domingo, 27 de novembro de 2011

Temos Sporting!


Três conclusões do jogo com o Benfica:

1ª – Temos Sporting para lutar pelo título nacional já esta temporada. A equipa leonina – que teve em Rui Patrício uma das suas melhores unidades – dominou em todos os capítulos do jogo, menos nos golos marcados. O Benfica foi eficaz e feliz ao ter marcando a poucos minutos do intervalo, segurando a vantagem até ao fim.

2ª – O Sporting perdeu, portanto, porque não teve a eficácia ofensiva de outros jogos. Elias não chegou para tudo e desequilibradores como Capel e Carrilho estiveram particularmente desinspirados. Tanto mais que o Benfica também soube jogar bem defensivamente.

4ª – Resumindo e concluindo, num grande jogo de futebol, o Sporting honrou a camisola verde e branca e justificou, pelo menos, o empate. FOTO: Francisco Seco (Associated Press)

6 comentários:

cacilhas disse...

de acordo com o comentário excepto no que a Patrício diz respeito: no golo, a bola na pequena área é do guarda-redes.

King Lion disse...

Leão da Estrela ainda nos falta um bom bocado para sairmos da luz campeões.

zvergueiro disse...

Ocorrem-me alguns reparos:

1)Têm de chutar mais à baliza,se não chutarem não marcam.

2)Continuamos a sofrer golos de bola parada. Não percebo.

3)A inclusão do carriço a médio defensivo foi um fiasco. O tipo nem na sua posição(DC) é grande coisa, quanto mais a médio defensivo. Perdeu-se capacidade de construção e não se ganhou muito na capacidade de recuperação.

Filipe disse...

Aquilo até acabou bem. Queimaram aquela merda. Por mim...

Ricky_cord disse...

Claramente, o Sporting merecia, pelo menos, o empate. Carriço foi uma unidade a menos e no golo culpo mais o Schaars que deixou o espanhol cabecear à vontade

Filipe disse...

O Sporting tem um problema no meio campo. Não sou daqueles que ficam logo entusiasmados mal aparece um jovem a dar uns toques na bola. A formação vai até aos sub-19. Depois, se ficar um, dois jovens na equipa principal já é muito bom. Isto para dizer, obviamente, que os 2 elementos que o Domingos tem colocado no meio campo, ora um, ora outro, não têm (ainda?) o nível de desempenho necessário para uma equipa que quer ser de topo e ir o mais longe possível nas várias frentes. Portanto, diria que, a ir-se ao mercado em Janeiro, deveria ser apenas por 1 jogador. Um médio de qualidade e experiência indiscutíveis. Será possível?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...