quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Jovens lançados por Frank Vercauteren não singraram na primeira linha do futebol europeu



Na comunicação social já se falou que Vercauteren é um treinador que aposta na formação e é verdade que. nos últimos 7 anos, por onde passou (Anderlecht e Genk), lançou 9 jogadores com menos de 20 anos de idade.
No Anderlecht lançou o ponta-de-lança Sami Allagui com 19 anos e que hoje joga na II Divisão alemã. No Anderlecht lançou também o médio centro Cheik Tioté com 19 anos e que hoje é suplente no Newcastle. Ainda no Anderlecht lançou o avançado-centro Sebastien Siani com 19 anos e que hoje joga na II Divisão belga. Também no Anderlecht lançou o extremo direito Jonathan Legear que é suplente no Terek Grozny do campeonato russo. Igualmente no Anderlecht lançou o extremo esquerdo Roland Lamah, de 18 anos, e que hoje joga no Osasuna que segue em 20º e último lugar na Liga Espanhola.
No Genk, lançou o extremo esquerdo Maurizio Aquino com 19 anos e que hoje joga nos campeonatos distritais da Bélgica. Lançou também no Genk o extremo esquerdo Anthony Limbombe com 16 anos e que hoje em dia é suplente pouco utilizado no Genk. Lançou no Genk o médio-interior esquerdo Leroy Labylle com 19 anos e que hoje em dia joga na 2ª divisão Holandesa. Por fim, lançou no Genk o lateral esquerdo Chris Mavinga com 19 anos e que hoje em dia é suplente no Rennes. Tudo isto não deixa de ser curioso, porque o Genk possui uma das melhores escolas de formação na Bélgica.
Embora seja verdade que Frank Vercauteren aposta muito na formação, também é verdade que a  maioria das suas apostas não singraram no futebol de alto nível e acabaram em divisões secundárias (ou até mesmo nas distritais) ou como suplentes, ou em equipas que lutam para não descer.
Franky Vercauteren é agora o novo treinador do Sporting mas estava desempregado há 229 dias, sendo que o seu último clube foi o Al Jazira Club onde esteve apenas 7 meses, tendo sido despedido do clube sob críticas de que a equipa estava a perder a sua identidade, que a direcção não aprovava da sua abordagem táctica ao jogo que passava por jogar em 4-2-2-2, e sobretudo foi dispensado porque Vercauteren tinha alegadamente perdido o controlo do balneário. Após a sua saída foram várias as criticas que lhe fizeram pela forma como Vercauteren tinha orientado uma equipa que na época anterior em 4-2-3-1 tudo tinha ganho sob o comando de Abel Braga.
Até hoje, Vercauteren apenas ganhou títulos na Liga Belga, sendo que a última vez que o fez foi em 2011 e nessa altura a Liga Belga estava em 12º no ranking da UEFA, mas agora virá treinar em Portugal (presentemente 6º no ranking da UEFA).
É verdade que como treinador do Genk venceu o campeonato Belga (terminou atrás do Anderlecht na fase regular mas depois venceu no Playoff) e a Super Taça, mas tinha à sua disposição jogadores como Thibaut Courtois (hoje no Atlético de Madrid), Kevin de Bruyne (hoje no Werder Bremen) e Thomas Buffel.
No Anderlecht venceu dois campeonatos consecutivos, mas é importante não esquecer que o Anderlecht já ganhou o campeonato 31 vezes na sua história, e Vercauteren teve a sorte de ter jogadores como Jan Polák (hoje no Wolfsburg) e Vincent Kompany (hoje no Manchester City).
Franky Vercauteren nunca na sua carreira enquanto treinador alguma vez orientou um clube com a grandeza, as expectativas e a pressão que existe no Sporting
. Nada no seu currículo me leva a crer que seja a pessoa certa para orientar o Sporting, aliás currículo impressionante possui, por exemplo, Manuel José pelo que tem feito no Al-Ahly e ninguém o considera opção credível para orientar o Sporting. A realidade é essa: Vercauteren não tem curriculum para orientar o Sporting e o que provou (ou não) até hoje foi em campeonatos de 2º e 3º Mundo Futebolístico. Quanto à aposta na formação, é uma ilusão, com números mas sem qualidade.
Por último, quais são os casos de sucesso em que treinadores Belgas tenham singrado fora do seu campeonato ou tenham conquistado algo significativo na Europa? Só me recordo de três nos últimos 30 anos: Eric Gerets que foi campeão na Holanda pelo PSV (e onde também conquistou a Taça) e na Turquia pelo Galatasaray, Raymond Goethals que venceu a Champions League em 1993 pelo Marselha (de Bernard Tapie), e Paul Van Himst que conquistou a Taça UEFA no distante ano de 1983 pelo Anderlecht.
Afastar Luís Duque foi a decisão correcta por parte de Godinho Lopes, uma vez que há já vários anos que Luís Duque demonstrava estar alheado do futebol, chegando mesmo a dizer que não conhecia alguns jogadores do Sporting em declarações proferidas em Dezembro de 2009. Relativamente a Paulo Farinha Alves como Director Desportivo, faz todo o sentido seguindo a «lógica leonina», afinal de contas, em Novembro de 1999 o Sporting foi buscar Luís Duque que era o Presidente da Associação de Futebol de Lisboa para vir dirigir o seu futebol. Praticamente 13 anos depois, vão mais uma vez "pescar" à AFL, mas desta vez Godinho Lopes regressa não com um Presidente mas sim com um mero Vice-Presidente do Conselho de Disciplina.
Godinho Lopes perdeu o seu Director Desportivo (Carlos Freitas), e da última vez que um Presidente do Sporting perdeu o seu Director Desportivo (Pedro Barbosa) e assumiu a Pasta do Futebol, o Sporting foi logo a seguir buscar um jogador chamado Florent Sinama-Pongolle...

Texto: André Carreira de Figueiredo

29 comentários:

Anónimo disse...

voces nao percebem nada de futebol nem falam do vossen entre outros.... sao muito fraquinhos
quero ver a coragem de por esta mensagem

Sporting Pensado disse...

A lógica da aposta na formação está muito desvirtuada. O que tem de ser explorado é a coragem de apostar nos mais jovens e não os resultados líquidos dessas apostas. Não é um treinador que lança o jogador nos seniores que vai fazer dele uma estrela, há muito pouco a moldar.

Gabamo-nos semana após semana de termos uma grande formação mas lamentamos que não se aposte nos jogadores, que não haja coragem. Vercauteren tem essa capacidade: se daqui a cinco anos virmos que Esgaio, Bruma, Betinho, João Mário e outros, estiverem em Chipre ou em equipas de segunda divisão, chegaremos a que conclusão? a) Vercauteren não sabe apostar na formação b) a formação do Sporting afinal não é assim tão boa?

Os argumentos não se podem torcer para serem mais agradáveis. Mas vindo de quem vem, já nada me espanta

SportingSempre disse...

mais um texto mentiroso no "LEÃO DA ESTRELA"...

nada de novo, vejam lá se daqui a umas horas não o têm de retirar de circulação como fizeram com o anterior por ser um vergonhoso rol de calunias e tendenciosas "verdades" dobradas para melhor servir os interesses do blog que quando o SCP ganha está sempre em hibernação.

Courtouis - guarda redes titular do Atl.Madrid emprestado pelo Chelsea.

De Bruyne - um dos melhores jovens jogadores belgas emprestado pelo mesmo Chelsea ao Werder Bremen

Vossen - um excelente ponta de lança que encontraremos amanhã contra o Genk.

Vincent Kompany - hoje capitão do Man.City foi lançado pela sua equipa tecnica.

Cheik Tiote não só é titular do Newcastle como é considerado dos melhores trincos a jogar em inglaterra.

Aproveito para dizer que o blog começa a perder credibilidade com estas tentativas ridiculas e acima de tudo enganadoras, por não corresponderem á realidade dos factos, de descredibilizar um homem que não tem culpa nenhuma do estado em que o nosso clube se encontra.

Têm tudo a vosso favor para criticar mas nem assim o fazem com factos e honestidade, é triste.

Anónimo disse...

Parabéns pelo texto. O homem ainda nem treinou e já está morto. Assim é que se apoia, sem dúvida. Com amigos destes...
Certamente o génio do BC escolhia melhor, claro que aconselhado pelo grande sportinguista Inácio..

Bruno P. disse...

Acho que a questão dos jogadores jovens lançados pelo Vercauteren terem singrado ou não, é muito relativo e não se pode equiparar ao Sporting. Não existem na Bélgica (e em muitos outros países ou clubes) a qualidade da formação do nosso clube!
Se este é o treinador certo para lançar os nossos jovens e pôr a jogar os outros que até têm qualidade mas mta vez parecem não querer jogar, também tenho as minhas sérias dúvidas, mas acho essas comparações algo sem sentido.

Já em relação a desvalorizar os títulos pq tinha o Kompany na 1ª época no Anderlecht, pq não falar do Standard que tinha: Jorge Costa, Onyewu, Dragutinovic, S. Conceição, Fellaini, Igor de Camargo e Marius Niculae? Que na época seguinte lhes juntou Defour, Witsel, N.A. Coelho, Dante e Sá Pinto?
Ou porque não falar do Gent com Lombaerts e Boussoufa? O Genk com Defour (antes da ida p Standard), Engelaar e Sunday Oliseh?

Não sejamos injustos, o homem teve o seu mérito na conquista desses títulos e contratou um ou outro jogador que ainda por lá faz carreira e que ajuda um clube a ganhar identidade (como o Lucas Biglia) ou que depois construiram uma carreira respeitável como o Nico Pareja (não vou referir o Felipe Lopes pq foi o Nacional que lhe deu projecção).

Eu sou contra o nosso presidente Godinho Lopes e o seu grupo de tachinhos desde o 1º dia, mas deixe-mos o Vercauteren fazer o seu trabalho e dp será avaliado...

p.s. Quem era o Boloni quando chegou ao Sporting? Com um bom leque de jogadores, soube-lhes juntar alguns dos nossos meninos e fomos campeões...

Jorge Pina disse...

Este texto é da maior desonestidade intelectual possível!!!
Ao mesmo tempo que diz que este treinador lança jovens que não singram fala que ele tinha nas suas equipas Kevin de Bruyne, Courtois ou Kompany... Portanto quando ele lá estava esses não eram jovens, e não foi ele que os lançou???
Nem vou dizer mais nada.
Não estou a dizer que o homem vai ser o nosso salvador, mas vou dar-lhe uma oportunidade.
Já o autor do texto obviamente já tomou a sua decisão... Pobre, muito pobre

Anónimo disse...

Mas que parvoíce de texto. Quer dizer, este Belga não tem currículo porque só ganhou em campeonatos de segunda linha mas o Manuel José já tem porque farta-se de ganhar...no Egipto.

Anónimo disse...

É extrraordinário como se pode ser tão conclusivo relativamente a um tipo cujas equipas nunca se viu atuar... quase aposto.

Engraçado que por um lado só lançou jovens que não valiam nada, mas por outro soube aproveitar jogadores bons (Courtois, Kompany).

Em que ficamos? Sabe ou não sabe escolhê-los.

Peço desculpa e não quero insultar por insultar mas isto tem um nome: tiro ao alvo e que se lixe o Sporting.

Duarte

Anónimo disse...

Ainda são do Sporting ou contra o Sporting?
As coisas correm mal é verdade, mas este blogue parece a FOXNews. Sempre no bota abaixo. Eu sei que tems de criticar e estamos mal...nós somos do sporting e não contra.

M.D

André Calvário disse...

Bom bom era o Paulo Sérgio, o Carvalhal, o Domingos, o Paulo Bento e o Sá Pinto.
Esses é que já tinham ganho imensas primeiras ligas na Europa...
Enfim.

Anónimo disse...

Este post é incrível! Qual na finalidade de alguém dár-se ao trabalho de elencar jogadores que não tiveram o sucesso esperado (?) só por terem sido "lançados" por este treinador? - O importante foi terem a sua oportunidade! a partir daí, são os próprios jogadores os responsáveis por continuarem ou não a merecer a continuidade. Porque não fazerem um post pela positiva? a Instituíção Sporting não merece?

Anónimo disse...

nem k o guardiola tavam satisfeitos por isso e k o SPORTING ta como ta.enfim..... sporting sempre

Rui MCB disse...

O Mourinho também ainda não provou nada. Ou treinou equipas que estão sempre a ganahr ou treinou equipas que compraram os melhores jogadores do mundo ou ambas.
Sim foi campeão em Espanha mas tinha o Ronaldo.
Já agora, quantos jogadores belgas de 1º linha há neste momento no ativo em grande clubes europeus?

O novo treinador do Sporting até pode vir a revelar-se um fiasco, mas estes nexos de análise aqui utilizados são dos exercícios mais Rui Santistas que vi alguém fazer, além do próprio, naturalmente.
Saudações Leoninas.

PG disse...

Lino, F.Mendes, Rodrigues Dias,Juca e Inácio tinham currículo quando foram campeões pelo Sporting ? E Anselmo Fernandez quando ganhou a Taça das Taças em 1964, qual era o curriculo dele ? Continuem a "malhar", antes durante e depois..

Anónimo disse...

Publicar um comentário assinado por este rapazola é publicar algo escrito pelo maior ressábiado em relação ao Sporting Clube de Portugal que existe. Sinto nojo de uma figura como a desse senhor se apresentar como Sportinguista!!!

Gostaria de saber que titulos tinham ganho o J. Ferreira e o V. Pereira antes de treinarem o Porto e se depois disso por milagre ficaram grandes treinadores, para não falar do amigalhaço do Sr. André Figueiredo, o pateta do J. Jesus.

Ainda hei-de ver este ressábiado com um programa na Benfica TV e a ter tempo de antena em blogs ditos de Sportinguistas. Querem criticar, critiquem, mas não dando voz a facínoras como este senhor, que é tão do Sporting como um Filipe Vieira ou Pinto da Costa.

Os Sportinguistas não são gentalha como esta.

João Lopes.

Relva disse...

Vergonhoso post.

Manuel disse...

Tambem tenho ressalvas em relação à escolha do treinador e sem duvida que achava que por exemplo o Manuel Jose era bem melhor mas deixo a pergunta que nenhum de nós quer ouvir... no quadro atual, sejamos realistas, quem é o treinador que quer vir para o SPORTING?

El Cat disse...

É de adeptos como tu que o clube dispensa neste momento. Vercauteren foi um dos melhores jogadores da europa da sua geração, e como treinador subiu a pulso, sendo eleito em 2011 melhor treinador Belga.
Nunca criticarei ninguem sem 1º analisar o seu trabalho,e como é possivel criticar alguem k afinal ate ja tem titulos de campeão, quando nos últimos tempos o SCP, tem sido treinador por treinadores inexperientes e de 2ª e msm 3ª categoria.

Manuel C. Ferreira disse...

Portanto, devemos concluir deste post que nenhum jogador jovem lançado pelo actual treinador do Sporting alguma vez singrou? Nenhum?

Bom, no Anderlecht (entre 2005 e 2007) teve a "sorte" de ter o Kompany, esquecendo-se de se referir que foi o treinador que lhe deu a posição de patrão da defesa. Ah e o Polák só chegou ao clube em 2007-2008, depois dos títulos. Foi uma sorte... não ter coincidido com este treinador!

No Genk, então, foi uma sorte do tamanho do mundo! Pegou numa equipa que tinha ficado em 12º lugar e foi campeão, sem mérito, claro. Teve foi a "sorte" de ter no plantel o Courtois e o de Bruyne, entre outros. Só que esquece-se -se que ambos tinham menos de 20 anos na altura e foi este treinador que apostou neles para titulares. Já para não falar no Jelle Vossen, com 21 anos, entretanto falado para Sporting, benfas e muitos clubes da Europa, que foi o PL titular com ele. Um jogador certamente fraco.

O treinador Frank Vercauteren é um treinador perfeito? Não. É o treinador que eu escolheria? Provavelmente, não. Todos os jovens que lançou tiveram sucesso? Não (já agora, diga lá um treinador a quem isso tenha acontecido; nem os três melhores do mundo - Mourinho, Ferguson e Pep -, que até têm um registo duvidoso nesse aspecto, sobretudo os dois primeiros, quanto mais...).

Tem um CV/perfil com títulos e aposta em jogadores jovens com sucesso, tendo fama de disciplinador? Sim. Foi este o perfil delineado pelo Clube - e defendido pela blogosfera leonina em peso, como poderá facilmente constatar? Sim.

Logo, não se percebe o objetivo deste post, que não seja outro de desestabilizar e lançar areia para os olhos dos sportinguistas, apoiem ou não a Direcção (já agora, para os que gostam de colar rótulos às pessoas - desestabilizando e lançando areia para os olhos, lá está - não votei nesta Direcção e tenho sérias dúvidas que o rumo seguido seja o correcto).

Se discorda do perfil ou, concordando com o perfil, discorda do treinador, que o diga e até pode sugerir outros nomes. Agora, inventar histórias e branquear a verdade, por má fé ou ignorância, é prestar um péssimo serviço ao Grande Sporting e aos Sportinguistas, sobretudo num blog que se diz ser "um espaço de informação e debate sobre o Sporting Clube de Portugal". Assim não vamos lá.

@oel@ disse...

Então quer dizer k esses jovens foram bem explorados pelo treinador (já k foram campeões) e quando deixaram de o ter perderam se.

@oel@ disse...

Então quer dizer k esses jovens foram bem explorados pelo treinador (já k foram campeões) e quando deixaram de o ter perderam se.

Anónimo disse...

Caro Amigo Sportinguista neste momento temos que apoiar. Para fazer críticas como as que o senhor faz já temos os pasquins, que diariamente criticam o nosso enorme clube. Jelle Vossen é um nome bom para procurar na net e ver quem o lançou. Saudações Leoninas Sempre Sporting

Anónimo disse...

Nao sei como é que numa análise tão profunda não há qualquer referencia ao facto de o Gent apenas ter conquistado 3 campeonatos na sua história e um deles ter sido conquistado pelo treinador leonino que tinha pegado na equipa a meio da época anterior na zona de despromoção!

jo man disse...

vinha para comentar mas já arrasaram tanto ACdeF que fiquei com pena...
como diz aí acima um comentador: com blogs e comentadores destes, o Sporting não precisa de inimigos.

Joao Nisa disse...

Concordo em parte. Mas no Genk e no Anderlecht também não tinha à disposição a melhor Academia do MUNDO! Espero seinceramente que promova João Mário, Esgaio, Pedro Mendes,Betinho e Bruma! Pior que isso vai ser o homem querer jogar em 4-4-2 e não ter jogadores para o fazer!

Anónimo disse...

O nome do blog merecia mais respeito e abordagens menos tendenciosas.
Têm a certeza que era mesmo Leão da Estrela que queriam dizer?!
SL

Anónimo disse...

o homem ainda agora xega so começa a orientara equipa para a semana e ja se começa a criticar e a questionar as suas capacidades.. sinceramente é por estas e outras coisa que estamos a perder terreno para os outros...

Anónimo disse...

É uma vergonha esta permanente vontade de dizer mal. Pelo menos, até final da época este é o nosso treinador. Não é um Mourinho? Não, não é. É bom treinador? Parece ser...
Dêem-lhe tempo e, mais importante que tudo, uma estrutura directiva forte para organizar e permitir um balneário fechado. E já agora que os papagaios façam férias até ao final da temporada...

Anónimo disse...

Este artigo é, no mínimo, lamentável...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...