terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

A estratégia de Bruno de Carvalho


Numa situação inédita no futebol português, num espaço de tempo muito curto, e por motivos distintos, o Sporting Clube de Portugal poderia, com toda a legitimidade, exigir na secretaria uma derrota do FC Porto (Taça da Liga) e uma vitória sobre o Benfica (Liga). Mas seria pedir muito. Tendo em andamento o processo tendente à penalização do FC Porto com derrota na Taça da Liga, o Sporting poderia, agora, exigir a derrota do Benfica (tal como avisou em comunicado), pelo facto de o Estádio da Luz não estar em condições de segurança. O Sporting optou por aceitar um novo jogo com o Benfica. 
Estrategicamente, Bruno de Carvalho fez muito bem. Por três razões. 
1ª) Garante um relacionamento institucional de boa vizinhança com o Benfica, que é importante num momento de luta pela verdade desportiva em Portugal, que compromete Pinto da Costa e o FC Porto. 
2ª) Credibiliza o Presidente Bruno de Carvalho aos olhos dos outros clubes, numa altura em que o Sporting lançou sobre a mesa importantes reformas para o futebol português. 
3ª) Impede que, entre o povo do futebol, seja lançada a ideia de que o Sporting quer ganhar a todo o custo na secretaria porque não consegue ganhar dentro do campo. 
Por isso, nota máxima para o Presidente do Sporting Clube de Portugal!...

1 comentário:

Joseph Lemos disse...

Essa da vitória por falta de segurança na Luz faria inveja a qualquer argumentista de revista do antigo Parque Mayer.
Bem que tentaram outra trampolinada com vistoria feita por "independentes" (outro bom argumento de revista)mas dentro das quatro linhas ficou provada que a verdade desportiva quando praticada, não há estratégia que a supere.
Já agora, torço para que ganhem na secretaria o pleito com os vossos amigos corruptos para depois levarem, devidamente carimbado,o certificado de mediocridade de que até os cegos se apercebem.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...