quarta-feira, 23 de março de 2011

Os "trunfos" Luís Duque e Carlos Freitas

Tenho umas coisas para dizer sobre Luís Duque e Carlos Freitas, que são apresentados como os trunfos (agora todos são trunfos...) do candidato da continuidade, Godinho Lopes. Na verdade, eles não trazem nada de novo para o futebol do Sporting.
Luís Duque já demonstrou que precisa de ter muito dinheiro para desbaratar. Ele, aliás, faz o favor de confirmar, quando diz que só precisa "de um cheque e de uma vassoura" para mudar o futebol leonino, provando que a boca acaba sempre por fugir para a verdade.
Ao contrário do que se diz, não foi Luís Duque quem preparou o plantel do Sporting campeão, em 1999-2000. Ele entrou já com a temporada em andamento e foi apenas responsável por três aquisições no Inverno, graças à carteira de contactos de Freitas. E nesse Inverno foram certeiros no reforço da equipa, ganhando uma boa fama que ficou para sempre.
Quanto a Carlos Freitas, que se demitiu em 2008, não percebo a lógica de um eventual regresso, tendo em conta que tinha deixado o clube justamente na sequência de alguns negócios muito maus para o Sporting (designadamente ao ter contratado uma série de "monos" vindos do Leste, no Verão de 2007, tais como Marian Had, Purovic ou Celsinho). De resto, de milhão em milhão, de dois milhões em dois milhões, a verdade é que, com Carlos Freitas a comprar jogadores, o Sporting sempre gastou muito dinheiro para o retorno que não teve.
Curiosamente, a única época preparada totalmente pela dupla Duque/Freitas (2000-2001) revelou-se um descalabro desportivo e financeiro para o Sporting Clube de Portugal. Foi a temporada em que o Sporting mais gastou no futebol em mais de 100 anos de história. Foi a temporada em que os custos das SAD dispararam.
Com o Sporting campeão nacional, em 2000, Duque e Freitas desfizeram a equipa e compraram 15 novos jogadores, que colocaram à disposição de Augusto Inácio. E o pior é que, quando chegámos ao Natal, a equipa estava desequilibrada. E o treinador teve que pagar a factura, deixando Alvalade pela porta pequena.
Foi aí foram comprar Rodrigo Tello, o jogador mais caro da história do Sporting, que Carlos Freitas deixou fugir em 2007 para a Turquia. Ah!, voltando à temporada dos gastos sumptuários da dupla Duque/Freitas (2000-2011): o Sporting ficou atrás do Boavista, que nesse ano foi campeão nacional. Mas nessa altura, Godinho Lopes andava entretido com os paquetes da Expo'98 ou, de capacete enfiado na cabeça, a construir um estádio com um fosso e um centro comercial que acabou por ser vendido ao desbarato. Diz agora que votou contra esse estádio, mas não disse nada publicamente naquela altura. Há momentos em que o respeito pelas decisões colegiais é muito mau para as instituições...
O que é curioso é que, também Godinho Lopes deixa a boca fugir para a verdade. Numa entrevista ao "Público", nesta quarta-feira, diz: "Quero acabar com a incompetência no futebol...". Não sabemos se estamos perante uma crítica exclusiva à gestão de José Eduardo Bettencourt ou se a "incompetência" se refere também a anos anteriores...

17 comentários:

Anónimo disse...

Se calhar o treinador na altura é que não teve capacidade para rentabilizar esse plantel, pois no ano seguinte fomos campeões com esses jogadores + Jardel e outro treinador.
O Luis Duque é importante em várias frentes, nomeadamente Liga, Federação, arbitragem, em que nos ultimos anos somos sempre "comidos" pelo SLB e FCP.
Não estou a ver nas outras candidaturas algém com esse perfil, além de que C. Freitas também tem um conhecimento excelente do mercado de jogadores (vide o exemplo do trabalho efectuado no Braga).

Roberto Leal disse...

http://conversascomvedetasdofutebol.blogspot.com/2011/03/o-menino-de-ouro-e-grande-artista-joao.html

Duque é trunfo , já Freitas ...

Roberto Leal disse...

http://conversascomvedetasdofutebol.blogspot.com/2011/03/o-menino-de-ouro-e-grande-artista-joao.html

Duque é trunfo , já Freitas ...

Anónimo disse...

Jornalista: O treinador vai ser o Domingos?
GL: Tenho honra e profissionalismo para não comprometer pessoas que estão a trabalhar.
Jornalista: Ok, Bruno Carvalho, van basten?
GL: Fique sabendo que eu não quis o van basten e sei que o bruno quis o Domingos,mas ele rejeitou-o para ficar comigo.
BdC: A sério? E o seu profissionalismo quem o compromete?
GL:...

OWNED!!

PFA disse...

Sócios esclarecidos vejam
http://www.forumscp.com/index.php?topic=7806.0
e
http://osangueleonino.blogspot.com/2011/03/historial-carlos-freitas.html
e tirem as vossas conclusões

PFA

Anónimo disse...

http://iris.cpidt.pt/sportmotores2003/usrproj_sportmotores.go_noticia?id=31402

PFA disse...

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/sport/sporting/bruno-carvalho-conflito-com-o-sporting
Ah Grande Bruno de Carvalho....
PFA

Anónimo disse...

o Celsinho que era apresentado pela imprensa como o novo Ronaldinho :p

Paiva disse...

Meus amigos a história do Sporting é muito simples:

Sousa Sintra abandonou o cargo e Santana Lopes fez-se ao poleiro uns meses servindo de ponte para o Roquette. Este chega ao clube e aplica o seu famoso “projecto Roquette” que implicava o recorrer á banca por parte do Sporting para resolver os seus problemas financeiros. Entretanto Roquette abandona o barco e surge internamente Dias da cunha que passado alguns anos também sai do clube. Entretanto o projecto Roquette correu mal e o Sporting ficou com a corda na garganta e a banca á porta a exigir garantias de pagamento da divida. Para garantir esse mesmo pagamento a banca começou a influenciar as escolhas das direcções com homens de confiança que assegurassem o pagamento. Dai começaram a surgir as marionetas da banca. Primeiro Soares Franco, depois Bettencourt e agora Godinho Lopes.
Se alguém votar na lista A estará a contribuir para que a banca reforce a sua vassalagem ao Sporting pois esta lista pretende reforçar o plantel com mais empréstimo bancário, enterrando cada vez mais o clube á banca.
Votar na lista C é contrapor com tudo isto, chamando investimento estrangeiro que funcione como um parceiro de negocio e não como um credor. E é isso que a banca não quer. Investimento estrangeiro. Quer que o Sporting continue a pedir-lhes emprestado e assim continuar a pagar juros altíssimos.

Próximo Sábado não se deixem enganar…Lista C é a solução contra esta mediocridade vergonhosa e lastimável entre o Sporting e banca.

SL

Miguel Ferreira disse...

Este post está cheio de afirmações acertadas e verdadeiras, mas não posso deixar passar o seu carácter evidentemente faccioso. Atenção que não votarei na lista do Eng. Godinho Lopes e da pandilha da continuidade e nunca esquecerei a vergonhosa "trafulhice" que foi a compra de Tello e, principalmente, de Bruno Caires, por 700 mil contos (lembram-se?), no ano seguinte a sermos campeões. Quem tomou essa decisão foi Duque e só Deus sabe quanto meteu ao bolso. Mas temos que reconhecer que o homem se mexe bem no lodo em que se tornou o futebol português e tem a influência que nenhum elemento de qualquer outra lista terá. E também não convém esquecer que Freitas deverá ser o homem com melhor carteira e conhecimento do mercado em Portugal. Montou o Braga com trocos e descobriu Liedson. E veja-se que o Porto também erra muitas vezes, vide Valeris e companhia.
Goste-se ou não, Duque e Freitas seriam mais valias para o SCP, certamente mais do que Inácio, que não tem estofo nem conhecimentos de mercado para desempenhar as funções a que se propõe. Mas isso não é tudo, razão pela qual nunca votaria na lista A, o que, porém, não justifica ser parcial e faccioso, mesmo em defesa do candidato que abertamente se apoia. Faltou aqui um pouco de honestidade intelectual.
No dia 26 que ganhe o grande SCP!
Saudações Leoninas.

Zé do Boné disse...

Amigo Paiva,esse é dos melhores posts que já li por este blog, disseste tudo.
Eu já nem me interessa quem vai ganhar desde que não seja a lista A que mais parece um cartel mexicano(Luís Duque nem pode sair do país por ter problemas com a justiça).
Votar Godinho Lopes é enterrar vivo o Sporting Clube de Portugal.

João disse...

Nem Godinho Lopes, na mão dos bancos, nem Bruno de Carvalho, na mão dos russos, nos podem servir. Pedro Baltazar é a escolha mais séria. Tem o programa mais equilibrado e propõe uma boa estrutura para o o futebol. Convido-vos a ver aqui: http://bit.ly/ektk9X
e aqui: http://www.pedrobaltazar.com/programa.pdf

Joana disse...

Ia votar em Bruno de Carvalho, mas depois dos debates em que foi super mal-criado e das falsidades com que nos tentou enganar, já decidi: voto em Pedro Baltazar! O único que me parece ter um projecto sério e equilibrado.

Anónimo disse...

A sorte do Duque e do Freitas foi o Vale Tudo que mandou o João Pinto embora.

Anónimo disse...

pergunta ao LdE se calhar justifica um post.

se godinho promete garay, rodriguez e alex silva, como ele prorpio afirma... nao perceberam? sao 3 centrais.

ora estando la com contrato carriço, nuno andre e torsiglieri e facil ver... que carriço ja tem guia de marcha se godinho ganhar. e se calhar é para pagar ao baltasar.

Hugo Picado de Almeida disse...

Sportinguistas, tenho pena que nestas eleições o menos que está a ser discutidos são os projectos dos candidatos! Tenho pena que muitos vão votar pela gaffe que um cometeu, ou pelo ataque de um àquele outro. Apelo a que comparem verdadeiramente todos os programas, para construirmos um Sporting melhor!

Hammill disse...

Goodfellas...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...