sábado, 4 de fevereiro de 2012

Discurso Oco



Esta noite após o jogo, Domingos Paciência soou oco, respondeu às perguntas dos jornalistas mas fê-lo com frases feitas e com pouca ou nenhuma convicção.

Deu respostas que começam a soar ridículas, já para não dizer surrealistas, jogo após jogo, desaire após desaire ninguém acredita nas justificações ou "desculpas" do Mister.

Para onde vai este barco desgovernado liderado por um treinador triste, desorientado, emocionalmente exausto, já sem respostas em campo ou nas conferências de imprensa?

Já vi o Sporting jogar pior futebol, mas uma série de resultados como esta não me recordo de ver em tempos recentes.

Não acredito que Domingos Paciência seja o "problema" ou pelo menos não acredito que seja o principal problema, mas também não tenho razões para acreditar que o Sporting vá vencer o Nacional e o Marítimo na Madeira.

E depois? Cai a guilhotina em Domingos? O que resolverá isso quando há tanta coisa errada na estrutura do clube. Não me parece que Luís Godinho Lopes seja um mau presidente, mas rodeou-se de pessoas sedentas por vedetismo.

Se Domingos cair só vejo uma solução. Luíz Felipe Scolari. Não é de forma alguma treinador que eu aprecie, mas tem carisma suficiente para sozinho conseguir resistir a desorganização em seu redor.

Falar de arbitragens é cair no ridículo e é ignorar o facto incontornável que esta equipa de futebol tem sido desportivamente incompetente nas passadas 8 semanas.

Só falta amanhã o Yannick marcar um golo para ser a cereja em cima do bolo....

1 comentário:

Fernando Vale disse...

Domingos chegou ao Sporting muito à custa da época anterior no SC Braga. Mas ao contrário do nosso clube, o Braga começa a afirmar-se pela sua organização, o que permite aos treinadores brilhar. Foi o caso de Jesualdo Ferreira, que seria campeão no FC Porto, de Jorge Jesus, que já foi campeão no SL Benfica. No Sporting, como em épocas anteriores, o treinador parece entregue à sua sorte. Assim não dá!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...