenho que concordar com o BC que não era o meu candidato, que isto assim não. Ou 2ª volta ou utras eleições JÀ!!
João silva, Braga

Anónimo disse...

As claques já foram amansadas... Nada que umas centenas de bilhetes não resolva. eh eh

Palhaçada!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...