terça-feira, 22 de março de 2011

A grande noite de Dias Ferreira

Experiente em televisão, Dias Ferreira foi o vencedor da noite no debate entre os cinco candidatos à presidência do Sporting Clube de Portugal, que decorreu na RTPN. Dias Ferreira fez um debate por ele e até ajudou Bruno de Carvalho no combate contra a continuidade, encostando Godinho Lopes às cordas.
Estranhamente, Bruno de Carvalho não esteve no debate. Perdeu-se em picardias, mais parecendo que era ele quem estava em último nas sondagens e precisava de se colocar em bicos de pés. E revelou uma arrogância, por vezes, a roçar o insuportável. Não se comportou como um presidenciável. Não comprometeu a vitória nas eleições, até porque o debate nada clarificou e o Sporting talvez precise mesmo de um presidente arrogante.
No entanto, Bruno de Carvalho não confirmou a prestação clara, lúcida e sóbria do debate anterior realizado na SIC Notícias. Por isso, não terá ganho mais votos. E ele bem precisava de mostrar serenidade para atrair os sócios indecisos e com mais idade, que, naturalmente, são mais conservadores. Depois de uma semana marcada por muitos insultos à sua candidatura, a Bruno de Carvalho faltaram-lhe nervos de aço.
Godinho Lopes, repleto de frases feitas, servidas por António da Cunha Vaz, continua embrulhado nas contradições da sua continuidade. Pedro Baltazar oscila entre o assertivo e o desconexo. Sérgio Abrantes Mendes teve razão antes do tempo. E aproveitou mais este debate para fazer gala disso.

30 comentários:

Romeu disse...

Não me revejo minimamente num candidato prepotente e arrogante como Bruno Carvalho.

Uma pessoa que falta ao respeito aos outros candidatos (que querem o melhor para o nosso clube), não merece sequer ser candidato a presidente do Sporting Clube de Portugal.

Os jornais podem colocar as notícias que quiserem, encomendar sondagens, mas a arrogância e falta de nível desse senhor já tive oportunidade de ver em directo. Aí não houve montagens.

Com Godinho Lopes fomos campeões, voltamos a encher estádios, a ter jogadores como Jardel, João Pinto, André Cruz, entre outros. É esta a continuidade que quero.

lagarto disse...

Muito boa análise LdE, tal qual como eu vi o debate também.

Diria só que a arrogância do Bruno do Caralh*, como eu lhe chamo, valer-nos-á a pena, pelo menos, no dia em que tivermos de nos confrontar com lampiões e tripeiros.

Nesse dia, teremos um Presidente que não se vai abaixo seguramente, nem um Presidente que depois de ser insultado publicamente se senta ao lado do rival na tribuna.

Por isso, valha a arrogância do Bruno, que também não foi assim tão mais arrogante que os golpes baixos de Baltazar e Godinho Flopes, só que estes últimos sem os tomates para dizer as coisas com mais assertividade.

Disse.

40PostasPescada disse...

Uma leitura do debate que também partilho e que vem mostrar que a opção "outro candidato" mantém-se premente mas já não há tempo!

Anónimo disse...

Discordo na totalidade da sua observação neste debate. BC, que me tinha entusiasmado completamente, perdeu-se neste debate com a sua postura, e deixou-me deveras preocupado caso ganhe estas eleições. As quezilias que manteve com PB e GL, prejudicaram-no e na explicação do fundo de 50 milhões penso que deixou muito a desejar e esclareceu muito pouco as duvidas que ainda subsistem. Teve uma atitude pouco presidenciável e assuas atitudes foram irritantes e arrogantes, somente igualadas pelas de PB. Dias Ferreira foi também para mim um desastre (surprendentemente) e infelizmente penso que GL ganhou pontos. SAM foi igual a si próprio, mas falta-lhe estofo e projecto.

Hugo disse...

Boa análise. Este debate valeu por ter trucidado a candidatura do Godinho Lopes. O Abrantes Mendes é demasiado educado para estas andanças (dizer que é preciso seguir regras revela um profundo desconhecimento do que é o futebol português onde quem corrompe safa-se sempre). O Dias Ferreira conseguiu disfarçar o facto de ter um benfiquista como director desportivo e de se ter aliado ao JEB nas últimas eleições. O Baltazar tem o Zico e pouco mais. O Bruno de Carvalho desiludiu-me um pouco. Não mostrou a ser(en)iedade que era necessária. Terá sido propositado?

Zé do Boné disse...

Péssimo debate.Assim que soube quem seria o moderador que previ isto.
A única ideia com que fiquei era a que já tinha anteriormente:Paulo Futre acabou com a candidatura de Dias Ferreira ainda antes de esta começar!
Trazer Futre para director-desportivo era a mesma coisa que um candidato à presidência do Barça apresentar o Figo como trunfo...

Mr. Acosta disse...

Boa analise e concordo, penso apenas que o BdC terá perdido o debate, mesmo. SAM sem duvida o Sportinguista tipico, bom, poetico, sonhador, simpatico, culto e que vive da paixão... mas isso é apenas um adepto. Não chega.

lagarto disse...

Ou seja, segundo os comentários de suas excelências dizer que o fundo do Bruno é lavagem de dinheiro e que as suas empresas faliram ou fecharam ou que devem dinheiro ou o raio que o parta, isso já não é prepotência.

Segundo vossas excelências, Baltazar e Flopes os imaculados e senhores de brio. O Bruno, um gandulo.

Tenham dó. Querem dar lições de moral a quem?

Não me lixem...

Anónimo disse...

Bastava o Dias Ferreira não ter escolhido o Futre, mesmo mantendo José Couceiro, com Frank Rijkaard como treinador, e era o novo presidente do Sporting.

Hammill disse...

LdE,

Partilho parcialmente da sua análise.

DF: esteve claramente ao ataque porque este debate também era decisivo para si, e esteve muito incisivo nomeadamente nos ataques à GL demarcando-se (com relativo sucesso) da sinistra Continuidade e novamente muito incisivo nos 2 m finais. Foi claramente um dos vencedores.

PB: Mais uma vez esteve intermitente perdendo-se em constantes ataques a BdC e GL. Só esteve muito bem e marcou pontos na sua declaração final! Mas... alguém atento e conhecedor da realidade leonina acredita naquela colagem a João Rocha??? Um momento hilariante de TV foi quando na declaração final andou á procura da câmara...! Não perdeu nem ganhou e precisava desesperadamente de ganhar!

GL: Sem Ipad nunca conseguiu elaborar um raciocínio e não revela pulso para debates! Tentou passar uma imagem de serenidade mas mostrou-se sempre nervoso e vitima de todas as contradições da sua candidatura de Continuidade! Aquela de Ricciardi estar nas listas como adepto é para enganar quem? Os otários que se querem deixar enganar? Foi um dos clarissimos derrotados!

BdC: Discordo com a análise do LdE relativamente à arrogância! Aquilo a que o universo leonino não estava habituado desde há muitos anos era ver alguém jovem com a segurança de quem estudou as matérias, conhece a fundo a realidade do clube e se preparou seriamente para estas eleições. O resto é uma questão de estilo e de sangue na guelra! Esteve irregular. Quando não respondeu as picardias ou as iniciou ( sempre com PB e GL como alvos) este sereno e marcou pontos, mas o efeito novidade desvaneceu-se em relação ao 1º debate. Perdeu-se um pouco na declaração final e não falou aos sócios mais velhos como devia.

SAM: Igual a si próprio. Um Senhor. Situa-se acima das querelas e da chicana politica, dando lições de civismo, urbanidade e de fair-play. Mas como diz o provérbio que se aplica ao mundo actual do futebol: "It's a dirty job but somebody's got to do it..." O discurso consciente e professoral de SAM não parece atrair os sócios do Sporting e como é que se consegue lutar com lampiões e tripeiros usando a linguagem da verdade se não é esta a linguagem que dá cartas no futebol português? Apesar da incompatibilidade foi um dos vencedores deste debate.

Considerações finais: Um debate fraco, pouco esclarecedor, com muito ruído e muita acusação pessoal dispensável. Terá deixado as coisas iguais ao que estavam antes, com uma ligeira ( mas quiçá decisiva) aproximação de DF aos 2 da frente (GL e BdC). PB e SAM estão quanto a mim fora da corrida.

Anónimo disse...

Foi isso mesmo, Dias Ferreira excelente, sem duvida o vencedor do debate. So que o Futre impede-o de ganhar as eleições. E como já percebeu isso, na pratica dedicou-se a ajudar o Bruno de Carvalho contra o Godinho Lopes, que espero ter ficado enterrado em definitivo. E que e mais do que obvio que e o candidato da continuidade. Abrantes Mendes apenas se candidatou para ter tempo de antena, e concordo com o que ele diz.

Jesus Silva disse...

Boa análise.
Mau debate, que nada esclareceu.
Bruno de Carvalho desiludiu, por se ter deixado arrastar por GL e PB para a peixeirada.
Dias Ferreira ganhou aos pontos, mas não vai a lado nenhum, é só emoção.
Abrantes Mendes é só lirismo.
SL

SportingSempre disse...

caro LdE, respeito e aprecio o teu trabalho neste blog ainda que não esteja de acordo com algumas posições...agora, QUALQUER PESSOA BEM EDUCADA E FORMADA SABE QUE DIAS FERREIRA FOI MISERÁVEL NESTE DEBATE (interronpendo, sendo mal educado, mentiroso e desinformado) alias como já o é na SicNoticias há 1 par de anos..CONTINUIDADE?!? ele andou aos saltos com o pior presidente da nossa gloriosa historia quando este venceu!!que lata e que miseria..

o GLopes não é nada carismatico mas tem a melhor equipa (da qual fazem parte pessoas que nos defenderão das faltas de respeito ao nosso clube)..Luis Duque foi EXCELENTE HÁ uma decada, NUNCA FOMOS ROUBADOS PELOS OLARAPIOS..eu tou como o Romeu, apoio a continuidade de Jardel, João Pinto e André Cruz!!!voltar aos grandes tempos...

mas se não ganhar GLopes, prefiro 1000vezes Carvalho ao ridiculo Ferreira ainda que desconfie da honestidade do Bruno.

MaximinoMartins disse...

É verdade que o BC não teve a serenidade que se exigia, mas caramba...também não se pede a um candidato a Presidente do Sporting, que seja...: cego, surdo e mudo não é...??
Que mais podia fazer...? - Comer e calar.,..??

Não há dúvida que o único a marcar pontos positivos foi mesmo o DF...o resto...
Bem que fiquem bem longe da governação do Sporting...!!

Anónimo disse...

desculpa la mas a certa altura quem interrompia de 3 em 3 segundos o godinho era o dias ferreira. foi quem mais o fez no debate.

Paiva disse...

Assisti com muita atenção e alguns momentos de risota o debate de ontem. Logicamente que o essencial não foi mais uma vez abordado mas sinceramente alguém no seu perfeito juízo acha que num debate deste género, com tudo ao molho e fé em deus em 2 horas se podia esperar outra coisa?! Se queriam que os candidatos respondessem a todas as questões com detalhe que fizessem um programa particular a cada candidato e depois por ultimo um programa geral com os 5. Agora juntar tudo na mesma sala por duas ocasiões e esperar que em 2 horas todos eles especifiquem as suas ideias é patético.

Passando ás minhas opiniões resumidas de cada um:

Godinho Lopes: Patético! Mais uma marioneta escolhida pelos barões da banca para comandar os destinos do clube como fizeram primeiro com Soares Franco e depois com o Bettencourt. Desta vez a escolha foi muito mal feita e Godinho Lopes não tem nem física nem psicologicamente capacidade para ser presidente de um cova da piedade, quando mais de um Sporting.

Pedro Baltazar: Um mecenas que se fosse eleito iria continuar a servir-se financeiramente do clube, que já deixou claro que tem dinheiro e está disponível a continuar a investir se lhe for muito rentável, obviamente. Não percebe nada de futebol mas tem dinheiro. Vale zero na minha consideração.

Bruno de Carvalho: Para mim a melhor escolha. Não é um candidato perfeito, longe disso mas nesta altura do campeonato parece-me ser o que melhor capacidade reúne de assumir a liderança do clube. Programa eleitoral, órgãos sociais, investidores, equipa técnica…é tudo dele.

Dias Ferreira: Velha raposa, para presidente não serve (percebe muito de futebol e pouco mais do resto o que é curto) mas faz falta ao Sporting. A raiva que lhe corre pelas veias faz falta. Precisamos de gente desta também no clube para agitar as águas. Gostava de o ver no período pós eleitoral associar-se á lista de BdC.

Abrantes Mendes: O Outsider destas eleições. Não tem treinador, jogadores, investidores, nem nada mas uma enorme força de vontade de continuar a ajudar o Sporting. Merece o meu respeito e faz falta ao clube. Do lado de fora mas sempre atento em defesa dos reis interesses dos sportinguistas.

Portanto meus amigos, dia 26 votarei LISTA C.

Luís disse...

Pedro Baltazar foi o grande vencedor do debate de ontem. Correcto, sério, mostrou-se como a única aposta credível!

JPG disse...

Caro Paiva, subscrevo integralmente as suas palavras.

A matreirice de Dias Ferreira, a clarividência de Abrantes Mendes e o inconformismo (próprio da juventude) de Bruno de Carvalho, dariam o presidente ideal.

Anónimo disse...

Foi uma frustração. Aquilo que eu mais queria ouvir, que eram as resposta à pergunta "quais as vossas relações com os 2 grandes?" ficaram sem resposta porque os candidatos esforçaram-se todos por serem politicamente correctos.
No entanto e apesar de tudo, acredito que o Bruno C é o mais capaz. Todas as galinholas que eu conheço estão em pânico e isso é o melhor indicador de quem é o melhor candidato para reduzir o clube dos pavões à sua insignificãncia, de onde nunca devíamos ter deixado que eles saissem.
ZE/loures

Anónimo disse...

O que eu espero é que se respeite o resultado das eleições e que toda a família sportinguista se una em torno da direcção

BMFS disse...

Ler aqui que Dias Ferreira foi o ganhador da noite deixa-me estupefacto, a não ser que um ganhador seja aquele que está sempre a funcionar pela negativa (e tendo telhados de vidro em relação ao roquetismo...)e a interromper sistematicamente o raciocínio dos outros e esta manhã comentei com mais dois sportinguistas o debate e também nenhum deles viu em Dias Ferreira um ganhador, longe disso, mas enfim...De resto, Pedro Baltazar há muito que já me tinha desiludido e Godinho Lopes não há dúvida que é mais do mesmo...

Joshua disse...

PERGUNTA SACRAMENTAL:
O BRUNO DE CARVALHO VAI MANDAR FAZER UMA AUDITORIA EXTERNA ÀS CONTAS DO CLUBE?

Joshua disse...

Não gostei do debate de ontem, uma autentica peixeirada, o unico que escapou foi Dias Ferreira e o Abrantes Mendes, este ultimo um verdadeiro senhor.

Anónimo disse...

Joshua: a resposta à pergunta sacramental é SIM! Já foi dito pelo próprio Bruno de Carvalho.

SL

Luis Silva disse...

O debate não me desiludiu porque as expectativas eram baixas. O momento do debate foi quando o Sr. Sérgio Abrantes Mendes disse, em tom asssertivo, que não se lembrava de ter visto nenhum dos outros 4 candidatos nos últimos anos a criticar a governação do clube - nesse momento, os outros 4 fizeram um silêncio demasiado ensurdecedor e revelador. Sobre os candidatos deixo apenas as seguintes questões

1. Sérgio Abrantes Mendes: um Senhor. Um grande sportunguista. Apenas oferece aos sócios a possibilidade de um Clube digno, honesto e cumpridor. Demasiado realista para atrair o voto dos sócios, que querem sonho e ilusão.

2.Dias Ferreira: mantém o estilo trauliteiro que utiliza nos programas em que representa (?) o Sporting. Como Presidente seria objecto de chacota diária.

3.Pedro Baltazar: fez parte do CA da SAD nos últimos anos e nunca me lmebro do ouvir manifestar qualquer ideia sobre futebol - ao ouvi-lo nos debates percebi porquê. É o típico homem de negócios (com um certo ar queque da linha de cascais) que não serve ao Sporting.

4. Godinho Lopes: impreparado para o embate com as câmaras. Tem na sua lista pessoas que me provocam preocupação ao imaginá-las a representar o Sporting (o incontinente verbal Carlos Barbosa o perigoso Cristovão, o oportunista Alves), mas também pesssoas que sabem de futebol (Duque e Freitas). Não tenho duvidas que Luís Duque não permitirá a continuidade desta mediocridade futebolística.

5. Bruno de Carvalho: uma incógnita. Bem falante, agressivo, com a imagem bem trabalhada tem dito aquilo que os sócios querem ouvir. É o risco maior nestas eleições: se resultar, vai ser presidente durante muitos anos e vai reerguer o Clube; se falhar, pode rebentar de vez com o grande Sporting em muito pouco tempo. Ao ouvi-lo, faz-me lembrar o PPC nas últimas eleições - demasiado perigoso.

Anónimo disse...

O meu voto vai para Dias Ferreira.

Inicialmente era a minha tendência e a cada dia mais certo é.

O Vale e Azevedo 2? Com inácio? fundo russo? Van Basten que foi oferecido a todos em desespero?

O Godinho?

Fernando Vale disse...

Caro Leão da Estrela
Permita-me umas breves notas sobre o processo eleitoral:
É confrangedor assistir-se a um debate como o de ontem na RTPN.
Os candidatos preferiram degladiar-se ao invés de procurar explanar e rebater ideias.
Com a sede que os candidatos revelam, o Sporting deve ter mesmo viabilidade!
No mínimo, o nosso clube dá grande visibilidade e notoriedade a quem o governar!
Se bem entendi, há dois "candidatos vencedores": Bruno Carvalho e Godinho Lopes!
A respetiva linguagem é a dos gestores de empresas, pelo que os sportinguistas também se devem preocupar com quem governará na SAD.
Bruno Carvalho será mais interventivo. Saberá ele alguma coisa de futebol? E Augusto Inácio, privilegiará a gestão do futebol ou a gestão do balneário?
Godinho Lopes apresenta Luís Duque e Carlos Freitas, parecendo levar alguma vantagem.
Assim sendo, quem festejará no final da noite do próximo sábado?
Se o Sporting fosse um clube tão democrata quanto eclético, certamente Bruno Carvalho levaria vantagem, beneficiando do voto direto dos sócios de todo o país.
Ao contrário, as espingardas contar-se-ão na Grande Lisboa. Assim, a balança penderá para o lado de Godinho Lopes, com melhores contactos.
Resta a posição dos Núcleos. Aí, mandará Dias Ferreira!
Saudações Leoninas do Interior
Fernando Vale
(Vila Real)

Lazlo Bolöni disse...

Uiiii!!! Os Cunhas Vazes andam por aqui a conspurcar a favor do fosso do Godinho... Está bonito...

Anónimo disse...

A gestão apoiada pelo Godinho criou problemas crónicos ao Sporting...este sr é cúmplice do roquettismo. O Futre é um anjinho ao pé deste senhor, Futre é um profissional o Sporting só pode ganhar!!! Votem Dias Ferreira! (o Domingos é tripas...e esta ???)

Anónimo disse...

O Domingos é tripas? Antes tripas que codorniz
JE/loures

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...