terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Direitos Económicos vs Direitos Desportivos


TSF:

"Djaló aceita responsabilização pessoal por verbas a pagar ao Sporting

Na base desta situação estará o facto de o Sporting reivindicar 25 por cento dos direitos desportivos do jogador, revela a imprensa desta terça-feira.

Yannick Djaló aceitou uma responsabilização pessoal por quaisquer verbas que tenham de ser pagas ao Sporting, por pressão dos encarnados, que anunciaram a contratação do jogador por quatro temporadas e meia.

Segundo a imprensa desta terça-feira, o Sporting reivindica 25 por cento dos direitos desportivos do jogador, o que terá levado o Benfica a obrigar que Djaló aceitasse que esta responsabilização constasse do contrato assinado com os encarnados."

Lamento imenso, mas o que o Sporting disse foi:

"A Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD, vem por este meio esclarecer que alienou os direitos desportivos e PARTE dos direitos económicos do jogador Yannick Djaló, no passado mês de Agosto de 2011."

Alguma vez dois clubes podiam simultaneamente deter Direitos Desportivos sobre o mesmo jogador!?!? O comunicado de ontem do Sporting não podia ser mais esclarecedor do que foi. O Sporting tem parte dos DIREITOS ECONÓMICOS do jogador pois apenas alienou 75% ao Nice, mas os DIREITOS DESPORTIVOS obviamente alienou 100% ao Nice, o jogador rescindiu com o Nice e portanto os Direitos Desportivos pertenciam-lhe 100% (tal como 75% dos Direitos Económicos) e agora pertencem ao Benfica.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

"Sporting SAD & Associados" - Parte 2


O Sporting emitiu um comunicado no qual anuncia que "alienou os direitos desportivos e parte dos direitos económicos do jogador Yannick Djaló, no passado mês de Agosto de 2011."

O Sporting continua a deter 25% do passe (os "direitos económicos") do jogador, portanto se o mesmo for vendido futuramente, o Sporting poderia ter direito a 25% da verba.

Mas, como o Sporting alienou a totalidade dos direitos desportivos, basicamente o jogador é livre de assinar e de JOGAR pelo clube que bem entender, como por exemplo... o SL Benfica ou o FC Porto.

O Sporting alienou os direitos desportivos ao Nice, o clube francês era detentor do seu passe até que o jogador conseguiu rescindir e é agora um jogador livre, ou seja, é o jogador Yannick Djaló que detém 100% dos seus direitos desportivos, e a ver vamos se não tem igualmente 75% dos seus direitos económicos.

O Benfica em teoria poderia comprar os 75% dos direitos económicos do jogador a Yannick Djaló e o Sporting pouco ou nada poderia fazer, excepto ficar à espera que ele seja vendido futuramente para ficar com os seus 25%, isto claro, assumindo que quem quiser comprar o jogador ao Benfica esteja interessado em 100% do passe e não apenas em 75%.

Não creio que o Benfica venha bater à porta da Sporting SAD para comprar 25% do passe quando podem comprar apenas 75% ao jogador.

Este tipo de erros/azares de gestão parece que só são possíveis de acontecer(ciclicamente) no Sporting.

Pode ser que o Yannick assine pelo Benfica, pode ser que ele faça uma época razoável, pode ser que o vendam por 4 milhões de euros, pode ser que 25% dessa verba chegue para cobrir as despesas do incêndio provocado no Estádio da Luz em Novembro.

"tomaremos todas as providências, no sentido de acautelar e proteger esses mesmos direitos." Qual era o propósito do comunicado? Tranquilizar os adeptos? Dar a entender que o Sporting estava em cima da situação?


sábado, 28 de janeiro de 2012

Aos Domingos....Tudo volta ao princípio.



Aos domingos as ruas estão desertas e parecem mais largas.

Ausentaram-se os homens à procura de outros novos cansaços que os descansem.

Seu livre arbítrio alegremente os força a fazerem o mesmo que fizeram os outros que foram fazer o que eles fazem.

E assim as ruas ficaram mais largas, o ar mais limpo, o sol mais descoberto.

É domingo.

E aos domingos as árvores crescem na cidade, e os pássaros, julgando-se no campo, desfazem-se a cantar empoleirados nelas.

Tudo volta ao princípio.

António Gedeão.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

"Tipping Point"


Esta noite a equipa de Juniores do Sporting defrontará o Inter de Milão num jogo da NextGen em Leiria, e antes de mais, é preciso realçar o trabalho brilhante feito pelo Marketing e Comunicação do Sporting na promoção deste evento. Não haja dúvidas, estão de parabéns, Pedro Sousa e seus pares.

Há algo que me preocupa em relação a esta semana, pois o Sporting corre o "risco" de Ricardo Sá Pinto hoje sair vitorioso (e toda a envolvência mediática que isso poderá envolver) e há igualmente a possibilidade de Domingos Paciência sair derrotado ante o Beira-Mar no domingo e o que isso poderia precipitar... É normal que se esteja descontente com Domingos mas quais as alternativas... afinal de contas ele não é um dos 10 melhores treinadores do Mundo?

Quem é melhor que ele em Portugal e que esteja disponível fora dos "3 Grandes"?

O Sporting pode-se arriscar a mandar embora Domingos e ir buscar Leonardo Jardim(Sportinguista) ou Pedro Martins, algum destes dois tem mais cotação ou credibilidade do que Domingos tinha em Maio último?

O "risco" é de que por daqui a 6 horas em caso de vitória justa, clara e inequívoca na NextGen e aliado ao seu considerável carisma, Sá Pinto se possa apresentar aos olhos do "povo leonino" como uma opção credível a Domingos. O "tipping point" poderá estar para breve se RSP continua a ganhar e se DP continua a perder ou a não convencer e o que poderá despoletar uma reacção emocional e uma vaga de fundo para se instalar Sá Pinto na cadeira de sonho em Alvalade. Seria um erro!!

Nem Domingos merece ser queimado nem Sá Pinto merece ser enviado para a "guilhotina de Alvalade" tão cedo.

Foi Domingos que criou a polémica dos bilhetes devolvidos, foi Domingos que não condenou veementemente a vandalização do estádio da Luz, foi Domingos que mandou pintar dois murais nos corredores de acesso balneários ou que mandou pintar a relva, foi Domingos que decidiu impedir o "Público" de entrar em Alvalade, foi Domingos que disse que ao fim de um ano teria que lidar com o Real Madrid e Barcelona? Domingos tem culpa de muita coisa, Domingos comunica mal e divaga em demasia nas conferências, mas não ajuda o facto de outras figuras no Sporting continuem a falar sempre que essa oportunidade lhes é dada pela comunicação social.

Quem é o Vice-Presidente para o Património no FC Porto? Alguém o vê prestar declarações na televisão ou dar entrevistas à revista VIP?

Quem é o Vice-Presidente para a Comunicação e Marketing no FC Porto? Alguém o vê a dar tantas entrevistas e onde várias vezes aborda assuntos que não domina.

Há demasiado "ruído" em redor do "Edifício Futebol" e metade dele nem sequer tem a ver com o que se passa no relvado, o "Departamento de Futebol" está a ser prejudicado pelo facto de pessoas que estão fora do Departamento de Futebol pura e simplesmente geram "ruído", esse é que é o grande problema, não é o Domingos.

Quando os jornalistas querem um comentário, uma resposta, um sound-byte, algo "publicável" eles só têm que esperar pela véspera do jogo e "picar" um Domingos já emocionalmente descontrolado que de imediato voluntaria tantas frases mediáticas e jornalisticamente comerciáveis. Não se iludam, na sua maioria é o próprio clube que alimenta estas fogueiras ao não saber simplesmente dizer "não comento", os Directores de Comunicação sabem e conseguem dizê-lo, já outras pessoas....

Ainda me recordo quando Miguel Salema Garção não atendia o telefone aos jornalistas e eles na volta ligavam a Filipe Soares Franco que obviamente respondia. O Sporting em nada mudou, apenas gasta mais dinheiro.

Sá Pinto é um excelente treinador, talvez seja mesmo o melhor treinador de passou pela formação do Sporting na última década, eu conheço pessoalmente alguns dos melhores, e o feedback que tenho de todos os envolvidos é que de facto está ali alguém que poderá ir muito longe. A somar a esse valor enquanto treinador, Ricardo Sá Pinto é um indivíduo inteligente, culturalmente evoluído, e em privado é uma pessoa muito mais afável, cordial e serena do que por vezes deu a entender no passado. Por todas estas razões, espero que Sá Pinto e Domingos ambos possam vencer, que possam ganhar tempo, mas que o Sporting mude, e mude depressa, senão serão mais dois treinadores com valor a serem destruídos e tudo apenas por que a estrutura onde estão inseridos é defeituosa em termos de comunicação(tanto interna como externa) e aqui a culpa não pode apenas ser imputada ao Dpt de COM, pois eles não mandam no Conselho Directivo....

Há demasiada gente a falar, há pessoas a falar que nada percebem de futebol nem de futebol jogado nem de futebol de bastidores, há pessoas na estrutura que nunca antes de 26 de Março estiveram no mundo do futebol, há demasiada falta de "know-how" e essa inexperiência anda a ser exposta por debaixo da "lupa" da comunicação social, gerando ondas muito altas em redor do navio que Domingos não consegue dominar desde a última semana de Novembro.

Domingo pelas 16:55 entra em campo em Alvalade a equipa do Beira-Mar, um conjunto em tudo superior ao Moreirense. Têm uma boa dupla(Yohan e Hugo) de centrais onde destacaria o jovem Yohan Tavares, também o jovem lateral esquerdo Joãozinho, e o lateral direito Pedro Moreira. Esta equipa tem uma boa defesa e é talhada à medida para frustrar uma equipa ansiosa como deverá infelizmente ser a do Sporting.

Este jogo em condições normais deveria ser "favas contadas", mas, haja humildade para o levar a sério ou então, haja paciência se as coisas correrem mal, deixem Sá Pinto em paz e se Domingos for substituído que o seja no final da temporada, e não necessariamente por RSP.

Mais do que o treinador, é preciso reduzir o "output" de comentários, entrevistas, comunicados, processos-crime, "basófias" descaradas, etc. que saem para fora da estrutura, não criem nem alimentem casos e de uma vez por todas dêem tranquilidade à equipa principal para treinar e jogar isentas de turbilhões mediáticos criadas por outras pessoas que têm que aceitar de uma vez por todas que não fazem parte do Departamento de Futebol e muitas vezes nem do Sporting fazem parte, distanciem-se.

Yohann Tavares (Beira-Mar), Salvador Agra (Olhanense até recentemente), Baba (Marítimo até recentemente), Sami (Marítimo), Daniel Candeias (Nacional), Joãozinho (Beira-Mar), Hugo Viana (SC Braga), são tantos os nomes de bons jogadores na nossa liga. Confesso que não compreendo qual a razão que leva Xandões e Sebas a virem parar ao Sporting. Ninguém se muda do Brasil ou Itália para Lisboa por menos dinheiro do que se mudam de Braga ou Aveiro para Alcochete...

Olhando objectivamente para a equipa do Marítimo em Dezembro, não me surpreende que estejam à frente do Sporting devido a estes 3 aspectos:

1 - Bom treinador em Pedro Martins.

2 - Baba, Sami, Danilo Dias, Roberto Sousa, Roberge, Ruben Ferreira (lesionado), etc., jogadores todos eles bem potenciados por um bom treinador e uma estrutura que não gera "ruído".

3 - Equipa que não gera ruído mediático e em que só duas pessoas falam com a COM SOC, o Presidente e o Treinador.

Gostei de Domingos na conferência de imprensa após o flop em Olhão. Era um homem destruído, isento de entusiasmo, abatido, deprimido, sem respostas, e talvez por causa de tudo isso, finalmente falou menos, deu respostas curtas, evitou alguns assuntos, esteve mais sereno(ou menos animado). É pena ter sido pelas razões que foram, mas foi uma refrescante mudança de atitude para melhor(ou mais fácil de gerir...) por parte de um treinador que nada provou em Alvalade e cuja mania de perseguição e cujos descontroles emocionais em público já se tornavam inaceitáveis para alguém com tão pouco crédito para os lados de Lisboa.

Que futuramente não seja alegre, deprimido, eufórico, nem triste, que entenda que ir às conferências de imprensa faz parte da "job description", e enquanto ali estiver até só tem que estar sereno e não abrir demasiado a boca. Não converse, não entre em diálogos(não é esse o propósito de uma CI...), nem em monólogos, apenas responda e sem divagações, é a coisa mais fácil do Mundo.

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Domingos à tarde



Boa notícia: o próximo jogo em Alvalade, contra o Beira-Mar, é no domingo às cinco da tarde. Uma oportunidade para as famílias partilharem.

Também é bom para os girassóis e borboletas do túnel. E, quando sair do balneário, a luz que a nossa equipa vai ver ao fundo do túnel é a luz natural do rei-sol. Que todos os astros estejam conjugados.

domingo, 22 de janeiro de 2012

Onde anda este treinador?

Alguém faz alguma ideia onde anda este jovem e ambicioso treinador que era possuidor de um discurso curto, sucinto sereno e objectivo? Ele foi avistado pela última vez em 2011 na cidade de Braga, na altura era ainda assessorado por Ricardo Lemos (Director de Comunicação do SC Braga). Este "Domingos Paciência" é o mesmo treinador que está em Alvalade na presente época!? Nem parece...

Hoje em dia Marco Aurélio de Carvalho é o Director de Comunicação do SC Braga e a postura de Leonardo Jardim é tão tranquila como a de Domingos era há um ano atrás. Coincidência!? Domingos regrediu na transição de Braga para Lisboa ou simplesmente em Braga existia(existe) uma estrutura mais competente à sua volta e que era capaz de o assessorar melhor?



sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Síndrome de Défice de Atenção


36 minutos - entre os 25 mts na CI de antevisão do jogo com o Moreirense e os 11 mts na CI de análise ao jogo, Domingos falou à comunicação social durante sensivelmente 36 minutos. Para além de assuntos de natureza futebolística foram igualmente abordados os seguintes assuntos:

Correio da Manhã, Diário de Notícias, Record, Carlos Carvalhal, Paulo Bento, Paulo Sérgio, "ressabiados", Hugo Viana, Márcio Mossoró, João Braga, José Eduardo Barroso, Leonardo Jardim, e sobretudo Domingos falou MUITO de si próprio, "EU em Leiria não fiz isto, EU em Coimbra não fiz aquilo, EU em Braga não fui assim, EU quando sair daqui não vou dizer mal, fui EU que fiz do Hugo Viana um campeão", etc, etc, etc.

Meu caro Domingos, não há "EU" em EQUIPA, nem há "EU" em SPORTING. Haja serenidade e haja paciência (no pun intended) seja conciso nas suas respostas aos media, pare de uma vez por todas com as respostas de 5 minutos, pare com os monólogos, pare com respostas que começam com "querem que eu vos conte...!?"

Domingos fica agastado quando lhe perguntam na Quinta-Feira por Hugo Viana e Mossoró. Mas fica agastado porquê se foi ele próprio que decidiu revelar esse episódio 36 horas antes!!?? A insensatez já será assim tão grande?

A dada altura Domingos disse que quem escrevia se calhar nem esteve presente, é irónico que diga isso quando nos passados 60 dias o Conselho Directivo barrou a entrada a pelo menos 4 OCS. Impedem os jornalistas de entrar e depois o treinador que ele próprio deu a entender que esteve por detrás do blackout ao Maisfutebol em finais de Novembro é ele próprio que diz que há jornalistas que se calhar nem lá estiveram!? Falta de seriedade.

O Sporting está bastante mal desportivamente, e a "mantra" de "ainda estamos nas quatro frentes" torna-se cansativa. Empatar em casa com o Nacional numa competição "ganhável" (já sem FCP e SLB) foi desperdiçar o mais próximo possível de uma "sure thing" em termos de "silverware" esta época, mas agora conseguiram empatar contra um Moreirense que jogou só com três(3!!!) dos seus habituais titulares em Alvalade.

De quem é a culpa? Talvez tivesse sido melhor se nos "bons tempos" de finais de Novembro se tivesse havido menos arrogância institucional, menos falatório sobre bilhetes devolvidos, menos polémica sobre imagens disparatadas, menos controvérsia sobre impedirem jornalistas de trabalhar, sobre inverdades sobre a UEFA e LFPF. Tanto se falou e tanto se deixou de jogar em campo.

Domingos, queremos (e você é pago para isso) é que você treine a equipa, não o queremos aqui para chamar as pessoas de "palhaços", não o queremos a pedir à Direcção de Comunicação que determinados jornalistas não podem estar presentes nos seus "Encontros com Domingos Paciência", não o queremos a contar histórias de "Toma", não queremos saber que você ande a ler livros do John Maxwell, etc. Uma semana você arranja problemas com a Rádio Renascença, depois é com um "Sobral", depois é com Pedro Caixinha, na semana seguinte é com Hugo Viana e Mossoró, ontem disse mal de vários jornais. Não estará na altura de Domingos ser MUITO menos conflituoso, representar a instituição com dignidade e deixar-se destes tristes "outbursts"?

Começo a perguntar a mim próprio se Domingos não estaria mais bem apetrechado se viesse às CI acompanhado da Marta e Liliana da mesma forma que elas acompanham o JUBAS quando este vai às escolas dar-se a conhecer às criancinhas para assim promover a Marca Sporting? Neste momento um boneco de peluche passa uma imagem muito menos negativa do que um treinador de 43 anos de idade. Talvez esse treinador precise mesmo de "handlers" como o Jubas mais do que assessores de comunicação.

Onde está o "Media Coaching"?

Será que ninguém ensina a Domingos como se deve comportar quando interage com a COM SOC? Domingos NÃO era assim na Académica quando tinha a seu lado Filipe Dinis, director de comunicação da Associação Académica de Coimbra. Domingos não era assim quando estava em Braga e tinha a seu lado Ricardo Lemos, director de COM do SC Braga, ex-jornalista do JOGO e actual Director de COM para a equipa de futebol profissional do Benfica.

Será que ninguém explica a ninguém no Dpt COM da Sporting SAD que até no futebol juvenil do Sporting os atletas recebem "Media Training"? Nem Paulo Bento, nem Carvalhal, nem Paulo Sérgio, nem os jogadores do clube têm ou tiveram estas "explosões emocionais" que Domingos tem tido à frente da imprensa desde que nos passados 60 dias a época do Sporting começou a descer a pique devido a assuntos extra-futebol alimentados por ele e por elementos do Conselho Directivo; quezílias ridículas sobre número de bilhetes, cadeiras incendiadas, imagens nos corredores, falhas de comunicação institucional em que o Presidente não parece estar no mesmo "comprimento de onda" que alguns dos seus vice-presidentes. Quem manda afinal no Sporting?

Será que na SCP SAD têm consciência de que o treinador do FC Porto, Vítor Pereira teve extenso "coaching" de media training durante o verão para aprender a comunicar efectivamente com a Comunicação Social? O coaching veio da parte de Antero Henrique, Director Geral da Porto SAD e o homem que tem gerido o futebol dos dragões desde 2005, sendo que Vítor Pereira é uma aposta pessoal de AH.

Há que arranjar bodes expiatórios, sejam eles jornalistas, OCS, árbitros, Liga, jogadores fulcrais que estejam lesionados, UEFA, treinadores e jogadores adversários, etc. Há que os arranjar, senão, DEUS nos livre, ainda somos capazes de perceber que em 75% dos jogos jogados esta época o Sporting esteve num plano exibicional mediano.

Agora quem sabe, o culpado talvez vá ser Bojinov, o Sporting já jogou 1350 minutos na Liga Zon Sagres e está em 4º lugar a 11 pontos da liderança e Valeri Bojinov foi titular em apenas 205 desses 1350 minutos, portanto, faz sentido centrar as atenções nele e até convém que o façam, pelo que se viu até agora o avançado de 25 anos tem mais estofo para aguentar a pressão do que o seu treinador...

Porquê ter Domingos Paciência do Departamento de Futebol a "atacar" o RECORD enquanto no Departamento de Marketing da SAD pedem ao mesmo OCS que seja "media partner" na promoção da NextGen??? Que falta de interconectividade entre os vários departamentos.

Porquê impedir o Maisfutebol de entrar na Academia mas permitir a entrada da TVI que essencialmente é a mesma emprensa e partilham conteúdo? Porquê impedir a entrada da Sportv para estes depois comprarem imagens à TVI? Quem toma estas medidas não percebe NADA de jornalismo nem de comunicação empresarial, ZERO!

Pessoalmente não acredito no sucesso de Domingos em Alvalade e não é porque questione o seu trabalho enquanto treinador, mas sim enquanto comunicador seja nas CI ou no balneário. Irá ser despedido, seja amanhã ou daqui por um ano, pois é demasiado nervoso e demasiado conflituoso para "segurar o barco" nos maus momentos, e o Conselho Directivo tem demasiadas pessoas sem qualquer background no futebol. Combinando o nervosismo e a diletância, não acredito que estejam reunidas as condições para se chegarem às vitórias.

P.S. Meu caro Domingos, o Sporting nos passados 8 anos ganhou DUAS Taças de Portugal e ganhou também DUAS Super-Taças. Ao fim de 6 meses em Alvalade ao menos já podia ter aprendido isso....

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Bojinov que vá apanhar girassóis e borboletas!...


Bojinov, fotografado após a grande penalidade que falhou e que daria uma vitória sofrida do Sporting, por 2-1, sobre o Moreirense, da II Divisão, em jogo a contar para a Taça da Liga. O avançado búlgaro confirma-se, assim, como um falhanço técnico e humano nas compras do último Verão, pois também terá marcado a grande penalidade contra as indicações do treinador Domingos Paciência, que teria preferido ver o chileno Matías Fernandez a cobrar o castigo máximo, assinalado pelo árbitro já no tempo-extra.
O Sporting começa 2012 da pior forma possível. Atrasa-se de forma irremediável em relação ao primeiro lugar da I Liga, tem a presença na Taça de Portugal dependente de uma vitória na Madeira e arrisca ser afastado da Taça da Liga por equipas de segundo plano. A instabilidade voltou a Alvalade. Só o corredor de acesso ao balneário dos adversários está mais calmo e tranquilo com os campos de girassóis com borboletas esvoaçantes, que substituiram a propaganda à Prosegur...

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Um bom exemplo na promoção do Sporting


Gosto muito de elogiar as coisas positivas do meu clube. Adorava que fosse sempre assim. Chamo a atenção para o trabalho da SAD com o próximo jogo para o torneio Next Generation.
Se os comandados de Sá Pinto – um dos meus ídolos e da maior parte dos sportinguistas, pelo seu fervor, pela sua mística, por deixar tudo em campo em prol da nossa camisola – ultrapassarem o Inter, estarão na "final four".
Para lá do elogio à equipa de juniores e ao trabalho realizado por Rei Ricardo (Sá Pinto) Coração de Leão, o que me importa hoje salientar é o que a SAD está a construir à volta do jogo, numa manobra de marketing e comunicação bem elaborada, realço, exclusivamente pelos homens da SAD, pois ninguém da direcção interferiu, mas com a anuência, natural, de Godinho Lopes.
Escolheram bem Leiria como palco do jogo, pois a região centro e a cidade do Lis em particular é local de grande sportinguismo. Depois, a opção por um media-partner para o evento, o Record, que já diariamente acompanha com boa cobertura noticiosa a nossa equipa; segue-se a negociação com um patrocinador exclusivo para esse jogo; uma camisola especial para esse dia que estará na Loja Verde; a possível transmissão televisiva ou on-line do mesmo, o que muito agradará aos sportinguistas.
Isto, meus amigos, é bom trabalho de promoção da nossa Marca e do nosso clube. Aos que conceberam esta acção, que espero tenha todo o sucesso, os meus parabéns pois merecem.

Rui Calafate

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

A comunicação errática do Sporting


Do ponto de vista comunicacional, o pior que o departamento de marketing e comunicação de um clube de futebol pode fazer é perder um campeonato num domingo e pedir o apoio dos sócios e adeptos logo na segunda-feira. Mas foi isso que fez o departamento de comunicação do Sporting, como se pode ver clicando aqui.

"Sporting SAD e Associados"


Desde finais de Novembro:

25/11/2011 - A SAD não autoriza entrada da Sportv na conferência de imprensa de antevisão do clássico com o Benfica.

01/12/2011 - Domingos Paciência refere-se a "Sobral" como "palhaço".

04/12/2011 - Jornalista do Maisfutebol que trabalha para Luís Sobral impedida de entrar em Alcochete.

07/01/2012 - Jornalista do Público impedido de entrar em Alvalade.

11/01/2012 - Jornalista do Público volta a ser impedido de entrar em Alvalade e clube anuncia que irá mover um processo crime contra o jornal.

Desde 25 de Novembro o Sporting jogou 11 jogos:

Venceu 4: Contra o FC Zurich, Belenenses, Nacional da Madeira, e Marítimo.

Empatou 4: Contra Académica, Rio Ave, FC Porto e Nacional.

Perdeu 3: Contra o Benfica, SS Lazio, SC Braga.

A 25 de Novembro o Sporting estava a 1 ponto da liderança, 51 dias depois está agora a 11 pontos da liderança...

Para que serve a Sporting SAD que orienta a equipa de futebol profissional do Sporting? O propósito do Sporting não será ganhar jogos de futebol e campeonatos?

Muito deve Domingos desejar estar num clube em cuja SAD se concentre em ganhar jogos de futebol em vez de promover guerrinhas contra a Comunicação Social (da qual precisa para promover o seu produto).

Quando irá a Sporting SAD ser popular por ganhar jogos de futebol em vez de tentar agradar a uns por ter impedido os jornalistas de trabalhar apenas e porque sabem que ao tomar estas atitudes estão a agradar a uma franja mais radical de adeptos que com esse "rebuçado" se esquecem ingénuamente dos jogos que vão perdendo?

Quando irá o Sporting Clube de Portugal comportar-se como um clube de futebol em vez de uma firma de advogados?

Até quando?

Sem credibilidade futebolística, e com o Conselho Directivo a antagonizar a imprensa desde os finais de Novembro, adivinha-se uma 2ª volta muito penosa para os lados de Alvalade.

O Santos FC é um "case study" de um clube que tem uma excelente relação com a imprensa, não há censura, não há ameaça de processos, o clube vence no plano desportivo e os seus activos são "media darlings" valorizados pela imprensa que disfruta de uma relação frutuosa com o clube. Todos beneficiam, todos trabalham na mesma industria, todos aceitam e compreendem que precisam uns dos outros. Só em Portugal é que "Non, ou a Vã Glória de Mandar" poderia ser aceite como cinemetrografia séria...

domingo, 15 de janeiro de 2012

Acabou a luta pela Liga Portuguesa!...


Ao perder em Braga por 2-1, num jogo com erros a mais para um candidato ao título, o Sporting acabou hoje para a Liga Portuguesa 2011-2012. Pelo menos deu para chegar ao ano novo. FOTO: Reuters

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

O problema do Sporting é Rinaudo


O problema do futebol do Sporting tem um nome: Rinaudo. Ou melhor, a sua ausência, desde 3 de Novembro de 2011, por lesão. Olhem para trás e façam as contas. Em 13 jogos sem Rinaudo, o Sporting somou apenas 6 vitórias, 4 empates e 3 derrotas. Só pontos perdidos na Liga portuguesa foram sete. Com o médio argentino Rinaudo ausente, a defesa leonina já encaixou 9 golos. Mas o pior é que, nos últimos seis jogos, o Sporting só ganhou um. Será tudo motivado pela ausência de Rinaudo?...

"Inteligência Comunicacional"


Inteligência Comunicacional

No passado dia 6 de Janeiro o jornal "O Público" fez manchete com "Sporting forrou acesso a balneário com imagens que exaltam violência", e nesse mesmo dia o "Correio da Manhã" publicou "Yannick Djaló é reforço do FC Porto". Observemos então as diferentes abordagens que a Comunicação do Sporting e a Comunicação do FC Porto tiveram para com estas notícias.

A Comunicação do FC Porto não "alimentou" a notícia, não o fez no dia 6 na véspera do clássico, não o fez no dia 7 no dia do próprio clássico, não o fez no dia 8 nem no dia 9, e quando o fez no dia 10 nem sequer marcou ‘audiência’ com os media para abordar apenas este assunto.

Numa cerimónia para anunciar a entrada de ‘Juca’ Magalhães como Director do Porto Canal, a Comunicação do FC Porto serviu-se da ocasião para que Jorge Nuno Pinto da Costa, sem dar sequer grande importância ao assunto, aproveitar para dizer "É uma mentira total, completa, não tem o mínimo de fundamento. Nunca tivemos qualquer contacto com o Djaló nem com qualquer representante". O assunto morreu e a "MARCA FC PORTO" não deu publicidade gratuita à "MARCA CORREIO DA MANHÃ".

A Comunicação do Sporting, por sua parte "alimentou" a notícia na qual a instituição Sporting foi visada. A "MARCA SPORTING" através do seu Departamento de Comunicação reconheceu a existência da notícia e com esse reconhecimento deu-lhe importância, legitimou-a, soprou nos toros incandescentes e deu vida às labaredas que posteriormente formaram um "incêndio mediático" que se aproveita da "MARCA SPORTING" para promover a "MARCA PÚBLICO".

Pouco após o meio-dia de sexta-feira (06/01), o Sporting reagiu comunicacionalmente com um comunicado anónimo (como acontece tantas vezes....) de 40 linhas que foi publicado no site oficial do Sporting Clube de Portugal, nesse comunicado a palavra ‘Público’ aparece três vezes, tal como aparece o nome do autor da notícia, ‘Hugo Daniel Sousa’.

Pouco depois, no seu Facebook oficial (com mais de 241.000 fãs) o clube leonino teve a "generosidade" de continuar a divulgar a MARCA PÚBLICO. Já ontem (10/01), "simpaticamente", o Jornal oficial do Sporting que tem uma tiragem de 12.000 exemplares (há 6 anos ainda eram 21.000 exemplares...) teve a "amabilidade" de publicar o comunicado na integra (tão criticado desde o desmentido da UEFA na tarde do dia 6...) na sua página 6.

Não esquecer que na manhã do dia 7 o Sporting através da sua figura institucional com maior perfil mediático, o Presidente Luís Godinho Lopes (já não tão bem aconselhado desde a saída do seu assessor Miguel Morgado durante a 1ª semana de Dezembro...), decidiu perante a RTP, SIC, TVI, Sportv, Antena 1, Rádio Renascença, BOLA, RECORD, JOGO, Maisfutebol, etc, etc, etc abordar o "assunto Público".

Em tudo quanto é blogues, fóruns, sites afectos ao Sporting não se fala de outra coisa, os adeptos falam de proibir acesso aos jornalistas do Público (o que é ilegal, os adeptos podem dar-se ao luxo de exigir esse tipo de medidas, já o Conselho Directivo tem de viver num ‘Mundo de Adultos’), fala-se de agredir fisicamente os jornalistas (o que é um crime), fala-se que o comunicado tem erros na sua inteligência narrativa, e por último trata-se de um comunicado que foi oportunamente APROVEITADO (nova cortesia da Comunicação do Sporting na fogueira mediática que promove o ‘Público’) pelo ‘Público’ ao denunciar o mesmo à UEFA, uma coisa é certa, FALA-SE e muito de todo este incidente e FALA-SE MUITO do jornal ‘Público’.

Vários especulam que o ‘timing’ da manchete do Público não foi inocente e aí estou plenamente de acordo, pois possui uma certa "lógica comercial", mas não concordo que o ’timing’ tenha sido escolhido para prejudicar o Sporting e/ou para beneficiar o FC Porto.

Se o conteúdo da notícia visava o Sporting Clube de Portugal e se este material existia há algum tempo (isso não me chocaria) então a lógica ditava que deveria ser publicada quando pudesse surtir mais efeito e APROVEITAR o embalo mediático em redor do clube.

Para quê publicar esta notícia a meio da semana antes de um jogo entre o Grupo Desportivo Vilar de Perdizes vs Sporting? No dia antes do clássico a MARCA SPORTING transcende os media habituais (desportivos) e entra na consciência do homem comum através dos meios de comunicação generalistas (Público, Expresso, SOL, DN, JN, CM, etc).

Não me parece de todo inocente que o CM e o Público tenham publicado as suas notícias na véspera do clássico, apenas se limitaram a "surfar"(o CM tentou, mas só Público conseguiu) a onda mediática que as MARCAS SPORTING e FC PORTO lhes proporcionaram.

O Correio da Manhã não teve tanta sorte, pois a Comunicação do FCP não lhes "passou cartucho", não mencionou o "Produto CM", não publicitaram, não houve repercussão institucional em tempo útil, e só 4 dias depois de o Correio da Manhã desaparecer das bancas é que Pinto da Costa (bem assessorado pelo Director de Comunicação Rui Cerqueira) se lembrou de esvaziar o balão com uma frase, e assim o assunto morreu.

Quem é a Dra. Bárbara Reis? Quem trabalha neste meio sabe que se trata da Directora do Público desde há sensivelmente 2 anos a esta parte, mas o seu nome não era "mainstream", nem tão pouco era conhecida no meio desportivo, agora já é, tal como ganhou projecção o jornalista Hugo Daniel Sousa.

Que grande golpe publicitário!! Quanto teria Bárbara Reis de pagar ao Jornal Sporting, Facebook Sporting, site oficial Sporting e a Luís Godinho Lopes para promoverem com tamanha diligência o "Produto O Público"!? Felizmente para a Dra. Reis foi tudo a custo zero. Já "Pinto da Costa e Cerqueira" não deram borlas a ninguém. Aqui se podem ver as diferenças.

1 - (06/01) Site e Facebook Sporting "comunicam"(divulgam) sobre a notícia Público.

2 - (06/01) - Porta-voz da UEFA diz que "não aprovou nem elogiou" as imagens polémicas e assim danificou a "credibilidade intelectual" do comunicado e consequentemente da instituição Sporting.

3 - (07/01) Godinho Lopes diz "Só pode ser uma brincadeira de mau gosto". Diz inclusive que o Sporting é um clube aberto e que os jornalistas podem ir ver as imagens polémicas, ironicamente na tarde desse mesmo dia o Sporting de acordo com a "Antena 1" não permitiu às câmaras de televisão captarem imagens dos adeptos do Porto a serem revistados.

4 - (07/01) Sporting não permite a entrada ao jornalista do Público, "municiando" assim o diário generalista para continuar a alimentar e dar novo fôlego a uma notícia que já tinha "36 horas de idade" e permitiu-lhes também efectuar uma queixa à Entidade Reguladora para a Comunicação Social e ao Sindicato dos Jornalistas.

5 - (10/01) Sai nas bancas o Jornal Sporting a repetir o comunicado do dia 6.

6 - (10/01) A UEFA manda tapar ou retirar imagens polémicas no acesso ao balneário dos visitantes.

Quantas mais "injecções anímicas" irá a Comunicação do Sporting dar à notícia do Público até deixar o assunto simplesmente morrer?

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

O "Público" bateu no fundo do balneário...


Condeno manifestações extremistas ou nazis, mas nas imagens que hoje fazem manchete do "Público", só digo que podia haver outras de adeptos do Sporting com devoção a apoiar o seu clube. Podiam ir buscar belas imagens ao livro da Juve Leo, por exemplo.
De resto, considero questão de lana caprina, até porque como todos sabemos os jogadores já estão a pensar na relva e nem reparam nas imagens que lá estão.
O Sporting é um clube de gente apaixonada, mas pacífica, cansada de ser roubada ano após ano. Vemos tudo o que é porcaria no futebol nos clubes rivais, tivemos um adepto assassinado, tivemos as mais violentas cargas policiais sem razão e vemos como a corrupção no futebol é marca característica de outros. Mas o Público faz manchete com isto.
Podia ser o meu lado de "spin doctor" a funcionar, mas neste caso não é. O que considero lamentável é como o único jornal diário de referência em Portugal, o Público, faz esta manchete que nada tem a ver com a sua matriz nem com o seu tipo de jornalismo.
O "Público" tem vindo a perder terreno e a perder leitores, histórias e influência. A manchete de hoje que é ridícula, é um serviço a alguém, no dia antes de um explosivo Sporting-Porto. O "Público" e a maior parte dos grande jornalistas que ali trabalharam não devem ter muito orgulho nesta manchete. Foi um erro, mas que prejudica a imagem de uma grande instituição como é o Sporting Clube de Portugal.


P. S.: Hoje esta manchete do "Público" e a notícia do Yannick Djaló no Porto, no "Correio da Manhã". E como os profissionais de comunicação semeiam a confusão, enquanto os amadores nada tiveram para contrariar o FC Porto no terreno comunicacional...

Rui Calafate

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Solidariedade leonina 2

Por falar em solidariedade, a Associação Leões de Portugal apresenta o musical "1906 O Nosso Grande Amor", que conta a grande história deste grande Clube. O objectivo é angariar fundos para apoiar e dar sustentabilidade aos projectos da Associação. No Tivoli, de 25 a 29 de Janeiro.


Mais informações aqui.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...