quinta-feira, 5 de abril de 2012

A meia-final de Rui Patrício e de mais dez


Depois de uma primeira parte quase sufocante, o Sporting começou a resolver a eliminatória com um golo a fechar a primeira parte. O guarda-redes ucraniano não tinha feito uma única defesa e a equipa portuguesa marcava sem dar hipótese de reacção. Após o intervalo tudo parecia mais fácil para o Sporting, porém, o Metalist, que impôs um grande ritmo, chegou ao empate e até poderia empatar a eliminatória. Mas Rui Patrício voltou a ser o melhor leão em campo e até defendeu uma grande penalidade. Sete anos depois, o Sporting volta a estar numa meia-final europeia. O que acontecerá pela quinta vez na sua história. É a meia-final de Rui Patrício e de mais dez. É tempo de vincar isso e o grande feito de uma equipa em construção.

3 comentários:

Afonso disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
vitor disse...

A verdade é que com 1-0 vinhamos embora! Valeu ainda mais o golo de toda a equipa! Mais uma completa distorção da realidade, que a generalidade dos media acompanha! Salvam-se as declarações de um grande homem que defende a baliza do Sporting!

SL

PSousa disse...

É preciso jogar muito mais, pois nem sempre a sorte está de um lado, e a verdade tem de se dizer...joga-se muito pouco em Alvalade, e só muita garra e alguma coesao de equipa se salva, pois qualidade de jogo, pouca.

É preciso olhar isso com racionalidade ou será muito mau para a próxima epoca.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...