segunda-feira, 7 de março de 2011

Uma auditoria para explicar o desastre

O comendador Artur Agostinho, num artigo de opinião que assina hoje no jornal "Record", volta a falar da necessidade de uma auditoria externa e independente às contas do Sporting Clube de Portugal e das suas empresas, que vá além do âmbito meramente contabilístico das auditorias realizadas para estrito cumprimento da legislação. E lamenta que a questão provoque "um certo nervosismo e algum desconforto" em dois ou três amigos seus.
Artur Agostinho deixa claro que uma auditoria às contas leoninas não contempla qualquer intenção de caça às bruxas ou de ajuste de contas ainda em aberto. Segundo ele, o objectivo é simples: "Saber, isso sim, quando, como e porquê o desastre começou".
Há seis candidatos à presidência do Sporting, mas talvez nem todos estejam em condições de prometer uma auditoria que explique tudo sobre o desastre que, em 15 anos, afundou o clube...

2 comentários:

Tite disse...

Será por essa razão que a Banca (leia-se Nobre Guedes (Financeiro Responsávbel pelas contas Leoninas perante a Banca) e Ricciardi dão todo o apoio à candidatura do Sr. Godinho Lopes?

José Alberto disse...

Ó Tite, mas isso é mais que óbvio! a lista de Godinho Lopes, sendo da Continuidade, é a primeira interessada em que não haja uma Auditoria Externa e Independente às contas de todo o Sporting (SGPS). Têm medo de quê?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...