sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Síndrome de Défice de Atenção


36 minutos - entre os 25 mts na CI de antevisão do jogo com o Moreirense e os 11 mts na CI de análise ao jogo, Domingos falou à comunicação social durante sensivelmente 36 minutos. Para além de assuntos de natureza futebolística foram igualmente abordados os seguintes assuntos:

Correio da Manhã, Diário de Notícias, Record, Carlos Carvalhal, Paulo Bento, Paulo Sérgio, "ressabiados", Hugo Viana, Márcio Mossoró, João Braga, José Eduardo Barroso, Leonardo Jardim, e sobretudo Domingos falou MUITO de si próprio, "EU em Leiria não fiz isto, EU em Coimbra não fiz aquilo, EU em Braga não fui assim, EU quando sair daqui não vou dizer mal, fui EU que fiz do Hugo Viana um campeão", etc, etc, etc.

Meu caro Domingos, não há "EU" em EQUIPA, nem há "EU" em SPORTING. Haja serenidade e haja paciência (no pun intended) seja conciso nas suas respostas aos media, pare de uma vez por todas com as respostas de 5 minutos, pare com os monólogos, pare com respostas que começam com "querem que eu vos conte...!?"

Domingos fica agastado quando lhe perguntam na Quinta-Feira por Hugo Viana e Mossoró. Mas fica agastado porquê se foi ele próprio que decidiu revelar esse episódio 36 horas antes!!?? A insensatez já será assim tão grande?

A dada altura Domingos disse que quem escrevia se calhar nem esteve presente, é irónico que diga isso quando nos passados 60 dias o Conselho Directivo barrou a entrada a pelo menos 4 OCS. Impedem os jornalistas de entrar e depois o treinador que ele próprio deu a entender que esteve por detrás do blackout ao Maisfutebol em finais de Novembro é ele próprio que diz que há jornalistas que se calhar nem lá estiveram!? Falta de seriedade.

O Sporting está bastante mal desportivamente, e a "mantra" de "ainda estamos nas quatro frentes" torna-se cansativa. Empatar em casa com o Nacional numa competição "ganhável" (já sem FCP e SLB) foi desperdiçar o mais próximo possível de uma "sure thing" em termos de "silverware" esta época, mas agora conseguiram empatar contra um Moreirense que jogou só com três(3!!!) dos seus habituais titulares em Alvalade.

De quem é a culpa? Talvez tivesse sido melhor se nos "bons tempos" de finais de Novembro se tivesse havido menos arrogância institucional, menos falatório sobre bilhetes devolvidos, menos polémica sobre imagens disparatadas, menos controvérsia sobre impedirem jornalistas de trabalhar, sobre inverdades sobre a UEFA e LFPF. Tanto se falou e tanto se deixou de jogar em campo.

Domingos, queremos (e você é pago para isso) é que você treine a equipa, não o queremos aqui para chamar as pessoas de "palhaços", não o queremos a pedir à Direcção de Comunicação que determinados jornalistas não podem estar presentes nos seus "Encontros com Domingos Paciência", não o queremos a contar histórias de "Toma", não queremos saber que você ande a ler livros do John Maxwell, etc. Uma semana você arranja problemas com a Rádio Renascença, depois é com um "Sobral", depois é com Pedro Caixinha, na semana seguinte é com Hugo Viana e Mossoró, ontem disse mal de vários jornais. Não estará na altura de Domingos ser MUITO menos conflituoso, representar a instituição com dignidade e deixar-se destes tristes "outbursts"?

Começo a perguntar a mim próprio se Domingos não estaria mais bem apetrechado se viesse às CI acompanhado da Marta e Liliana da mesma forma que elas acompanham o JUBAS quando este vai às escolas dar-se a conhecer às criancinhas para assim promover a Marca Sporting? Neste momento um boneco de peluche passa uma imagem muito menos negativa do que um treinador de 43 anos de idade. Talvez esse treinador precise mesmo de "handlers" como o Jubas mais do que assessores de comunicação.

Onde está o "Media Coaching"?

Será que ninguém ensina a Domingos como se deve comportar quando interage com a COM SOC? Domingos NÃO era assim na Académica quando tinha a seu lado Filipe Dinis, director de comunicação da Associação Académica de Coimbra. Domingos não era assim quando estava em Braga e tinha a seu lado Ricardo Lemos, director de COM do SC Braga, ex-jornalista do JOGO e actual Director de COM para a equipa de futebol profissional do Benfica.

Será que ninguém explica a ninguém no Dpt COM da Sporting SAD que até no futebol juvenil do Sporting os atletas recebem "Media Training"? Nem Paulo Bento, nem Carvalhal, nem Paulo Sérgio, nem os jogadores do clube têm ou tiveram estas "explosões emocionais" que Domingos tem tido à frente da imprensa desde que nos passados 60 dias a época do Sporting começou a descer a pique devido a assuntos extra-futebol alimentados por ele e por elementos do Conselho Directivo; quezílias ridículas sobre número de bilhetes, cadeiras incendiadas, imagens nos corredores, falhas de comunicação institucional em que o Presidente não parece estar no mesmo "comprimento de onda" que alguns dos seus vice-presidentes. Quem manda afinal no Sporting?

Será que na SCP SAD têm consciência de que o treinador do FC Porto, Vítor Pereira teve extenso "coaching" de media training durante o verão para aprender a comunicar efectivamente com a Comunicação Social? O coaching veio da parte de Antero Henrique, Director Geral da Porto SAD e o homem que tem gerido o futebol dos dragões desde 2005, sendo que Vítor Pereira é uma aposta pessoal de AH.

Há que arranjar bodes expiatórios, sejam eles jornalistas, OCS, árbitros, Liga, jogadores fulcrais que estejam lesionados, UEFA, treinadores e jogadores adversários, etc. Há que os arranjar, senão, DEUS nos livre, ainda somos capazes de perceber que em 75% dos jogos jogados esta época o Sporting esteve num plano exibicional mediano.

Agora quem sabe, o culpado talvez vá ser Bojinov, o Sporting já jogou 1350 minutos na Liga Zon Sagres e está em 4º lugar a 11 pontos da liderança e Valeri Bojinov foi titular em apenas 205 desses 1350 minutos, portanto, faz sentido centrar as atenções nele e até convém que o façam, pelo que se viu até agora o avançado de 25 anos tem mais estofo para aguentar a pressão do que o seu treinador...

Porquê ter Domingos Paciência do Departamento de Futebol a "atacar" o RECORD enquanto no Departamento de Marketing da SAD pedem ao mesmo OCS que seja "media partner" na promoção da NextGen??? Que falta de interconectividade entre os vários departamentos.

Porquê impedir o Maisfutebol de entrar na Academia mas permitir a entrada da TVI que essencialmente é a mesma emprensa e partilham conteúdo? Porquê impedir a entrada da Sportv para estes depois comprarem imagens à TVI? Quem toma estas medidas não percebe NADA de jornalismo nem de comunicação empresarial, ZERO!

Pessoalmente não acredito no sucesso de Domingos em Alvalade e não é porque questione o seu trabalho enquanto treinador, mas sim enquanto comunicador seja nas CI ou no balneário. Irá ser despedido, seja amanhã ou daqui por um ano, pois é demasiado nervoso e demasiado conflituoso para "segurar o barco" nos maus momentos, e o Conselho Directivo tem demasiadas pessoas sem qualquer background no futebol. Combinando o nervosismo e a diletância, não acredito que estejam reunidas as condições para se chegarem às vitórias.

P.S. Meu caro Domingos, o Sporting nos passados 8 anos ganhou DUAS Taças de Portugal e ganhou também DUAS Super-Taças. Ao fim de 6 meses em Alvalade ao menos já podia ter aprendido isso....

9 comentários:

cacilhas disse...

A ideia com que fiquei ao ler este texto é que ACF quer como treinador do Sporting um doutorado em Comunicação, tendo como adjuntos uma Agência de Comunicação e um expert em Media Coaching.
Eu já estou por tudo, mas por favor não incluam nessa equipa técnica o Joao Gabriel.

ACF disse...

Caro Cacilhas,

Não, bastaria apenas que os SEIS únicos elementos do CLUBE e SAD a falar fossem:

Presidente do Conselho Directivo - Luís Godinho Lopes.
Administrador da SAD - Luís Duque.
Director do Futebol - Carlos Freitas.
Directora de Comunicação Institucional - Irene Palma.
Director de Comunicação da Sporting SAD - Pedro Sousa.
Treinador da equipa principal - Domingos Paciência.

Este último precisa de IMENSO "media training", o que diga-se de passagem é o que no FC Porto e SL Benfica fizeram com os seus dois actuais treinadores. Basta ver a diferença no Jorge Jesus de há 2 anos para agora.

Quanto aos restantes "talking heads" na instituição, deixem de prestar declarações na televisão, jornais e revistas, e deviam-se era procupar mais com os seus pelouros e em dar 100% da visibilidade aos 6 mencionados acima, até para não lhes andarem a minar a autoridade, o clube não pode ter muitas vozes...

O João Gabriel é um EXCELENTE comunicador, mas se estivesse no Sporting necessitaria de alterar ligeiramente a sua forma de agir, pois estamos a falar de clubes diferentes, culturas diferentes, com adeptos diferentes, com formas de agir diferentes, mas com os meus propósitos, serem competentes e atingir objectivos desportivos e comerciais.

Se pensa que a Comunicação não é importante no plano desportivo está enganado, um treinador que perca 10 jogos mas seja sereno e seguro pode manter a confiança dos seus empregadores e adeptos, mas um que seja nervoso, errático, conflituoso pode começar a tornar-se um incómodo não só para as aspirações desportivas mas também para a imagem que o clube deseja projectar de força, confiança, segurança, sucesso, vigor, etc, e o treinador principal será sempre uma das figuras mais emblemáticas do clube, daí a necessidade de algum carisma, capacidade para comunicar, etc.

Não se iluda, grande parte do sucesso de Mourinho tem a ver com COMUNICAÇÃO, a maneira como ele comunica com os adversários (mind games), a maneira como comunica com os seus jogadores(fortalecimento psicológico), como comunica com a imprensa(criando uma "mitologia" em seu redor) e como comunica com os adeptos(auto-confiança, sucesso, ética de trabalho).

O que acha que um jogador como o Onyewu(e outros jogadores mais experientes que são os alicerces de um balneário) pensa do Domingos quando o vê ter certos e determinados comportamentos excessivamente emocionais nas CIs?

cacilhas disse...

Caro ACF,
O o exemplo de Mourinho é discutível. A parte mais negativa nele - procura de inimigos externos, criação de conflitos artificiais e arrogância com os adversários - suplanta em muito os aspectos positivos que mencionou. Fergunson e Guardiola não precisam de pisar os terrenos habitualmente utilizados por Mourinho, que normalmente achincalha os adversários. Cada vez que me dão o exemplo de Mourinnho lembro-me logo da "camisola rasgada de Rui Jorge".
Nestas últimas CI de Domingos só estranhei o facto de ele dizer que (1) ainda não conhece totalmente os jogadores o fim de 6 meses e de (2) responder a fadistas! Considero-o um bom técnico e não peço títulos ao fim de meio ano. As "críticas" dos papagaios deveriam ter sido previstas e antecipadas e, aí, o núcleo duro que apontou (Presidente, Duque e Freitas) tem responsabilidades em não ter "avisado" Domingos.

Anti PORKOS CORRUPTOS!!!! disse...

Os lagartos não acordam?

Acham que os problemas do passado eram o treinador?

Não tinham o Liedson? Não tinham o Moutinho?

O problema é serem um clube já sem expressão em que os sócios acreditam em qq papalvo que lhes promete qq coisa.

kennedy50pt disse...

O Domingos pode ser pior comunicador que os recentes treinadores do Sporting, do que o treinador do Porto, mas é muito mas muito melhor treinador e já vimos esta epoca do melhor futebol dos ultimos anos. Agora é um homem só, que não tem sido apoiado e ajudado devidamente dentro do clube. Muitos dos novos jogadores tem passados de lesões mais ou menos graves. Tivemos as cenas das fotos no tunel, do vandalismo na Luz, dos entusiasmos patetas dos paineleiros que passaram para criticos desencantados aos primeiros precalços ? Há disso no Porto ? Ou lá o treinador é protegido custe o que custar ?
Que querem os sportinguistas ? lagosta por 5 tostões ?

ACF disse...

Caro Kennedy,

por incrível que possa parecer, o Domingos é mesmo um comunicador inferior ao Paulo Sérgio, Paulo Bento e Fernando Santos. Carvalhal falava razoavelmente bem, e Peseiro falava muito bem, enquanto Paulo Sérgio era uma pessoa com um discurso pouco sofisticado mas era uma pessoa calma (por vezes até demasiado) e Paulo Bento ainda hoje tem um discurso demasiado mecânico e pouco apelativo.

Ainda se lembra de como falava JJ há 3 anos? Lembra-se de como falava LFV há 5-10 anos, ambos tiverem "coaching" e melhoraram imenso.

O Domingos tem uma boa imagem, é bem parecido, tem um ar jovem e idealista, mas está muito mal assessorado, perde-se em guerrinhas, cria polémicas, sente-se constantemente provocado e perseguido pela imprensa, pelos colegas de profissião e árbitros. Ele SEMPRE foi assim, já antes de ir para Leiria era assim, mas se fosse bem aconselhado estes comportamentos podem ser minimizados, é uma pena ver o Domingos auto-destruir-se semana após semana cada vez que vem às CI mas é algo que tem vindo gradualmente a acontecer.

O Sá Pinto em 2009 foi tirar um curso de comunicação empresarial, se você for ler as entrevistas que ele deu pós verão de 2009 ele estava muito diferente, tinha outras "ferramentas", embora sempre tenha sido uma pessoa culturalmente evoluida. Hoje em dia em termos comunicativos RSP está num patamar acima de Domingos, e apesar da sua reputação o RSP até é uma pessoa serena e de muito bom trato.

Eu pessoalmente não questiono a qualidade de Domingos como treinador, nem o seu carisma (que é superior ao de Paulo Sérgio, Carvalhal, etc), mas não o considero um bom líder, a imagem que ele projecta não o está a ajudar junto dos jogadores, público e imprensa. Até simpatizo com ele e com a familía dele, mas a ir por este caminho é uma questão de tempo até se ir embora ou ser despedido.

P.S. Fernando Santos era e é um treinador bastante acima da média, mas faltava-lhe carisma e capacidade para comunicar sobretudo com a imprensa (que é o "veiculo" para se chegar à massa adepta, não se iludam em relação à importância e necessidade da COM SOC) e foi essa a sua perdição. Quem pensa que a imagem e comunicação não são importantes está a iludir-se.

Abraço

Mike Portugal disse...

ACF,

Na tua opinião quem é que está a fazer mal o trabalho de acessoria de comunicação?
E, para ti, quem seria uma pessoa que poderia fazer bem esse trabalho?

ACF disse...

Miguel, vamos antes de mais esclarecer uma coisa, a mim não me dá qualquer gozo ver as coisas serem mal feitas ou ver as pessoas falharem nas suas respectivas funções, sejam elas no futebol ou na comunicação, afinal de contas estamos a falar do "ganha-pão" das pessoas e devemos desejar-lhes o melhor, mas objectivamente e tendo em conta que trabalho neste meio e conheço vários directores e assessores e departamentos de COM com quem lido diariamente, é fácil constatar que o Sporting nem entre os 3 primeiros está em termos da sua COM, isto não é uma critica fácil nem gratuita, é a realidade.

Eu SEI que a vasta maioria das pessoas que trabalham na COM do Sporting faz o melhor que pode ou faz o melhor que.... os deixam fazer, é importante não esquecer que a COM SCP faz parte da organização e eles têm superiores hierarquicos e acredita que os clubes/SADs não funcionam todos da mesma maneira, em alguns os Directores e Assessores têm determinado "poder" e autonomia e noutros têm muito pouca latitude e portanto, fazem o que lhes deixam fazer e não mais do que isso.

Para mim o problema da COM SCP é falta de "liberdade criativa" para poderem fazer mais ou diferente do modelo de comunicação existente(e que está completamente estagnado), a falta de competência para fazer melhor e eu conheço o background de quem lá está, e acima de tudo existe falta de coragem para tomar uma posição de força(como outros tomaram no passado em várias SADs), de ou os deixam fazer o melhor que sabem e sem constricções ou então eles vão embora, mas o ordenado no dia 15 é um "antidoto" muito forte contra essa coragem... há quem opte por aceitar fazer o que lhes dizem, não fazer ondas e receber o salário. Há quem anda a "SOBREVIVER" no SCP há anos e anos porque aceita o que lhes dizem e implementam, o importante é o dia 15, o resto(melhorar o clube) é conversa.

Nunca escondi que considero o João Adelino Faria, o David Borges e o Carlos Daniel todos eles grandes jornalistas e excelentes comunicadores, e qualquer um deles tem mais "ferramentas" do que as pessoas que estão no Sporting, mas de longe, mas teriam que ter bons "apoios" (assessoria de imprensa, relações públicas, etc) e necessitariam de liberdade para implementar um modelo diferente na COM SCP, o qual insisto está preso algures entre 1997 e 2005 e no mundo real já vamos em 2012.

Quanto ao que há de errado com o Domingos, bastaria uma reunião com o Mister e dar-lhe algumas dicas, ele é um homem adulto, não estamos a falar de conhecimentos transcendentes que ele não consiga assimilar, tais como um discurso curto, sucinto sereno e objectivo. O treinador é uma extensão da MARCA SPORTING, isto não é diferente de se vender ao público qualquer outro produto, e qualquer bom comunicador esconde os defeitos (nervosismos, ansiedades, agressividades, divagações) e centra-se nas forças (carisma, juventude, ambição, etc), isto não é diferente de vender pasta de dentes ou um candidato a primeiro-ministro, de modo algum é diferente.

Vê uma conferência de imprensa do José Mourinho quando ele tem o Antonio Galleone (Director COM do RM) ou quando tinha o Paolo Vigano (Director de COM do Inter) ao seu lado. O Mourinho tem inúmeras respostas de 3 a 10 segundos, mata as questões colaterais e segue em frente, recusa-se a responder a questões que não sirvam o propósito(COMUNICAR com os adeptos, jogadores e adversários, ele não está ali para beneficio da imprensa...) da CI, ainda hoje disse duas vezes "Não leio a MARCA!!" e não alimentou polémicas, já o Domingos fala, fala, fala, fala, fala, se fosses às CIs dos outros clubes vias os Directores de COM dizer "desculpe, essa já é a 2ª pergunta sobre um assunto não relacionado" e não voltava a passar a palavra a esse jornalista durante o resto da CI para ele perceber que tinha desperdicado a sua oportunidade, é tão simples quanto isto.

Forte Abraço

Joaquim Varela disse...

Ora bem, este é o 1º post sobre este assunto (que aparentemente é quase o único que o leva a escrever aqui) em que concordo a 100%.

E ainda gostaria de acrescentar mais uma coisa - o SCp não devia nunca publicitar um processo disciplinar a um jogador menos de uma hora após um jogo em que algumas coisas estranhas ocorreram.. Quase parece que estão à pressa a querer arranjar um bode expiatório para algo que correu mal e que deveria ser da responsabilidade da equipa (nunca devia estar dependente dum lance aos 90+4 mins para vencer um jogo em casa face a uma equipa da II Liga).

Às vezes, pela forma como escreve, parece que é este o grande mal do SCo - a Comunicação - mas mesmo como adepto dum outro clube, tenho que concordar que não há um único ponto neste post em que não assine por baixo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...